quarta-feira, outubro 22, 2014

Sabão Humano - uma nódoa difícil de remover da história oficial do Holocausto Judeu




Sabão alegadamente produzido pelos nazis partir de gordura de prisioneiros Judeus


Uma das mais pavorosas reivindicações do Holocausto Judeu foi a história da produção de sabão a partir dos corpos das suas vítimas judias por parte dos alemães. Esta acusação foi «provada» no principal tribunal de Nuremberga de 1945-1946, e foi oficialmente confirmada por numerosos historiadores nas décadas seguintes. Mais recentemente, contudo, como parte de uma ampla retirada dos aspectos mais obviamente insustentáveis da história «ortodoxa» do extermínio judaico, historiadores do Holocausto admitiram de má vontade que a lenda do sabão humano era uma mentira da propaganda de guerra. Permanecem, contudo, ainda alguns restos desta lenda:




«Aqui descansam quatro barras de sabão, os últimos restos terrenos de vítimas Judias do Holocausto Nazi.» [Grave marker in Atlanta's Greenwood Cemetery. It reads, "Here rest four bars of soap, the last Earthly remains of Jewish victims of the Nazi Holocaust."]





«Em tributo à sua memória, neste lugar estão enterrados pedaços de sabão feitos de gordura humana de Judeus, parte dos seis milhões de vítimas da barbárie nazi ocorrida no século vinte. Paz aos seus restos





No cemitério Judeu de Sighetu (terra natal de Elie Wiesel na Roménia), encontra-se um monumento que de acordo com as inscrições: contém barras de sabão proveniente de Judeus mortos. [Inside the Jewish cemetery in Sighetu is a monument which according to the inscription contains bars of soap made from dead Jews.]



The Mount Zion Foundation - Fundação do Monte Sião, foi fundado inicialmente em Jerusalém, Israel, em 1949, pelo Director Geral do ministério de Assuntos Religiosos, Dr. S. Z. Kahane. A fundação foi formada para ajudar a manter os valores materiais e culturais, e a dignidade e a glória de Monte Santo do Sião. Na Câmara do Holocausto [The Chamber of the Holocaust] da Fundação do Monte Sião pode ler-se o seguinte:


Cinzas e Sabão dos Mártires Judeus cujas palavras agonizantes proclamaram a sua fé na vinda do Messias. [Ashes and Soap from the Jewish Martyrs whose dying words proclaimed their faith in the coming of the Messiah].


********************************



Procurador Soviético Chefe - Roman Andreyevich Rudenko


Procurador Soviético Rudenko: «No Instituto Anatómico de Danzig, foram levadas a cabo experiências semi-industriais na produção de sabão a partir de corpos humanos e curtume de pele humana com fins industriais. Apresento ao Tribunal, como Prova Número USSR-197 (documento número USSR-197), o testemunho de um dos participantes directos na produção de sabão humano. É o testemunho de Sigmund Mazur, que foi assistente de laboratório no Instituto Anatómico de Danzig.»



19 de Fevereiro de 1946 - (IMT Vol. 7 Blue Series)



********************************


Comentário


No entanto, a verdade e o bom senso acabaram por vir ao de cima: O The Jerusalem Post, de 5 de Maio de 1990, noticiava - O Yad Vashem, o Memorial do Holocausto de Israel, confirmou na semana passada as recentes declarações do Professor Yehuda Bauer, um eminente historiador do Holocausto, em que este afirma que os Nazis nunca fizeram sabão a partir de gordura humana.





20 comentários:

Tintin disse...

É por estas e por outras que eu só lavo as mãos com gel. Não queria por nada deste mundo que manter a minha higiene pessoal fosse à custa de uma vítima do Holocausto.

ANTI-LEMMINGS. disse...

Quando é que hoollywood faz um filme sobre o Holodomor e sobre a etnia de seus practicantes?

Pedro Lopes disse...

"Quando é que hoollywood faz um filme sobre o Holodomor e sobre a etnia de seus practicantes?"

Quando as galinhas tiverem dentes.

Pedro Lopes disse...


Deus castiga quem não tratar bem os judeus. O Ebola é o castigo divino por haver ainda gente que não apoia como deve ser o povo de deus.

http://www.dailyslave.com/jew-worshipping-fat-bastard-john-hagee-says-ebola-is-sent-by-god-for-not-doing-enough-for-jews/

Armando disse...

Quando os Aiatolás te descobrirem, vão encher-te o depósito do carro de gasolina de forma gratuita por muitos e bons anos.
Os grandes revolucionários do EI que degolam tudo aquilo que mexe também agradecem a luta que travas contra os infiéis dos judeus e donos do capital internacional.
De fora vão ficar os capitalistas do BES, sem esquecer de maneira alguma os do BPN.

Thor disse...

Dresden foi muito pior que o Holodomor.
aliás, Dresden foi pior que Hiroshima e Nagasaki juntos.
foi o maior massacre e calamidade na história da humanidade conhecida. ultrapassou tudo, tudo, tudo alguma vez visto ou conhecido.

como matar mais de 600 mil pessoas, mais de meio milhão, portanto, em menos de 14 horas. sim, leram bem, mais de 600 mil pessoas em menos de 14 horas.
mais de 1/3 da população foi genocidada e mais de 90% dos edifícios ficaram reduzidos a nada.

700 mil toneladas de bombas fósforo que rebentavam a 1600 graus reduzindo tudo a pilhas de cadáveres e caveiras pretas, cinzas, pedaços de corpos irreconhecíveis, caveiras de bébés e crianças ainda agarradas às mães irreconhecíveis. etc, etc

quem terá sido o louco, psicopata, assassino, monstro, genocida responsável por uma coisa destas?
algum marxista? Estaline ou Lénine?

não, foi um "queridinho" muito adorado pelos democratas.
um queridinho chamado Winston Churchill, com ligeira ascendência parcial judaica e influenciado pelo seu conselheiro judeu chamado Lindemann.

um queridinho muito bom, democrata e "anti-fascista", mas na realidade um filho da puta tão mau ou mesmo pior que Estaline.
só nas ex-colónias britânicas foi responsável por 22 milhões de mortos. isso mesmo, 22 milhões de mortos.
utilizou gás-veneno contra o Iraque na I Guerra Mundial e quis fazer o mesmo contra todos os alemães.
além da calamidade de Dresden, mandou bombardear selvaticamente mais 60 cidades alemães indiscriminadamente contra civis, crianças, mulheres, destruir todos os edifícios, isto numa altura em que a guerra estava praticamente concluída e ganha.

portanto, matou muitos milhões de Alemães deliberada e calculadamente por pura sede de sangue e genocídio.

era bêbado, mentiroso compulsivo, inescrupuloso, vigarista, criminoso de guerra, genocida.

queria também que o Hitler fosse levado à cadeira eléctrica para morrer electrocutado e disse que Hitler era um gangster, quando o unico gangster e criminoso sempre foi ele, que quis a guerra a qualquer preço, enquanto Hitler não a quis.

Churchill além de sionista, era praí 1/4 ou 1/5 judeu (ou algo próximo) tal como outro genocida,o monstro Eisenhower, os dois criados do multimilionário judeu Bernard Baruch, como esta foto ilustra:

http://www.thebirdman.org/Index/Others/Others-Doc-Jews/+Doc-Jews-National&InternationalConspiracy&NWO/WhyChurchillEmbracedBolshevism_files/baruch.jpg

portanto, Churchill foi o pior criminoso e genocida da história da humanidade, pelo menos proporcionalmente, que gerou terror, morte e destruição a uma escala sem precedentes. pior que Estaline e até Mao.

e foi um 'democrata' que chegou a ser 1º ministro sem ser eleito, enquanto o 'monstro' Hitler foi eleito 4 vezes, 3 delas em democracia parlamentar (as 2 primeiras não chegou a formar governo porque não se quis coligar com corruptos) e a 4ªvez em referendo/eleição no ano de 1936.

para finalizar, no julgamento de Nuremberga que o Diogo fala, foram usadas fotos de (imagine-se!) Dresden como "prova" das 'calamidades' nazis contra os judeus hahaha

Diogo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Martins disse...

e continuamos assim não apenas deixará de exstir um consenso mínimo acerca daquilo que sucedeu nos EUA há meia década, como estou certo que se generalizará a ideia de que, afinal, o 11 de Setembro nunca existiu. E note-se que não estou a falar em documentários ou livros alimentados por teorias da conspiração. Acontecerá, isso sim, que no discurso dominante seja inevitável que o revisionismo de hoje seja substituído pelo negacionismo de amanhã.

Pedro Lopes disse...


Que sa foda....

Apaga se quiseres, mas hoje só me apetece sonhar com um mundo melhor e com a lógica inerente á nossa condição humana.


https://www.youtube.com/watch?v=EI2_G7xGJrU

Esguichem para ai á vontade......

Thor disse...

https://www.youtube.com/watch?v=cq16O8-Lu4Y


deixem-nos guinchar porque eles nunca hão-de perceber...

Diogo disse...

Caros Pedro Lopes e Thor,

É sabido que entre 1936 e 1939 (três anos) Hitler conseguiu um autêntico milagre económico na Alemanha, reduzindo um desemprego brutal quase a zero e desenvolvendo todas as industrias e infraestruturas alemãs a níveis inimagináveis.

Mas para milagres económicos é preciso muito, muito dinheiro (não bastam o génio, boa vontade e capacidade de liderança).

E quem é subsidiou e em força o milagre económico alemão? Foram necessariamente os tipos que controlavam o dinheiro a nível mundial - os judeus.

Donde, Hitler foi maciçamente apoiado pelos judeus no seu milagre económico. O que não admira, visto ser, ele próprio, judeu.

A Alemanha foi recuperada para ser possível às altas esfera judaicas fazer despoletar uma segunda Guerra Mundial. E foi precisamente isso que aconteceu. Não há nada que dê mais lucro aos detentores do dinheiro do que a Guerra. Não interessa quantos morram.

Quanto aos judeus, é bom lembrar que os há de primeira, de segunda e de terceira categoria. Estes últimos foram os que foram parar aos campos de concentração onde alguns morreram sobretudo de tifo. A Cruz Vermelha calcula que tenha morrido um total de 150 mil judeus (de 3ª categoria) no chamado «holocausto».

Quanto, a Hitler, no fim da Guerra, e à semelhança de muitos outros dirigentes nazis, pirou-se (com ajuda judaica), para a Escandinávia, para os EUA, para Espanha ou para a América do Sul.

Os judeus não são nenhum povo que foi expulso da Palestina. Os judeus são uma máfia parasita da humanidade. Os verdadeiros judeus (da milenar Judeia) fazem parte hoje do povo palestiniano e sofrem na pele os regulares bombardeamentos israelitas.

Heil, suchers... neonazis de trazer por casa...

Thor disse...

Diogo podes repetir a mesma mentira 1 milhão de vezes, porque não é por isso que ela se torna necessariamente verdade.

e tu não podes ser levado a sério. já disseste que nem existia sangue judeu, agora voltas à carga com Hitler ser judeu.
decide-te. ou não há sangue judeu e então Hitler não é judeu, ou então se Hitler é judeu tem que existir sangue judeu.

Diogo vou-te repetir isto pela 1000ªvez e se tu não és capaz de assimilar isto, então és pouco inteligente ou muito teimoso:

isso do Hitler ser judeu, ser um Rothschild e ter sido apoiado por eles, é tudo MENTIRA! foi propaganda criada pela oss/cia nos anos a seguir à II Guerra Mundial, para desacreditar o Nacional-Socialismo.

Hitler não só não era um Rothschild, como os combateu, foi atrás deles, roubou-os e expulsou-os da Alemanha, Àustria e França.
é tão simples quanto isto.
o que tu vês nesses milhentos sites de propaganda sobre o Hitler ser judeu, Rothschild e etc, é tudo tretas, caralho. enfia isso na cabeça.

quanto ao que dizes do "holocausto" e dos números da Cruz Vermelha, isso está correctíssimo.

lemming disse...

Hitler era judeu.
Viriato também.
Vasco da Gama era paneleiro.
Afonso Henriques era travesti.
O 25 de Abril não foi traição.
2+2=3 ou 2+2=5, mas nunca 2+2=4.
A democracia existe há mais tempo que a Nação.

Vocês têm a mania de quererem sempre falar verdade, não percebem que uma sociedade baseada na mentira funciona melhor?
Olhem para os dados, tudo está uma maravilha.

Devia haver um gulag maçônico para prender pessoas perigosas para a democracia.

Patriotas convictos e heterossexuais convictos à cabeça, deviam ir todos presos.


Eu sou anti-faixista, embora não sabia definir o que é exactamente faixismo.
Acho que também sou anti-sistema, embora o sistema seja anti-faixista, mas o papel de pseudo-rebelde excita-me imenso.

Agora com licença que tenho que ir trabalhar para pagar a traição política em forma de salários,bónus,reformas e indeminzações à classe política.

Como devem saber, a traição paga-se muito muito muito bem na 3ªRepública.

Deviam inventar vaselina com sabor, não é que servisse para alguma coisa, mas era para só para fingir que alguma coisa muda no dia-a-dia democrático.

PEACE!

Pedro Lopes disse...


"Como devem saber, a traição paga-se muito muito muito bem na 3ªRepública."

Mentiroso...

Isso é populismo, pá!!!!

http://cdn.cmjornal.xl.pt/2014-10/img_400x516$2014_10_27_00_26_32_413950.jpg

Diogo disse...

Caro Thor,

Thor: «já disseste que nem existia sangue judeu, agora voltas à carga com Hitler ser judeu. Decide-te. ou não há sangue judeu e então Hitler não é judeu, ou então se Hitler é judeu tem que existir sangue judeu.»

Diogo : Não há sangue judeu, tal como não há sangue cristão, nem sangue benfiquista. Os judeus são uma máfia especialista em finanças e que recrutam os seus membros entre as mais altas esferas das sociedades. Tal como a maçonaria. Mas, como qualquer máfia, precisam dos seus peões que, quando necessário, são sacrificados.


Thor: «Isso do Hitler ser judeu, ser um Rothschild e ter sido apoiado por eles, é tudo MENTIRA! foi propaganda criada pela oss/cia nos anos a seguir à II Guerra Mundial, para desacreditar o Nacional-Socialismo.»

Diogo : Se a CIA fizesse uma coisa dessas, não desacreditaria o nazismo, desacreditaria os judeus... Não há milagres económicos em três anos sem injeções maciças de dinheiro. E quem controla o dinheiro são os judeus.

Os judeus prepararam dois blocos para se enfrentarem numa Guerra Mundial (tal com em guerras anteriores). Daí tiraram dividendos brutais. Nem que, para tal, tenham morrido cerca de 50 milhões de pessoas. Nada dá mais lucro aos bancos do que as guerras...

Thor disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thor disse...

primeiro, essa treta de que apenas atirar dinheiro para cima de todos os problemas resolve tudo é a maior treta...

se isso fosse assim, então tinha havido um milagre económico em Portugal depois de entrarmos na CEE (mais tarde UE) e termos levado injecções fabulosas de dinheiro..
tínhamos ficado como a Alemanha Nazi, quase sem dívida e sem desemprego.
mas não ficámos, claro.
porque essa tua teoria é furada.

segundo já te explicaram "n" vezes que nessa altura havia muito dinheiro não-judeu.
por exemplo, Ford não era judeu, nem Thyssen, nem muitos outros que apoiaram Hitler.
não apenas não eram judeus, como eram mesmo anti-judeus.


"Os judeus prepararam dois blocos para se enfrentarem numa Guerra Mundial"

os judeus tentaram corromper Hitler, mas não conseguiram.
e já te disse que Hitler foi atrás dos Rothschild nos países que controlava.

os dois blocos que eles controlavam, eram o marxismo e o liberalismo capitalista.
o nazismo eles não conseguiram controlar, embora tenham tentado, não nego.



"Não há sangue judeu, tal como não há sangue cristão, nem sangue benfiquista."

mas os cristãos e os benfiquistas não são uma raça, Diogo.
já os judeus, são-no.


http://hyperborea-land.blogspot.pt/2010/02/politicamente-incorrecto.html

http://1.bp.blogspot.com/-sJAXy3DqC3o/UY4XOMjZf6I/AAAAAAAAAQE/JcifL43ENPo/s1600/Jared+Diamond+Israel.jpg

http://forward.com/articles/155742/jews-are-a-race-genes-reveal/?p=all

http://www.haaretz.com/jewish-world/jewish-world-news/dna-links-prove-jews-are-a-race-says-genetics-expert-1.428664


não quer dizer que não hajam diferenças entre judeus, uns mais misturados com khazares, outros mais europeus, outros mais semitas, etc, etc
mas têm características raciais, como já te expliquei mais de 10 vezes.





"Se a CIA fizesse uma coisa dessas, não desacreditaria o nazismo, desacreditaria os judeus"

se a cia fizesse, não... a cia FEZ ISSO.

http://carolynyeager.net/fake-legends-adolf-hitler%E2%80%99s-%E2%80%9Cjewish-grandfather%E2%80%9D

e segundo, desacreditaria mesmo o nazismo, perante potenciais aderentes, simpatizantes, etc porque como é óbvio o nazismo teria fama de ter ligações aos judeus, e logo perderia uma porção de potenciais simpatizantes devido a isso. isto até tu consegues perceber.

N disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
N disse...

Os judeus são uma raça sim, embora hoje não sejam homogêneos.

Com o tempo foram ficando menos homogêneos devido à miscigenação mas sobretudo porque eles perceberam que havia duas vantagens em assimilar genes Arianos e elas são:Passarem mais despercebidos na sociedade onde parasitam+vantagem evolutiva visto que os Arianos são os segundos humanos com maior média de QI no mundo ao contrário dos judeus "originais"(do ponto de vista racial/genético), que estão na 3ªcategoria a nível de média de QI a par dos Árabes e Indianos.

Característica faciais dos judeus:
Nariz grande e/ou curvo.
Olhos arregalados.
Orelhas grandes.
Esmagadora maioria são feios, ou assim-assim.

Óbvio que com as plásticas e miscigenação, isto houve mudanças e eles já não se topam tão facilmente.

Estou a falar de judeus do ponto de vista de ascendência, e não de conversão religiosa atenção.

Eles topam-se bem é a nível espiritual.
TODO o judeu é degenerado, vigarista, e corrupto.

Tudo isto resulta do processo evolutivo de milhares de anos, pois os judeus NUNCA foram um povo de de grandes guerreiros, brilhantes filósofos, geniais artistas, heróis de variados tipos, etc...


Os judeus sempre foram os mercadores, os especuladores, os parasitas que só pensavam no cifrão, e na melhor maneira de fazer dinheiro sem quaisquer preocupações éticas ou morais.

Usura, prostituição, vigarice, tráfico de menores, especulação, tudo o que der para fazer dinheiro o judeu está lá.

Só que o judeu não cria riqueza para a sociedade, o judeu cria sim riqueza só para ele e para os da sua tribo a partir da pilhagem da riqueza da sociedade onde ele parasita.

O judeu é como se fosse uma espécie de "cancro humano".

Thor disse...

"Os judeus são uma raça sim, embora hoje não sejam homogêneos."


claro. foi o que tentei explicar ao Diogo.