terça-feira, fevereiro 07, 2012

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, afirmou ontem, que os portugueses devem ser «mais exigentes», «menos complacentes» e «menos piegas»...

.

Num futuro que se espera ser tão próximo quanto possível, um grupo de foliões a quem, em nome da "crise", foi subtraída (a par de tudo o resto) a Terça-feira gorda de Carnaval, irá experimentalmente avaliar, sem complacência mas com exigência, o grau de pieguice de Passos Coelho.

Há quem aposte que o PM chiará e guinchará como um láparo à beira do tacho.

Três formas pouco lamechas de lidar com um Primeiro-ministro que se obstina em enviar um povo inteiro para a miséria enquanto entrega as riquezas do país à Finança Internacional...
.

17 comentários:

RAMIRO LOPES ANDRADE disse...

CARO DIOGO

EM 1992, EU TRABALAHVA NA IMOBILIARIA GRÃO PARÁ, DA SRA. FERNANDA PIRES DA SILVA, DONA DOS HOTEIS GRAO PARÁ E DO AUTODROMO DO ESTORIAL Á ÉPOCA.

DEU-SE A MORTE DO FILHO DO CHAMPALIMOU, EM QUE O SEU SEGURANÇA PARTICULAR O ASSASSINOU.

OS MOTIVOS DESTE BRUTAL ASSASSINATO FOI PORQUE O DITO SEGURANÇA FOI DEMITIDO POR ESTA DOENTE, DEPOIS DE 20 ANOS DE SERVIÇOS PRESTADOS, FOI DISPENSADO SEM LHE PAGAREM A DEVIDA INDENIZAÇÃO.

O FILHO DO CHAMPALIMOU AFIRMOU NA CARA DO INFELIZ DEMITIDO, QUE PREFERIA PAGAR 20 MIL CONTOS AOS ADVOGADOS , DO QUE OS 10 MIL CONTOS A ELE.

ESTE HOMEM ESPEROU ANOS PELA JUSTIÇA , QUE DEU RAZÃO AO RICAÇO DO FILHO DO CHAMPALIMOU.

DEPOIS DA DECISÃO DOS TRIBUNAIS, ELE O ESPEROU A PORTA DO ESCRITÓRIO DELE NA RUA CASTILHO E O MATOU A SANGUE FRIO.

DIZEM AS TESTEMUNHAS QUE AO VER A MORTE SE APROXIMAR, O FILHO DO CHAMPALIMOU DISSE " NÃO ME MATE , EU LHE DOU OS 10 MIL CONTOS ", AO QUE O EX-SEGURANÇA LHE TERÁ RESPONDIDO " EU AGORA NÃO QUERO SEU DINEHIRO, AGORA QUERO A TUA VIDA " E LHE DESFERIU DOIS TIROS CERTEIROS.

AINDA OUVI OS GRITOS HISTÉICOS DE DONA FERNANDA PIRES DA SILVA, A FALAR QUE ERA UM ABSURDO TEREM MATADO O COITADINHO DO FILHO DO CHAMPALIMOU.

PASSADOS TANTOS ANOS , REAFIRMO, FOI UMA DURA LIÇÃO PARA ESTES MENINOS DA DITA CLASSE ALTA.

PENA QUE COMO JÁ PASSARAM MUITOS ANOS, JÁ SE ESQUECERAM DA LIÇÃO.

JÁ É HORA DE VOLTAREM A SE LEMBRAR QUE SÃO TÃO MORTAIS COMO QUALQUER UM DE NÓS.

BASTAVA LIMPAREM O SEBO A UNS POUCOS QUE EU CÁ SEI, QUE METIAM O RABINHO ENTRE AS PERNAS, E GANHAVAM RUMO , MUITO RAPIDAMENTE, CARO DIOGO.

UM ABRAÇO.

RAMIRO LOPES ANDRADE

Diogo disse...

Concordo Ramiro.

Limpar compassada e determinadamente o sebo a uns tantos escolhidos a dedo – banqueiros, políticos, papagaios mediáticos, etc. – poderia ser um bom princípio para a resolução da «Crise Soberana».

Abraço

maceta disse...

o rapaz está a cavar uma cova bem funda...

Anónimo disse...

Chegará o dia duma nova republica onde só há 2 opções para os corruptos(pela via legal),ou execução ou trabalhos forçados num complexo prisional especifico para crimes de traição á Pátria,violações e pedofilia,crimes que não se pode considerar prisão a ser paga pelo contribuinte como "castigo".

Não faz sentido algum depois do prejuizo causado á sociedade,a escumalha politica ainda ser sustentada através dos contribuintes continuando assim o prejuizo.

Há variados trabalhos na metalurgia,agricultura que podem fazer como trabalhos forçados para assim compensar o prejuizo que causaram ao povo e á Nação.

Sem ser pela via legal,não paro de sonhar com um novo paradigma de Forças Armadas Portuguesas,levar lhes para outro nivel, onde dos diferentes ramos eram selecionados os melhores dos melhores para integrar uma força de elite com treinos e ritos com alvos vivos.

Corruptos,pedofilos,traidores á Pátria emboscados durante a noite,levados para uma floresta usada para treino militar,e essa força de elite para passar a fronteira psicologica para um novo nivel,prova de lealdade e de estofo psicologico,ter provas de caça dos alvos e correspondentes sacrificios aos Deuses Pagãos isto num ambiente cheio de esoterismo Ariano.

Para quê desperdiçar tanta carne da melhor para sacrificar e manda la toda para a prisão?

Os nossos antepassados sacrificavam os inimigos nos bosques lusitanos.

É preciso fazer renascer o espirito...

Portugal precisa de uma 4ª Republica.

RAMIRO ANDRADE - O PROVOCADOR disse...

Caro Maceta

É para mim que diz ( maceta disse... o rapaz está a cavar uma cova bem funda... ) ??????

Não entendi o seu comentário, pode se explicar melhor ???

Cumprimentos.

Ramiro Lopes Andrade

Zorze disse...

Lembro-me bem do episódio que o Ramiro levantou.
O indivíduo morava na Moita, apanhou o barco do Barreiro para Lisboa serenamente, levava um saco plástico com produtos químicos e uma gazua.
Sua intenção era desfigurar o Champôlimão, dentro do gabinete e com o elevado drama que se desenvolveu posteriormente, juntando uma série de factores aleatórios que nestas circunstâncias sempre ocorrem, o indivíduo, desferiu-lhe forte e feio com a gazua. Conta-se que até bocados de cerebelo escorriam pelas paredes, tal a violência, que se pressupõe resultado de intensa discussão verbal.

Pela maneira como o presente corre, adivinham-se futuros similares a muitas figuras que se julgam intocáveis e pensando que as massas apenas existem para lhes servir.

Anónimo disse...

O povo é sereno! É só fumaça!
Agora mais a sério:
A parte militar ligada ao PCP anda como a gente sabe a fazer das suas...
Aqui à tempos ouvi alguém ligado ao governo, não me recordo se foi o próprio ministro da defesa, dizer algo como: Nem todos os militares pensam e agem como esses senhores. Nós também temos os que estão do nosso lado.

Não é textual mas a ideia que quiseram passar foi esta. E frases destas só existiram na altura do PREC.Isto são frases de pré guerra civil, que só deveriam ser usadas em ultimo recurso... percebem o que quero dizer??

Por cima de toda a escumalha infra e supra - direita/esquerda.
Viva Portugal.

Saudações
AMV

Manuel S. disse...

O Ramiro tem toda a razão, bastava que limpassem o cebo a meia duzia, que eles punham-se finos. Na minha opinião o Passos Coelho não tem grande culpa do estado do pais, não passa de um boy a cumprir ordens. Antes dele houve outros, que sim têm muita culpa no cartório. Um dia destes há meia duzia de militares com eles no sitio juntam-se e criam um grupo estilo FP-25 e começam a sanear meia duzia, depois eles poem-se finos, lá isso poem. E acho que os militares estão a ficar fartos, já não é só o Otelo com as ameaças de golpe de estado, acho que estas ultimas declarações do ministro da defesa fizeram transbordar o copo e foram a gota de água para os militares. E meus amigos desta vez isto não vai ser no PREC, não vão ser comunas/soviéticos contra os liberais/americanizados, ou seja, Otelo e companhia VS Jaime Neves e Ramalho Eanes como foi no 25 de Novembro, desta vez os militares estão todos fartos destes filhos da p*ta que tomaram isto de asalto depois do fim do Concelho da Revolução em 82.
Desta vez os militares têm duas escolhas, e não são ideológicas, uma é a defesa do pais, e neste perspectiva devia haver de imediato um golpe de estado, a outra é continuarem do lado dos traidores politicos feitos com os grandes interesses financeiros que estão por detras da UE. A insituição militar portuguesa é secular e eles não andam a dormir, e vai agir com toda a certeza, e segue a vontade do povo, não dos politicos, e o povo está farto deste classe politica. Um golpe de estado seria recebido com palmas nas ruas de Portugal.

Anónimo disse...

Já repararam bem que cada vez que esta escumalha faz merda e começa a ficar preocupada lá começa o apelar ao famoso estado de direito democrático!
Oh!oh!oh!
Ai que nós somos bons porque somos democráticos e fomos eleitos.
O resto é faxxxismo , ai ai! Tenham medo, tenham muito medo.

SIED"

Carlos disse...

Coitado do coelho a ser sujeito à inquisição real (não confundir com inquisição papal). Lol

Anónimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=gHQ05dAL3jU&feature=youtu.be

N disse...

A coisa é mesmo muito simples:

A Nação tem mais de 800 anos...

Esta 3ªrepublica tem pouco mais de 30...

Uma coisa é a Nação,outra coisa é a democracia...

A democracia é apenas uma forma de regime escolhida para organizar a Nação.

A democracia passa,a Nação fica...

FACTUALMENTE a democracia falhou...

As Forças Armadas Portuguesas cujo equivalente mesmo sem esse nome ou designação já existe desde há mais de 5000 anos.

A Raça raiz sem a qual não existe Nação,só sobrevive se tiver soldados.

Ao longo de varios seculos os soldados,hoje Forças Armadas Portuguesas,são os responsaveis pela salvaguarda da Nação.


Ou seja,a democracia e os partidos passam,e as Forças Armadas continuam...

Devem as Forças Armadas Portuguesas estarem subordinadas ao poder politico?

Depende...Quando o poder politico é competente,honesto,Patriotico e fiel.

Agora quando o poder politico é traidor,inconpetente e vigarista é DEVER moral e mesmo LEGAL as Forças Armadas derrubar o poder politico ilegitimo.

Pois as Forças Armadas Portugueas têm como razão de existência,e de dever moral e LEGAL a defesa da Pátria e não da democracia...

Ora quando a democracia é nefasta para a Pátria,é DEVER das Forças Armadas Portuguesas derrubar a democracia e instaurar um regime nacionalista.

Capturando poder e os media estatais nem que expliquem 5/6/7 ou 50 vezes a macacada vai acabar por entender,até porque os macacos quando lhes começa a faltar o dinheiro no bolso realmente aí começam a perceber que isto da democracia não está a dar resultado...

A explicação é porem muito facil,basta por uns graficos com os niveis da dívida,desemprego,fome,pobreza,baixa natalidade,emigração nativa,nivel de vida etc...

A questão da corrupção politica tambem alem de estar bem patente na percepção das pessoas,uma duzia de detenções dos chamados notaveis ajudaria as pessoas abrir os olhos.

Argumentos contra a democracia para além dos que já disse aqui e IRREFUTAVEIS.

mfc disse...

Eu gostava que esse tipo fosse um mito... mas infelizmente é uma realidade!

N disse...

É só explicar á macacada que a propria natureza da democracia é contrária ao desenvolvimento da Nação como unico colectivo.

E porquê?

Muito simples e passo a explicar:

Porque numa democracia os partidos que ficam fora do poder a unica maneira de chegarem ao poder é sabotar o trabalho do partido que está no poder.

Logo,mesmo se por acaso,houvesse um lider honesto e compentente que chegasse ao poder pela via de um partido(hipotese completamente impossivel porque os partidos vivem da corrupção e os lideres só são escolhidos se compactuarem com os intresses corruptos das respectivas mafias partidarias),era impossivel ele fazer avançar a Nação porque no jogo da democracia os outros partidos irão sempre estar a sabotar o trabalho do que está no poder.

E será sempre assim na democracia...

Por isso,mesmo que finjamos todos ser ingénuos ao ponto de acreditar em lideres honestos e numa hipotetica hipotese surreal e utopica de haver um lider honesto a chegar ao poder pela via de um partido ele não consegue fazer avançar isto porque os partidos que estão na oposição sabotam o trabalho dele,mesmo que o trabalho dele seja em prol dos intresses da Nação.

Isto acontece porque numa democracia os partidos zelam sempre pelos SEUS intresses e não os da Nação.

Ora quando os politicos começam a perceber que as pessoas começam a largar as bananas e a somar 2+2 costumam vir com o paleio demagogico do "governo de salvação nacional"

N disse...

Ora o governo de salvação nacional que consiste nada mais do que a canalha não querer largar o poder nem por nada e roubarem menos mas dividirem o roubo por todos para assim permanecerem no poder,é uma propria negação da democracia.

Pois se a democracia consiste na pluradidade de (pseudo) oposições,um "governo de salvação nacional" pela sua natureza é a negação do conceito democratico e a prova de que realmente os partidos não servem para nada e que as coisas só se SALVAM quando há um partido unico.

Portanto os patifes e vigários democratas não conseguem ter argumentação valida quando confrontados com qualquer um destes argumentos que referi.

É tudo uma questão de possuir o veiculo de tranmissão da mensagem(media estatais),que com um golpe militar a situação se resolveria e as pessoas acordariam da hipnose e do transe democratico.

A democracia não vive sem mentira,a democracia consiste na capacidade de melhor enganar as pessoas para fazer da nação o seu bordel e as pessoas as suas escravas.

O lider partidario que melhor mente ganha.
Basicamente consiste no que melhor capacidade tiver para enganar as pessoas é o que consegue o poder.

E por isso a democracia é um castelo de cartas que com o sopro da verdade irá se desmanchar por completo.

Daí os votos não terem qualquer tipo de critério ou avaliação moral,intelectual e racial.

Pois os inteligentes topam sempre os corruptos.

Os corruptos criaram assim a democracia pois sabendo que os burros são a maioria e os unicos que eles conseguem enganar,ao dar um sistema de decisão igualitário(votos),mesmo que os inteligentes os topem, os burros acabarão sempre por lhes dar o poder.

O preço desta gigantesca burla de nome democracia está á vista de todos.

E quanto mais durar a burla,pior vai ser o preço a pagar.

Comvém se despacharem....

Tenho dito...

N disse...

"Governar é prever"

Quem não sabe prever,não serve para governar...

Esta "lei" aplica se num clube de futebol,numa empresa,ou numa Nação.

Contra factos não há argumentos.

Não são as Forças Armadas Portuguesas que são insustentaveis como disse o ladrão profissional do aguiar branco.

O que é mesmo insustentavel para o povo e para a Nação é mesmo esta 3ª republica de pedofilos,corruptos e traidores.

Anónimo disse...

"os partidos não servem para nada e que as coisas só se SALVAM quando há um partido unico."
ah!eh!eh!

Ó N,
Eles gostam mais de lhe chamar maioria democratica!

Como é que esta palhaçada, esta verdadeira aberração que é a demoniocracia (braço politico do capitalismo)consegue ludibriar até aqui no nosso anfitrião.Quando até a maior mentira do seculo XX o Diogo já descodificou (!?!?)
Tenhamos esperança :)

Viva Portugal anti-otário
SIED"