quinta-feira, janeiro 21, 2010

Silva Lopes, de 77 anos, que acumula várias reformas milionárias, defende o congelamento dos salários dos menos afortunados

Silva Lopes, um reformado reincidente com proventos milionários


José Silva Lopes (hoje com 77 anos) foi nomeado, a partir de 4 Junho de 2008, membro do Conselho de Administração da EDP Renováveis. Entre 1969 e 1974 foi administrador da Caixa Geral de Depósitos. Ocupou o cargo de Ministro das Finanças entre 1974 e 1975 e novamente em 1978. Entre 1975 e 1980 foi Governador do Banco de Portugal e, desde Janeiro de 2004, Presidente do Conselho de Administração do Montepio Geral.

Silva Lopes, exerceu funções de presidente do Montepio durante apenas quatro anos e por esse período de actividade está a receber desse banco uma pensão de reforma de cerca de 4.000 euros por mês, a juntar às duas reformas que já aufere, uma da Caixa Geral de Depósitos e outra do Banco de Portugal e, como é do conhecimento público, estas duas entidades pagam pensões "douradas" aos seus ex-administradores.


Agência Financeira - 24/3/2008:

Silva Lopes: «Comunico aos associados e aos colaboradores do Montepio e das empresas associadas que tomei a decisão de renunciar às funções de Presidente do Conselho de Administração do Montepio Geral Associação Mutualista e da sua Caixa Económica, com efeitos a contar do próximo dia 1 de Maio», pode ler-se no documento. «Tomei esta decisão por razões de idade. A minha carreira profissional foi iniciada há 54 anos e sinto-me privilegiado por ela ter podido ser tão longa. Mas, à medida que o tempo passa, vai-se avolumando o meu receio de que o dinamismo da minha actuação esteja a ficar aquém do que é de exigir num cargo de tanta responsabilidade como o que tenho vindo a desempenhar à frente da Administração do Montepio», diz Silva Lopes no documento, publicado no site do banco.


Depois de ter apresentado a sua demissão de presidente do Montepio, o dr. Silva Lopes, alegando que já tinha 74 anos e precisava de descansar, aceitou o cargo de administrador da EDP Renováveis (são essas as suas funções actuais), onde aufere um vencimento que certamente não será inferior ao que recebia no Montepio.


TSF - 4/3/2009:

O ex-ministro José Silva Lopes, que falava por ocasião de um almoço em sua homenagem organizado pela Associação Industrial Portuguesa (AIP) e pela Ordem dos Engenheiros (OE), sublinhou que manter o emprego é, neste cenário de crise económico-financeira, «a coisa mais importante», mas que é preciso tomar medidas no que diz respeito aos salários: «Acho que se deve congelar os salários acima dos salários mínimos e reduzir os salários que estão cá em cima»


Em suma


Este simpático velhote, de 77 anos, que acumula reformas milionárias, umas atrás das outras, apresenta apenas uma pequena mácula: respira! E ao fazê-lo, além de arrecadar grandes quantias de dinheiro que dariam jeito a gente bem mais necessitada, liberta também CO2, o que é péssimo para o efeito de estufa e o aquecimento global.
.

15 comentários:

Anónimo disse...

Porque é que ele não prescinde das suas reformas milionárias e atribui-las aos pobres e da última reforma só fica com 400 Aérios?Temos todos q fazer sacrificios,n'é?

Depois há questão destes marmanjos terem andado a 'gerir' com sucesso o Bem Público e ,isto está como está!
Competentes?

Hugo disse...

O que o nosso país devia fazer era coordenar uma melhor distribuição dos rendimentos(como consta na Constituição)...
Para os que já ganham estas fortunas nada se pode fazer(a não ser abatê-los), cabia era também aos desgovernos criar mecanismos legais que proibissem este tipo de situações o futuro!
Vou citar ainda dois exemplos de ex presidentes da república;o Ramalho Eanes que recusou receber outra reforma a que tinha direito por lei, e o do Mário Soares que recebe 100000 euros por mês, mais casa,segurança,carro e motorista...

Triste país em que os velhos que não largam a "teta" do Estado vivem até aos 100 anos, e os que não foram chulos e se mataram a trabalhar acabam na miséria!

Saudações

Carlos Marques disse...

Ele é que devia ser renovado para dar lugar a quem está em idade de trabalhar!!!

Zorze disse...

Do ponto de vista ético não deveria ter aceitado o cargo.
Tenho quase a certeza que foram alguns sabujos e engraxadores do sistema que o convenceram a ir para lá.
Com 77 o que pretende lá ir fazer?
Há nesta história alguma perca de noção da realidade e do tempo, do recém administrador da EDP.

Abraço,
Zorze

João disse...

O percurso dos ladrões de Portugal é sempre o mesmo, metem-se nos partidos e arranjam maneira de chegar a ministros ou secretário nem precisa de ser de estado, cumprem 4 a 8 anitos que dedicam na quase sua totalidade a nogocios de alavancagem do futuro deles, autentico trafico de influência. Quando terminam as funções governativas vão à procura da colheita que semearam nas públicas e nas outras. Nomes: Silva Lopes, Dias Loureiro, Jorge Coelho, Oliveira e Costa, é uma lista longuissima. Tem sido esta prática que exaurido a economia nacional.

alf disse...

eh eh ... é a primeira vez que concordo com alguém que diz que deviam fechar uma fonte de CO2...

Eurico Moura disse...

Se a economia fosse uma disciplina cientifica, como, por exemplo, a engenharia civil de pontes, e se responsabiliza-se os seus profissionais do mesmo modo, estes tipos estavam todos no desemprego, pois todas as pontes económicas estão a ruir.

Anónimo disse...

Boas, seria importante analisar-mos a possibilidade do sismo no haiti ter sido fabricado!

http://kikka-roja.blogspot.com/2010/01/video-haiti-terremoto-provocado-maquina.html

abraços

contradicoes disse...

Curiosamente existem neste país muitos Silvas Lopes que também acumulam chorudos vencimentos a outras mordomias e que pensam exactamente como este. Por exemplo o Victor Constâncio é um dos que comunga desse mesmo sentimento. Os pobres cada vez mais pobres de preferência até atingirem o estatuto de miseráveis e eles sempre muito confortavelmente com os proventos que auferem muitos dos quais sem o justificarem minimamente.

ovigia disse...

boas,

mas que corja esta que arruina o país há decadas!

já agora a juntar a este senhor que gasta o nosso precioso oxigénio, pode-se-lhe juntar o caro candidato a PR, outra figurona do PS, o caro poeta, Manuel Alegre e claro o papa da trupe o sr Soares.
E nos outros partidos tb não faltarão personagens destas, a começar pelo caro actual PR.

Anónimo disse...

Com tanta reforma, grande moralista, que bem lhe ficava dar algum pra ajudar o pobre, enquanto não dá a bota, o olhos de carneiro!

simon

Anónimo disse...

Estarei a sonhar, ou não havia um limite para reformas???

Realmente, a "velha guarda" não larga a teta do Estado e vai arruinando o país e o futuro dos mais novos! Pena que não haja uma ETA por cá e os mandasse a todos (de preferência um de cada vez) com grande estrondo... e muito fogo de artifício, para o inferno!

Que lhe dê um coisinha muito má, são os meus votos para ele e todos os demais pançudos que nos chulam há décadas!

Armando disse...

Diogo do que gostei mesmo foi da conclusão.

Anónimo disse...

Se tem reformas È porque merece!
o Dr Lopes nao é um mendigo qualquer, é um estudioso, e tal deve ter merito neste país de gente que nao se cultiva e está sempre com inveja...

Anónimo disse...

imparato molto