terça-feira, dezembro 20, 2011

Quão alta é a fasquia de sacrifícios que a carneirada deste rectângulo está disposta a aceitar?

.
O Primeiro-ministro necessita urgentemente de ideias arejadas


O Menu do Governo para hoje - 20.12.2011
Rumo ao empobrecimento nacional

1 - Governo vai apresentar até Março diploma que facilita despedimentos

O Governo vai até março submeter ao Parlamento um diploma que deverá possibilitar às empresas o despedimento individual do trabalhador por inadaptação e por não cumprimento dos objetivos acordados com o colaborador.
De acordo com a nova versão do memorando de entendimento, a que Lusa teve acesso, o despedimento passará a ser significativamente mais fácil, bastando que o trabalhador não cumpra os objetivos acordados com a empresa, não se adapte ao posto de trabalho ou exista um colaborador que a empresa considere mais bem colocado para o efeito.


2 - Redução de 380 milhões na Educação com racionalização da rede e pessoal

A redução de custos na Educação, com o objetivo de poupar 380 milhões de euros, racionalizando a rede escolar e criando agrupamentos, diminuindo ao mesmo tempo as necessidades de pessoal, estão nas metas do memorando revisto da "troika".


3 - Governo terá de poupar quase o dobro com a saúde em 2012

O Governo terá de poupar quase o dobro nos custos com o setor da saúde que o estipulado na primeira revisão do memorando de entendimento com a 'troika', passando assim de 550 para 1.000 milhões de euros.


Comentário

Em vez de emigrar (como sugerem os government boys), porque não esburacar certas cabeças apostadas em oferecer a riqueza nacional a meia dúzia de agiotas e conduzir o Povo à penúria?

Que faltará ainda para que a Fome e a Miséria se sobreponham ao Medo e à Bovinidade?
.

36 comentários:

Anónimo disse...

Cheira me que o euro vai cair...

RAMIRO LOPES ANDRADE disse...

Caro Diogo

Esta de esburacar era otima.
Mas não tens sorte nenhuma !!!!!
Nós portugueses somo frouxos de merda, covardes, acomodados.

GOSTAMOS MESMO É DE;

FADOS
FUTEBOL
FATIMA
NOVELAS

Nem mais !!!!!!!!!!!!!!!!!

Tamos desgraçados.

um abraço

RAMIRO LOPES ANDRADE

Anónimo disse...

Caro Diogo,o passos é um palhaço.

É O CIRCO QUE TEM QUE QUEMAIR.

O ladrão do bpn,ladrão dos fundos da ue durante decadas,e vigarista da máfia do cimento,falo claro do covarde silva disse e cito:

"Se o euro cair a Europa vai voltar aos nacionalismos"

Traduzido por míudos:

"Se o euro cai,nós(classe politica da 3ªrepublica) que roubamos os cofres do estado,violamos menores,destruimos milhares e milhares de lares com a sociedade que fizemos e condenamos as 2 a 3 proximas gerações com a divida,tamos completamente fodidos"

"Porque se o euro cai,o caos será a um nivel,que mesmo o povo corno Português irá acabar por se revoltar com polvora"

"Porque se o euro cai,qualquer liderança que venha ocupar o poder no fututo SABE que OBRIGATORIAMENTE vai ter que se afastar da corja do passado e por isso mesmo julga la,condena la,não só para servir de exemplo,mas tambem para ganhar o apoio das massas"

"Portanto se o euro cai,nós tamos fodidos,porque o euro é o pilar de todo o esquema,caindo o euro,cai o regime em Portugal"

"E por isso só espero que os Deuses como castigo não se lembrem de fazer cair o euro,pois eles melhor que ninguem sabem destruir um sistema,e estão dispostos a ir aonde for preciso para se vingarem"

"E como quem realmente manda,não aparece,só os palhaços são actores,nós vamos levar e nem vamos saber donde vai vir"

"E se o euro cai,Portugal podia servir de "teste" para um novo tipo de regime com outro paradigma,e como os Deuses são sádicos pode muito bem para eles a queda do euro ser um objectivo"

"ai ai,que se o euro cai a vingança vai ser terrivel"

Anónimo disse...

Pilares dos partidos e da 3ª Republica:

*Ilusão de credebilidade(media alternativo e forte propaganda via e mail,blogs,sites,mensagens de tele,jornais,tudo o que for possivel para combater essa ilusão que vigariza os Portugueses há mais de 2 decadas)


*Fundos de empresas de contrução,banqueiros e drogas pesadas(exemplo dos falsos navios petroleiros carregados de drogas pesadas a descarregar aqui,tudo com o soares a controlar e a fazer de certos pj palhaços,e a destruir milhares de familias em lares nos bairros sociais com branca e castanha espalhando a miseria,destruição das familias e espalhar do hiv)

*Ausência da auditoria á divida que provaria os seus saques

*Medias e a respectiva propaganda(boicote aos media que enganam os portugueses devem ser começado a ser feito)

*Passividade e cornice mansa dos Portugueses(que só muita fome e desespero o fará agir e é uma pena que assim o seja,pois faz da crise uma necessidade,um mal menor para um bem maior,e por isso repito que quanto mais demorar a queda do regime,pior vai ser,e era bom que levassem a serio isto que digo)

*Tribunais que não funcionam e por isso não são condenados(Processos nos tribunais internacionais e a musica é outra,acompanhado de entrevistas a media alternativas a CONTAR TUDO sobre o que se passa fazendo pressão internacional)

*Falta de movimentos nacionalistas revolucionarios como existe noutros Países da europa e de respectivas tacticas do "desorganizadamente organizado",sem lideres,e duma forma anarquica mas organizada organizar o caos,em varios sitios,ao mesmo tempo,deixando as autoridades sem meios para vigiar e ir a todos os sitios.

Anónimo disse...

Responsabilidades,Crimes dos partidos e da 3ª Republica:

DADOS OFICIAIS ACTUALIZADOS:

*A média do crescimento económico é a pior dos últimos 90 anos=(incompetência mais que provada,falhanço total,porque governar é prever,e quem não sabe prever não serve para governar,logo tem que ir embora)

*A dívida pública é a maior dos últimos 160 anos=(Clientelas partidarias,maçonaria e opus dei a roubarem durante mais de duas decadas e a encher com lugares do estado(contribuintes) os seus amigos ladrões,ou seja,o contribuinte pagou durante decadas para ser roubado,e agora vai pagar ainda mais ao que o roubou para tapar o roubo dos que o roubaram)

* A dívida externa é a maior dos últimos 120 anos (desde que o país declarou uma bancarrota parcial em 1892)=(É o preço do SAQUE de mais de 2 decadas da canalha politica e que agora quem paga é o corno do contribuinte,porque o corno só deixa de pagar quando deixar tambem de ser corno)

*O desemprego é o maior dos últimos 80 anos.=(Onde param os milhares de milhões dos fundos da ue? Auditoria e condenação dos corruptos é urgente)

*Vivemos actualmente a segunda maior vaga de emigração dos últimos 160 anos=(qualificada e por isso investimento perdido,pois os impostos dos Portugueses pagaram toda a formação de criança até adulto para depois na fase final sair,ir para Países a sério,e Portugal substituir por terceiro mundistas)

ESTE É A TERCEIRA REPUBLICA

A REAL.

A VERDADE VERDADINHA.

TUDO O RESTO É PROPAGANDA PARA SIMIOS....

FACTOS SÃO FACTOS,OPINIÕES SÃO OPINIÕES...

OS DADOS ACIMA SÃO FACTOS,LOGO PROVA!

Zorze disse...

"Que faltará ainda para que a Fome e a Miséria se sobreponham ao Medo e à Bovinidade?"

Muito pouco, brevemente toda esta carneirada irá bater com a cabeça na parede, e vai bater com muita força. Depois meio zamboados com a vida, vão andar meio baralhados e mesmo assim "a massa" não vai entender, a lógica de tudo isto.

Correirizada da Manhã, vai pulular por aí meio perdida à espera do cão que as ordene para o sítio certo de pasto.

RAMIRO LOPES ANDRADE disse...

Diogo

Passa-se qualquer coisa.
Uma reuniao as 19:30 hs entre passos e seguro, hummmmmmmmmmmm, não me cheira nada bem.
Será o confisco dos euros nos bancos e sua conversão em escudos novos ????
Será alguma guerra nbo IRÃO ou na Síria ???
Passa alguma coisa, o que será ????????????????
Se lhe cheirar alguma coisa pôe no blogue.
Um abraço.

Ramiro Lopes Andrade

Euro-Céptico disse...

Segundo esta noticia do SOL, há rumores que a Irlanda já anda a imprimir moeda nova.

http://sol.sapo.pt/inicio/Economia/Interior.aspx?content_id=35935

Falta saber se é verdade?

Gostava que fosse.

Se a Irlanda estivesse a imprimeir moeda, o mesmo estaria a acontecer em Portugal, só que tudo teria que ser feito no segredo dos deuses para impedir uma corrida aos bancos.

Por mim deve cair o euro e a UE, depois vai ser lindo, quero ver onde é que se vão meter os traidores federalistas europeus que por ai andam, e pior os traidores iberistas, então estes últimos que se cuidem, que vão estar à pega.

Deixo só aqui os nomes de 4 que eu gostava de ver engavetados, Sócrates, Mário Lino estes 2 são sobejamente conhecidos, Luís Amado, o tal que disse que o futuro de Portugal passava pela ibéria, isto ísto em 2009 em pelana campanha eleitoral, traidor inqualificável.

E por fim o Meneses de Gaia, um vendilhão aos espanhóis, que veio defender TGV, mundiais de futebol com os castelhanos, e pior ainda veio na semana passada defender uma liga com os castelhanos. Este meneses é um traidor nojento, vendido aos castelhanos desde que o meteram á frente da organização do noroeste peninsular.

Viva Portugal.

Caça aos traidores.

O que eu gostava mesmo de ver era o crime de alta traição em Portugal ser revisto e tipificado com a aplicação da pena de prisão perpétua a este bando de traidores, quem fala destes fala de muitos outros.

Euro-Céptico disse...

Caça aos traidores para mim significa prisão com eles, é bem que se perceba, a minha interpretação é essa, mais nenhuma.

Anónimo disse...

Portugal já chegou ao ponto de ter programas televisivos onde juizes(rangel) se senta ao lado de ladrões(mendonça) a darem conselhos sobre o País e numa hipocrisia total falarem inclusivamente do probelema de corrupção.

juizes e ladrões lado a lado.
Fantastico...

Isto tambem só é possivel porque sabem que o povo é simio e porque os militares estão a ver o País a ser saqueado á cara podre e aparentemente estão se completamente a cagar...

E como nem povo,nem militares se revoltam,nem mostram qualquer indicio disso,eles roubarão o País até só restar calhaus e dividas.

Euro Ceptico tudo o que desejas pressupõe um ministerio publico eficiente,isento e justo.

O que manifestamente não é o caso,pelo contrario trabalha e faz parte da mafia.

A justiça só poderá algum dia funcionar num novo regime,e não perceber isto é continuar com utopias ridiculas de querer encontrar soluções democráticas quando o probelema é a democracia,de encontrar soluções dentro do regime quando o probelema é o regime...

A unica solução para este País passa por uma mudança de regime,e este povo não vai lá pela honra,nem pela coragem,nem pela inteligência.

Terá que ser a fome e o desespero,não há outra saída.

O euro tem que cair para por o circo arder,não há outra hipotese.

Tem que ser a fome e o desespero a fazer o povo se revoltar,porque neste momento até um espantalho dá mais luta.

Portugal está a saque,completo saque.

Vai vender sectores estrategicos para arrecadar dinheiro.

E depois esse dinheiro vai para pagar divida e juros.

E depois toca a pedir mais emprestado.

A medio prazo,nem dinheiro e nem activos.

Conclusão:Taremos mais pobres e sem activos.

O que se está a fazer é negociatas vantajosas para a maçonaria e restante escumalha,mas pessimas para a NAÇÃO.

Se não houver um golpe militar Portugal morre,nem duvidem...

Até Países da America do Sul já estão atingir o espaço,e aqui anda se a brincar ás ventoinhas e aos magalhães.

Portugal caminha para ser a angola europeia.

Atrasadinhos,corruptos,covardes,vassalos e cada vez menos puros racialmente.

Só não vé quem não quer ver.

Só um golpe militar nacionalista é a solução.

E quanto mais demorar pior vai ser...

Anónimo disse...

Feliz/Santo Natal e Próspero Ano Novo, a todos.
Carlos

Diogo disse...

Euro-Céptico – Também eu sou iberista e europeísta. Mais, sou mundialista. A questão nunca foi de organização territorial.

alf disse...

Uma revolta sem alternativa leva ao desastre; as pessoas sabem disso. Aparentemente, estão acarneiradas, mas na verdade, parece-me, estão em busca de uma alternativa.

Nunca se vai para uma guerra sem estar preparado para a ganhar. Há que estar sossegado enquanto se preparam as armas e atacar de surpresa quando se tiver força suficiente. Foi isso que os alemães fizeram antes de 2ª guerra e foi isso que os americanos andaram a fazer enquanto não entraram na guerra - a preparar-se para ela.

O facto de a EDP ter sido nacionalizada chinesa debaixo dos teutónicos narizes foi uma vitória formidável que mudou o curso desta guerra. Muita coisa vai mudar agora.

Anónimo disse...

Ainda há quem depois de ver que dentro dos proprios nativos a maioria trai o povo e o País,acredita que povos não nativos alguma vez hão de lutar por Portugal...

E isto vale para qualquer País.

Teses bloquistas e sociais democratas e utopias irresponsaveis e igualitarias fruto da demência democratica a somar a propaganda sionista que muito jeito dá para destruir a Europa como civilização,como conjunto de Nações com as suas respectivas etnias.

Separatismo racial,ser contra a misceginação não é racismo,mas sim racialismo.

Tanto é que apoio o nacionalismo Arabe,Persa,Negro,Indio,Niponico,etc...

Agora Europa é um continente Ariano,um continente de varias nações que foram fundadas pelas suas proprias etnias,Nações cujas raças têm a sua historia,cultura,lingua,costumes,gastronomia,arte,religião nacional(paganismo respectivo) e variadissimas caracteristicas unicas.

Uma Nação que começa a entrar na ideologia igualitaria,que faz com que o nativo se começe a sentir um "estranho" na sua propria terra,na terra que os seus antepassados fundaram e contruiram e lutaram por ela até aos dias de hoje,que a arquitectura caracteristica da sua etnia seja substituida por arquictectura americanizada e cosmopolita e predios altos todos iguais em todo o lado,que a gastronomia seja substituida por comida de plastico,que a misceginação seja icentivada,que os não nativos não só têm inadmissivelmente os mesmos direitos como ainda têm mais(casas de graça,ausência de deveres,etc...),uma nação que os politicos traem o proprio povo,a propria raça raiz,cometendo etnocidio propositadamente,quer pela imigração descontrolada,quer pela quebra de natalidade que eles causaram,quer pela emigração nativa fruto do desastre a que eles levaram o País...
É uma nação a caminho da extinção...

Portugal é uma (ainda)Nação a sofrer desses sintomas.

Está a morrer vitima de politicas e politicos traidores.
Mas tambem muito vitima das pessoas,nomeadamente as mais inteligentes que deviam ter o bom senso de não compactuar com esta loucura suícida,mas ao invés disso,tambem eles, os inteligentes vitimas do hipnotismo democratico,ou em nome do politicamente correcto,têm medo de dizer palavras como RAÇA.

E até mesmo NAÇÃO.

Uma Nação é uma construção racial.

E sem uma elite nacionalista racialista que zele pela raça raiz da Nação,ela acabar por definhar até morrer vitima da conspiração de organizações globalistas,seja em forma de partidos ou não,sejam opus dei ou maçonaria.

Portugal é uma Nação Celta,ainda que já só se note mais no interior e minho.

Os nazis perceberam bem a importância da raça de modo a conseguir um colectivo identitario e coeso que fizesse a sua Nação tornar se uma potência sem andar de gatas perante ninguem.

Os chineses tambem percebem bem isso e por isso são hoje uma potência.

Os nordicos e eslavos começam acordar para essa necessidade.

Os Portugueses como em tudo(mas não os unicos),desde a demência da democracia e da propaganda marxista e liberal,tornaram se atrasadinhos,retrogradas,frouxos, e insistem em andar sempre atrás dos acontecimentos.

Por este ritmo,talvez quando acordarem já seja tarde e já só sobrem abutres e cadaveres...

Anónimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=vWcf7jOr1gQ

http://www.youtube.com/watch?v=NgSoEbC3UWU&feature=channel_video_title

Ver estes 2 videos.
Se for preciso ver 50 vezes.

Até atingir...

Euro-Céptico disse...

Diogo, você é um traidor à pátria, é isso que você é. Mais nada.

Para mim um iberista é o expoente máximo do traidor em Portugal. Se você é a favor da destruição do pais, então para que ter um blog como este e falar dos politicos, se você próprio compactua com a destruição da nação.

Você é um paradoxo em pessoa, estou a ver que a sua única preocupação é o anti-semitismo, deixe lá os judeus em paz, eles têm tanto direito à vida como você.

Mais você admite aqui comentários verdadeiramente lamentáveis, como o último comentário do tópico do Mengele.

Depois desta afirmação, se já desconfiava de muito do que escreve, agora é que não confio mesmo.

Para mim você, o seu blog e tudo o que escreve deixou de ser credível.

N disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
N disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
N disse...

"Você é um paradoxo em pessoa, estou a ver que a sua única preocupação é o anti-semitismo, deixe lá os judeus em paz, eles têm tanto direito à vida como você."

Paradoxos á parte,Euro ceptico, qualquer pessoa que se diga Patriota tem que ser OBRIGATORIAMENTE anti semita,pois se nós somos Arianos,e os semitas são anti Ariantos e fazem de tudo para nos destruir,todo o Ariano tem que ser anti semita.

Euro-Ceptico os judeus são a fonte do probelema.

São eles que controlam a mafia da alta finança que através dos mecanismos de especulação e práticas sem escrupulos,escravizam povos,destroem nações tirando lhes os recursos, tendo em vista uma colonia de escravos consumistas por todo o globo sob o seu controle.

São eles que fomentam a democracia para dividir o povo e por uns contra os outros,de forma a que o povo não esteja unido sob a forma de um regime verdadeiramente nacional e assim poderem ter soberania,qualidade de vida,e assegurar um futuro decente para as proximas gerações.

São eles a (ainda) elite mais dominante no oeste e responsavel por tudo o que causaram de mal para o nosso povo.

São eles que controlam os media que enganam,manipulam os cidadãos.
Patricam terrorismo jornalistico,e muito muito muito grave(que será vingado,dê por onde der,demore o que demorar) fazem escutas e videovigilância ilegais dentro da casa de inumeros cidadãos.

São eles que promovem o igualitarismo,indecência,homossexualismo para corromper o nosso povo.

Só ha 3 tipos de Português(de gema) que não são anti semitas:

*O otario(esmagadora maioria)

*O covarde que até sabe das coisas,mas conforma se com a situação actual(quantidade consideravel) porque não quer arriscar o que quer que seja,mesmo que os proprios filhos,sangue do seu sangue se vão foder no futuro devido a ele não ter lutado pelos mesmos,é certamente o auge da covardia.

*O traidor(Partidos,politicos em geral,maçonaria e opus dei,media e comentadeiros profissionais.)
O traidor sabe perfeitamente de tudo e compactua e ajuda á traição.

O otario,se for doutrinado e ensinado acaba por aprender,mais burro,menos burro,com algum trabalho ele acaba por chegar lá,há uns que chegam mais facilmente,outros que demoram muito,e outros que infelizmente não conseguem mesmo(sub humanos)
,e estes ultimos não são tão poucos quanto isso,bem pelo contrário.

O covarde pode ser doutrinado para deixar de ser covarde,alguns conseguem,outros não,e outros nem sequer querem deixar de ser covardes.
Os covardes apenas mereçem desprezo,mas sobretudo muito atenção e vigilância porque o covarde é sempre um potencial traidor pois move se pelo medo e por conveniência e não por ideais ou coragem.

Agora o traidor...
Este é altamente nocivo para uma Nação.
O traidor deve ser ou preso ou executado.
Não pode haver qualquer tolerância para traidores.

Quando isto não é posto em práctica,Nações e povos acabam por ser destruídos internamente.

Isto é uma lição com vários seculos,mas que ainda nos dias de hoje,parecem não ter aprendido.

Isto em muito deve se á quantidade de covardes ser muito mas muito maior nas era democráticas.

Quanto mais covarde for o povo,maior é a probabilidade de ele se tornar escravo,ou até mesmo desaparecer enquanto povo identitário.

A situação actual de Portugal fala por si...

Diogo disse...

Euro-Céptico, N e Anónimo:

O Estado-Nação é apenas uma forma de organização que surgiu com a Revolução Industrial – havia que uniformizar a língua, as leis, o poder político, etc.

Hoje, a Revolução Industrial está a morrer e, com ela, o Estado-Nação. Imaginar que esta forma de organização é a ideal para combater o Poder Financeiro, é um absurdo. Basta rever os séculos dezanove e vinte e contar as inumeras vezes que o Poder Financeiro lançou Nações contra Nações.

Quanto à Raça, qual é o problema? Há raças superiores a outras?

Anónimo disse...

"O Estado-Nação é apenas uma forma de organização que surgiu com a Revolução Industrial – havia que uniformizar a língua, as leis, o poder político, etc."

Isto é falso.

"Hoje, a Revolução Industrial está a morrer e, com ela, o Estado-Nação. Imaginar que esta forma de organização é a ideal para combater o Poder Financeiro, é um absurdo."

Diga lá qual a solução não absurda...

"Quanto à Raça, qual é o problema? Há raças superiores a outras?"

O que se disse foi que há terras que pertencem LEGITIMAMENTE a certas raças.
E que cada raça deve ter o seu espaço para se desenvolver.

Nem quero entrar na questão das raças superiores,porque nada foi dito sobre isso,e até podia,mas nem quero entrar por aí...

A não ser que o Diogo ache as civilizações criadas,ivenções fantasticas,as mais variadas forma de arte de alto nivel,desenvolvimento cientifico e militar não são provas que há raças superiores a outras.

Por alguma razão umas evoluiram sozinhas e outras não.

Mas é melhor mesmo não irmos por aí...

Diogo disse...

Anónimo - «Nem quero entrar na questão das raças superiores,porque nada foi dito sobre isso,e até podia,mas nem quero entrar por aí... A não ser que o Diogo ache as civilizações criadas,ivenções fantasticas,as mais variadas forma de arte de alto nivel,desenvolvimento cientifico e militar não são provas que há raças superiores a outras. Por alguma razão umas evoluiram sozinhas e outras não. Mas é melhor mesmo não irmos por aí...»


Mas vamos por aí! Há, portanto, raças superiores e inferiores?

Anónimo disse...

"Mas vamos por aí! Há, portanto, raças superiores e inferiores?"

Não Diogo...

Somos todos "iguais"...

Uns iventaram o telefone,comboio,telemovel,criaram grandes universidades,tem obras de arte fantasticas,atingiram o espaço e etc etc...

Outros a unica "invenção" no meio de seculos é a manteiga de amendoim...

Foi o "racismo" decerto o culpado desse desnivelamento...

Os gregos,os romanos,os celtas,os sumerios,os germanicos,os egipcios,os nordicos,os eslavos,os chineses,japoneses,e etc são todos uns "racistas"...

Tiveram a atitude "racista" de desde há seculos criarem civilizações,serem competentes e inovadores na area militar e com isso fizeram expansionismo,criaram edificios fantasticos,a sua propria arquitectura,comercios avançados etc...


Os que andaram de lança durante milhares de anos a limpar o cú a uma folha de arvore e eternamente atrasados foi por culpa do "racismo"

Porque nós somos todos "iguais".

Diz a religião do politicamente correcto e do igualitarismo.

Beethoven=toy

Aristoteles=castelo branco

Afonso Henriques=mario soares

Sabio=burro

Cada um vale um voto,pois isto é que é uma sociedade "avançada".

Sem critérios raciais,intelectuais,morais.

Não importa o caracter,a sabedoria,a competência,a inteligência,a honra,a raça,não importa mesmo nada disso.

Somos todos "iguais"
Valemos todos o mesmo.

A nivelar tudo pela mediocridade.

Até na natureza as coisas são diferentes,mas na era democrática os humanos são todos "iguais".

E tambem não ha raças...Só há uma "raça",a raça humana,diz a biblia democratica.

Mas no que diz respeito aos animais,cães por exemplo,esses já tem raça,menos nós claro,em nome da coerência democrática...

A defenição de Nação é um conjunto de pessoas da mesma RAÇA,COSTUMES E LINGUA.

Mas nada disso intressa...

É fixe é cantar o hino e gritar a palavra Nação,mas na practica agirmos todos como se não fossemos uma Nação.

Pois está fora de "moda"...

O melhor mesmo é esta presente mescla igualitaria e irmos caminhando até á prisao final da nova ordem mundial sionista.

Com um chip rfid debaixo da pele de preferência que é em nome do "terrorismo",é para o nosso "bem"...

Humor negro á parte,voçês ainda não perceberam,e pior não querem perceber,que o igualitarismo é a arma deles para nos apriosionar a todos,pois quanto mais mediocre for a sociedade melhor é enganada,manipulada e escravizada.


O igualitarismo é o contrario da meritocracia,e como as pseudo elites são mediocres eles tem qualquer sociedade meritocrata pois sabem que numa sociedade dessas eles ocupam o lugar que lhe é devido.

Anónimo disse...

"O igualitarismo é o contrario da meritocracia,e como as pseudo elites são mediocres eles temem qualquer sociedade meritocrata pois sabem que numa sociedade dessas eles ocupam o lugar que lhe é devido."

Fica feita a correcção...

Anónimo disse...

Quando falamos de outras espécies,podemos reconhecer as diferenças entre raças,inclusive a inteligência.
No que toca aos humanos,já tudo se resume à côr da pele.
Entre a ida à Lua e uma sortida atrás de um porco silvestre não há qualquer diferença.

Diogo disse...

Caro Anónimo,

Se acompanharmos o desenvolvimento da História, veremos que as grandes civilizações têm caminhado do Centro de África para o Pólo Norte (tem aqui um BLOGUE que estuda em profundidade as civilizações subsarianas).

E assim a civilização foi evoluindo do Sul em direcção ao Norte, começando pelos povos da África Central, os Berberes, África do Norte (e Continente Americano – Incas, Maias e Astecas), Médio Oriente, Índia, Extremo Oriente, Europa Mediterrânica, Europa Central e Europa do Norte, China, Coreia e Japão.

Este movimento civilizacional tem a ver com o clima e não com a inteligência. No apogeu grego e romano, os povos do Norte da Europa eram considerados bárbaros.

Acontece que, quanto mais frio for um clima mais os povos que nele vivem têm de ser organizados e laboriosos. Porque se a caça, a pesca, as habitações, as roupas, as sementeiras e as colheitas não forem feitas na altura certa, esses povos estoiram de frio e de fome no Inverno.

Por outro lado, quanto mais quente for o clima, menos necessidade existe de «organização». Um africano pode, literalmente, «deitar-se à sombra da bananeira», porque dada a amenidade do clima, não morrerá nem de frio nem de fome.


Acontece que a evolução tecnológica progride mais rapidamente com gente laboriosa e organizada. Donde, à medida que a evolução tecnológica se ia espalhando do Equador para o Pólo, assim esses povos se iam tornando mais desenvolvidos e «civilizados». E a velocidade dessa evolução tecnológica tem vindo constantemente a aumentar.

Sendo assim Anónimo, devo considerar que, como o Sueco está mais desenvolvido que o Alemão, este é menos inteligente do que aquele? E se o Alemão está mais desenvolvido que o Francês, este é menos inteligente do que aquele? E se o Francês está mais desenvolvido que o Português, este é menos inteligente do que aquele? E se o Português está mais desenvolvido que o Marroquino, este é menos inteligente do que aquele? E se o Marroquino está mais desenvolvido que o Negro, este é menos inteligente do que aquele?

Em que ficamos?

Anónimo disse...

Diogo voçê "fintou" o que não consegue refutar e veio agora com isso.

Mas ok,essa teoria do frio é valida até certo ponto,se pensarmos que o frio obriga o respectivo povo a "fazer se á vida",e como a dificuldade aguça o engenho...

Concordo com essa teoria em certa parte.Porque tem logica.

Porem voçê quer simplificar as coisas demasiado e depois aplica mesmo alguma demagogia.

Vamos á teoria do frio por exemplo.
Os Nordicos e Eslavos da Russia.

Baixas temperaturas,mas os Nordicos são mais organizados.

Alías,de todos os povos existentes no mundo,são de longe os mais organizados.

Mas agora,caracteristicas espirituais...

Porque razão os Nordicos são os menos corruptos?

O Diogo decerto concorda comigo que um humano incorrompivel é significado de alta evolução espiritual correcto?

Já reparou que os Nordicos,estejam na Suecia,Noruega,Finlândia,Dinamarca,Islândia são os povos menos corruptos e mais organizados?

Como é que o clima pode alguma vez explicar estas caracteristicas?

A questão é genética...
A questão é tambem cultural,o que vai levar á genética pois a cultura do povo enquanto povo,só é possivel ser identitária e moldar se com as suas especifidades enquanto povo com os mesmos costumes,raça,relegião...

Anónimo disse...

E como explicar a supremacia dos romanos,helenicos,celtas e eslavos ao longo do tempo na area militar?

Ou acha que não é preciso alto nivel intelectual para inovar?Para ganhar batalhas?
Para desenhar armaduras?

Acha que não é preciso altos niveis de coragem e honra para ir combater e tar disposto a morrer por um ideal imperial da raça?


Porque é que certos povos,como negros e os indios(embora estes ultimos tinham algum avanço espiritual pricipalmente na relação com a natureza) ficaram para trás?

Porque é que não evoluriam para além da tenda e da lança?

Vamos á Asia....

Não acha fascinante os chineses como povo existirem há mais de 5000 anos e hoje serem um potência em ascensão?

Não acha fascinantes a cultura japonesa do samurai,de uma aristocracia guerreira altamente evoluida espiritualmente?

Foi o clima tambem?

Diogo há varias raças no mundo,que todas têm as suas especificidades,mas umas são superiores a outras,e os dados dessa supremacia são historicamente factuais.

Com que direito agora se quer apagar milhares de anos de historia,cultura,identidade em nome duma cagada chamada "democracia moderna"?

Só intressa a quem nos quer ver todos como escravos consumistas,sem raça,sem Pátria,sem ambições de algo maior.

E isso intressa aos inimigos do nosso povo,meu inimigo,seu inimigo Diogo,e certamente muito maior inimigo dos seus descendentes Diogo,porque quanto mais a tecnologia avança pior vai ser a prisão aos dissidentes.

Por isso reveja bem a linha de pensamento Diogo.

Quanto menos identitario é um povo,menos coeso,quanto menos coeso,mais facil de derrubar ou escravizar.

Anónimo disse...

Agora dado os acontecimentos do presente que não há paralelo na historia,como o excesso populacional sub Ariano,a globalização,a imigração massiva,o igualitarismo,o fraco nascimento de crianças Arianas,e o equilibrio mais vasto de poder no globo...

Ou os Arianos se começam todos a unir e fazer da Europa a sua fortaleza,ou o destino vai ser muito doloroso....

Durante seculos os Europeus Arianos lutarem entre si por recursos,territorios e outras vezes por sabotagem e manipulação judia(estas mais recentes)

Agora as circunstâncias são outras.

As circunstância pedem uma aliança Ariana de uma ponta até á outra,de Lisboa até Moscovo.

As circunstâncias actuais pedem a derrocada dos sistemas democráticos,e novos paradigmas politicos que promovam um boom de nascimentos de crianças Arianas por toda a Europa,e programas eugenicistas para essas mesmas crianças se superarem em todos os aspectos vitais para a sobrevivência dos Arianos.

Seja nas Artes,no campo ciéntifico,no campo militar,no campo desportivo,tudo mesmo...

Ou os Arianos acordam,ou estão a caminhar alegremente para a extinção voluntaria.

O mundo não é o mesmo e nunca mais será.

A Europa está longe de ser o principal jogador,e só será se potencializar se como nunca se potencializou até hoje.

E a chave disso é a união de todos os povos Arianos da Europa.

Celtas,Romanos,Eslavos,Nordicos,Helénicos...

Todos.

Hoje nações não Arianas em ascenção tem quase tanta populaçao como o continente Europeu todo.

Hoje nações não Arianas dispõe de tecnologia como nao tinham dantes,de espiões e toupeiras infiltrados na Europa,seja no mundo empresarial,politico,religioso,desportivo etc...

Têm ambições imperialistas,inclusivamente no nosso continente e não as escondem.

E nós Europeus vamos agora andar mos feito bananas,sem o nosso espirito imperialista que nos fez grandes no passado?

Só o otario é que quer ter uma vida sem sentido e sem objectivo algum.

A vida só faz sentido se algo magnifico edificarmos.
Como povo,como Raça.

Cabe aos Europeus acordarem.

Destruir a democracia é vital.

A democracia é o cancro que nos está amolecer e a por nos á merçê de quem nos quer destruir.

A democracia é o cancro que permite os mais altos traidores atingirem o poder e destruirem nos internamente.

A democracia é o regime que permite os fracos liderar os fortes.

Anónimo disse...

Diogo voçê é anti capitalista.

Refere varias vezes e explica muito bem a corrupção e especulação do sistema capitalista.

Refere que o mesmo anda em roda livre sem ninguem para o dominar.

Só falta voçê atingir que isso é possivel porque o capital é apátrida,não tem valores,não tem raça,não tem nação.

É inorgânico percebe?

E tudo o que assim o seja,apenas nos vê como escravos ou cobaias.

O nacionalismo é a UNICA ideologia orgânica,porque põe em cima da mesa,raça,pátria,valores.

Defende nos como POVO.

Percebe?

O marxismo não.
O marxismo diz se anti capitalista mas foi fundado pela maçonaria judia.
Marx era maçom e judeu.

Porque o objectivo do marxismo é sempre capitalismo de estado.

Ou seja...

A clique judaica dos builderbergs e afins fazerem de nós e das nossas nações os seus bordeis e prisões particulares.

Há é diferentes tipos de nacionalismos.

Uns mais fascistas conservadores,outros mais progressistas,outros nacionais socialistas,outros clericais ou pagãos.

Uns são melhores que outros sem duvida.

Mas são todos orgânicos(á excepção dos clericais porque o cristianismo é universalita,semita e globalizador e daí a incoerência de se dizer "nacionalista cristão")

Diogo,o nacionalismo é a ordem natural de nos organizarmos como povo.

Quanto fizemos o Imperio foi em nome de Portugal,não em nome de partidos.

Os partidos politicos do sistema democrático são sempre contrarios aos intresses da nação e do povo.

O seu objectivo é meramente de ver quem melhor engana o povo para se aproveitar dele.

Isto além de obvio,é FACTUAL.

Com factos que já duram há mais de 20 anos...

Portugal vai mingando como nação consoante mais tempo de democracia tem.

Tambem FACTUAL isto...

Diogo disse...

Anónimo, amanhã respondo-lhe ponto por ponto.

E peço-vos um favor: não comentem como Anónimos. Inventem um nome qualquer. Continuam a ser anónimos na mesma mas torna o debate muito mas fácil.

Diogo disse...

Anónimo - «Mas ok, essa teoria do frio é valida até certo ponto, se pensarmos que o frio obriga o respectivo povo a "fazer-se á vida", e como a dificuldade aguça o engenho... Concordo com essa teoria em certa parte. Porque tem lógica. Porem você quer simplificar as coisas demasiado e depois aplica mesmo alguma demagogia. Vamos á teoria do frio por exemplo.
Os Nórdicos e Eslavos da Rússia. Baixas temperaturas, mas os Nórdicos são mais organizados. Aliás, de todos os povos existentes no mundo, são de longe os mais organizados.»


Diogo – Atenção que eu falo sempre em duas variáveis: capacidade de organização (devida ao frio) e acessibilidade tecnológica.
Os nórdicos tiveram sempre mais acessibilidade tecnológica do que os eslavos. Mas no fim do séc. XIX a pobreza era grande na Suécia. De realçar que cerca de um milhão de suecos migrou entre 1850 e 1890, principalmente para os Estados Unidos.
Quanto aos eslavos, tiveram a canga de um regime comunista (ou seja, má organização e subsequente grande corrupção) durante quase todo o séc. XX.

Anónimo - «Mas agora, características espirituais... Porque razão os Nórdicos são os menos corruptos? O Diogo decerto concorda comigo que um humano incorruptível é significado de alta evolução espiritual correcto? Já reparou que os Nórdicos, estejam na Suécia, Noruega, Finlândia, Dinamarca, Islândia são os povos menos corruptos e mais organizados? Como é que o clima pode alguma vez explicar estas características?
A questão é genética... A questão é também cultural, o que vai levar á genética pois a cultura do povo enquanto povo, só é possível ser identitária e moldar-se com as suas especificidades enquanto povo com os mesmos costumes, raça, religião...»


Diogo – A corrupção é apanágio das sociedades menos organizadas. Quanto menos oleada for a máquina social, mais fácil se torna introduzir-lhe grãos de areia. E quantos mais grãos de areia (corrupção) tiver, mais a máquina emperra.
Aparentemente, quanto mais homogénea for uma sociedade melhor funciona em conjunto. Mas a revolução da tecnologia pós-indústrial, pós-estatandardização, pós-massificação veio estilhaçar as homogeneidades culturais. Em vez de 10 milhões de suecos ou 80 milhões de alemães a pensar e a agir da mesma maneira, temos agora, nessas sociedades avançadas, uma miríade de micro-culturas diferentes. E a evolução humana e a revolução política vai passar obrigatoriamente por aí.
Não mais «Ein Volk, ein Reich, ein Führer» a funcionar em uníssono e a gritar a uma só voz, tal como uma fábrica dos anos trinta. As sociedades mais avançadas estão diferenciar-se cada vez mais, de dia para dia. E as «democracias representativas» estão a deixar de representar o que quer que seja. Cada pessoa tem a sua agenda própria e a única resposta é a Democracia Directa.

José Gonçalves Cravinho disse...

A comparação com carneiros até está
bem feita,pois dêste rectângulo
à beira-mar plantado que também é Terra de Santa Maria e de Cristo-Rei,os seus habitantes formam desde há séculos,o rebanho do Senhor e no rebanho apesar de haver mais ovelhas que carneiros, todavia êstes também são em grande
número.Até o próprio Jesus Cristo é chamado o cordeiro de Deus e assim,é do rebanho do Senhor que se trata.E êste Senhor é afinal o Deus Javé ou seja o Padre Eterno dos biblico-judaico-cristãos.

Carlos disse...

Caro Diogo
“Euro-Céptico – Também eu sou iberista e europeísta. Mais, sou mundialista. A questão nunca foi de organização territorial.”
Bom. Ser iberista ou europeísta ou mundialista, parece-me uma forma de organização territorial, não? Se não é essa a questão porque não és nacionalista?
Mais, organização territorial vai ter sempre de existir, independentemente do nome que se lhe dê, por exemplo, por questões de organização administrativa. Aí os nacionalismos administrativos surgirão. Se é esse o teu problema com o que actualmente existe.
Novamente não está a levar em conta a natureza humana.
Grupo familiar mais próximo, grupo familiar mais alargado, grupo de amigos, grupo bairro, grupo cidade, grupo província, grupo país (língua), e por aí fora, em que o grupo último engloba os anteriores. Quanto maior o grupo menos afinidades gera nas pessoas, ao ponto de não haver qualquer afinidade.

Qualquer um até pode, se se sentir prejudicado pela junta de freguesia, ir pedir explicações ao presidente, já ao presidente da câmara é um pouco mais difícil, ao governador civil torna-se mais difícil ainda, ao primeiro ministro está praticamente fora de questão, ao primeiro ministro europeu só de pensar nisso é anedótico, ao primeiro ministro do mundo... nem vale a pena pensar no enxovalho de lunático. Claro que por exemplo o banco JPMorgan (e trupe Lda), o trás (o 1º ministro do mundo) no bolso... daí tanto quererem a tal mundialização, que vai de vento em popa, gera muito mais lucro, logo mais poder económico.
Vejamos o que fizeram com Portugal. Faz parte desse plano de europeização (mundialização). Portugal tornou-se num destino turístico, por imposição disfarçada.
Se o mundo financeiro não estivesse já mundializado não estaríamos todos a passar por este problema, ele tinha sido circunscrito à Inglaterra e aos USA e pouco mais. O Líbano cujo 1º ministro proibiu a compra de lixo, não está a passar o mesmo que o resto do mundo.
Os construtores navais constroem os barcos compartimentados porquê?

África berço. Não passa de mais uma teoria cheia de buracos. E algumas teorias até são como as modas. Conforme as conveniências (multi-culturalismos impostos unilateralmente ao ocidente), vêm e vão, até que surjam outras mais giras, que sirvam determinados propósitos do momento.
Como sabes existem descobertas que não encaixam nas teorias vigentes, como tal são descartadas.
Mas não é isto que me interessa. Penso que se desses a entender o que entendes por ser mundialista, é que seria interessante.

Diogo disse...

Carlos - «Ser iberista ou europeísta ou mundialista, parece-me uma forma de organização territorial, não? Se não é essa a questão porque não és nacionalista?»

Diogo - Porque as minhas preocupações a nível geográfico não coincidem necessariamente com a organização política desse espaço. Se viver na vila de Oeiras posso estar mais preocupado como o que se passa em Carcavelos (concelho de Cascais) do que em Algés (concelho de Oeiras). Se viver em Elvas, posso estar mais interessado com o que se passa em Badajoz do que em Lisboa, etc.
A organização territorial, tal como a organização social, está a passar dos círculos concêntricos para o formato de rede. Tudo, porque as novas comunicações e telecomunicações encurtaram radicalmente as distâncias, tanto espaciais como virtuais. Tenho muito mais a ver, a muitos níveis, com um grupo de pessoas que está espalhado pelos cinco continentes, do que com os condóminos do prédio onde vivo.

Ser mundialista é ser humanista no sentido mais lato do termo. É o sentimento de pertencer a um grupo que ocupa todo o globo. E é compreender que existe uma máfia que hoje controla todo esse globo e age a nível planetário.

Anónimo disse...

Conclusão: estes arianistas de meia tijela como o Diogo e companhia limitada são traidores á patria iberistas.

Sendo assim, é um insulto esta gente designar-se de nacionalista em Portugal.

O nacionalismo Português mede-se não pelos arianismos bacocos, mas sim pelo grau de aversão a castela, ser nacionalista em Portugal é ser anti-castela.

Para mim só há um lugar para os traidores, a cadeia, ou a forca, estes arianistas devem ter o mesmo destino.

Com atitudes destas estes senhores que se dizem "arianistas nacionalistas" só se estão a enterrar e a perder influencia.