segunda-feira, agosto 19, 2013

Quando o Monopólio do Poder (Financeiro, Político e Mediático) torna as manifestações pacíficas absolutamente inúteis e a violência cidadã imperativa


Um cidadão desempregado e desesperado, mas ciente do colossal roubo que «esta democracia» lhe faz, aponta consciente e criteriosamente a um banqueiro rapina, a um político corrupto, a um legislador venal ou a um comentador mediático a soldo.






**************************************************


A forma como as Crises Financeiras e Económicas, o Desemprego, a Miséria, a Fome e a Morte, são deliberadamente criadas pela Banca e os seus lacaios de todos os ofícios:



Sheldon Emry:

Nos Estados Unidos da América em 1930, nenhuma guerra destruiu as cidades do interior, nenhuma epidemia dizimou, nem nenhuma fome se aproximou do campo. Só faltava uma coisa: uma adequada disponibilidade de moeda para negociar e para o comércio.

No princípio dos anos 30 do século XX, os banqueiros, a única fonte de dinheiro novo e crédito [que criam a partir do nada], recusaram deliberadamente empréstimos às indústrias, às lojas e às propriedades rurais. Contudo, eram exigidos os pagamentos dos empréstimos existentes, e o dinheiro desapareceu rapidamente de circulação. As mercadorias estavam disponíveis para serem transaccionadas, os empregos à espera para serem criados, mas a falta de dinheiro paralisou a nação.

Com este simples estratagema a América foi colocada em "depressão" [hoje, chamada Crise Financeira] e os banqueiros apropriaram-se de centenas e centenas de propriedades rurais, casas e propriedades comerciais. Foi dito às pessoas, "os tempos estão difíceis" e "o dinheiro é pouco". Não compreendendo o sistema, as pessoas foram cruelmente despedidas dos seus empregos e roubadas dos seus ganhos, das suas poupanças e das suas propriedades.


**************************************************


A comprovadíssima inutilidade das manifestações pacíficas




Ouve-se muitas vezes dizer que "a violência gera violência", que "a violência nunca consegue nada" ou que "se se usar a violência para nos defendermos daqueles que nos agridem, ficamos ao nível deles". Todas estas afirmações baseiam-se na noção errada de que toda a violência é igual. Nada mais falso.


A violência pode funcionar tanto para subjugar como para libertar

Um povo que se revolta de forma sangrenta contra a Máfia do Dinheiro, coadjuvada por políticos corruptos, legisladores venais e comentadores a soldo, e cujos roubos financeiros descomunais destroem famílias, empresas e o país inteiro, esse povo está a utilizar a violência de uma forma justa para se libertar.

Um pai que pegue num taco para dispersar à paulada um grupo de rufias que está a espancar o seu filho, está a utilizar a violência de uma forma justa;

Uma mulher que crave uma faca na barriga de um energúmeno que a está a tentar violar, está a utilizar a violência de uma forma justa;

Um homem que abate a tiro um assassino que lhe entrou em casa e lhe degolou a mulher, está a utilizar a violência de uma forma justa;

Um polícia que dispara contra um homicida prestes a abater um pacato cidadão, está a utilizar a violência de uma forma justa;

Os habitantes de um bairro nova-iorquino que se juntam para aniquilar um bando mafioso (que nunca é apanhado porque tem no bolso os políticos, os juízes e os polícias locais), estão a utilizar a violência de uma forma justa;

Um povo que se revolta de forma sangrenta contra a Máfia do Dinheiro, coadjuvada por políticos corruptos, legisladores venais, comentadores a soldo, e cujos roubos financeiros descomunais destroem famílias, empresas e o país inteiro, esse povo está a utilizar a violência de uma forma justa.


**************************************************


Grupos ad hoc de cidadãos profundamente indignados, corajosos, bem informados e com elevada consciência social, terão de caçar paulatinamente os criminosos que estão a conduzir o país ao actual holocausto social e económico, apanhando-os um a um, desprevenidos e indefesos, seja no café, no emprego, no jogging, no barbeiro, no automóvel ou onde quer que se encontrem, e justiçá-los à medida das suas responsabilidades.

Caçar paulatinamente os ladrões do povo, apanhando-os um a um e justiçá-los...

Os criminosos são a máfia financeira, os donos e administradores de empresas que parasitam o Estado, os políticos corruptos, os legisladores a soldo, os propagandistas venais, etc. A limpeza metódica desta cáfila (que o receio tornará difícil revezar), fará inevitavelmente desabar a pirâmide que detém o poder.

A sociedade está hoje instantaneamente ligada entre si pelas actuais tecnologias de informação e telecomunicações - Internet e telemóveis. É actualmente possível a troca rápida de informação entre muitos milhares de cidadãos sob as mais variadas formas - redes sociais, blogues, e-mails, texto, voz, fotos e vídeos.

As populações, recorrendo a estas novas tecnologias e podendo comunicar mais rápida e directamente uns com os outros, têm a capacidade de registar a teia de ligações, de influências e as agendas dos ladrões que os estão a conduzir à ruína, bem como montar um sistema de vigilância que lhes monitorize os passos e os localize em tempo real.


Confrontos, como os que têm acontecido até agora, entre multidões de manifestantes por um lado e grupos de polícias e militares (também eles vítimas) por outro, são contraproducentes e nada resolvem, deixando os criminosos a sorrir com as rédeas do poder firmemente nas mãos.

67 comentários:

Costa disse...

Não me lembro de ver nenhuma manifestação pacífica ter o mínimo efeito nos governos. Parece até que lhes dá um certo gozo.

Anónimo disse...

Uma análise crítica que se impunha...
que reproduzimos, simplesmente, do DE

«NÃO HÁ CRISE PARA QUEM A COMENTA»

«O império dos comentadores onde quem manda são os políticos» é o título de artigo de hoje no Público, que contém alguns números estonteantes.

Para começar este: «Se aos quatro canais generalistas se juntarem os canais de informação portugueses no cabo (RTP Informação, SIC Notícias e TVI24), é possível assistir a 69 horas de comentário político por semana. O equivalente a quase três dias completos em frente à televisão.» Que ninguém se queixe de falta de interesse das televisões pela política: mais do que isto só futebol!

Dos 97 comentadores com presença semanal na televisão, 60 são actuais ou ex-políticos. Sem espanto, em termos de número de comentadores, o primeiro lugar do pódio é ocupado pelo PSD, seguido pelo PS e pelo CDS. E embora o PCP tenha mais deputados na Assembleia da República do que o Bloco, este está quantitativamente melhor representado.

Mas os números de facto impressionantes, se verdadeiros, são alguns (poucos) que são divulgados quanto à maquia que estes senhores levam para casa. E se não me suscita qualquer aplauso o facto de José Sócrates ter querido falar pro bono na RTP (a que título?), considero um verdadeiro escândalo que Marcelo Rebelo de Sousa ganhe 10.000 euros / mês (mais do que 20 salários mínimos por pouco mais de meia hora por semana a dizer umas lérias), Manuela Ferreira Leite metade disso e que Marques Mendes tenha preferido passar para a SIC por esta estação ter subido a parada da TVI que só lhe propunha 7.000. Claro que estamos a falar de estações privadas, em guerras de concorrência. Mas algo de muito estranho e esquizofrénico se passa num país quando o valor de mercado destes senhores é deste calibre. Estaremos em crise, mas comentá-la compensa e recompensa – e de que maneira!

DE - João José Cardoso»

Thor disse...

mais do que isso só futebol?
mas alguma vez o futebol ocupa 69 horas semanais na TV?
mas é que nem metade! estamos a brincar ou quê?
e depois os debates são uma seca, muitas vezes é mentiras atrás de mentiras. concursos para ver quem mente mais, e tudo em linguagem "técnica" e "economicista" que o burro do espectador comum não entende.
tudo à volta de questões menores, nunca discutem coisas de fundo, só merda liberal e esquerdista a degladiar-se entre si...mais estado ou menos estado? e etc
e mesmo entre a merda liberal e a merda esquerdista, nota-se a maior simpatia das TVs pela merda esquerdista.
basta um olhar atento à forma como os debates decorrem e são moderados.

o Martelo Rebelo de Sousa tem menos credibilidade que qualquer um, até do que a merda esquerdista.
é mentira em cima de mentira, treta em cima de treta e ainda tem a mania que é culto e inteligente por ler uns livros...
o gajo a tecer rasgados elogios ao Brasil, chegou a dizer que era um país emergente e superior a Portugal, mais desenvolvido, etc (o que é a mais pura mentira) e depois ainda finalizou com elogios à criminosa e terrorista Dilma Roussef, que ele próprio sabe tão bem como eu, que ela é criminosa e assassina.
isto foi num programa em que ele estava a falar de São Paulo (acho)

olhem o gajo a defender o Clube Bilderberg:
http://www.tvi.iol.pt/videos/13443233

eu sinto vergonha de ser "compatriota" desse chulo Martelo.

o caso Sócrates é um escândalo atroz.

Diogo disse...

Obrigado pela informação, José Cardoso.




Thor: «e mesmo entre a merda liberal e a merda esquerdista, nota-se a maior simpatia das TVs pela merda esquerdista. Basta um olhar atento à forma como os debates decorrem e são moderados»


Merda liberal e merda esquerdista? Com raras excepções, não são todos serventes do mesmo dinheiro?

N disse...

Diogo,embora não partilhe da ideia de que só a "esquerda" do espectro político tem culpa(como muitos "direitistas" o fazem),a verdade é que à "direita" do espectro político só tens os neo-conservadores ao serviço do grande dinheiro especulativo,explorador e apátrida.

Os únicos que não estão ao serviço do dinheiro na "esquerda" do espectro político são os Nacionais-Anarquistas,já que os anarco-liberais e anarco-comunistas estão,muitos deles sempre com agenda pró-gay,pro-democracia e outras tretas que servem exactamente os interesses dos globalistas sionistas,dizem-se contra o capitalismo mas são financiados pelo judeu globalista soros por exemplo.
Alguns sabem(quem manda),embora a maioria sejam idiotas úteis que estão a fazer de fantoches.

Os outros partidos todos estão,mesmo que finjam não estar,pois trata-se de uma falsa oposição controlada pelo sistema,e daí terem tão bom imprensa e impunidade judicial.

É muito fácil estar com retóricas contra o grande capital,mas é preciso alternativas válidas e dizer muito claramente a etnia dessas mesmas elites capitalistas,algo que foge da retórica dos "esquerdistas" e percebe-se o porquê,afinal são todos filhos eleitos de jeová.

É tudo uma charada e nunca mais vem o menino gritar:"O rei vai nu".

Diogo disse...

N: «a verdade é que à "direita" do espectro político só tens os neoconservadores ao serviço do grande dinheiro especulativo, explorador e apátrida»

Diogo: Eos outros conservadores? Aqueles que sempre defenderam as fortunas dos donos de Portugal (e a existência da caridade aos pobrezinhos? Aqueles que sempre defenderam os valores morais de um tempo que já passou? Aqueles que sempre defenderam a estagnação a todos os níveis.


N: «os anarco-liberais e anarco-comunistas estão, muitos deles sempre com agenda pró-gay»

Diogo: Agendas pró-gay? Está provado que 10% da população é gay. Não é uma escolha, é o destino. Como ser míope ou ter pé-chato

N disse...

"Diogo: E os outros conservadores? Aqueles que sempre defenderam as fortunas dos donos de Portugal (e a existência da caridade aos pobrezinhos? Aqueles que sempre defenderam os valores morais de um tempo que já passou? Aqueles que sempre defenderam a estagnação a todos os níveis."

Aqui tens certa razão,mas esses não estão organizados em Partidos,o cds é neo-conservador e não conservador de linha dura.

Mas dou-te certa razão porque se é verdade que os conservadores de linha dura sempre vão tendo alguns valores morais e lealdade nacional,também não é menos verdade que querem conservar o bom mas também o mau e injusto,incluindo exploração laboral.

"Agendas pró-gay? Está provado que 10% da população é gay. Não é uma escolha, é o destino. Como ser míope ou ter pé-chato"

Pah,eu só teu vou explicar essa idiotice uma vez,não estou mesmo para aturar diarreia verbal deste gênero.

"Agendas pro-gay?"

Sim,agendas pro-gay tendo em vista desvirilizar os homens para serem mais facilmente escravizados,e é também sob a capa do homossexualismo que opera por detrás a pedofilia,trafico de menores e indústria pornográfica de menores.

"Está provado que 10% da população é gay."
Pah,se este assunto não me metesse asco partia-me a rir com esta afirmação.

Está "provado"?Por quem?Como?
Foi tipo chamadas telemarkting?
"alô,é um inquérito para saber se gosta de pegar de empurrão,se sim prima 1".

E depois falas em 10%,então pela tua lógica em média mais ou menos,há um milhão de gays em Portugal.

Se mesmo assim não percebes o ridículo da tua afirmação eu vou mais longe...

Pela tua lógica em cada turma de 30 alunos em Portugal há pelo menos 3 gays.

Pela tua lógica em cada equipa de futebol em Portugal há pelo menos 2 gays,ou 2.5 gays para ser mais exacto.

Pela tua lógica em cada 1000 membros de uma claque de futebol em Portugal há 100 gajos que gostam de levar no cú e chupar pilas.

Pela tua lógica num estádio com 60 mil pessoas a maior "claque" é a dos panões, pois fazem 6 mil homens(?).

Ah,mas espera,vais-me dizer que os larilas não estão distribuídos uniformemente em todos os sectores da sociedade.

Então vamos buscar outra vez a tua afirmação.

"Está provado que 10% da população é gay."

Escusado será te perguntar se isto é população mundial pois já disseste essa bacorada várias vezes.

Então vejamos a tua lógica,na China practicas dessas são muito raras,no mundo islâmico nem sequer admitem isso,países Africanos de negros também é muito mal encarado o homossexualismo,países mais conservadores ou mais tradicionais e sob uma forte religião ortodoxa idem,países onde o nacionalismo tem muito peso idem.

Onde há mais paneleiros é onde há mais liberalismo(demência mental,corrupção espiritual).

Mas como tu atiras para 10% de população global gay,e não podemos distribuir uniformente como já expliquei acima,então quer dizer que por exemplo em Países mais democrático-liberais é muito mais que 10%,então atiremos aí para uns 20% ou 30%.

Pela tua lógica, Portugal com 10 milhões de habitantes qualquer coisa entre 2,5 milhões de habitantes são gays.

Percebes agora o ridículo do que afirmas?

Se não perceberes és um caso perdido.

N disse...

"Como ser míope"

Então eles abrem o terceiro olho(mas o de baixo) e ainda falas em miopia pah?

Não foste muito feliz nesse exemplo:)

Thor disse...

"
Diogo: Eos outros conservadores? Aqueles que sempre defenderam as fortunas dos donos de Portugal (e a existência da caridade aos pobrezinhos? Aqueles que sempre defenderam os valores morais de um tempo que já passou? Aqueles que sempre defenderam a estagnação a todos os níveis."


estes não estão representados no espectro político, ou pelo menos, não têem assento no parlamento.

quanto ao CDS, eu discordo completamente mesmo que eles sejam conservadores.
podem até sê-lo na nomenclatura, nominalmente.
mas na prática, não são conservadores.

10% da população é gay? mas o Diogo anda a fumar o quê?
está provado desde quando e por quem?
é para rir, só pode...

e mesmo que fosse verdade, onde é que ficam os outros 90%?

é claro que é preciso agendas pró-gay para tentar impingir o homossexualismo a 90% da população, mesmo se desse de barato que a afirmação do Diogo era verdadeira.

Thor disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thor disse...

"Merda liberal e merda esquerdista? Com raras excepções, não são todos serventes do mesmo dinheiro?"



são. mas mesmo assim, nota-se a preferência dos mérdia pelos esquerdistas e a forma como são protegidos e mesmo levados ao colo nos debates. fora as vezes em que falam sem contraditório.
também é verdade que os liberais são muito fraquinhos.

não é só a esquerda que tem culpa, mas acho que chamar "direita" aos liberais é um pouco abusivo.

o N diz que na direita do espectro só temos o CDS...eu até disso discordo.
o CDS NÃO está na direita do espectro político. quanto muito está no centro.

e já agora, acho que o CDS não se situa exactamente na ideologia neocon, como diz o N...acho que está menos à direita.
claro que neocon é merda também, financiada pelos capitalistas internacionais judeus, não é isso que está em causa.

eu meto mais foco na esquerda porquê?
porque na minha óptica, a esquerda é o fio condutor de tudo, até dos liberais ditos de "direita".
a esquerda define os temas, a agenda política, influencia decisões e até o vocabulário, etc, etc

o objectivo final é uma sociedade marxista ou neo-marxista e super-capitalista ao mesmo tempo.

o marxismo é capitalista.

o capitalismo é uma ferramenta do marxismo, mas o seu contrário já não é tão verdade.
o capitalismo não é simplesmente o "lado oposto" ao marxismo.
é uma componente sua.

por isso, ao criticar a esquerda ou os marxistas, já estou a criticar o capitalismo, sejam capitalistas liberais ou de estado.

o objectivo último é a Nova Ordem sionista e marxista, super-capitalista.
o capitalismo serve o marxismo, e o marxismo é o centro disto e o fio condutor.

a direita que tem culpa é a direita cristã, beata e bafienta, que é diferente da pseudo-direita liberal e por vezes até libertária.

Pedro Lopes disse...

"considero um verdadeiro escândalo que Marcelo Rebelo de Sousa ganhe 10.000 euros / mês"

É a meritocracia. Mas ao contrário.

Um gajo que vomita banalidades atrás de banalidades ganha isso e gente que trabalha e se esforça anda a contar tostões para ver se consegue pagar a agua, a luz o gás, a comida etc.

O marreta do marcelo, se repararem bem ele até critica o governo.
Mas é sempre pela forma e não pelo conteúdo.

Vamos imaginar que o governo decide aumentar o IRS para 60% a toda a gente e o IVA para 40%.

Perante estas medidas o marcelo irá criticar a forma como foram comunicadas e não as medidas.
Depois dirá se o Cavaco fez bem em estar em silencio ou se fez mal em falar depois do jantar ou depois da sesta.

O Marcelo é isto. E pronto ganha 10.000 mocas.

Thor disse...

exactamente.
eu já tinha pensado precisamente nisso que o Pedro Lopes disse.

já vi inúmeras vezes o Martelo fazer isso.

em vez de criticar o roubo escandaloso, ele limita-se a dizer que o governo devia ter dito doutra forma, comunicado melhor, com mais calma, suavemente.

ou seja, roubo sim, mas com vaselina e com jeitinho para a manada ficar mansa e não espernear muito.
está fora de questão achar mal o roubo em si.

e é mesmo daqueles politicos que só discute os partidos e os políticos, ou seja o circo democrático.

está fora de questão discutir a vida da população em geral, o sofrimento, os roubos, a miséria geral, o desemprego, etc, etc
o que interessa é o circo, as sondagens, os comentários que os políticos fazem (bons ou maus), a forma como comunicam as medidas, etc

é realmente como o Pedro disse.

Diogo disse...

Meus caros idiotas, ser gay é uma anomalia como tantas outras. E como em todas as outras anomalias, há uma determinada percentagem da população que a tem. No caso dos gays, essa percentagem é mais difícil de saber porque eles tendem a escondê-lo.

http://www.gallup.com/poll/6961/what-percentage-population-gay.aspx

What Percentage of the Population Is Gay?

by Jennifer Robison, Contributing Editor

In his 1948 book, Sexual Behavior in the Human Male, Alfred Kinsey shocked the world by announcing that 10% of the male population is gay. A 1993 Janus Report estimated that nine percent of men and five percent of women had more than "occasional" homosexual relationships. The 2000 U.S. Census Bureau found that homosexual couples constitute less than 1% of American households. The Family Research Report says "around 2-3% of men, and 2% of women, are homosexual or bisexual." The National Gay and Lesbian Task Force estimates three to eight percent of both sexes. So who's right -- what percentage of the population is homosexual?

It may be that no one will ever know for sure. To some people, homosexuality is a matter of perception and definition. Furthermore, many people have trouble admitting their homosexuality to themselves, much less to a researcher. But when Gallup asked Americans for their best estimate of the American gay and lesbian population, the results made all the figures mentioned above look conservative.

Every Fifth Person -- at Least

In August 2002*, Gallup asked Americans, in an open-ended format, to estimate the percentage of American men and the percentage of American women who are homosexual. The average estimates were that 21% of men are gay and 22% of women are lesbians. In fact, roughly a quarter of the public thinks more than 25% of men and 25% of women are homosexual. It should be pointed out, too, that many Americans (at least one in six) could not give an estimate.

Male respondents tend to give lower estimates of both the male and female homosexual population than female respondents do. The average estimates among male respondents are that 16% of men and 21% of women are homosexual. Among female respondents, the average estimates are that 26% of men and 23% of women are homosexual. Somewhat interestingly, both sexes believe there are more homosexuals in the opposite sex than in their own sex.

Pedro Lopes disse...

Diogo,

Olha que a Internet é grande.

http://en.wikipedia.org/wiki/Demographics_of_sexual_orientation
----------------------------

Australia
2003
The largest and most thorough survey in Australia to date was conducted by telephone interview with 19,307 respondents between the ages of 16 and 59 in 2001/2002. The study found that 97.4% of men identified as heterosexual, 1.6% as gay and 0.9% as bisexual. For women 97.7% identified as heterosexual, 0.8% as lesbian and 1.4% as bisexual. Nevertheless, 8.6% of men and 15.1% of women reported either feelings of attraction to the same gender or some sexual experience with the same gender. Half the men and two thirds of the women who had same-sex sexual experience regarded themselves as heterosexual rather than homosexual.[9]

Canada
1988
A study of 5,514 college and university students under the age of 25 found 1% who were homosexual and 1% who were bisexual.[10]

Denmark
1992
A random survey found that 2.7% of the 1,373 men who responded to their questionnaire had homosexual experience (intercourse).[11]

France
1992
A study of 20,055 people found that 4.1% of the men and 2.6% of the women had at least one occurrence of intercourse with person of the same sex during their lifetime.[12]

Ireland
2006
A study of the responses of 7,441 individuals, conducted by the ESRI, found that 2.7% of men and 1.2% of women self-identified as homosexual or bisexual. A question based on a variant of the Kinsey scale found that 5.3% of men and 5.8% of women reported some same-sex attraction. Of those surveyed, 7.1% of men and 4.7% of women reported a homosexual experience some time in their life so far. It also found that 4.4% of men and 1.4% of women reported a "genital same-sex experience" (oral or anal sex, or any other genital contact) in their life so far.[13] The study was commissioned and published by the Crisis Pregnancy Agency in partnership with the Department of Health and Children.

New Zealand
2007
In an anonymous survey of 8,000 New Zealand secondary school students conducted by the University of Auckland, 0.9% of those surveyed reported exclusive attraction to the same sex, 3.3% to both sexes and 1.8% to neither.[14]

Norway
1988
In a random survey of 6,300 Norwegians, 3.5% of the men and 3% of the women reported that they had a homosexual experience sometime in their life.[15]

2003
According to Durex Global Sex Survey for 2003, 12% of Norwegian respondents have had homosexual sex.[16]

United Kingdom
1992
A study of 8,337 British men found that 6.1% have had a "homosexual experience" and 3.6% had "1+ homosexual partner ever."[17]

Pedro Lopes disse...

Diogo,

Também li vagamente, sem grande profundidade que o trabalho desse gajo de 1948 foi mais tarde contestado e provado que estava enviesado.

No entanto, indenpendentemente das percentagens que forem, repito o que já disse, eu não sou contra os Gays.

Sou contra a propaganda. É nos filmes nas novelas na publicidade, na musica etc e claro cada vez na legislação, que me parece cada vez mais aberrante.

A Rússia, adoptou uma lei que proíbe propaganda gay. Não proíbe ninguém de o ser.
Mas se reparares isso levantou uma onda de indignação enorme no ocidente por parte de certos grupos e até governos completamente disparatada. Até aparecem títulos de noticias a dizer que na Rússia andam a perseguir os homossexuais.

Pedro Lopes disse...


Até nos EUA, onde a propaganda gay é constante temos percentagens bem abaixo dos 10%.

http://en.wikipedia.org/wiki/LGBT_demographics_of_the_United_States

N disse...

"Meus caros idiotas"

Diogo,depois de que disseste chamares idiota a alguém é fantástico,revela humildade e autocrítica.
Continua assim.
2+2=5

"ser gay é uma anomalia como tantas outras"

Anomalia como tantas outras?
Quais?

É que a natureza foi muito clara ao fazer no corpo da mulher 2 buracos do umbigo para baixo e no homem apenas um e de saída.

Um homem apanhar no cu é uma aberração.

Porque não começarmos todos a enfiar o garfo no ouvido em vez de enfiamos na boca ao comermos?

Ou lavarmos as mãos na retrete e cagarmos no lavatório?

Porque não pedofilia,incesto e necrofilia?

Porque é que há de haver limites impostos pela lei,moral e até mesmo pela natureza?

É assim que pensa um liberal,neo-marxista ou simplesmente um covardola de merda que só sabe ser politicamente correcto.

Depois admiram-se porque é que sociedades e até civilizações colapsam...

O Diogo um dia que tenha um filho(nascem de dentro da mulheres,tás a ver o que é?), o mesmo vai para a escola e tem um amiguinho dele que tem 2 pais,e como o amiguinho do filho do Diogo usa as mesmas casas de banho que os seus 2 pais apanha hiv e depois vai espalhar para a escola do filho do Diogo,nisto o filho do Diogo apanha sida e muito provavelmente espalha também no seu lar.

Nisto a família fica toda infectada com hiv por causa dos panões,mas o Diogo dirá decerto:

"Que se lixe,ficamos com a vida toda fodida,vamos morrer,até morrermos vai ser sempre um martírio,mas ao menos não morro homofóbico".

Ou então uma versão mais soft:
O Diogo leva o filho à piscina e depois vão para os balneários e está lá um panão de plantão a masturbar-se na casa de banho depois de apreciar homens e miúdos nus a tomar duche.

Nisto tem um impulso dado pela sua mente demente e ataca o filho do Diogo, tapa-lhe a boca,fecha-o dentro de uma casa de banho e viola-o traumatizando o puto para sempre.

O Diogo com jeitinho nem apresenta queixa porque o coitado sofre de uma anomalia "normal" e é vitima de uma sociedade "machista","fascista","racista" e "homofóbica".

Com jeitinho ainda culpa o seu próprio filho por ter ali andado nu pois não tinha nada que "provocar" o coitadinho do panão que dá um enorme contributo à sociedade espalhando hiv,violando menores,dando dinheiro para a indústria pornográfica de menores,e retirando liberdades individuais aos heterossexuais "fascistas" que querem estar à vontade em piscinas,ginásios e balneários em geral sem apanharem hiv ou serem assediados.

Diogo disse...

A homossexualidade é uma anomalia como a miopia, um pé-chato, um sopro no coração, a pedofilia, a necrofilia, a esquizofrenia ou a psicopatia. Evidentemente que existem umas anomalias mais perigosas para a sociedade do que outras. Mas, em minha opinião, a homossexualidade só prejudica o próprio (sobretudo pelo estigma social que provoca).

Mas propaganda homossexual??? Com que objectivo? Levar heterossexuais a preferirem a homossexualidade? Sendo um mal de nascença, seria o mesmo que tentar convencer um tipo que vê bem a optar por ver tudo desfocado… Pior, seria convencer um tipo a actuar contra a sua natureza.

Eu sei que eles querem o direito ao casamento e à adopção de crianças. Discordo de ambos. Eles já se podem unir de facto, portanto penso que a palavra casamento deve ficar reservada à união entre um homem e uma mulher. Quanto à adopção, não me parece que um casal homossexual seja o melhor modelo para uma criança. Mas, às vezes, entre isso e deixar os miúdos abandonados em orfanatos…

Diogo disse...

N disse..."ser gay é uma anomalia como tantas outras" - Anomalia como tantas outras? Quais?

Diogo: Tal como eu disse, ser gay, tal como a miopia ou o pé-chato é uma mal-formação congénita. Ninguém é gay por formação.


N disse...É que a natureza foi muito clara ao fazer no corpo da mulher 2 buracos do umbigo para baixo e no homem apenas um e de saída.

Diogo: Por acaso o homem tem dois e a mulher tem três. Homem – ânus e uretra. Mulher – ânus, uretra e vagina.


N disse... Um homem apanhar no cu é uma aberração. Porque não começarmos todos a enfiar o garfo no ouvido em vez de enfiamos na boca ao comermos? Ou lavarmos as mãos na retrete e cagarmos no lavatório?
Porque não pedofilia, incesto e necrofilia? Porque é que há de haver limites impostos pela lei, moral e até mesmo pela natureza? É assim que pensa um liberal,neo-marxista ou simplesmente um covardola de merda que só sabe ser politicamente correcto. Depois admiram-se porque é que sociedades e até civilizações colapsam...

Diogo: Se um indivíduo, por anomalia congénita, gosta de levar no cú, quem somos nós para nos opormos? Em que é que isso nos prejudica? Não há também mulheres que gostam do mesmo? Já conheci algumas…


N disse... O Diogo um dia que tenha um filho (nascem de dentro da mulheres, tás a ver o que é?), o mesmo vai para a escola e tem um amiguinho dele que tem 2 pais, e como o amiguinho do filho do Diogo usa as mesmas casas de banho que os seus 2 pais apanha hiv e depois vai espalhar para a escola do filho do Diogo, nisto o filho do Diogo apanha sida e muito provavelmente espalha também no seu lar. Nisto a família fica toda infectada com hiv por causa dos panões, mas o Diogo dirá decerto: "Que se lixe, ficamos com a vida toda fodida, vamos morrer, até morrermos vai ser sempre um martírio, mas ao menos não morro homofóbico".

Diogo: O mesmo cenário, mas em que o pai ou a mãe do amiguinho, ou ambos, têm sida. Não poderá suceder o mesmo?


N disse... O Diogo leva o filho à piscina e depois vão para os balneários e está lá um panão de plantão a masturbar-se na casa de banho depois de apreciar homens e miúdos nus a tomar duche. Nisto tem um impulso dado pela sua mente demente e ataca o filho do Diogo, tapa-lhe a boca, fecha-o dentro de uma casa de banho e viola-o traumatizando o puto para sempre.

Diogo: Bom, aqui estamos a falar de um indivíduo simultaneamente panão e pedófilo. Agora, vamos supor que é a minha filha que vai para o balneário e acontece a mesma coisa. Aqui, teríamos um indivíduo simultaneamente heterossexual e pedófilo. Em ambos os casos o problema está na pedofilia. E em ambos os casos, provavelmente, matava-o.

N disse...

"Diogo: Por acaso o homem tem dois e a mulher tem três. Homem – ânus e uretra. Mulher – ânus, uretra e vagina."

Ó Diogo eu falo mais básico ainda,mas é a ultima vez.

O órgão sexual do homem é de entrada ou de saída?
É para penetrar ou ser penetrado?

Qual é a parte de que o homem não foi feito para ser penetrado mas para penetrar que não percebes?

"Diogo: Se um indivíduo, por anomalia congénita, gosta de levar no cú, quem somos nós para nos opormos? Em que é que isso nos prejudica? Não há também mulheres que gostam do mesmo? Já conheci algumas…"

Prejudica quando tais prácticas aumentam a probabilidade de contrairem hiv.
O estado TEM QUE SER e DEVE SER a nação politicamente organizada.
Quanto mais sida pior para os nativos,quanto menos sida melhor para os nativos.

Menos panões=menos hiv.

Quanto às mulheres que gostam de sexo anal,não é bem a mesma coisa que um homem porque a mulher foi feita para ser penetrada ao contrário do homem,embora eu também não seja adepto de practicar sexo anal com nenhuma mulher,nunca o fiz nem tenciono fazer,isso para mim é uma "liberalice" com origens pornográficas.

"Diogo: O mesmo cenário, mas em que o pai ou a mãe do amiguinho, ou ambos, têm sida. Não poderá suceder o mesmo?"

Sim,mas a probabilidade é muito menor.
Ela existe mas é menor do que com dois pais.
Já para não falar que o puto é bem capaz de tentar caricias homossexuais com o teu filho,pois é isso que ele vê em casa,os dois pais aos linguados e sabe-se lá mais o quê,porque os putos são curiosos por natureza e muitas vezes apanham os pais no acto sem estes perceberem.

Já viste a confusão de um puto a ver os dois pais a irem ao cu um ao outro?
Obviamente a ser doutrinado em casa de que isso é "normal" ele vai tentar o mesmo com os amiguinhos da escola.

"Diogo: Bom, aqui estamos a falar de um indivíduo simultaneamente panão e pedófilo. Agora, vamos supor que é a minha filha que vai para o balneário e acontece a mesma coisa. Aqui, teríamos um indivíduo simultaneamente heterossexual e pedófilo. Em ambos os casos o problema está na pedofilia. E em ambos os casos, provavelmente, matava-o."

Eu só concordo contigo na questão da legitimidade que tens em o matar,se fosses apanhado e eu o juiz encarregue de te julgar tudo faria para te safar,um pai para mim que viu seu filho(a) ser violado(a) é natural o instinto,a vontade,e até a legitimidade para se vingar de tal forma.

Mas lá está,dizes isto:

"Em ambos os casos o problema está na pedofilia."

Os pedófilos agem por detrás de que lobbies e movimentos Diogo?
Olha pensa lá...

Heterossexuais/fascistas/NS/nacionalistas em geral?

Ou através do lobby gay,e partidos liberais e marxistas?

http://omsilanoican.blogspot.pt/2013/01/outras-paragens.html

Pedro Lopes disse...

Ás vezes na imprensa Sionista, surgem pequenos incidentes, onde alguém inadvertidamente deslarga uma verdade, daquelas que nós já conhecemos por aqui.

É a partir do minuto 2:25 (Até lá interessa pouco)

http://trutube.tv/video/2979/BBC-Speechless-As-Trader-Tells-Truth


Mas mesmo esfregando isto na cara aos alienados, mesmo assim prosseguem alegremente as suas vidas e passados 5 minutos já nos voltam a chamar paranóicos.

Thor disse...

o N tem razão.
um dos principais intuitos da promoção da homossexualidade, é abrir a porta para o passo seguinte que é a legalização da pedofilia, que é um dos hobbies preferidos dos judeus-maçons.
ja começam a haver partidos que defendem essa merda, como na Holanda por exemplo.

negar que existe propaganda homossexual e promoção do homossexualismo, é negar o óbvio.

o Diogo nunca ouviu falar da escola de frankfurt...?
nunca ouviu falar em lobbies gay, nas paradas gay, movimentos LGBT?
ou o Diogo é daqueles que pensam que isto tudo se passa "por acaso", "naturalmente", por "evolução dos tempos", e que isto tudo não tem uma correia transmissora?
que não tem financiadores, propagandistas por trás?
é muita ingenuidade pensar que é tudo "natural" ou "espontâneo"...

porque é que estes movimentos estão geralmente associados à esquerda, ou então a liberais-libertários?
coincidências? acasos? "progresso"? "evolução"? enfim...

o Diogo acha que isso não tem a maçonaria e o Grande Dinheiro por trás?
acha que não é objectivo calculado dessa gente, degenerar a sociedade?

é muita ingenuidade...

Pedro Lopes disse...



O que de facto não vemos é propaganda nem lobbies de "canhotos" ou de "miopes" ou de gente com "pés-Chatos".

Nem o curral da assembleia irá legislar nada a favor dessas minorias.

Eh Eh...

Thor disse...

como é óbvio, eles sabem que muito dificilmente convertem adultos heterossexuais em homossexuais...MAS...MAS sabem que com propagandas e influências desde tenra idade, desde crianças, é possível influenciar e inclinar jovenzinhos desprotegidos para essas tendências.

durante os anos 20, na Hungria, os marxistas culturais, como o Lukács e outros, impingiram aulas de "educação sexual" para criancinhas nas escolas.
e não é por acaso, que ainda hoje, partidos marxistas defendem "educação sexual" nas escolas.

a propaganda homossexual tem vários objectivos..
- tal como a legalização da pedofilia
- tal como influenciar jovens e crianças
- degenerar a sociedade com o casamento gay, como se estivesse tudo em pé de igualdade; porque uma coisa é haver gays, outra é criar-se direitos especiais para eles só por causa disso
- criminalizar opiniões contrárias à homossexualidade
- fazer ruir o edíficio jurídico com estas e outras arbitrariedades
- traumatizar crianças e jovens ao legalizar a adopção por casais gay
- diminuir a natalidade mais ainda

- em suma, destruir, degenerar a sociedade, dividir, virar todos uns contra outros, é o caos jurídico, social, emocional, moral, racial, civilizacional

negar isto, é negar a realidade

Pedro Lopes disse...


Ver as legendas em baixo.

http://i.imgur.com/e2vwGei.jpg

N disse...

"como é óbvio, eles sabem que muito dificilmente convertem adultos heterossexuais em homossexuais...MAS...MAS sabem que com propagandas e influências desde tenra idade, desde crianças, é possível influenciar e inclinar jovenzinhos desprotegidos para essas tendências."

Não é assim tão difícil Thor,quantos adultos não dão para os dois lados porque são influenciados apenas pelo meio social onde estão inseridos ou até por ditas "personalidades" famosas,e querem pelo menos experimentar para não serem "retrógradas","machistas","nazis", "fascistas",etc...

A coragem moral é muito rara,não é de todo característica da maioria.
Se a maioria fizer "y", o indivíduo isolado tende a fazer "y" também para se inserir no colectivo,mesmo que seja um colectivo degenerado.

Quanto mais crianças completamente vulneráveis e influenciáveis e em processo inicial de aprendizagem,sem dureza de espírito para negar o errado ou o anormal perante a maior das oposições se necessário.

"impingiram aulas de "educação sexual" para criancinhas nas escolas.
e não é por acaso, que ainda hoje, partidos marxistas defendem "educação sexual" nas escolas."

Eles querem matar a parte espiritual do amor e mecanizar toda e qualquer relação.

Para além de ser uma péssima ideia a nível de aproveitamento escolar,pois estar a falar dessas coisas aos putos com as hormonas aos saltos e descontroladas,obviamente eles depois passam mais tempo a pensar nisso,seja em casa,no recreio ou mesmo durante as outras aulas,levando assim a um menor aproveitamento escolar em todas as outras disciplinas.

"em suma, destruir, degenerar a sociedade, dividir, virar todos uns contra outros, é o caos jurídico, social, emocional, moral, racial, civilizacional"

Uma sociedade degenerada é uma sociedade mais fácil de ser comprada/corrompida/mercenarizada.

Uma sociedade mais dividida é mais fácil de ser escravizada,não é por acaso que sejam os mesmos(judeus)também a financiar partidos e movimentos democráticos,pois quanto mais merdocracia mais divisão nacional.

Se os Arianos estiveram a lutar entre si constantemente através de forças partidárias como irão alguma vez estar unidos para lutar contra os tiranos que os oprimem(judeus)?

"Dividir para reinar",tactica antiga mas que fazem nas nossas barbas e a maior parte do gado nacional não percebe,não consegue perceber,e pior,não quer perceber.

É por isso que eu defendo via militar para salvar isto.

O gado não tem qualquer capacidade para perceber estas coisas,pois tudo o que diz ou pensa é apenas repetição da propaganda a que foi sujeito.

Anónimo disse...

"A dívida das administrações públicas, na ótica de Maastricht, superou os 130% do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro semestre deste ano, para os 214.573 milhões de euros, segundo o Banco de Portugal.

De acordo com dados preliminares do Boletim Estatístico do Banco de Portugal divulgados hoje, o total da dívida das administrações públicas atingiu os 214.573 milhões de euros nos primeiros seis meses de 2013, o equivalente a 131,4% do PIB, na ótica de Maastricht, que é utilizada pela troika.

A trajectória da dívida pública continua a subir, uma vez que, em Dezembro de 2012 era de 123,8%, passando para os 127,1% em Março deste ano e tendo agora subido para os 131,4%, segundo dados do boletim estatístico de Agosto."

Esta democracia é bué fixe.

Anónimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=5c_PBNP-JvQ

Diogo disse...

O alfaiate maricas que vivia na aldeia dos meus avós em 1920, alvo de troça de todos, também era pago pela Nova Ordem Mundial para a Grande Conspiração Gay...

Acredito que as organizações gay de hoje sejam subsidiadas para utilizar os gays com o objectivo de criar mais (más) divisões morais na sociedade.

Os próprios gays não percebem que aquelas grandes paradas, com eles quase nus e a beijarem-se e a acariciarem-se constantemente, não os beneficia em nada.

Anónimo disse...

"A Dívida Por Cada Cidadão Já Vai Nos 21457 Euros"

http://www.ip.usp.br/portal/images/stories/macaco.jpg

Diogo disse...

Falei em más divisões morais na sociedade em contraponto com as divisões morais naturais. As más divisões são as criadas por um grupo para prejudicar a sociedade. As divisões naturais são aquelas que resultam das evoluções sociais – por exemplo: entre pais e filhos.

Quanto à homossexualidade ser inata ou aprendida, tive como vizinhos no meu bairro, quando era miúdo, dois gémeos verdadeiros. Um brincava connosco – corridas de bicicletas, futebol, etc. O outro só brincava com bonecas. Já em adulto, vim a saber que este gémeo dera em maricas. Estes irmãos eram gémeos verdadeiros e tiveram uma educação em tudo igual. E, no entanto, um era maricas e o outro não.

N disse...

"A dívida das administrações públicas, na ótica de Maastricht, superou os 130% do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro semestre deste ano, para os 214.573 milhões de euros, segundo o Banco de Portugal.

"A Dívida Por Cada Cidadão Já Vai Nos 21457 Euros"

Percebem porque é que não é aceitável uma forma de regime dependente da vontade dos otários(a maioria)?

http://1.bp.blogspot.com/-F65nB7ej564/UcyHfjFPowI/AAAAAAAADyY/mgiA1TOJPOM/s400/realidade+democr%C3%A1tica+69.JPG

http://1.bp.blogspot.com/-FGNWcZbm3_Y/UcyHfvGfTaI/AAAAAAAADyc/1Xd8i3WF7so/s400/realidade+democr%25C3%25A1tica+70.JPG

Thor disse...

"O alfaiate maricas que vivia na aldeia dos meus avós em 1920, alvo de troça de todos, também era pago pela Nova Ordem Mundial para a Grande Conspiração Gay..."


gays sempre houve, provavelmente sempre haverá.
o que não havia era esta tolerância, esta promoção escancarada e propaganda homossexualista.
o Diogo continua a não entender nada e a misturar gays com homossexualismo, que são coisas diferentes.

N disse...

Antes da democracia também havia gente que comia merda e cagavam para dentro da boca um dos outros.

Eram uma minoria quase insignificante e normalmente eram internados,quando não executados por se tratarem de sub-humanos de tal dimensão involutiva e irreversível
Mas existiam.

Hoje na democracia há sites porno que fazem disso práctica com centenas de milhares de adeptos espalhados pelo mundo.

Percebes a diferença Diogo?

Dantes a mega-decadência situava-se na base social e era rara,e às elites cabia educar a base através do seu exemplo comportamental e partilha da sua sabedoria.

Isto quando a nobreza,ou elite aristocrata ou um estadista de categoria elevada mandava.

Com a democracia mandam os burgueses,os pelintras,os corruptos,os traidores,os mercenários,os vulgares,os degenerados, e então dá-se o fenômeno da decadência maior ser o comportamento de quem está em cima,e estes obviamente nivelam tudo o que está abaixo ao seu nível ou abaixo dele.

Hoje a nata da sociedade mundial está na base,ou melhor dizendo,numa espécie de base-dissidente à parte da base onde se situa o gado.

Hoje a degeneração é doutrinada Diogo, e além de doutrinada ela é fortemente financiada e quase chega a ser forçada e imposta em muitos casos.

http://omsilanoican.blogspot.pt/2013/07/democracy-degeneration.html

http://omsilanoican.blogspot.pt/2013/03/celebrity-culture.html

http://omsilanoican.blogspot.pt/2012/12/corrupcao-economicamoral-e.html

Thor disse...

e mesmo em 1920, se repararem, quem mandava já era a democracia, e não outro regime qualquer.

Pedro Lopes disse...

"mesmo em 1920"

Não é preciso pensar muito.

A Europa era onde havia as várias civilizações e em mais parte nenhuma.
Tudo foi inventado cá.

E isto numa Europa em que havia muita divisão e conflitos entre as diversas potências.

Depois da sementeira de democracia pela Europa fora, mais o marxismo onde foi para a Europa?

Veio cá para baixo e continua a descer.
E isto com um União Europeia que supostamente devia ser poderosa que os antigos países individualmente.

China, Índia, África do Sul, Brasil em breve tem mais poder no cenário global que a Europa dos "valores" democráticos. Algo impensável, inimaginável há 80 anos.

Basta isto. Nem é necessário ter net para chegar a esta conclusão.





N disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
N disse...

Pedro Lopes não podes dizer coisas dessas.

Não se pode comparar nenhum desses com a China,e não é meramente a questão do número populacional,mas a homogeneidade racial,cultura milenar por detrás,e o mais importante de tudo, o elevado QI dos Chineses em média.

Volto a dizer e tenho a mais perfeita noção disto que digo,que a China mesmo sendo um gigante é um gigante adormecido.

Um dia que avancem para NS o seu potencial aumenta de forma drástica.

O caso da Índia segundo os testes de QI eles são inferiores aos Arianos Europeus e Asiáticos(Chineses,Japoneses,Koreanos) o que não favorece no processo evolutivo.

Mas lá está,tudo depende de variantes como a elite que comanda e se esta tem ambições imperialistas e talento para as concretizar(e aqui entram uma enormidade de factores).

África do sul conforme se vai livrando dos brancos(o tal racismo que não aparece nos mérdia) vai cair a pique.

O Brazil é um incógnita,aquilo tem que ser gerido de uma forma completamente diferente pois não há homogeneidade racial nem étnica.
Depois há muita corrupção mesmo.
Depois os dados econômicos reais não são bem como os "dados" oficiais,vejo muitos dissidentes(civis e militares) alertar que a situação econômica não é o conto de fadas que contam e explicam detalhadamente o porquê(mas confesso que vi por alto,não tive tempo para estudar a fundo).
E depois a nível político falta muita maturidade ao povo,basta ver os anúncios e candidaturas de putas(putas mesmo) e tiriricas e etc para perceber que ainda têm um longo caminho a percorrer nesse campo.

Agora o Brazil tem gente de alta qualidade intelectual e cultural principalmente no sul.

Mas até que ponto conseguem esses influenciar o país?
É uma grande incógnita.

Mas dada a ditadura geográfica eu sou a favor de uma aliança político-econômica-militar com o Brazil num paradigma completamente inovador.

Pedro Lopes,a Europa é completamente irrelevante primeiro porque está ocupada(sionismo),depois está democratizada(dividida,sabotada,corrompida),depois tem défice de natalidade(está a morrer literalmente,pois sem Europeus nativos a Europa Ariana irá morrer),e por ultimo,não tem qualquer desígnio.

Se perguntares qual o desígnio nacional a vários países e nações dentro da Europa ele não existe,pois numa democracia nem sequer pode existir,e se perguntares aos cidadãos étnicos(já que só estes têm legitimidade para tais aspirações) a maior parte quer é "trabalhar,comprar,consumir e morrer",é este o grande "desígnio" de uma sociedade consumista e degenerada.

Não há qualquer propósito maior de vida.

N disse...

A Europa para se erguer tem que derrubar a merdocracia e se livrar dos judeus,caso contrário irá acabar,aliás,o gravíssimo défice de natalidade(inédito nesta forma dramática) é já um claro indicador de uma morte anunciada,uma morte que muitos "extremistas" já anunciaram mas que a maior parte teima em tapar o sol com a peneira.

O renascimento Europeu vai começar na Grécia.

Os outros vão muito atrás mesmo,e outros nem sequer estão para aí virados.

Mas há um problema global a resolver,aliás,até há dois.

O excesso populacional sub-Ariano e a merda do igualitarismo.

O primeiro só se resolve com um pacto entre estadistas das raças e etnias com capacidade de mandar no globo e cortar em quem para nada serve e só estorva.

O segundo é um gravíssimo problema pois pela primeira vez a nível global o homem está a querer deturpar a própria natureza com a mentira da igualdade,e isto leva a que os otários se achem com igual legitimidade para opinar ou decidir que os sábios, e portanto nada se consegue fazer de jeito enquanto os cidadãos forem contados ao invés de pesados.

E atenção que em caso de escassez de recursos e conflictos sociais,os analfaburros sendo a maioria irão achar que têm capacidade de gerir nações(que obviamente não têm) e aí os judeus financiarão revoltas usando a plebe para os seus proveitos e estaremos a um pequeno passo de ditaduras neo-marxitas do pior que há com tecnologia a servir de meio de repressão e escravidão.

http://omsilanoican.blogspot.pt/2012/06/real-sabedoria-e-intemporal.html

O Goebbels teve grande clarividência intelectual ao prever tal futuro.

Spengler então foi um autêntico visionário dada a capacidade que teve em prever a derrocada do Ocidente,isto há quase 100 anos.

Pedro Lopes,há gente com capacidade para levantar nações,não é isso que falta,o que falta é quem acompanhe tais homens com solidariedade real e a sério,e sobretudo com vontade de poder,vontade dominadora,pois quem não a tem só anda aqui a fazer de vegetal.

A morte de Portugal como nação não é uma inevitabilidade.
É preciso é haver VONTADE de mandar.
É preciso é haver SOLIDARIEDADE entre quem quer inverter o actual rumo das coisas.
E por fim,é preciso AUDÁCIA.

Pedro Lopes disse...

"A morte de Portugal como nação não é uma inevitabilidade."

Eu também sinto isso ás vezes.

Por exemplo, eu agora faço sempre as minhas férias no interior de Portugal.

E vejo por vezes coisas boas.
Vejo que existe ali uma base, uma reserva qualquer. Algo que está á espera de explodir. Vejo que existe algum zelo em manter certas tradições, maioritariamente gastronómicas. Não gosto da musica pimba, e esta impos-se como algo tradicional que não o é. O Pimba era algo residual, e paralelo ás outras manifestações culturais como o Folklore que morreu nos anos 90, graças á democracia.


No ano passado estive na Covilhã, uns dias que coincidiram com o Euro2012. E vi lá um Portugal - Holanda, em que ganhamos 2-1 num jogo decisivo.

Eu senti de facto uma alegria, por mim por ver a selecção ganhar mas principalmente por ver a população radiante, toda a gente com camisolas da selecção, e depois as buzinadelas de alegria.

Quem se quiser armar em intelectual e queira desprezar o valor que tem a selecção de Futebol Nacional perde certamente aqui um pormenor interessante. Além de ser estúpido.

É que a vibração com a selecção pode ter outra interpretação bem mais profunda.

Eu interpreto-o, com sendo uma reacção incontrolada de uma alma lusitana que está em vias de extinção.

Ou posto de outra forma, nós ouvimos muitos portugueses a dizer mal do nosso pais e a desejar emigrar, tipo "Este pais é uma merda, eu quero é sair daqui.".

Mas...passados 6 meses já sentem saudades.

É um pais estranho por estas coisas.

Voltando á selecção. Eu vejo ali algo que está no sub-consciente dos Portugueses. Lá no bem no fundo.

Algo que está para além da lavagem ao cérebro , ou algo onde a lavagem ao cérebro não chega.

E que no meu entender, é um sentimento intimo de que muitos Portugueses gostavam no seu intimo de fazer parte de uma grande nação chamada Portugal. Grande mesmo. Não é grande no tamanho. Mas eu cago no tamanho, eu acho que Portugal é uma pais grande. Ao contrário da imagem que foi criada de nós próprios.

Falta a cola. As peças anda por ai á solta e quanto mais tarde mais enferrujadas ficam.

Pedro Lopes disse...

E não referi o Euro 2004.

É claro que pseudo-intelectuais, gente da linha Vasco Pulido Valente acham tudo isso um grande disparate e a prova de que Portugal é um pais atrasado. Atrasado por vibrar com a selecção.
Mas a Alemanha tem sempre uma boa selecção e muitos alemães a segui-la e ninguém diz que é um pais atrasado e mesquinho.

Mas mais uma vez, a mim parece-me que a explosão de sentimento patriótico do Euro 2004 é algo que está no fundo do subconsciente dos Portugueses.

É claro que eu não estou a dizer que o que interessa é a selecção, ou que é isso o nacionalismo Português, ou que se resuma a isso. Nada disso. Longe disso.

Não, é apenas uma constatação de que se houvesse "grandeza" em outras áreas, que não o futebol, Portugal tinha condições de deixar de ser mesquinho e atrasado e intriguista e poder partir para um patamar superior de povo e colectividade.

Na economia, na ciência, nas artes, na cultura, no ambiente, etc etc.

Falta uma cola que resista ao laxante da democracia.

Thor disse...

lol "selecção", Pedro? aquela equipinha da FPF em que metade não são portugueses étnicos?
só podes estar a brincar, aquela merda representa-me tanto como uma selecção estranha qualquer, ou africana.
até o melhor jogador dessa equipinha, o tal que dizem que é o "melhor do mundo" ou o segundo melhor atrás do Messi, NÃO é nativo e sim um mestiço.

pessoalmente, caguei para a selecção a partir de 2006.
e mesmo já antes...

Pedro Lopes disse...

Thor,

É pá, agora não venhas com isso.
Não percebeste o que eu tentei dizer. Ou eu não me expliquei da melhor forma.

O que eu disse não tem em conta os aspectos étnicos da composição de jogadores da selecção, mas sim avaliar o sentimento dos Portugueses em relação a um dos últimos símbolos que ainda subsistem de Portucalidade.
É só isso.

E eu tentei dizer que se calhar até por esse facto de ser o ultimo, ou dos últimos símbolos de Portugal é que os Portugueses de forma sub-consciente se agarraram tanto á selecção em 2004 e também em provas posteriores.

Anónimo disse...

um dos símbolos que ainda subsistem da Portucalidade?
mas qual Portucalidade? a dos brasileiros? dos africanos? dos pardos e mestiços? dos ciganos? (Quaresmas e etc)

só se for no papel...
não há Portucalidade sem sangue...

Thor disse...

esqueci-me de assinar...

N disse...

Thor,tu o que dizes do Ronaldo é ridículo.

Além da sua capacidade técnico-física, neste momento ele é um jogador de equipa,com os anos amadureceu muito e leva a equipa para a frente com o seu espírito de vencedor e determinação constante.

Tem o perfil para ser capitão.
Houvesse mais como ele.

Depois é preciso ter em conta que mudanças como essas não se dão de um dia para o outro,depois é preciso não entrar em exageros,nem 8 nem 80.
Se houver 2 ou 3 não-nativos de grande qualidade que já cá estão e já cá jogam e sempre nos respeitaram, não os vamos mandar para um gulag ou os submeter a um holodomor.

E vejamos o que tem sido feito ultimamente.

O Vieirinha começa a ser convocado.
O Neto também.
E ambos acrescentaram qualidade.

Mas o Paulo Bento também só pode fazer omoletes com ovos.

Se não há grande quantidade de Portugueses étnicos de grande valor ele não vai convocar só porque são Portugueses de gema,é preciso também serem bons jogadores.

E aí a culpa não é dele,é da federação e dos clubes.

Eu pessoalmente deposito confiança no Nelson Oliveira e é bom que ele este ano se coce e dê o salto duma vez por todas para se começar a afirmar no clube e selecção.

O André Gomes pode vir a ser um número 8 de boa qualidade também,é inteligente a guardar a bola,sabe temporizar bem com bola,tem técnica e joga de cabeça levantada,mas é preciso melhorar muito no passe,para aquela posição tem que passar melhor a bola.
Se ele trabalhar muito e for disciplinado pode chegar longe.

Os grandes trabalham mal na formação,e mesmo o sporting que era melhor que os outros nos últimos anos anda muito em baixo.

Há insuficiência de qualidade a sair das camadas mais jovens.

Thor disse...

N, não questionei nunca em algum momento a capacidade técnico-futebolística do Ronaldo. isso não está em causa.
entendeste-me mal.
eu apenas constatei que não é nativo. tem uma bisavó negra...

depois, não sugeri mandar os não-nativos para uma gulag ou fazer um holodomor.
não sou marxista.
tu pareces os judeus a querer-nos cruxificar e a quererem atribuir-nos "holocaustos" e "matanças" imaginárias!

acho que os não-nativos não devem fazer parte de Portugal em momento algum, mas não tenho nada contra eles enquanto pessoas.
tenho é contra a miscigenação.
Portugal devia jogar só com nativos.
claro que sei que essas mudanças levam tempo, e até aceito uma fase de transição.
mas não me venham com sentimentalismos baratos, e emotivismos de que os não-nativos podem ficar porque "respeitam-nos" ou são assim e assado.
isso não interessa.
a manutenção da identidade, não se compadece com esse tipo de situações.

quanto à selecção, nem a discuto, pois nem vejo os jogos. há muito que caguei.
aquilo não me representa nada.

Pedro Lopes disse...

Uma boa noticia.

http://americanfreepress.net/?p=12418

Aguentem porcos Rothschilds.

Pedro Lopes disse...

Mais uma adivinha.

Que nome tem o sistema politico que permite ou incentiva através de negócios obscuros, lucrativos, o eternizar dos cenários dantescos de um pais em chamas que vemos no verão todos os anos?

E que a mim até me faz doer a alma, uma vez que adoro a natureza, adoro a paisagem natural Portuguesa de diversas regiões.

Que nome tem esse regime?

Começa com um "D".

Ou com um "L", no qual o elogiado defunto deste fim de semana tão elogiado na morgue, mas que defendia nada mais nada menos que tudo se pode vender e tudo se pode comprar quer a nível nacional quer a nível mundial, e que esse é o modelo que leva ao equilíbrio.

Shiiiu não falem mal do homem coitado. E já agora, também trabalhou no Goldman saques. Mas era uma grande pessoa. Era boa pessoa.

Os Incêndios florestais? É pá desde que seja visto como um negócio, temos é de nos adaptar. Deixem os negócios em paz.

Antes do 25A havia incêndios desta envergadura, e com tanta frequência?

No séc 19, havia tantos incêndios? Se houvesse teriam sido retratados em várias crónicas de escritores da época. Nada, nunca ouvimos nada sobre este flagelo.

Thor disse...

D = Democratura (CIA)

L = Liberalixo

N disse...

http://novoadamastor.blogspot.pt/2013/08/incendios-em-portugal.html

http://novoadamastor.blogspot.pt/2013/08/para-todos-aqueles-que-desconhecem.html

Acerca dos incêndios.

"Antes do 25A havia incêndios desta envergadura, e com tanta frequência?"

Não,apesar de existirem na mesma bosques e florestas.

Os incêndios aumentaram de forma drástica com a mudança política que deu origem ao estado sionista anti-nacional,corrupto,traidor e pedófilo.

Os incêndios são feitos por políticos obviamente.
Directamente ou indirectamente.

"elogiado defunto deste fim de semana tão elogiado na morgue"

Menos um filho da puta de um traidor liberal.

Tenham atenção a quem foi ao funeral, quem o elogia e que elogios foram esses.

Não é que já não se saiba,mas é sempre uma prova dos nove para ver realmente quem é a máfia que está a saquear o país há quase 40 anos.

Pedro Lopes disse...

Os fantoches sionistas dos governos ocidentais apoiam isto:

http://www.wnd.com/2013/08/video-shows-rebels-launching-gas-attack-in-syria/

Depois junte-se isto,

http://www.livetradingnews.com/un-official-syrian-rebels-used-sarin-nerve-gas-assads-army-6636.htm

e mais isto,

http://web.archive.org/web/20130129213824/http://www.dailymail.co.uk/news/article-2270219/U-S-planned-launch-chemical-weapon-attack-Syria-blame-Assad.html

(Foi retirado do dailymail).

e mais isto,

http://www.youtube.com/watch?v=9RC1Mepk_Sw


Mas nada disto irá deter a marcha democrática.

A Síria vai ser "Democratizada".

A não ser que a Rússia surpreenda, e tenha já várias baterias de S-300 operacionais.

Pedro Lopes disse...


http://counterpsyops.com/2013/08/27/syria-rebels-use-psychostimulant-drugs/

Depois vem a gritaria "ALLAH SNACKBAR".

N disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
N disse...

Quantos países invadiu a Síria nos últimos 50 anos?
Quantos países invadiram os americo-sionistas nos últimos 50 anos?

Afinal quem representa um perigo global?

Mais,os papagaios que armam guerra são o judeu cameron e o queniano obongo que tanto é judeu como apoia muçulmanos,é pro-gay, e já se diz que "oficialmente" é heterossexual mas que quando era jovem dava para os dois lados,ou seja,é tudo e mais alguma coisa menos pró-Ariano.

Mas quem vai maioritariamente combater?
Arianos...

Mas quem vai maioritariamente pagar através dos impostos essa campanha ordinária para servir interesses sionistas?
Arianos...

Quem inventou 99% desse equipamento de guerra?
Arianos...

Quem menos beneficia com o ataque à Síria e consequentemente expansão de poder sionista?
Arianos...

Chamar a todo este processo de estupidez e suicídio colectivo é ser simpático.

No futuro esta época decadente será estudada por uma humanidade superior que compará os actuais humanos aos macacos e dos mais atrasadinhos.

Já os antepassados,esses olham para os seus descendentes actuais com a maior das vergonhas,nojo,asco e ódio.

Lutaram em condições de merda,superam-se a todos os níveis,séculos de sofrimentos e esforço heroico para esta cambada de FILHOS DA PUTA serem escravos(VOLUNTÁRIOS ainda por cima)dos judeus,escravos de um povo de merda que em milhares de anos levaram nos cornos de tudo o que era povo e nunca foram capazes de criar qualquer civilização maior nem qualquer feito de relevo.

O dinheiro criado por eles é papel e tinta otários.
Não vale nada.
Não interessa o que podem comprar com ele, o relevante é por aquilo que se estão a vender,e na práctica é papel e tinta imprimido em massa.

O judeu faz do papel com tinta a nova droga numa sociedade mercenária,corrupta,sem valores,decadente,e todos que lutam pelo judeu a troco do papel com tinta não passam de agarrados de merda.

Honra ao povo Sírio que esses ao menos sabem pelo que lutam e por quem lutam.

Pedro Lopes disse...

"Mas quem vai maioritariamente combater?
Arianos..."

Bem aqui já não é bem assim, pois tens um exercito multiracial.

E na prática é um exercito de mercenários pois são altamente bem pagos por estarem uns tempos a combater pela pátria.....alheia.

http://prhome.defense.gov/rfm/MPP/ACCESSION%20POLICY/PopRep2008/summary/chap5.pdf

http://static1.businessinsider.com/image/4f0615a9ecad04e840000026-1200/.jpg


E a tendência é para ser ainda mais multiracial. Mas olhando para o quadro do documento, curiosamente dos tais 6 milhões que existem nos EUA não consta nenhum na composição das FA Americanas. Porque será?


"Quem inventou 99% desse equipamento de guerra?".

Aqui sim, arianos e eventualmente alguns asiáticos. Há muitos na América a estudar e a trabalhar em alta tecnologia.

Mas na Síria, a estratégia parece ser clara. Os judeus não querem nenhum estado forte organizado na região á volta de Israel.

No Iraque depois de ser democratizado todos os dias há rebentamentos de bombas que matam ás centenas de cada vez.

Há bebés a nascer defeituosos devido ao uso de armamento com urânio pelos EUA.
Mas nos media nada se fala sobre esta tragédia.

O Egipto está á beira de uma guerra civil. Todo este caos só beneficia um estado.
O Estado pária sionista.

Anónimo disse...

http://www.dailymotion.com/video/x4wwuw_fitna-espanol_news

N disse...

"Bem aqui já não é bem assim, pois tens um exercito multiracial."

Se forem forças americanas que apesar de tudo a maior parte (ainda) é Ariana.

Se forem forças inglesas também são (ainda) maioritariamente Arianas.

E se a França se meter ao barulho através do judeu hollande, mais uma vez serão maioritariamente Gauleses a combater e não judeus.

Os Arianos mais uma vez estão a ser fantoches dos judeus,e o mais surreal é que os judeus cada vez que expandem poder mais prejudicam os Arianos,seja através da usura,endividamento propositado através dos agentes políticos,propaganda multicultural,gay e pedófila,compra dos sectores chave das nações Arianas,corrompimento e estupidificação dos povos Arianos através dos média que entretanto compram,etc etc etc...

"E a tendência é para ser ainda mais multiracial".

Isto é um perigo de alto nível que só mesmo um idiota chapado não percebe.

Só sente verdadeiramente a nação quem está ligada à mesma pelo sangue,espírito e raça/etnia.

E quanto mais se sentir a nação mais se é leal à mesma,mais se é altruísta,e mais disposto a tudo se está para a defender.

E mesmo a nível de unidade,quanto mais homogêneos os soldados mais unidos serão,se tiverem então inseridos numa doutrina nacionalista e religião étnica essa união será fanática,tribal,o que criará laços entre si ligados pelo sangue ancestral.

As Forças Armadas de uma nação(e atenção que nem todas as pátrias são nações) têm que ser os guardiões da mesma,e como tal,para além das capacidade técnicas,físicas e psicológicas que têm que ter,a componente étnica é IMPRESCINDÍVEL.

A componente étnica não só garante as vantagens acima referidas,como faz o soldado constantemente evoluir no campo espiritual,criando assim um humanismo muito próprio e uma forte identidade nacional.

"Aqui sim, arianos e eventualmente alguns asiáticos. Há muitos na América a estudar e a trabalhar em alta tecnologia."

Pah,faz alguma lógica no processo evolutivo evoluir no campo bélico em relação a outras raças para depois usarmos essa evolução bélica contra os nossos próprios interesses?

O ocidente está doente,muito doente mesmo,está canceroso,e o cancro são os judeus.

"Mas na Síria, a estratégia parece ser clara. Os judeus não querem nenhum estado forte organizado na região á volta de Israel."

Primeiro a Síria é um estado anti-sionista,começa logo por aí.

Depois isto já estão a ter em vista a longo prazo o Irão e a Rússia,e a Turquia anda armada em esperta a jogar em vários tabuleiros e não sei até que ponto os bilderbergs andam em troca da ajuda da Turquia contra o Assad a prometerem à Turquia fazer a folha à Grécia.

E depois como é óbvio,vão aproveitar para fazer da Síria palco para testar os "brinquedos".

O ministro Russo é que a disse toda:"O ocidente está-se a comportar como um macaco com uma granada".

Os militares de uma forma geral continuam a confundir lealdade com submissão.

Eles não só deviam desobedecer a políticos corruptos,mercenários e traidores,como até lhes deviam fazer a folha e retira-los do poder e prender ou executar os mesmos.

Hoje os militares estão subordinados a banqueiros(ainda por cima globais) e a burgueses.

E nem banqueiros nem burgueses tem perfil para se assumirem como uma casta superior,nem nunca terão.

E o mais ridículo é que isto é relativamente recente,já que dantes ao menos lutavam por propósitos genuinamente nacionais,e sem este espectáculo degradante merdiático onde uns dizem que 2+2=5 enquanto outros discordam e dizem que 2+2=3.

N disse...

Vejamos o que os judeus já nos fizeram:

O holocausto de Dresden e o bombardeamento da Alemanha,tortura e assassinato de civis e militares,violações em massa das mulheres Germânicas.

Financiamento e aplicação do comunismo responsável pela escravatura,pilhagem,tortura,violações e assassinatos de milhões de Arianos,maioritariamente Eslavos.

Com a segunda guerra mundial orquestrada por detrás dos bastidores pelos judeus morreram soldados Arianos,muita da nata racial Ariana, que combateram uns contra os outros em nome de ideologiais anti-Arianas tais como liberal-capitalismo e comunismo.

Depois tivemos o Ultramar e perda do nosso império de uma forma humilhante toda ela também com a mão dos judeus,desde o judeu soares e judeu balsemão ao judeu rothshild que deu luz verde ao golpe de traição nacional que a propaganda chama de "revolução de abril".

E mesmo a administração da altura da urss era judia,tal como a ideologia em si.

Depois tivemos o bombardeamento da Sérvia,mais uma vez através principalmente do judeu clinton e da judia albright,que além de um importante bastião contra o islão,bombardearam a nata Eslava,pois são dos povos Europeus com mais coragem e menos corrompidos espiritualmente,para além de geneticamente serem de top.

E isto só em situações bélicas,pois no quotidiano os danos a nível moral,econômico,social e racial são culpa do porco judeu.

E o que fazem os que deviam ser os guardiões das nações Arianas(militares)?

Vão combater por quem lhes enraba todos todos todos todos todos todos todos todos os dias.

Se isto não é surreal o que será?

Faz falta alguma "Anarquia" no bom sentido, pois daria um espírito livre e não-submisso ao corpo militar,e assim a coragem moral para dizerem NAO.

Thor disse...

claro que a administração da urss em 1974 era judia...
mas alguma vez na puta da vida a urss teve uma administração "não-judia"??
todos os lideres da urss entre 1917 e 1991 foram judeus. rigorosamente TODOS.

e depois em relação à Síria, vocês até estão a ser demasiado condescendentes com a escória sionista, porque a estratégia não passa somente por não ter países fortes e organizados à sua volta.
vocês têem que compreender que o sionismo é expansionista e o seu objectivo é a expansão, sempre o foi.
vão ver de que se trata o sionismo e a "grande israel".
além disso, há também o interesse nos recursos naturais como o petróleo, e isso é inequívoco, como já foi demonstrado no Afeganistão (2001) ou Iraque (2003), já sem falar no Koweit (1990) e afins...

não se trata apenas de "enfraquecimento" dos vizinhos e rivais, mas de FORTALECIMENTO PRÓPRIO, e a seu devido tempo, a EXPANSÃO territorial.

Thor disse...

agora, essa do Clinton e do Cameron serem judeus, é que é totalmente nova para mim lol
desconhecia em absoluto.
eu pensei que o Clinton fosse apenas mais um goyim vendido aos judeus e controlado pela maçonaria. nada mais.

há provas que eles dois são judeus?

Anónimo disse...

Thor,mais que assumido pelos próprios.

Pedro Lopes disse...

"agora, essa do Clinton e do Cameron serem judeus"

O Cameron pode não ser puro, mas tem genes.

"Cameron's ancestors, including David's grandfather and great-grandfather,[8] and was a Director of estate agent John D. Wood. David Cameron's great-great-grandfather Emile Levita, a German Jewish financier....

http://en.wikipedia.org/wiki/David_Cameron

http://www.jewornotjew.com/profile.jsp?ID=829

E mesmo que não fosse....É merda na mesma e da que cheira mal.

http://www.telegraph.co.uk/news/politics/10200636/I-want-to-export-gay-marriage-around-the-world-says-David-Cameron.html

Thor disse...

claro que são merda de qualquer maneira. isso não está em questão.

eu apenas questionei se eles são judeus no sentido étnico.
podiam até ser "judeus" convertidos à religião, mas sem qualquer ligação étnica.

mas, já agora, o site "jewornotjew" é pouco ou nada confiável.
é um site judeu e a fiabilidade é quase nula, argumentos ou provas científicas é zero, e eles consideram como "não-judeus" muitos judeus descarados, caso do Gorbachev, por exemplo.

N disse...

E quantos não são cripto-judeus...

Pah,não é preciso dar muitas voltas.

O que interessa acima de tudo é a verdade.

Um gajo até pode ter diferendos ideológicos num debate,mas ele só deve ser levado a sério e quem intervém nele só é credível se falar-se verdade.

Os democratas,sejam eles neo-conservadores,liberais ou marxistas não podem ser nunca levados a sério pois eles mentem.

Se mentem não são confiáveis.
Se não são confiáveis não podem liderar um povo senão o mesmo vai ser traído.

Isto além de ser óbvio através da lógica pode ser comprovado FACTUALMENTE.

Todos todos todos todos todos todos os dias os povos são traídos numa democracia,todas as pessoas,civis,militares,crianças,jovens,adultos,idosos,homens e mulheres,todos sem excepção.

Pode uma relação de amizade ou amorosa funcionar na base da constante mentira e constante traição?
Claro que não.

Com a política é igual,os cidadãos(civis e militares) têm que exigir líderes e formas de liderança em que não sejam traídos.

Posto isto chegamos à conclusão que quem não fala verdade não presta para nada e não serve para liderar.

Mas basta a verdade?
Não,é preciso também inteligência e sabedoria.

No código Comando há uma parte que eu gosto particularmente e que diz :"O Comando não admite a mentira".

Se grande parte dos cidadãos assim pensasse ninguém aceitaria a merdocracia.

Pois a merdocracia vive da mentira,ela sem a mentira não sobrevive.

Uma sociedade que aceita a mentira como rotina e a traição como uma banalidade é uma sociedade muito muito muito doente mesmo,e que inevitavelmente se irá autodestruir a não ser que haja uma mudança RADICAL.

Theda disse...

Fantastic!