segunda-feira, outubro 21, 2013

Com manifestações pacatas e discursos "inflamados" se aquietam e amansam os Espoliados


Enquanto Cristo expulsou os (banqueiros) agiotas do Templo a golpes de chicote, o secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, apela ao civismo, à não-violência, à mansidão das palavras de ordem, à inocuidade dos cartazes, ao embalar das canções de protesto, à inércia...


Exemplo da constante atitude pacificadora de Arménio Carlos (da CGTP): "Esta manifestação será o momento alto da democracia e de civismo que revela o descontentamento popular. Não é apenas um protesto, serve também para propor alternativas às políticas que estão a ser impostas por este Governo."


**************************************************


Que bonito, vê-los assim todos de mãos dadas, trabalhando em uníssono com um objectivo comum! Uns, transferindo diretamente a riqueza das populações para os cofres dos banqueiros. Outros, simulando uma oposição tenazmente cerrada mas eternamente inócua. Outros, ainda, organizando manifestações redentoras que funcionam como válvula de escape à legítima ira dos espoliados.



Todos sabem que a União Geral dos Trabalhadores - UGT foi fundada pelo PS e pelo PSD (PPD), e a estes presta vassalagem.

E todos sabem que a Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses - Intersindical Nacional (CGTP-IN) - está nas mãos do Comunista Português (e, em parte, do Bloco de Esquerda). Se o objectivo da CGTP tem sido a tranquilização e o apaziguamento dos cidadãos (face ao holocausto económico e social que a estes tem sido imposto), qual deverá ser a reacção dos portugueses em relação a estes movimentos sindicais e às suas «iniciativas de "luta"»?

E que dizer do Partido Comunista Português e do Bloco de Esquerda? Farão eles o papel de "esquerdistas" desta comédia (trágica para milhões) que constitui a "Política de Ajustamento"?


**************************************************


Contra o holocausto social levado a cabo pelo Grande Dinheiro e respectivos lacaios, as manifestações pacíficas têm-se revelado todas completamente inúteis.

Enquanto isso, banqueiros, políticos, donos e gestores de empresas que vivem pendurados dos favores do Estado), e comentadores a soldo riem de ESCÁRNIO e comprovam: "Eles aguentam, ai aguentam, aguentam"!


Imagem 1: A expectante caminhada para a manifestação: muitos milhares de pessoas, convocados pela «CGTP–Intersindical», dirigem-se ao centro de Lisboa, empunhando cartazes, faixas e gritando palavras de ordem contra a política de austeridade do governo:



Imagem 2 - A manifestação e os discursos - "O povo está a demonstrar que luta hoje pelo presente e para salvaguardar o futuro das próximas gerações"; "Temos o Terreiro do Paço transformado em Terreiro do Povo"; "A luta do povo é determinante para levar o Governo a abandonar esta política"; "Jamais nos renderemos à política de exploração que condena Portugal ao fracasso"; "É urgente acabar com este Governo antes que ele acabe com o país", etc. A possibilidade de uma greve geral é posta em cima da mesa. Canta-se a «Grândola Vila Morena», a «Internacional», e, por fim, o «Hino Nacional»:


Imagem 3 - A desconsolada recolha a casa. Finda a "Grande Jornada de Luta", os muitos milhares de manifestantes regressam a casa, levando consigo um profundo sentimento de impotência e desesperança. A maioria questiona-se: Então, é apenas isto? Será que não é possível fazer mais nada?:

 

**************************************************


A FRUSTRAÇÃO TOTAL E O VAZIO ABSOLUTO!


26 comentários:

Anónimo disse...

"Esta manifestação será o momento alto da democracia"

Hummmmm....

Todos eles fazem propaganda à democracia...

Porque será?

Hummmmm....

Anónimo disse...

"Canta-se a «Grândola Vila Morena», a «Internacional»"

E só há trabalhadores comunistas?
Um trabalhador é obrigatoriamente comuna, caralho??

Pelo menos temos visto em alguns países da Europa a classe "trabalhadora" virar-se mais para a denominada "extrema-direita" (um rótulo inócuo, apenas para condicionar).

Fosga-se isto de um sindicato geral andar de mão dada com um partido politico é mesmo sinal de que a coisa está feia.

Que carneirada.

alf disse...

Numa democracia apenas os movimentos de massas podem mudar as coisas; não é insultando as massas que se consegue convencê-las seja do que for. É por isso que a Direita manipuladora leva sempre a melhor sobre uma esquerda raivosa. Ter razão não interessa, interessa é ser mais esperto.

Diogo disse...

Alf,

A questão é que nós não vivemos numa democracia. Vivemos numa ditadura dos Senhores do Dinheiro que têm sob as suas ordens os governos, os legisladores, os juízes, os deputados, os sindicalistas e os Media.

Este post não é um insulto, é uma chamada de atenção para a inocuidade das manifestações pacíficas. E tenho reparado que, de manifestação para manifestação, as pessoas vão-se apercebendo do logro.

Anónimo disse...

Estou completamente de acordo com a análise do povo português "corno manso". Queixa-se e faz manifs destas (a quem só os velhos aderem quase!) mas que na realidade nada fazem e efeito nenhum produzem.

OS POLÍTICOS CONTINUAM A GOZAR CONNOSXO A ROUBAR-NOS O NOSSO POUCO DINHEIRO E A BENEFICIAR OS MESMOS GATOS GORDOS DE SEMPRE!!!

Para haver mudança tem que haver acumulação de gente com VONTADE FÉRREA de mudar o que se passa!

E não pode ser como no 25 de Abril... tem que haver SANGUE!

E quando chega aí o tuga encolhe-se qual colhãoinho enregelado pela noite fria de inverno...

Anónimo disse...

"A questão é que nós não vivemos numa democracia. Vivemos numa ditadura dos Senhores do Dinheiro"

Diogo,

A Democracia É a ditadura dos senhores do dinheiro.
Ao longo de tanto tempo ainda não deu para enxergar?

Ou tu és daqueles que prefere estar na merda, mas desde que seja em "democracia" ou estar melhor, se o regime em causa lhe chamarem nomes feitos?

Indica-nos um bom exemplo de democracia, já que existem tantas pelo mundo fora?

Existem tantas, não haverá uma fiel ao princípios "Democráticos" ?

Mas não vale aquela coisa minorca dos islandeses.

O Puma disse...

Na verdade
faltam teóricos no terreno

Diogo disse...

Mesmo conspurcadas pelos Senhores do Dinheiro, as «democracias representativas» nórdicas foram aquilo que já se aproximou mais de uma justa distribuição da riqueza.

Mas, no futuro próximo, será a Democracia Directa.

Anónimo disse...

Democracia directa é uma espécie de Acção Directa?

Diogo disse...

Anónimo Anterior,

Não, é a Democracia sem representantes eleitos. O que não impede que se utilize o mais rapidamente possível a ação direta, tal é o descalabro da política criminosa a que se chegou.

Wikipedia: «Ação direta é uma forma de ativismo, que usa métodos mais imediatos para produzir mudanças desejáveis ou impedir práticas indesejáveis na sociedade, em oposição a meios indiretos, tais como a eleição de representantes políticos, que prometem soluções para uma data posterior, ou o recurso ao sistema jurídico.»

Anónimo disse...


Greeks 40% poorer than in 2008.

http://rt.com/business/greeks-income-poorer-2008-551/

Mas... quem vai preso não são os responsáveis por esta perca de qualidade de vida. São os outros....Os que não aceitam esta tragédia.

Diogo disse...

Último Anónimo,

Os gregos (e os portugueses) que não aceitam esta tragédia, em vez de se meterem em batalhas idiotas com a polícia ou o exército, que vão á procura dos banqueiros ladrões (são todos), dos políticos vendidos, dos legisladores subornados, dos juízes corruptos e dos comentadores venais, um a um, e limpem-lhes o sebo. Seja no café, no jogging, ao entrar no carro ou num mictório…

Paulatinamente, toda esta massa corrupta chega à conclusão de que é melhor mudar de vida…

Anónimo disse...

Realmente, e não há aí valente dos que matam mulher e os filhos, como a si mesmos de seguida, que limpe uns tantos mânfios, desperdício .

Anónimo disse...


Calma, pessoal.
Temos de ver também as boas noticias.

http://www.publico.pt/portugal/noticia/antonio-simoes-e-n%C2%BA1-da-lista-de-lideres-gay-do-financial-times-1609998


Francisco Castelo Branco disse...

esta malta da cgtp não devia estar na política

Anónimo disse...

Diogo disse:
"Último Anónimo,

Os gregos (e os portugueses) que não aceitam esta tragédia, em vez de se meterem em batalhas idiotas com a polícia ou o exército, que vão á procura dos banqueiros ladrões (são todos), dos políticos vendidos, dos legisladores subornados, dos juízes corruptos e dos comentadores venais, um a um, e limpem-lhes o sebo. Seja no café, no jogging, ao entrar no carro ou num mictório…

Paulatinamente, toda esta massa corrupta chega à conclusão de que é melhor mudar de vida… "

Quando começamos a fazer a lista?

alf disse...

Diogo

Você tem razão quando diz que as manifestações "pacíficas" são inócuas; mas é só aparentemente. Como são pacíficas, podem ir chamando cada vez mais pessoas; como são pacíficas, podem passar de manifestações de 2 horas para ocupações; e quando forem grandes e ocuparem já não serão nada inócuas.

Portanto, as manifestações têm de evoluir, em crescendo, sem retrocessos; têm de incomodar cada vez mais, mas sempre sendo pacíficas. Porque no dia em que deixarem de o ser, as pessoas abandonam-nas.

O Ghandi não mudou as coisas com manifestações das 15h às 17h. Há que aprender com ele.

Estas manifestações foram o primeiro passo; há que dar o segundo.

E é preciso também ter uma solução em que as pessoas acreditem, saber quem é o inimigo. Sem isso, qualquer manifestação será sempre inócua.

Diogo disse...

Alf, já não têm conta as manifestações que são completamente inócuas. A violência dos criminosos que se governam neste país só pode ser combatida com violência dos cidadãos. O pacifismo é uma falácia.


A violência pode funcionar tanto para subjugar como para libertar

A violência pode funcionar tanto para subjugar como para libertar. Contra a violência económica e financeira que nos tem atirado a todos para o desespero, repliquemos com a violência que for necessária para desparasitar de vez o país desta cáfila de parasitas assassinos de colarinho dourado.

Um povo que se revolta de forma sangrenta contra a Máfia do Dinheiro, coadjuvada por políticos corruptos, legisladores venais e comentadores a soldo, e cujos roubos financeiros descomunais destroem famílias, empresas e o país inteiro, esse povo está a utilizar a violência de uma forma justa para se libertar.

Ouve-se muitas vezes dizer que "a violência gera violência", que "a violência nunca consegue nada", ou que "se se usar a violência para nos defendermos daqueles que nos agridem, ficamos ao nível deles". Todas estas afirmações baseiam-se na noção errada de que toda a violência é igual. A violência pode funcionar tanto para subjugar como para libertar:


* Se Um pai que pegue num taco para dispersar à paulada um grupo de rufias que está a espancar o seu filho, está a utilizar a violência de uma forma justa;

* Se uma mulher crava uma lima de unhas na barriga de um energúmeno que a está a tentar violar, essa mulher está a utilizar a violência de uma forma justa;

* Se um homem abate a tiro um assassino que lhe entrou em casa e ameaça degolar-lhe a família, esse homem está a utilizar a violência de uma forma justa;

* Os habitantes de um bairro nova-iorquino que se juntam para aniquilar um bando mafioso (que nunca é apanhado porque tem no bolso os políticos, os juízes e os polícias locais), estão a utilizar a violência de uma forma justa;

* Um povo está a utilizar a violência de uma forma justa quando utiliza a força, porque sonegado de todas as entidades que o deveriam defender, contra a Máfia do Dinheiro, acolitada por políticos corruptos, legisladores venais e comentadores a soldo, e cujos roubos financeiros descomunais destroem famílias, empresas e a economia de um país inteiro.

Anónimo disse...

"Polícia Judiciária sem balas em 2014

O Orçamento do Estado para 2014 não apresenta qualquer verba para a aquisição de munições pela Polícia Judiciária, além de cortar até 82% em outras áreas, noticia o Jornal de Notícias.

A Polícia Judiciária (PJ) não vai ter, aparentemente, dinheiro para comprar munições visto que o site da Direcção Geral do Orçamento não atribui verba a essa rubrica, de acordo com o Jornal de Notícias.

Se esta redução de 100% no orçamento para a compra de balas levanta muitas dúvidas, existem outras que parecem estabelecidas como a redução de 77% nos combustíveis ou 82% em material de escritório.

Um inspector da PJ adiantou à mesma publicação, em relação ao corte no combustivel: “Não se percebe isto, até porque organismos como a Presidência do Conselho de Ministros têm um orçamento para combustíveis de 764 mil euros [quase o dobro da PJ, a agora é dado o valor de 426 mil euros]”.

Carlos Garcia, presidente da Associação Sindical dos Funcionários de Investigação Criminal manifestou, também, apreensão relativamente aos cortes apresentados pelo orçamento: “Ninguém percebe o que se está a passar. Há corte em todas as áreas. Receamos pelo futuro da própria instituição, até porque só agora é que soubemos das reduções, nunca antes fomos ouvidos”.

Ah pois...
Apitos dourados,casas pias e bpns não é para investigar.

Na democracia "moderna" o proxenetismo,corrupção,tráfico de drogas,separatismo,pedofilia,esquemas ponzi,etc é tudo "conquistas de abril" para preservar.


Anónimo disse...

"Ah pois...
Apitos dourados,casas pias e bpns não é para investigar.

Na democracia "moderna" o proxenetismo,corrupção,tráfico de drogas,separatismo,pedofilia,esquemas ponzi,etc é tudo "conquistas de abril" para preservar."

A PJ, fica apenas para vigiar uns blogs, á procura de "extremistas" e intolerantes.

Ficam todos contentes. A Direita dos mercados e do estado mínimo porque é um gasto a menos, a esquerda NOJENTA, Soarista, bloquista, Abrilista, também porque não gostam de policias porque policias é coisa de faixistas.

Anónimo disse...

"Ficam todos contentes. A Direita dos mercados e do estado mínimo porque é um gasto a menos, a esquerda NOJENTA, Soarista, bloquista, Abrilista, também porque não gostam de policias porque policias é coisa de faixistas."

Mas esses todos juntos são menos que a abstenção....

E como quem paga a PJ são os cidadãos,e a PJ até já existe antes da merdocracia...

Isto está como está e chegou onde chegou porque tivemos uma PJ com mãos atadas e sem líder à altura a nível interno comparando com muitos dos seus membros que andam a remar contra a maré faz anos.

Eu lembro os Portugueses que a PJ é ÚNICA polícia que investiga a escumalha política.

É também a ÚNICA polícia especializada no grande crime econômico.

E ALTAMENTE IMPORTANTE,a maçonaria não consegue controlar totalmente a PJ.

A PJ é das poucas coisas(muito poucas mesmo) que ainda presta neste País desde a desgraça da traição de Abril.

PJ menos poderosa = maior corrupção política = maior carga fiscal= maior dívida= maior emigração nativa= menos natalidade= mais terceiro-mundistas= mais cocaína e heroína= mais hiv= africanização e americanização de Portugal= desvalorização das propriedades privadas dos nativos graças ao ambiente de merda = descida de qualidade de vida a vários níveis de TODOS os cidadãos nativos.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Diogo disse...

Caro Anónimo, sou visceralmente contra qualquer tipo de explosivos, porque atinge invariavelmente inocentes.

A táctica contra máfias (em minha opinião) passa por estudar os hábitos, conhecer os percursos, e limpar o sebo, um a um, de cada um dos criminosos.

Porque eles são apenas algumas centenas (entre banqueiros, donos e gestores de empresas penduradas no Estad, governantes corruptos, legisladores vendidos e comentadores venais), e nós somos 10 milhões.

Anónimo disse...

Volto a dizer o mesmo Diogo:

Faça-se uma lista e é começar a limpar o sarampo à escumalha!

Rrv Daniel Ifada disse...

ST MARY FINACIAL EMPRÉSTIMO FIRM
EMAIL ADDRESS---stmaryfinacialloanfirm@gmail.com
*************************************************
Bem-vindo a Santa Maria FINACIAL EMPRÉSTIMO FIRM estamos firmes empréstimo cristã internacional e credores que ofereceu crédito a várias empresas individuais e na Europa, Ásia, África e outras partes do mundo, Você está na necessidade de um empréstimo? Você quer pagar suas contas? Você quer ser financeiramente estável? Nós oferecemos todos os tipos de empréstimo, por favor, um e-mail de volta com a quantidade ea duração do empréstimo que você necessita.
FIQUE ABENÇOE
REV.DANIEL Ifada
SIS.NICOLAS [ASST]
ST MARY FINACIAL EMPRÉSTIMO FIRM
EMAIL ADDRESS---stmaryfinacialloanfirm@gmail.com

Rrv Daniel Ifada disse...

ST MARY FINACIAL EMPRÉSTIMO FIRM
EMAIL ADDRESS---stmaryfinacialloanfirm@gmail.com
*************************************************
Bem-vindo a Santa Maria FINACIAL EMPRÉSTIMO FIRM estamos firmes empréstimo cristã internacional e credores que ofereceu crédito a várias empresas individuais e na Europa, Ásia, África e outras partes do mundo, Você está na necessidade de um empréstimo? Você quer pagar suas contas? Você quer ser financeiramente estável? Nós oferecemos todos os tipos de empréstimo, por favor, um e-mail de volta com a quantidade ea duração do empréstimo que você necessita.
FIQUE ABENÇOE
REV.DANIEL Ifada
SIS.NICOLAS [ASST]
ST MARY FINACIAL EMPRÉSTIMO FIRM
EMAIL ADDRESS---stmaryfinacialloanfirm@gmail.com