sexta-feira, maio 07, 2021

A desobediência total é crucial. Corram com todos os chamados "líderes" e confiem apenas em vós próprios


Gary D. Barnett (7/5/2021) - «A própria noção de "liderança" é uma falha abjeta de responsabilidade individual». A única forma de nos libertarmos deste totalitarismo sanitário (ou outro) não é procurar um líder salvador mas, individualmente, tomarmos as rédeas da nossa vida nas nossas próprias mãos.

Liderança? Quantas vezes não ouvimos já as massas clamar por alguém que as comande? Na verdade, a atitude mais prevalecente entre as pessoas é o desejo de encontrar o melhor "líder", e o resultado desse fenómeno é a ideia ridícula de votar. Este sistema tem permitido que os piores de entre nós controlem a narrativa humana.

 Devido à multidão de seguidores que se curva humildemente aos pés das marionetas eleitas, a maioria encontra-se à mercê dos poderosos. A única solução viável que poderá levar à evasão desta tirania será a resistência em massa e o não cumprimento por parte de um grande número de pessoas. Por outras palavras, a desobediência total é crucial. Corram com todos os chamados "líderes" e confiem apenas em vós próprios.

Vivemos em regimes de partido único que se disfarçam em dois (ou mais) partidos. Nunca nada muda; as pessoas "certas" estão sempre ao comando e as políticas e corruptas nunca são alteradas. As agendas da pequena "elite" oligárquica foram cumpridas. O objetivo do domínio total chegou e as pessoas continuam irracionalmente a clamar por liderança.

Hoje, a loucura desta falsa pandemia e a propagação do medo que consumiu esta sociedade está a destruir o mundo. A injeção venenosa, falsamente chamada "vacina", continuará a ser dada ao maior número possível de pessoas, preparando o terreno para a morte em massa e obter a redução drástica da população.

Não tenhamos ilusões. Procurar líderes é apostar na desgraça. Cada pessoa tem de se tornar no seu próprio líder, no seu próprio governante, de contar apenas consigo. Só agindo desta forma, os falsos "líderes" podem ser eliminados, um a um, e só então alguma liberdade pode ser restaurada.

3 comentários:

Anónimo disse...

É Diogo você tem toda razão, o pior é que estamos nesse sistema e está muito difícil sair dele, não vai melhorar, eu te pergunto: - como sair desse sistema? Nem o meu próprio marido me entende? minha ,mãe me chama de louca. Será mesmo estou no auge da loucura????

Diogo disse...

Não, cara Anónima. Você não está louca. O mundo é que está todo zombie.

Anonimo disse...

Quanta ignorancia em meia duzia de linhas. O voto só põe la os inuteis diz, pelo menos tem um prazo de validade de quatro anos, depois pensamos no que fizeram e fazemos contas, mas o não voto põe la os ditadores que só saem mortos, são vitalicios. a pandemia e uma invencao, lol menos para os mortos, o que eu adoro nestas pessoas e quando elas provam do próprio veneno que anunciam irresponsavelmente e morrem disso, esses fazem a minha coroa de gloria, todos os negacionistas estao ai para esse efeito, e é isso que eu lhes desejo uma boa dose de covid com uma boa morte, acima de tudo tenham a coragem de nao se vacinar e deixar as vacinas e esse veneno para os outros. Agradecidos