domingo, março 02, 2014

A revolta dos portugueses contra a Austeridade sob o prisma estatístico


"Segundo dados do Eurostat", o número de portugueses, na faixa entre os 18 e 65 anos, dispostos a degolar resolutamente a corja [da qual uma pequena amostra aparece abaixo retratada] já ultrapassa os 35%, o que representa uma subida homóloga de 14% relativamente ao 1º trimestre de 2013.



42 comentários:

Zorze disse...

Estive um "tempinho fora" e logo fui descartado, foda-se!
Estive a viver a paternidade... Mas, i'me back again !

Cumprimentos do Zorze.

Pedro Lopes disse...


O Vítor Bento defende um novo imposto.
Só por si isto já é uma grande ideia e plena de originalidade.
E que imposto é este?
É sobre o uso de dinheiro em numerário. Ou seja por cada levantamento de notas no multibanco ou num balcão seria cobrada uma taxa.

Isto porque os banqueiros são prejudicados por manterem os aparelhos de multibanco e que tem custos de manutenção e tal e mais um par de botas.

A Democracia é uma loucura, é bué da nice.

Diogo disse...

Caro Zorze,

Ponho-te já na primeira lista.

Benvindo, um abraço e muitos parabéns.

Diogo disse...

Pedro Lopes,

Continuo a defender que, caso os bancos avancem com taxas no multibanco e que tanto lhes permite poupar em funcionários, então, é nossa obrigação inutilizar essas caixas.

taawaciclos disse...

e há maneiras tão simples e baratas de foder as máquinas! Que se roubam para ter acesso ao papel-moeda começo mesmo a escavacá-las!

Pedro Lopes disse...


Charããnnnn.....

http://4.bp.blogspot.com/-IG4mhZEtyHI/UxJ5c30D3KI/AAAAAAAAJ6Q/jw6vLiwNDA4/s1600/despacho.png


Ai aguenta, aguenta.

É a longa noite democrática, que nunca mais acaba.

Anónimo disse...

Hoje o meu filho perguntou-me:

"Ó pai, é verdade que os policias existem para prender os ladrões?"

E eu respondi:

"Sim filho, é esse o seu dever."

E o meu filho depois perguntou-me:

"Então porque é que numa democracia eles protegem os maiores ladrões(políticos)?"

E eu não consegui responder ao meu filho...

Anónimo disse...

Hoje o meu filho perguntou-me:

"Ó pai, é verdade que as futuras reformas só poderão ser asseguradas conforme o crescimento econômico e natalidade suficiente?"

E eu respondi:

"Sim filho, as futuras reformas precisam de uma economia sustentável e de uma natalidade de pelo menos 2 filhos por casal."

E o meu filho depois perguntou-me:

"Então tu sendo polícia,logo funcionário publico,não irás ver a reforma a ir para o caralho no futuro devido à economia degradante que resulta da corrupção política+natalidade insuficiente?"

E eu respondi:

"Exactamente filho, é mesmo isso."

E o meu filho depois perguntou-me:

"Então porque é que continuas a defender a escumalha política da 3ªRepública?"

E eu não consegui responder ao meu filho...

taawaciclos disse...

"E eu não consegui responder ao meu filho..."

Resposta fácil: "Filho é quem foi o estúpido que te disse que vives numa democracia?"

Anónimo disse...

Por acaso até vive numa democracia.
Um ladrão do terceiro-mundo prejudica a nação e recebe 750 de subsídios, ao passo que o GNR Lusitano ganha o mesmo e tem que trabalhar para isso,é nativo e é uma mais-valia para a Nação.

Só a democracia permite essa aberração.

Pedro Lopes disse...


This is "Democracy"

http://25.media.tumblr.com/ed8cf5db7a9422df5913f9fb1266a80b/tumblr_mx1b4fruug1s8tqx3o1_400.gif

N disse...

Vou-te sacar essa imagem Pedro Lopes.

É a democracia tal e qual.
Se um milhão de pessoas disser uma coisa idiota, continua a ser uma coisa idiota.

Ontem foi pena não ter havido mais bravos como aqueles 50 na linha da frente.

Pois Força = Massa x Aceleração, e ontem podia ter tido mais impacto.

De qualquer forma teve coisas positivas.

Os policias começam abrir os olhos...
Os de cima claro, porque o de baixo eles querem-no bem fechadinho, apesar de a democracia querer que eles o tenham bem aberto.

Ontem os jornalistas disseram várias vezes que os militares da GNR atiravam very lights.

Óbvio que eram tochas e não very ligths, mas os jornalistas terroristas usam essas técnicas para difamar os manifestantes.
Fazem-no constantemente com o pessoal do futebol e agora fizeram-no com a GNR.

Os jornalistas terroristas também alertavam constantemente com uma pseudo-moralidade no seu tom de voz que os policias deviam ser um exemplo e comportarem-se dentro da lei.
Ora o artigo 276 referente à defesa da Pátria diz que todo o cidadão tem o DIREITO e o DEVER de lutar pela sua Pátria.

Se os políticos são FACTUALMENTE traidores à Pátria,então lutar contra este regime é legal.

Poderão me dizer então que é um paradoxo do ponto de vista legal e moral defender a democracia e a Pátria ao mesmo tempo, visto que a democracia destrói a Pátria.

É mesmo um paradoxo, e há que optar.
Ou se está do lado da merdocracia, ou se está do lado da Pátria.

Não há lugar para "esparregatas"...

Pedro Lopes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pedro Lopes disse...

"Ontem foi pena não ter havido mais bravos como aqueles 50 na linha da frente."

Os colegas é que estragaram a festa.
É típico em Democracia haver estas divisões. Os colegas fardados foram cobardes.

Eu sonho como dia em que uma multidão furiosa munida de pedras, tacos e outros objectos entre pela assembleia adentro e deixe tudo em cacos.

Todos os símbolos e estátuas maçónicas presentes nessa coisa que chamam "casa da democracia" devem ser depois incendiadas cá fora num grande ritual de libertação.

N disse...

"É típico em Democracia haver estas divisões. Os colegas fardados foram cobardes."

É normal que houvesse uns de um lado e outros do outro, nem seria de esperar outra coisa.
Mas à medida que perdem salário e regalias,suas vidas profissionais ficam mais perigosas devido à entrada do esgoto do terceiro-mundo,e suas vidas como cidadãos(que também o são) ficam piores em tudo, eles depois começam acordar.

A corda se partisse quem perdia era o poder dominante, e eles sabendo disso fizeram o que lhes competia tentando nunca acender o rastilho(que irá se acender inevitavelmente).

"Eu sonho como dia em que uma multidão furiosa munida de pedras, tacos e outros objectos entre pela assembleia adentro e deixe tudo em cacos."

É muito melhor ocupar a mesma e depois muda-la sem destruir muito não achas?

Uma multidão é muito raro saber pensar de forma independente e não ser manipulada pela escumalha neo-marxista ou neo-convervadora.

Os Portugueses(de gema) infelizmente não têm maturidade política para se mobilizarem em multidões e saberem o que querem e para onde querem ir.

Cabe a outros mostrar-lhes o caminho.

Qualquer idiota sabe o que não quer,agora é preciso é apresentar soluções,ideias,alternativas.

Nós(NS) apresentamos.

E não temos receio NENHUM de uma auditoria à dívida nacional para saber exactamente o quanto se deve,a quem se deve e o porquê de se dever.

Como também somos os ÚNICOS que não podemos ser responsabilizados pelos crimes de saque dos cofres do estado,pedofilia,traição à Pátria,etc...

Para governar é preciso as 3 legitimidades:Moral,Intelectual e Racial/Étnica.
Do nosso lado(NS) há quem as tenha...

É preciso é que o Nobre povo se comece a levantar!!!

Antes que a Nação morra, pois cada nativo que emigra é substituído por um terceiro-mundista.
E sem nativos,não há Nação como é óbvio,pois sem nativos com ligação genética,espiritual e cultural à terra, a Nação morre porque perde a sua identidade.
Os danos são irreversíveis quando acontece uma substituição populacional e é isso que está acontecer.

http://omsilanoican.blogspot.pt/2014/01/a-importancia-do-sangue-e-da-tradicao.html

Pedro Lopes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pedro Lopes disse...

"É muito melhor ocupar a mesma e depois muda-la sem destruir muito não achas?"

Alguma destruição sim, pois tinha um efeito de cura do ódio á escumalha.

Quadros com as fuças de maçons e traidores, estátuas satânicas, simbologia judaico-maçónica abunda no parlamento e seria um ritual curativo destruir essa louça toda.

Obviamente que o edifício em si ficaria intacto e depois podia facilmente ser adornado novamente mas com outra simbologia.

Pedro Lopes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pedro Lopes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pedro Lopes disse...

Eis aqui uma boa foto do Curral da República, vista de cimo:

http://3.bp.blogspot.com/-Q2lyuz68SOM/TspXBeBMGoI/AAAAAAAACmU/cKyL9JaQtGc/s640/Assembleia+da+Rep%25C3%25BAblica.jpg


E agora uma estátua de baphomet:

http://www.etudogentemorta.com/wp-content/uploads/2010/04/assembleia-da-republica3.jpg

Eh Eh!!!

Thor disse...

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/exclusivo-cm/socrates-da-600-mil-euros-a-soares-em-plena-crise


viva a democracia!! abaixo o faxismo!
faxismo nunca mais! 25 de abril sempre!
Soares é fixe. Soares é fixe.
Soares amigo, o povo está contigo!

Thor disse...

"http://www.etudogentemorta.com/wp-content/uploads/2010/04/assembleia-da-republica3.jpg"


mas tá certo! DEMOcracia, vem de Demónio e não de Demo=povo.
Demóniocracia.

Pedro Lopes disse...


Assim começo o gostar disto:

http://www.youtube.com/watch?v=EGS_755kqvs

Agora falta passar á acção.

N disse...

Ó Thor,mas não achas que eles merecem?

Tiveram ao serviço da cia a comer caviar em França(ah grandes revolucionários) enquanto chibavam as posições de Lusitanos e Lusitanas,civis e militares, para serem mortos pelos inimigo.

Capturaram a nação e fizeram isto uma colônia dos rothschilds.

Levaram a nação a 3 bancarrotas.
Mas não há drama nenhum que o fmi e o bce(que só por acaso pertencem a judeus) "ajudam-nos" com usura, austeridade terrorista e privatizações(pilhagens) dos nossos recursos e sectores estratégicos.

Traficaram(e ainda traficam) muita branca vinda de aviões particulares de Cabo Verde e navios pseudo-pretoleiros da Venezuela ganhando muitos milhões à custa da desgraça da juventude Lusitana.

Fizeram da casa pia uma espécie de "talho humano" para irem lá violar menores as vezes que lhes apeteciam.

Roubaram(e ainda roubam) os cofres do estado à cara podre.

As barras de ouro que Salazar deixou ninguém quer explicar muito bem o que se fizeram a muitas delas e o porquê.

Vírus biológicos através de programas de vacinas foram injectados nas populações nativas.

Genocidiaram(e continuam a faze-lo) grande parte da nossa etnia.

Fazem escutas e videovigilâncias ilegais em inúmeras propriedades privadas(e quando são feitas de forma sistemática e com anos de duração estamos a falar no crime de escravatura).

Estão metidos em negócios de prostituição terceiro-mundista que funciona através das redes de imigração ilegal.

Criaram os recibos verdes(legalização do trabalho escravo).

Etc,etc...

Ontem ouvi o comediante maçom rui pereira na cmtv a dizer que Portugal é um estado de direito.

Eles tratam o povo Lusitano como se fosse uma cambada de símios.
Mas é o povo Lusitano que se põe a jeito para isso.

Enquanto não houver revolta a sério, o enrabanço democrático continua...

Thor disse...

uma bomba na Assembleia da Républica com os porcos todos lá dentro, era pouco...
explodir as lojas maçónicas todas, a AR, as sedes todas dos partidos, aí já começava a fazer efeito.

Thor disse...

"Ontem ouvi o comediante maçom rui pereira na cmtv a dizer que Portugal é um estado de direito."


e é mesmo. nisso ele tem razão.
Portugal é um estado de direito(s), para ele e para os da tribo dele, os "eleitos" de javé

http://www.cmjornal.xl.pt/noticia.aspx?channelid=00000010-0000-0000-0000-000000000010&contentid=00260850-3333-3333-3333-000000260850&goComments=1


para os judeus e para os não-nativos é um estado de direito e sobretudo de direitos. já para os nacionais..é o que se sabe.

Adalid disse...

Diogo,deixo-te um vídeo que não sei se conheces.Como é uma das matérias em que mostras interesse,aqui fica

http://www.youtube.com/watch?v=JcwnbQzNz9Q

N disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
N disse...

"Economia portuguesa destruiu 622,7 mil empregos em cinco anos"

No futebol basta uns meses de fracasso para o povinho pedir a cabeça do treinador numa bandeja.

Este regime levou-nos à desgraça em tempos de vacas gordas,dura há já 40 anos, e ainda há quem acredite no mesmo apesar da desgraça non-stop estar à vista de todos.

É caso para perguntar se quem é leal a este regime já foi visto por algum médico....

Talvez o mesmo conseguisse explicar esta esquizofrenia intelectual das massas a julgar treinadores de futebol, e a julgar políticos e regimes.

Mais desemprego--»Mais pobreza---»Menos impostos arrecadados---»Menos verbas para funcionários públicos(polícias).

Mais desemprego---»Mais emigração nativa---»Mais imigração terceiro-mundista---»Maior criminalidade---»Mais trabalho para as polícias(cada vez a receberem menos e com menos meios).

Mais desemprego---»Menor natalidade---»Não vai haver quem sustente as reformas dos futuros reformados(actuais adultos em regime laboral)---»Reformas dos policias vão para o caralho.

Faz lógica um policia defender esta escumalha não faz?

Afinal quem é que tem que ir ao médico?

Anónimo disse...

http://4.bp.blogspot.com/-6uJfQ8Odf3s/T-cWRWHbX5I/AAAAAAAAAGY/lpwKE-Oyzy4/s1600/390692_209902695753631_100002017059125_474666_461675463_n.jpg

Anónimo disse...

Hoje o meu filho perguntou-me:

"Ó pai, porque é que eu tenho que estudar e me aplicar para tirar boas notas?"

E eu respondi:

"Ó filho, porque caso assim não fosse não havia distinção dos melhores e dos piores, e então isso levaria a que ninguém se esforçasse.
O mérito tem que ser valorizado e compensado, não achas?"

E o meu filho depois perguntou-me:

"Então porque numa democracia todos nós valemos um voto independentemente do valor moral,intelectual e racial de cada indivíduo?"

E eu não consegui responder ao meu filho...

Anónimo disse...

Hoje o meu filho perguntou-me:

"Ó pai,porque é que somos obrigados a pagar impostos?"

E eu respondi:

"Ó filho, porque está na lei, e como nós vivemos num estado de direito, somos obrigados a cumprir a lei."

E o meu filho depois perguntou-me:

"Então porque é que ainda ninguém foi preso pelo crime de traição à Pátria, quando além desse crime ser gravíssimo, é também um crime público e practicado há dezenas de anos"?

E eu não consegui responder ao meu filho...

Vaz disse...

"degolar" ?!?
e diz você que não é uma pessoa violente. É um DExter, pronto a encher o email dos outros com sangue...

aqui na minha modesta rua, mais um reformado da função pública que comprou um BMW....para ir ali ao café ler a BOLA...será que também ele deve ser "degolado" ?

RAMIRO LOPES ANDRADE disse...

O blogue INFORMAÇÃO INCORRETA foi saneado da net.
Acho que nem era dos mais cáusticos, deve estar no ar mais uma censura dos FILHAS DAS PUTAS MAÇONS.

Abraços a todos.

Ramiro Lopes Andrade

Diogo disse...

Eu não conheço a sua situação financeira (espero que seja boa). Eu estou a ganhar 2/3 do que ganhava à uns anos atrás. Muitas das pessoas que trabalham comigo estão desesperadas para pagar a prestação da casa + água + gás + electricidade + as despesas com os filhos + etc.

Quando as instituições, que supostamente deveriam governar e melhorar as condições de um país, estão todas no bolso de uma Máfia Financeira cujo objectivo é apoderar-se da riqueza das pessoas desse país, então a única solução é a violência. Se conhecer outra, diga-me.

Abraço

Vaz disse...

desesperados estão os subsarianos.....os Europeus são uns meninos ricos mas não aceitam isso....

A minha situação financeira é má, mas o dinheiro não é felicidade. Acumulam-se as dívidas porque tenho créditos por saldar, ou seja, trabalho e não me pagam a tempo e horas (meses e meses sem receber..)

Mas enquanto as laranjas aqui custarem 80 cêntimos o quilo....e com 150 euros mês alimenta-se uma família de forma racional.

O problema é a desigualdade, há uma classe média opulenta e uma outra que sofre, por vezes por culpa própria, consomem o que têm e não têm.

Os políticos não têm varinhas mágicas para resolver os problemas. Somos todos nós, todos os dias que resolvemos (ou criamos) problemas. Quando compro a mercearia no Mercado Local e compro o que a época dá (rejeitando as estufas e importações) estou a resolver um problema. Sempre que vou à bomba de gasolina estou a criar e contribuir para a manutenção de um problema...


Abraço
João

PS não escreva de uma forma tão violenta "degolar" é feio....

Diogo disse...

Caro João Vaz,


Que dados é que você precisa para perceber que foram os governos a soldo dos bancos que arranjaram um dívida monstruosa que «deve» ser paga a juros agiotas? Já se perguntou porque é que mais de metade de Europa, no mesmo ano, no mesmo dia e à mesma hora ficaram de tal de forma endividados? Se você, doravante, pretende viver uma vida de semi-pobreza para pagar o roubo dos bancos, a escolha é sua. Eu recuso-me a fazê-lo.


Abraço

Diogo

Pedro Lopes disse...

Isso que diz o Vaz é normal.
Eu também conheço otários que pensam assim.

Segundo a lógica desses conservadores e bajuladores as pessoas do Congo não se podem queixar porque os da Etiópia ainda estão pior.

É o tipo de mentalidade mais mesquinha que existe em Portugal.
Eu conheço gente dessa, mas o mais engraçado é que essa gente é capaz de criticar o povo Norte Coreano por este chorar a morte do líder, quando estes conservadores de meia tigela se comportam precisamente como os Norte-Coreanos, ou seja adoram os carrascos da ditadura financeira que os roubam até ao tutano, tal como os Coreanos adoram o querido líder apesar de toda a opressão que sofrem.

N disse...

Este vem com retórica contra a classe média...

Quanto menos classe média houver menos consumo interno e menos criação de emprego(nomeadamente,pequenas e médias empresas que são "apenas" esmagadoramente a maior fonte de criação de emprego em Portugal).

Para se distribuir riqueza de forma justa, primeiro é preciso CRIAR riqueza.

O mal está nos parasitas da classe alta(políticos ladrões,empresários corruptos,grandes escritórios de advogados que mamam milhões de euros com pareceres encomendados pelos amigos cabrões dos políticos da assembleia, especuladores de merda, grandes empresários donos de grandes superfícies comerciais que esmagam o comércio local e pagam misérias aos produtores) e os parasitas da classe baixa( nomeadamente a enormidade de terceiro-mundistas que recebem cheques de 400,500,600 e até 700 euros sem NADA contribuírem para a Nação,nem com trabalho físico,nem intelectual, e muito menos misto).

Já para não falar que é dentro da classe média onde a qualidade genética é melhor,visto que a classe alta maioritariamente são judeus, e os poucos que são nativos ou são apátridas ou são traidores.

Dentro da classe baixa cada vez os nativos têm menos filhos(por causa da filha da puta da classe política), e outros ainda optam pela bastardia da miscigenação.

Sem nativos não há Nação.

Só defende a Nação quem a ama, quem não tem consciência étnica obviamente está-se a cagar para a Nação.

Já para não falar que só os nativos podem criar produtos identitários e são devido a estes que o nosso sector do turismo é muito forte.

Ninguém vem para Portugal para comer big macs,beber coca-cola,fotografar prédios todos iguais a outros de outros países, ou passear dentro de shoppings.

Os turistas vêm cá pelo vinho do Porto, e/ou pelo arroz de cabidela, e/ou pelas paisagens ainda não corrompidas pela bastardia igualitária de estruturas "modernaças" iguais a tantas outras no mundo, e/ou pelas danças de Viana, e/ou pelas tascas típicas de Lisboa, e/ou pelo turismo rural, e/ou pela maneira de ser genuinamente Portuguesa de saber receber.

As ideologia políticas do sistema DIVIDEM.
O nacionalismo UNE.

Como é que um povo pode lutar contra a tirania que o oprime se está constantemente dividido entre si?
Não pode claro está...

A merda dos partidos funcionam apenas para dividir para reinar.
Dividir os nativos Lusitanos para os judeus reinarem cá dentro.

Isto é tão tão tão tão tão óbvio mesmo, que só um símio não consegue entender.

Anónimo disse...

http://3.bp.blogspot.com/-mVU34e3n6s4/Uu-J76br-eI/AAAAAAAAFo0/X8bXMc9hJOQ/s1600/NS+vs+neo-marxismo+vs+conservadorismo+situacionista%252C+atrasadinho+e+covarde+7.PNG

Pedro Lopes disse...


"Os políticos não têm varinhas mágicas...."

Esta é de mestre.


Concordo a 100% com o comentário do N.

Thor disse...

por acaso, eu acho que os políticos têem varinhas mágicas.
com essas varinhas, conseguiram que ninguém soubesse o paradeiro de milhões de fundos da UE. foi "magia" hehe
conseguiram que ninguém soubesse o paradeiro do dinheiro das "derrapagens" das obras públicas. foi "magia".

Vaz, continua a acreditar nos políticos e a levares enrabadela atrás de enrabadela.
a canalha agradece aos tontos úteis como tu.

o problema é a classe média. conversa de marxista hehe

continua a acreditar nos gajos que te mandam "apertar o cinto", mas depois dão tudo e mais alguma coisa aos bancos, dão milhões às fundações Soares, gastam centenas de milhar de euros em carros de alta cilindrada.
continua a acreditar e a apoiar...

há quem esteja pior. sim.
por exemplo, os países terceiro-mundistas marxistas e corruptos.
esses estão piores, vá não te queixes.