quarta-feira, agosto 05, 2009

Operação Pandemia – sobre o embuste da gripe das aves e da gripe suína

Surripiado AQUI. Vale a pena ver.


15 comentários:

Sérgio_alj disse...

http://visaodemercado.blogspot.com/

Zorze disse...

Diogo,

Este vídeo é demasiadamente importante.
Também o surripiarei.

Abraço,
Zorze

xatoo disse...

a Gilead faz parte do grupo de 8 empresas aconselhadas para se investir em Bolsa numa pr~erspectiva de retoma. Vinha no jornal I de um destes dias
.

J.M.P.O disse...

Bem, não se pode ter a certeza que o dinheiro é a causa e não apenas o efeito da gripe. A leitura que é feita pelo vídeo é tão legítima como a contrária que dirá que o preço das acções sobe porque aumenta o volume de negócios porque o “Tamiflu” é o melhor medicamento contra esta estirpe de gripe. Por aquilo que li ainda não há muito tempo, esta gripe vêm em vagas desde o inicio do século. Também já tinha lido umas coisas sobre os efeitos secundários do “Tamiflu” Que pode estar bem publicitada, é verdade, mas também não acho que seja razoável abraçar cegamente uma teoria que tem o seu quê de teoria da conspiração.

ailhadosamores disse...

Óptimo Diogo

Esse Ramsfield está por de trás de uma data de desgraças.

Mas é que não tem fim, e não é só ele. Se olharmos para o que tem sido feito por essas empresas, a nível de guerras com armas biológicas, de biopirataria e de posse do que é digamos "o património alimentar, medicinal e de acricultura" de vários povos, é de enlouquecer.

Além disso estão a apoderar-se de toda mas mesmo de toda a alimentação dos seres humanos - de todas as sementes. É nisto que consiste o trugues dos transgénios, nada mais.

Quanto às "poucas" vítimas da gripe, eu gostaria que não chegasse o dia em que passem a fazer muitas vítimas para vender os seus produtos.

Diogo disse...

Zorze, de facto o vídeo está bastante bom.

Xatoo, a Gilead é uma excelente aposta. Quem tem assim nas mãos todos os Media mundiais, não vai perder seguramente dinheiro.

JMPO, você compreendeu o que viu no vídeo?

Ilha dos Amores, Rumsfeld é um dos tipos que eu não me importava de esganar com as próprias mãos.

Anónimo disse...

O que está a dar mesmo é a suinicultura. Daí o ramsfeld, homem com visão para o negocio, e mais algumas capacidades excepcionais, estar a facturar à fartazana.
Carlos

J.M.P.O disse...

Sim, compreendi o que o vídeo diz. Talvez tenha escrito mal aquilo que eu queria dizer (mas, no meu caso é normal). Sinceramente, não percebi o que quis dizer com essa pergunta. Vou tentar clarificar um pouco mais a minha opinião. O vídeo descreve factos e, muitas vezes, interpreta-os de um modo que é válido, face aos elementos que dá, mas não é o único. Não me parece que a interpretação de alguns factos, feita pelo vídeo, resista a um teste que requeira uma certeza “para lá de qualquer dúvida razoável”.

Quanto aos efeitos secundários do “Tamiflu” eu apenas disse que já tinha lido sobre eles algures num jornal.

Há partes do vídeo que não passam de interpretações válidas.

Já agora, respondendo também a alguns comentários, há muitas injustiças criadas por causa dos direitos de propriedade industrial. Essa das variedades vegetais patenteadas nos EUA é uma. As patentes desses produtos só são, contudo, válidas no território dos EUA (e chega bem para causar prejuízo aos exportadores que assim são roubados). Há outras injustiças causadas por esses direitos das quais nós somos também culpados. O acordo TRIPS/ADPIC é um bom exemplo, em parte hediondo, prejudica muitos dos países em desenvolvimento, este acordo foi imposto pelos países “ricos” onde se inclui a UE (e dentro dela Portugal) aos países “pobres” em troca da liberalização da agricultura, principalmente em troca de uma redução do proteccionismo da PAC (mais da PAC do que da política agrícola dos EUA). Como vê a culpa dos males do mundo no que toca a estas questões não é só do senhor Rumsfeld e dos Americanos!

Diogo disse...

JMPO,

Você lembra-se da gripe aviaria, com a qual todos os telejornais abriram durante uma data de tempo? Quantas pessoas foram infectadas? Quantas pessoas morreram?

Vê agora o tempo que é dado pelos media à gripe suína? Quantas pessoas foram infectadas? Quantas pessoas morreram?

Você já reparou que eles falam sempre no total dos que já foram infectados e esquecem-se sempre de falar na quantidade dos que já se curaram? Já alguém morreu em Portugal?

Não há nada nesta história que lhe cheire mal?

J.M.P.O disse...

Até aí já eu tinha chegado, percebo perfeitamente o que se quer dizer no vídeo mas tenho dificuldade em aceitar, sem mais, essa conclusão porque as provas não são conclusivas. É um problema de opinião, nada mais. É claro que acho todo este mediatismo em volta da gripe A esquisito assim como. por exemplo, o mediatismo em volta do aquecimento global (se bem que as ideias que explicam o mediatismo em torno deste sejam mais convincentes).

Ricardo Zenner disse...

Mais: já andam palhaços e palhaças (não sei que outro termo se lhes pode aplicar sem ser francamente insultuoso, como merecem) pelos nossos centros comerciais de máscaras de papel na cara e luvas cirúrgicas para espalhar o medo, e a tentar convencer as pessoas a usá-las. Quando alguém mostra ter mais conhecimentos de medicina do que o vulgar cidadão e lhes diz que as máscaras ridículas nunca preveniriam um contágio por um vírus «air-borne» como o da gripe, mas sim o potenciariam por acumulação no papel da máscara, húmido e quente da respiração, esses palhaços encartados dão meia-volta e fogem sem uma palavra.

Quanto a mim, ao me abordarem com a imbecilidade, respondi que o carnaval ainda vinha longe, e que não tomassem toda a gente por atrasados mentais. A uma sujeita mascarada e enluvada que me perguntou se eu sabia o que era o vírus H1N1, retorqui-lhe com outra pergunta: «qual das 140 estirpes? Estão a gozar connosco, é?». A mesma reacção, o voltar de costas e a fuga algo precipitada.

Porque esta tramóia vem de longe, e algumas das estirpes do H1N1 já provocaram as vulgares gripes sazonais sem mais mortalidade do que é vulgar nestes casos, é bem possível que detectem doentes com o vírus, tão «maléfico» quanto o de qualquer gripe.

Gozam com a ignorância das pessoas, e tentam vender «medicamentos» que nada contribuem para a saúde do doente, e inocular mistelas potencialmente letais através de «vacinas» que mais não fazem senão espalhar uma possível doença.

Acontece que a dita «vacina» é já antiga, pelo menos de 1976, tendo nesse ano causado na primeira semana de administração mais de 300 mortes só nos E.U.A. (para UMA de gripe). Deixou mais de 4.000 pessoas estropiadas, e os processos contra as farmacêuticas pararam a porcaria.

Assim, há que:

1. Ridicularizar todas as medidas mediáticas de transmitir medo com uma doença banal;
2. Rejeitar todas as «medidas» absurdas (máscaras, luvas, desinfectantes anti-bacterianos) que nos querem impor, por serem totalmente ineficazes (as gripes são virais, e os desinfectantes anti-bacterianos só actuam sobre bactérias);
3. Rejeitar TERMINANTEMENTE «medicamentos» como o Tamiflu (proibido em 1997 no Japão pelas mortes que provocou) ou a «vacina» com a qual querem efectuar a propagação da doença;
4. Saber que há desinfectantes baratos e eficazes como a lixívia (nunca para o corpo ou mãos) e anti-virais como o ISOVIR, por exemplo, que podem debelar uma forte gripe em dois ou três dias, quase sem efeitos secundários. Se começar a tosse e a expectoração, é sinal que pode ter entrado uma bactéria oportunista, e então, se estes sintomas se agravarem, podemos passar a um antibiótico, como o Bactrim Forte, de 12 em 12 horas. (O ministério da saúde pode lançar-me todas as ameaças por eu estar a divulgar isto sem a «bênção» clínica, mas nós, cidadãos responsáveis e medianamente cultos não somos gado, e temos o dever de saber cuidar de nós próprios);

4. E, por último, NÃO TERMOS MEDO, e rirmos-nos na carantonha dos apóstolos da desgraça fictícia, dos papões mediáticos, tão imbecis quanto criminosos.

Perdoem-me tão longo comentário, mas estou farto da diarreia de disparates - estes verdadeiramente suínos - debitados diariamente pelos mainstream media.

Santas noites.

contradicoes disse...

A industria farmacêutica
é pois uma máquina letal
porque a sua terapêutica
não fazendo bem faz muito mal

Basta que nos lembremos que este surto de gripe surgiu exactamente quando as empresas da industrias farmacêutica estavam também elas a registar prejuízos e com significativas quedas nas principais bolsas internacionais. Assim que foi lançado o pânico da pandemia imediatamente as ditas empresas começaram a registar lucros avultados.

Anónimo disse...

http://www.infowars.com/what-to-do-if-the-government-force-vaccinates-you/

Anónimo disse...

Sinviral, de Novadiet (la respuesta española)

Anónimo disse...

Julián Alterini, cineasta y documentalista español