segunda-feira, novembro 07, 2011

Libia y Gaddafi - los medios de comunicación pueden convertir a una persona en Heroe o Villano

.
kadafi

Comentário de um Anónimo (a quem agradeço):


Libia y Gaddafi La verdad que se supone NO debes conocer

Yo tampoco lo sabía pero ya investigando es increíble como los medios de comunicación pueden convertir a una persona en Heroe o Villano. Tu opina.


En 1951 antes que Gaddafi llegara, Libia era el país mas pobre del mundo.

Después de cuatro décadas de Gaddafi y antes de la invasión de la OTAN el 2011, (por EUA, Francia, Italia, Alemania, etc), Libia tenia el nivel de vida mas alto de África mas alto que Rusia, Brasil y Arabia Saudita.

La electricidad era gratis para todos

En Libia la casa es considerada un derecho de la humanidad.

Recién casados reciben $50 mil dolares para comprarse una casa.

Todos los prestamos de cualquier clase son con 0% de interés (juro) por ley.

Gaddafi prometió una casa a todos antes de poner en una casa a su padre y mantuvo su promesa: su padre murió sin casa.

Solo un quinto de Libia antes de Gaddafi podía leer y escribir.

Ahora con Gaddafi la educación es gratis y de alta calidad y el nivel de alfabetismo es de 83%.

La atención medica es gratis para todos y de alta calidad.

Si los libios no pueden hallar educación o atención medica del nivel adecuado que necesitan, el gobierno les da los fondos necesarios para conseguirlos fuera del país.

Si los libios compran un coche, el gobierno paga el 50%.

El precio de la gasolina es 14 centavos de dolar el galón.

Cualquier libio que quiera ser agricultor recibe gratis, tierra, una casa, animales, equipo de agricultura y semillas.

El 1ro de Julio 1.7 millones de libios marcharon en la Plaza Verde de Trípoli para protestar el bombardeo por la OTAN. Esto era el 95% de la población de Trípoli. Libia solo tiene cinco millones de habitantes.

El banco central de Libia pertenece a Libia. y no como en la mayoría del mundo occidental que pertenecen a una organización de Rothshild.

El banco de Libia lanza moneda sin deuda (dívida).

Gaddafi pedía pago del petroleo en otra moneda y ya no en dolares. Pero en la moneda de dinars africanos respaldado en oro. A esto Sarkozy, el presidente de Francia, lo llamo como un peligro para las finanzas del mundo.

Os rebeldes líbios da NATO


El primer acto de los rebeldes fue crear un nuevo banco central de propiedad del grupo europeo Rothshild. La familia Rothshild es propietaria de la mitad de la riqueza del mundo. Ese banco crea dinero de la nada y sin respaldo para venderlo con grandes intereses para que los prestamos no se puedan pagar y hasta nuestros hijos serán esclavos de esas deudas (dívidas).

Gaddafi no vendió a su gente, como un Judas, a los bancos de Rothshild como lo hizo Obama en EUA, Sarkozy en Francia y Cameron en Inglaterra. Libia no tenia ninguna deuda con nadie.

¿Quien esta detrás del bombardeo contra Libia? Los libios tenían mucho mas que los ciudadanos de EUA, Inglaterra, Francia etc. etc. los libios tenían un líder que velaba por sus intereses con integridad y coraje no obedecía los intereses de los banqueros.

Libia compartía su tesoro con otros países de África. Sin la tiranía de los bancos de Rothshild todos podemos vivir libres sobre la tierra sin cargar enormes deudas a grandes intereses. Los bancos y sus políticos comprados están robando trillones de dolares, euros y libras todos los años. Fuimos globalmente esclavizados. Ahora Libia sera esclavizada.

Se estima que mas de 30 mil libios ya han sido asesinados por los bombardeos de la OTAN y los rebeldes.

Gaddafi cree en la democracia directa que esta en su libro Verde. Gaddafi cree que la democracia parlamentaria es corrupta y que la gente debe representarse ella misma sin intermediarios. El Libro Verde de Gaddafi es realmente algo para admirarse.

No podemos mantenernos sin reaccionar cuando gobiernos corruptos asesinan salvajemente con las armas mas poderosas del mundo a países como Libia y los medios endemonian con pura propaganda falsa a esos países que son realmente libres y prósperos.
.

28 comentários:

Anónimo disse...

http://yrminsul.blogspot.com/2011/10/rebeldes-da-otan-fugindo-do-povo-libio.html

http://yrminsul.blogspot.com/2011/10/assassinos-de-gaddafi-falavam-espanhol.html

A realidade que nunca foi mencionada nos "media"...

Anónimo disse...

O banco central já vai para as mãos dos rottshield.

Quem invandiu foram EUA(colonizados por israel),inglaterra sob a liderança de cameron(judeu) e frança sob a liderança de sarkozy(judeu).

Mas quem vai lutar pela canalha judia são os arianos,e quem paga os impostos são os arianos.

E agora o cumulo dos cumulos,os exercitos e os soldados arianos invadem outras nações para dar poder aos sionistas,os mesmos sionistas que destroem e querem continuar a destruir as nações arianas.
E então toca a dar mais territorio e recursos para quem nos anda a prejudicar e quer acabar conosco.
Porreiro pah!

Temos portanto um caso de burrice/submissão/masoquismo/mercenarismo dos militares arianos europeus.

Certamente uma bela historia para mais tarde serem recordados quer pelos seus filhos e netos,quer pelas gerações seguintes...

Isto se entretanto algumas das suas nações entretanto não desaparecerem.

Realmente este mundo democrático é um espectaculo!

Os nossos antepassados devem tar mesmo orgulhosos!

Pichote disse...

POIS SERÁ VERDADE MAS E O RESTO..NO TEMPO DO HITLER TAMBÉM A ALEMANHA DEIXOU DE TER DESEMPREGO MELHOROU A ECONOMIA ETC...GRANDE PARTE DISSO É VERDADE E SERVE PARA O QATAR EMIRADOS ÁRABES UNIDOS ETC...
E LOCKERBI? AS ENFERMEIRAS EUROPEIAS DETIDAS E TORTURADAS NAS PRISÕES DA LIBIA?

Anónimo disse...

Enfermeiras???
E quantos líbios torturados e assassinados enquanto a família Kadafi vivia num luxo das arábias e com contas bancárias que uma pessoa até adormece a contar os algarismos?
Fez algum milagre económico,num país com as reservas de petróleo que a Líbia tem?
Misturar as lutas de interesses actuais com a análise áquele bando de criminosos sem escrúpulos que se agarraram ao poder e que matavam para não o largar,é estúpido!
Alguém no seu perfeito juízo gostaria de viver num regime como o do sr Kadafi?

Há pessoas a quem a realidade estorva.
Outras diz-se que andam na Lua.
Mas neste caso,acho que já passaram Plutão...

Anónimo disse...

O que está aqui em causa é que a substituição foi para pior.

Ninguem está aqui a dizer que o kadafi era bom ou muito bom.

Mas se era razoavel o que vem a seguir a ele é muito mediocre mesmo.

Das duas uma...

Ou ainda não perceberam e são lemmings.

Ou fazem parte do sistema e vêm para aqui com contra propaganda defenderem a vossa indefensavel posição.

Anónimo disse...

http://www.veteranstoday.com/2011/11/06/dreams-of-democracy/

Ler e ver o video no fim.

Grande Artigo.

Anónimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=sjUQZYsvTh0&feature=channel_video_title

Ver o video.

No caso de ser lemming ver 50 vezes.
Talvez assim chegue lá...
Talvez...

Anónimo disse...

"Alguém no seu perfeito juízo gostaria de viver num regime como o do sr Kadafi?"

E alguem no seu perfeito juízo pode confiar num novo poder que se aliou a inimigos,deu autorização para o seu País ser bombardeado,vendeu os recursos do País a outras potentias sionistas como troca da ajuda para ir para o poleiro,e agora vai substituir o livro verde do kadafi por uma sharia de mão de ferro que irá oprimir ainda mais o povo,nomeadamente as mulheres?

O teu juizo é muito parcial 07 Novembro, 2011 13:45...

Cheiro o teu fedor ao longe...

Vai lá buscar mais palha á central de propaganda da maçonaria para ver se a gente come deste vez.

Está se a torna dificil para voçês...
Estão habituados a lider com simios.

Mas há novidades na cadeia alimentar e a vossa hora vai chegar filhos da puta.

N disse...

http://informacaoincorrecta.blogspot.com/2011/11/da-economia-politica-de-list-parte-ii.html

Diogo disse...

Caro N,

Concordo absolutamente com a primeira parte do artigo mas não com a segunda.

O Estado deve funcionar como uma família alargada, onde há uma cama e uma tigela de sopa para todos (não no sentido miserabilista).


Mas o milagre de Hitler deveu-se ao capital judeu. Foram os judeus endinheirados que levantaram a Alemanha, a armaram e, depois, a destruíram quase por completo na II Guerra Mundial.

E Hitler, filho de Alois, e neto de um judeu muito rico de Viena (fala-se em Rothschild), teve todo esse apoio. E uma reforma sossegada, depois da Guerra, no sul de Espanha (depois da farsa do suicídio).

Abraço

Diogo disse...

Aos que comentavam neste blog como Anónimos, lamento mas isso hoje acabou. Gosto de ver nomes nos comentários por mais surrealistas que sejam.

Cheguei a ter posts com várias dezenas de comentários só de Anónimos. Não faz sentido.

miguel disse...

Diogo,de onde retirou que o avô do Adolfo era um judeu muito rico e que acabou em Espanha?
Estou a ler a biografia,escrita pelo Ian Kershaw e ele pelos vistos ele anda enganado.

eu disse...

CAro Diogo,
Quem é que foi para Espanha? O do bigode?
Tem bibliografia para o que surpreendentemente afirma?
É que essa até eu não contava.
Bom é que por aqui já li umas dicas de uns "blogs" sobre UFOs e extraterrestres humanóides ou humanos, e da China que está a ter apoio dessas entidades para nos livrar dos Illiminatti, e portais do tempo e espaço e que isso existe e que os "assupradores de informação têm que estar atentos às "THE RULES", e não sei quê...
Bom provas documentadas é que era lindo, e não filmes de propaganda.
Gostaria de acreditar em muito do que lá está mas cheira a charlatanismo puro e duro. Quanfo ao sistema HAARPP já todos sabem do que se trata.
Abraço

N disse...

Diogo eu pus o link do post porque esse blog tal como o seu são politicamente incorrectos e achei notavel a honestidade intelectual do autor e do pormenor do proprio general a admitir porque é que entraram em guerra com o Hitler.

Isso do ser neto dos rothshield é propaganda falsa para difamar,não acredite nisso.

O milagre de hitler deveu se para além de muito inteligentes politicas economicas,á doutrinação espiritual.

Se o povo não souber a diferença entre liberdade e libertinagem,entre honra e desonra,entre comprar o que é necessario e ultra consumismo,e que primeiro está o ser ante do ter...

De nada vale planos e doutrinas económicas.

Porque o povo por si proprio sem ser doutrinado são baratas tontas.

Para além de serem facilmente manipulaveis pelos inimigos das nações cujos intresses são a exploração humana,saques dos cofres do estado e venda dos principais recursos ás oligarquias apátridas.

Porque é que por exemplo um chinês comparado com um europeu actual,o chinês faz tudo mais depressa e melhor?

Eles neste momento estão num modelo de capitalismo selvagem de estado,porque o comunismo acaba sempre por levar a uma mutação final de capitalismo selvagem de estado,sempre mesmo.

Mas eles são disciplinados,qualificados,trabalhadores,patrioticos porque levaram com decadas de doutrina.

Se eles tivessem andado decadas como o europeu actual, no lixo ideologico do liberalismo e libertinagem eles não eram coisa nenhuma das que disse acima.

Andariam a apanhar no cú,a ter comportamentos estupidos,eram malandros,tinham comportamentos traicoeiros a todos os niveis,profissionais,amorosos,amizade,e eram ultra consumistas o que os levaria para um individualismo exagerado e deixaram de funcionar como colectivo em prol da nação.

Atenção que eu não defendo o comunismo de forma alguma,mesmo os diferentes comunismo do globo que não são todos iguais,nenhum deles eu defendo.

Agora que do ponto de vista de organização social e nacional é muito muito muito melhor que o liberalismo isso sem duvida.

O liberalismo é um cancro.

Agora temos que pensar de forma coerente,planeada e com honestidade intelectual.

Se o nosso modelo economico e social falhou,e se a china tem o comunismo,alguem acha mesmo que teremos alguma hipotese com democracias?

Nós temos que ter Nacionalismo.
Para equilibrar a balança do poder mundial.

Esta demência colectiva tem que acabar rapidamente.

E já vamos correr muito atras do tempo,muito mesmo.
E para educar este gado todo totalmente corrompido vai ser o caralho,e por isso mesmo,a mudança de paradigma quanto mais tarde for pior vai ser.

Depois o plano economico terá que ter sempre em conta a valorização do trabalho,a aniquilição do parasistimo,e aniquilação da corrupção pois esta é a grande causa de tudo,porque destroi tudo mesmo.

Uma economia nacionalista de terceira posição,tendo em conta sempre em primeiro lugar o intresse nacional,obviamente que jamais cederá a qualquer pressão,chantagem ou aliciamento de capital apatrida e corrupto exterior.

Internamente é dar caça aos corruptos.

Isto,seguido da lógica,inteligência,criatividade e doutrinação do povo a economia alavanca novamente.

O Regime em Portugal tem que mudar,não há volta a dar.

E quanto mais demorar pior vai ser.

O igualitarismo tem que ser substituído por Meritocracia.

A democracia tem que ser substituida por Aristocracia.

Diogo disse...

Miguel,

According to a book by a psychoanalyst, Walter Langer, called The Mind of Hitler, not only was Hitler supported by the Rothschild's, he WAS a Rothschild.

Langer writes:

"Adolf's father, Alois Hitler, was the illegitimate son of Maria Anna Schicklgruber. It was generally supposed that the father of Alois Hitler (Schicklgruber) was Johann Georg Hiedler. There are some people who seriously doubt that Johann Georg Hiedler was the father of Alois (an Austrian document was) prepared that proved Maria Anna Schicklgruber was living in Vienna at the time she conceived. At that time she was employed as a servant in the home of Baron Rothschild. As soon as the family discovered her pregnancy she was sent back home, where Alois was born."

Langer's information came from the high level Gestapo officer, Hansjurgen Koehler, published in 1940, under the title "Inside the Gestapo". He writes about the investigations into Hitler's background carried out by the Austrian Chancellor, Dolfuss, in the family files of Hitler.

Koehler actually viewed a copy of the Dolfuss documents which were given to him by Heydrich, the overlord of the Nazi Secret Service. The file, he wrote, "caused such havoc as no file in the world ever caused before" (Inside the Gestapo, p 143). He also revealed that:
"..The second bundle in the blue file contained the documents collected by Dolfuss. The small statured, but big-hearted Austrian Chancellor must have known by such a personal file he might be able to check Hitler. His task was not difficult; as ruler of Austria he could easily find out about the personal data and family of Adolf Hitler, who had been born on Austrian soil...Through the original birth certificates, police registration cards, protocols, etc., all contained in the original file, the Austrian Chancellor succeeded in piecing together the disjointed parts of the puzzle, creating a more or less logical entity..

A little servant girl (Hitler's grandmother) came to Vienna and became a domestic servant, mostly working for rather rich families. But she was unlucky; having been seduced, she was about to bear a child. She went home to her village for her confinement. Where was the little maid serving in Vienna? This was not a very difficult problem. Very early Vienna had instituted the system of compulsory police registration. Both servants and the employers were exposed to heavy fines if they neglected this duty. Chancellor Dolfuss managed to discover the registration card. The little, innocent maid had been a servant at the Rothschild mansion. ..and Hitler's unknown grandfather must be probably looked for in this magnificent house. The Dolfuss file stopped at this statement."

Diogo disse...

Caro eu,

Hitler didn’t commit suicide, claims British journalist


British journalist Gerrard Williams says he’s found evidence that Hitler and his mistress Eva Braun didn’t die in their Berlin bunker as generally believed, but escaped to Argentina where he died in 1962.

Gerrard Williams’ findings are based on testimony of Peter Baumgart reported in 1947 by Reuters and Associated Press, and other witnesses. Captain Baumgart is the German pilot that is said to have flown Hitler out of Germany. Baumgart first flew the plane to Denmark and then to south of Barcelona in Spain where they received assistance from the Franco government. General Franco’s Fascists had come to power in Spain after a bloody civil war, and with extensive military and financial support from Hitler’s Germany. From Spain they flew on to the Canary Islands where they boarded a German U-boat. They landed in Argentina to join a German colony where Hitler raised two daughters and died in 1962. This story is detailed in Williams’ book “Grey Wolf: The Escape of Adolf Hitler”, which he co-authored with Simon Dunstan.

Official version of Hitler’s death as announced by the Allies, was that he had committed suicide in his bunker during the Soviet occupation of Berlin and his body was incinerated. It is rumoured that Soviet leader Joseph Stalin never believed this story.

Jewish Telegraph of the U.K. published this story in its November 4 issue under the headline “Hitler Suicide Is Biggest Lie.” Williams says there is no forensic evidence on Hitler’s suicide, while there’s plenty to prove that he escaped to Argentina. One of the claims made in the book is that the U.S. might have been complicit in letting Hitler escape in return for German war technology. Nazi Germany had produced the world’s first jet aircraft and rocket technology and had come inches close to producing the first atomic bomb. Americans and Russians fought over German scientists and it was German scientists on both sides that fuelled the Cold War. One of the prize catches for Americans was Wernher von Braun, inventor of the V2 ballistic missile that terrorised London, who helped launch NASA into space.

It is rumoured that a large number of Nazis escaped to South America where most of them settled in Paraguay and Argentina. Nazi hunters, the most famous of whom was Simon Wiesenthal, tracked some of these down. The most publicised case was that of Adolf Eichmann who was brought to Israel, put on trial, and executed for war crimes.

The author says his book, which is being made into a movie, drew an adverse reaction from Germans. To many Germans Hitler is still a symbol of national pride or of something they'd rather forget. Williams’ book, on sale at Amazon.com, has received mixed reviews and remains to be seen as a convincing compilation of evidence on Hitler’s death.
This is not the first time that such a claim has been made. See the National Geographic video below.

Read more: http://www.digitaljournal.com/article/313979#ixzz1d7ai5tAL

Diogo disse...

Caro N,

É verdade que, no imediato, têm de ser tomadas medidas violentas contra a máfia que controla o país e o mundo.

Mas devemos imediatamente começar a remodelar a economia, o modelo de produção e o modelo de distribuição.

Nunca na História tivemos tanta tecnologia – automação, robotização, informatização, telecomunicações, inteligência artificial, etc, - como neste preciso instante.

O trabalho que há três décadas atrás precisava de 100 homens, hoje precisa apenas de um. As máquinas vão substituir o homem na produção a uma velocidade cada vez maior.

Donde, os salários vão desaparecer e com eles as compras, as vendas, os lucros e a propriedade privada dos meios de produção.

As empresas (em dimensão proporcional) vão pertencer ao grupo, seja uma aldeia, uma vila, uma pequena ou média cidade. As megacidades vão desaparecer.

Aos cidadãos, vão ser distribuídos créditos que eles utilizarão como lhes aprouver: numa casa, num carro, numas calças, etc.


O que você propõe, aplicar-se-ia a uma tecnologia do século XX, não do século XXI.

Basta pensar que em meados do século XX, mais de metade da população portuguesa trabalhava na agricultura. Hoje são menos de 4%. E o que aconteceu na agricultura está a espalhar-se a toda a actividade produtiva.

N disse...

"Mas devemos imediatamente começar a remodelar a economia, o modelo de produção e o modelo de distribuição."

Para isso é preciso chegar ao poder.
Portanto a mudança de regime é a univa via.

"Nunca na História tivemos tanta tecnologia – automação, robotização, informatização, telecomunicações, inteligência artificial, etc, - como neste preciso instante."

Clonagem humana,microchips mais pequenos que grãos de arroz,echelon,video vigilância por todo o lado,e mais de 90 % da tecnologia não é partilhada para fora.

Não tenho uma visão romantica da tecnologia como voçê tem.
Pode me chamar de louco profeta,mas tenho 100% de certeza que a tecnologia irá destruir a humanidade,primeiro desumanizando a e tornando pior que animais num zoo,aprisionando qualque totalmente numa fase mais final e por fim destruir a mesma.

O ser humano não presta,e cada vez presta menos,e é ele que controla a tecnologia.
Os humanos,ou melhor,os seres vivos ao qual se chama de humanos já há muito pisaram o risco e os limites da privacidade humana.

Não é preciso ser nenhum génio para concluir que se isto acontece no presente,no futuro será a escravização total.

Será algo que poderá ser moderamente estancado em caso dum estadista com honra no poder,durante umas decadas pode proteger o seu povo,pode até preparar os alicerces para formação de revolicionarios urbanos que ainda tenham um pingo de humanismo e decência e orgulho para jamais aceitarem ser escravos.

Mas a verdade é que a tecnologia continuará a se desenvolver sem limites,a maior parte de forma oculta,e a pequena parte do conhecimento da humanidade será usada de forma ilegal,e o pior de tudo é que será consentido pelos povos,pois esses há muito que entraram num processo de involução.

N disse...

Netos e bis netos e tri netos que tenham alma,a unica coisa que sentirão por dentro é odio,raiva,e sentimento de traição por partes das gerações anteriores,pois eles perceberão que sem privacidade não há liberdade,sem privacidade não se consegue viver.
Só os escravos vivem assim.
Aquilo que eles irão sentir é mais do que legitimo e comprensivel.

Que ao menos lhes sejam dadas condições para os mesmos se vingarem e bem.
Será o unico consolo e a unica forma de se sentirem vivos por alguns momentos.

"O que você propõe, aplicar-se-ia a uma tecnologia do século XX, não do século XXI."

Aquilo que eu proponho é intemporal,pois o que eu proponho é muito mais que um modelo politico mas uma elevação espiritual do homem,e uma autentica revolução interior.

E quando falo em trabalho,atenção que o trabalho intelectual é trabalho.
Vale tanto como o fisico.
Todo o trabalho ser efectivamente valorizado é a unica maneira de as pessoas sentirem se motivadas para se esforçarem se e se superarem.

Ninguem se vai andar a esforçar e a se querer superar,quando o que se valoriza é a chique espertice,e a corrupção e o parasitismo compensarem.

Repare que voçê se pensar bem diogo,eu se quiser que Portugal alcançe o espaço por exemplo,que possua armas tectonicas,e possua tecnologia efectivamente positiva para o povo e a nação,primeiro eu preciso de bons trabalhores para alavancar a economia,para depois arrecadar receitas da produção para pegar em parte delas e investir na tecnologia.

Isto funciona tudo em cadeia,e o País só evolui se tiver economia forte e pujante e para isso precisa dos melhores,logo os melhores tem que sentir que vale a pena ficar cá,daí a necessidade de valorizar o trabalho e sempre num sistema meritocrata para criar uma competição saudavel.

Ao contrario do igualitarismo que nivela todos por igual,não diferenciando e por isso leva sempre ao nivelamento por baixo e á desmotivação e mesmo fuga dos melhores pois eles vêm ao lado a merda valer tanto como eles e isso não é justo.
Alías,é mesmo irracional.

N disse...

Agora o que é o mais importante que tudo é que as pessoas tenham a perfeita noção que o que dita o poder geo politico é a evolução no campo espacial e militar.

Não é a cortiça,ou os pasteis de nata,ou o vinho do porto,ou a nossa gastronomia em geral,ou outra qualquer coisa do genero em que de facto nos distinguimos pela positiva,mas que a nivel de peso geo politivo valem ZERO.

E Portugal não pode pensar que pode continuar a brincar ás democracias,e conversas de chacha enquanto uns andam no espaço,tem tecnologia militar de ponta,população muito mais numerosa e qualificada.

Todas as nações que não evoluem ou são colonizadas ou riscadas do mapa.

Não há volta a dar a isto,foi,é,e será sempre sempre sempre assim.

No passado aquilo que nos fez imperio,independentes e heroicos foi a nossa supremacia evolutiva em relação a outros povos.

No presente aquilo que nos faz tar de joelhos foi a nossa involução como povo.

Ou damos a volta a isto,ou na melhor das hipoteses seremos uma Nação escrava,na pior das hipoteses riscada do mapa.

As guerras são eternas.
Metam isso na cabeça.

E só os mais fortes sobrevivem.

Zorze disse...

Diogo,

A questão Muammar al-Gaddafi, é profunda e complexa, não é simples.
Por outro lado, essa "questão", é uma questão a que se chama de normalizada.
Ao que parece, o indivíduo já lá está com os anjinhos, noutros mundos (sei que não acreditas nesta parte).

Na verdade, é mais um, que tem inúmeros karmas a resolver e vai ter que os resolver.

Na verdade, essas tretas de uniões socialistas e cenas românticas, são fantasias que fulanos absorvem para mascarar o que lhes apetecer.

Essas coisas de socialismo e do conservadorismo, é igual a merda.
Entretém a população profissional que busca a informação, que informa a outra parte da população que consome essa mesma informação de merda.
E todos juntos, dentro dum balão do politicamente correcto se sentem num mundo harmonioso e feito para lhes servir.

Quem explica às massas que tudo isto é um tremendo engano?

Diogo disse...

Caro N,

Você continua a falar em termos de século XX.

A produção está a passo acelerado a ser entregue às máquinas. A dado ponto, não serão necessários trabalhadores, manuais ou intelectuais, gestores, capitalistas, militares, políticos ou estadistas.

A organização política mudará radicalmente. Será um regresso a uma estrutura recolectora em que a tecnologia fará o papel da natureza, produzindo tudo o que é necessário.

Abraço

Diogo disse...

Zorze,

«Na verdade, essas tretas de uniões socialistas e cenas românticas, são fantasias que fulanos absorvem para mascarar o que lhes apetecer.»


Não percebo o que queres dizer.

Abraço

N disse...

"A produção está a passo acelerado a ser entregue às máquinas. A dado ponto, não serão necessários trabalhadores, manuais ou intelectuais, gestores, capitalistas, militares, políticos ou estadistas."

Diogo voçê é capaz de escrever posts brilhantes..

E ao mesmo tempo de dizer coisas destas..

Diogo disse...

Caro N,

Não havendo espírito, tudo é matéria: seja um cérebro biológico ou um cérebro mecânico.

O nosso cérebro é constituído por 100 mil milhões de neurónios, ligados por cerca de 10 mil sinapses.

Você acha que não é possível nos próximos anos fazer máquinas biliões, triliões ou infinitamente mais inteligentes?

Abraço

N disse...

"Não havendo espírito, tudo é matéria: seja um cérebro biológico ou um cérebro mecânico.

O nosso cérebro é constituído por 100 mil milhões de neurónios, ligados por cerca de 10 mil sinapses."

"Você acha que não é possível nos próximos anos fazer máquinas biliões, triliões ou infinitamente mais inteligentes?"

Estamos nos a desviar totalmente do tema inicial,mas ok,eu respondo lhe.

E a Alma?
É possivel dotar uma maquina,robô,ou qualquer elemento futurista a que voçê se refere de Alma?

É só ver a quantidade de humanos sem ela e á degeneração que isso levou.

Voçê põe a questão meramente na questão intelectual.
Não falta inteligência no mundo.
Principalmente nas elites corruptas ou não acha que de facto o circo democrático é uma vigarice muito bem montada?

Inteligência existe,só que é usada para a corrupção e ganância.
O probelema é mesmo a falta de alma e honra.

Essa realidade que voçê descreve parece me inspirada num qualquer terminator ainda por sair,completamente irreal,confusa,e sinceramente não leva a nada.

Vou lhe dizer isto de forma frontal porque não tenho jeito para hipocrisias.

Caro diogo,voçê ás vezes assemelha se a uma camaleão intelectual.

Faz me uma enorme confusão como é que voçê diz coisas inteligentes,mostra conhecimentos,e apesar de divergirmos sempre na questão democratica em que eu defendo a sua extinção e voçê a substituição por democracia directa,voçê percebe que tudo isto é uma autentica matrix...

E depois sai se com coisas destas...

Abraço

Diogo disse...

Caro N,

O que é a «alma»? Sentimentos? Mas os sentimentos incluem o amor, a bondade, o carinho, a saudade, o ódio, a inveja, a ganância, etc.

Eu estou a falar de uma capacidade praticamente infinita de inteligência e produção pelas máquinas.

Você é contrário à abundância para todos? Você é contrário a avançados cuidados de saúde para todos? Você é contrário à felicidade para todos?

Abraço

N disse...

"Você é contrário à abundância para todos? Você é contrário a avançados cuidados de saúde para todos? Você é contrário à felicidade para todos?"

Abundância moderada para não se entrar demasiado no relaxamento.
E para quem efectivamente o mereceu.

Não sou a favor de abundancia para tudo e todos sem qualquer critério,isso é igualitarismo.

Isso dos cuidados avançados de saúde para todos,sim,sou a favor dum sistema publico com o maximo de qualidade e sobretudo confiavel.

Eu prefiro hospitais militarizados para a população,porque tem que haver alguem confiavel a supervisionar o que se passa.

Isto hoje é do mais facil que há implantar chips ou injectar doenças feitas em laboratorio a qualquer dissidente politico.
Os hospitais tão cheios de celulas maçonicas e não é novidade para ninguem.

Eu e muitos não confiamos minimamente nos hospitais Portugueses.
Aliás, conto no maximo uma ou duas as intituições que se pode efectivamente confiar em Portugal dado os longos tentaculos da maçonaria e opus dei em tudo o que é instituição.

Quanto á "felicidade" para todos,isso simplesmente não existe porque o conceito de felicidade não é igual para todos,porque FELIZMENTE nós não somos iguais.

Portanto isso é uma falsa questão.
Deve se sim é garantir que haja dignidade,segurança,e liberdade(não libertinagem) para todos os que contribuem para o desenvolvimento da Nação.

Agora a felicidade cada um depois que a procure como quiser,logo que não ponha em risco nem sabote e prejudique a moral da sociedade.

Falo obviamente de comportamentos desviantes como apanhar no cú,travestismos,paradas gays,e outras "conquistas democraticas".

Isso da felicidade é muito manipulada por propaganda consumista,e quanto mais burro e covarde for um povo,mais é influenciavel.

Muitas vezes o que é designado por "felicidade colectiva" não passa de propaganda com carga ideologica,a qual as massas não conseguem em geral descodificar.

O mais importante é fazer sentir as pessoas respeitadas,valorizadas e o mais importante dos importantes,que possam confiar em quem os lidera para melhorar a sua vida.