quinta-feira, março 04, 2021

Jornal Observador (João Adrião) – Covid - Os negacionistas e o rebanho de ovelhas

 

Os demónios da moda são os Negacionistas. Ciência significa conhecimento. Lida com racionalidade e estatísticas, lida com probabilidades e incerteza, implica tentativa e erro. É algo bem distinto de verdade e certeza. Todas as ideias devem ser testadas e estar sujeitas ao escrutínio rigoroso e estruturado da comunidade.


Mas o que vemos é que a qualquer “se” que se levante/questione, logo o rótulo de negacionista lhe cai em cima… Conhecíamos bem a qualificação no âmbito das alterações climáticas. Agora, estende-se à pandemia e, aos poucos, a tudo o que é assunto. Mas o que é um negacionista? Supostamente alguém que não acredite que o clima mude, ou que o coronavírus seja real, certo? Errado. Qualquer dúvida ou ceticismo é imediatamente apelidada de negacionismo.

Este extremismo à volta de consensos, sob o disfarce de “boa ciência”, é mais propaganda que outra coisa. O objetivo é insultar, intimidar, desacreditar qualquer ponto de vista oposto: quem não concorda com a maioria, é maluco, terraplanista, etc. Esta é, portanto, ela própria uma posição anticientífica.

E é no campo político que o termo se vai vulgarizando. Libertar presos, semáforos nas praias ou obrigatoriedade de máscara na via pública, subsidiar energias, taxar, proibir… é política, não é ciência. Na polarizada sociedade atual, de nós contra os outros, os seguidistas de uma fação logo disparam: anticientífico, ignorante, perigoso, disparatado, interesseiro… enfim, um negacionista, esse bandalho. Afinal, eles “seguem a ciência”, como se a ciência não servisse de desculpa para tudo ou o seu contrário, com muitos episódios negros ao longo da história.

Para quem as suas agendas são tão importantes que não se permitem a que os factos falem por si, troca-se a discussão de ideias para a discussão de pessoas: é criticar os dados da DGS que não é patriótico, criticar o Governo uma campanha contra o país, é quem se indignar com a vacinação que é eleitor do Chega, é o dedo em riste contra figuras como a Joana Amaral Dias ou a Raquel Varela ou o João Miguel Tavares, são as ofensas nas redes sociais, os pedidos em grupos para banir divergentes, médicos a quererem denunciar e censurar colegas, etc.

1 comentário:

Anónimo disse...

Diogo,

Caso seja do teu interesse gostaria que abordasses este tema num futuro artigo aqui no blog, e se possível divulgar ao máximo esta informação sobre o COVID.

Tem a ver com o papel da Vitamina D na regulação do sistema imunitário, e é altamente revoltante sabendo que existe uma forma simples e eficaz de reduzir drasticamente não só os casos de COVID e a suas gravidade, mas muitas outras doenças como gripes e vermos a imprensa PORCA, e os criminosos da politica e poderes instalados, apenas e só falarem em lockdowns e vacinas. Só lockdowns e vacinas e tudo o resto é logo descredibilizado pelos comentadeiros e pseudo-especialistas de serviço e pelos mentigrafos.

Então deixo já aqui alguns links, mas há muito mais informação sobre o tema.

Dois estudos científicos entre milhares de outros que se podem encontrar:

https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/32871238/

Conclusion: Our pilot study demonstrated that administration of a high dose of Calcifediol or 25-hydroxyvitamin D, a main metabolite of vitamin D endocrine system, significantly reduced the need for ICU treatment of patients requiring hospitalization due to proven COVID-19.

https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/33039952/

Conclusions: A vitamin D / magnesium / vitamin B12 combination in older COVID-19 patients was associated with a significant reduction in the proportion of patients with clinical deterioration requiring oxygen support, intensive care support, or both.


Até em alguns sites do sistema:

https://www.foxnews.com/health/vitamin-d-other-everyday-vitamins-could-counter-coronavirus-effects-report

Outro estudo recente feito em Espanha:

https://www.technologynetworks.com/proteomics/news/study-finds-80-of-200-covid-19-patients-had-vitamin-d-deficiency-342073

The researchers found 80 percent of 216 COVID-19 patients at the Hospital Universitario Marqués de Valdecilla had vitamin D deficiency,


E para uma informação muito mais detalhada e super bem fundamentada, podes ver este vídeo com a entrevista a um dos maiores especialistas do mundo em vitamina D, o Doutor Cicero Coimbra.

https://www.youtube.com/watch?v=LUQ09XLIcZk


Pedro