quinta-feira, outubro 07, 2010

Um vislumbre do que o neoliberalismo prepara com a extinção do Serviço Nacional de Saúde

.
Curto Vídeo legendado em português

Cortesia dos Monty Python




Cinco frames do vídeo











ADMINISTRATOR PYCROFT: Morning, gentlemen.

DOCTOR SPENSER: Morning!

OBSTETRICIAN: Morning, Mr. Pycroft.

DOCTOR SPENSER: Morning, Mr. Pycroft.

ADMINISTRATOR PYCROFT: Oh, very impressive. Very impressive. And what are you doing this morning?

OBSTETRICIAN: It's a birth.

ADMINISTRATOR PYCROFT: Aahh. What sort of thing is that?

DOCTOR SPENSER: Well, that's when we take a new baby out of a lady's tummy [barriga].

ADMINISTRATOR PYCROFT: Wonderful what we can do nowadays. Aah! I see you have the machine that goes 'ping'. This is my favourite. You see, we lease this back from the company we sold it to, and that way, it comes under the monthly current budget and not the capital account. [applause] Thank you. Thank you. We try to do our best. Well, do carry on.
.

13 comentários:

Castanheira disse...

O PS, com os aumentos dos medicamentos e a entrega dos hospitais aos privados, está a destruir o sistema nacional de saúde. E o PSD quer ir ainda mais além.

Não tardará que o parto representado no vídeo seja o símbolo de toda a saúde em Portugal.

Helena Simões disse...

Há duas espécies de pessoas no mundo – aqueles que adoram os Monty Python e os que os detestam. Não há meio-termo – é uma daquelas coisas que é preto ou branco.

Um teste verdadeiro para saber se alguém gosta dos Monty Python é mostrar-lhe «O Sentido da Vida». É uma boa forma de medir se uma pessoa acha piada aos aspectos menos politicamente correctos da vida.

Anónimo disse...

Inglezes tristonhos?

Daniel Simões disse...

Engraçado que ainda ontem estive a rever A Vida de Brian tb dos Monty Python!!!
estes gajos são excelentes!!!

arthur disse...

EMBAIXADA DO IRA SOLTOU UMA NOTA, QUE SEGUE:

“O Brasil nunca venceu o Irã por 3×0 AGORA em Abu Dhabi, com transmissão AO VIVO para o mundo todo. É tudo uma montagem feita por Israel para desacreditar o Irã. Este jogo,11/09 e o Holocausto nunca existiram!”

Ahmedinejosta, presidente do Irã

Aldo Luiz disse...

"O Milagre da vida", conforme o aqui mostrado é bem o retrato da inumanidade a que chegamos. Ou me iludo e nunca saímos dela?
Brycen não estaria passando por essa agonia, se não tivesse sido vacinado.
Todos os poderes "democráticos" da casa grande mentem ao povo senzalado, mundialmente. Somos tratados como gado. Cobaias da FARMÁFIA CADA VEZ MAIS MILIONÁRIA E "IRRESPONSÁVEL".
Genocídio agora chama-se efeito colateral?
Um crime sem castigo?
Até que ponto pode chegar a criminalidade travestida de autoridade científica?
Até que ponto vamos continuar negando a farsa dessas vacinações desnecessárias e dessas falsas pandemias apenas interessantes do ponto de vista do lucro inescrupuloso de quem se aproveita da ignorância e boa fé dos povos senzalados explorados por esta corja que se diz governante?
P.s.: Ao comentarista Arthur sionista envergonhado. Seu comentário em meu blogue na postagem sobre o menino Brycen, foi deletado por absoluta inoportunidade de conteúdo e palavras. Sou grato

arthur sionista disse...

Caro aldo senzalado, o que mais eu poderia esperar de alguem que idolatra chavez da venezuela, ahmadinejad do ira, e movimentos como o do mst no Brasil, realmente reacoes bem democraticas como esta, assim fazem estes senhores com seus opositores que tem sorte quando nao acabam mortos, e eh nestes lugares que vossos quadros e objetos de artes plasticas tem mais visibilidade, pois por enquanto estao enfeitando latas de lixo e banheiros da senzala, grande abracos pois como eh feriado prolongado vou para juquehi no litoral norte com a familia, desfrutar um pouco das facilidades e regalias da casa grande, pare de fumar aquele cigarrinho estranho e vai cuidar da senzala .........de arthur sionista

Diogo disse...

Ao Arthur Sionista faltam-lhe aquelas mil e trezentas gramas de massa encefálica que distinguem o homem do celenterado.

Filipe Bastos disse...

Caro Diogo, não tenho por hábito recomendar sites/blogs, mas permita-me uma excepção:

http://irritado.blogs.sapo.pt/

É um blog da "direita pura", frequentemente nos antípodas do que aqui expõe/"debunka", mas que vale pela escrita inteligente, e pela assertividade. É também um local que acolhe opiniões contrárias, com honestidade e sem censuras pacóvias.

Tenho o prazer de lá comentar(embora há menos tempo do que n'Um Homem das Cidades), e até hoje não tenho qualquer razão de queixa, muito pelo contrário. Recomendo vivamente uma visita, quando tiver tempo.

Abraço,
FB

athur sionista disse...

obrigado portugues diogo, agora me diga:quanto voce ganha por mes com toda esta sua inteligencia????????/
apenas por curiosidade para saber se a tua capacidade foi bem utilizada ou foi desperdicada...................abracos

Zorze disse...

Em muitos casos reais ja' existem atendimentos piores aos que Monty Python parodiam.

Anónimo disse...

Não é assim tão inumano como isso. Ainda têm aquela máquina que faz "Plim!"

Anónimo disse...

Qual é a relação entre alguma coisa ser privada e ser má? O Estado só é fundamental na saúde porque é difícil (e não seria rentável) aos empresários mobilizar capital suficiente para fazer investimentos avultados em áreas muito específicas. De resto, os dentistas são todos privados e são excelentes. Não vai lá toda a gente porque os aparelhos são muito caros e as consultas reflectem isso. Se o Estado comparticipar as consultas, como parece que agora está a começar a fazer, poupa na organização de "dentistas estatais" (o que implicaria custos burocráticos, em instalações e em salários desligados da procura real do serviço) e aproveita o bom trabalho de pessoas empreendedoras e boas profissionais.

O resto é conversa da treta sem nexo nenhum. Haja alguma pedagogia.