segunda-feira, abril 27, 2015

A falácia do Aquecimento Global pelo efeito do Dióxido de Carbono produzido pelo homem


A Atmosfera inteira da Terra é principalmente constituída por Nitrogénio (78%), Oxigénio (21%) e Argon (0,9%). A soma destes três gases constitui 99,9% de toda a atmosfera terrestre. Nenhum deles tem efeito de estufa:




Dos restantes gases que compõem a atmosfera e quem têm Efeito de Estufa (cuja soma é inferior a 0,1%), o que existe em maior quantidade é o Vapor de Água (95%), o Dióxido de Carbono (3,6%) e outros.

Por seu lado, o Dióxido de Carbono (CO2) ainda se divide em dois grupos: o que tem causas naturais (96,8%) e o que é produzido pelo homem (3,2%).

Donde, o Dióxido de Carbono (CO2) que é produzido pelo homem corresponde a 0,00011% de toda a Atmosfera Terrestre e a 0,12% dos gases com Efeito de Estufa. Ou seja, a sua influência é literalmente nula:




A crença popular de que existe um consenso científico sobre uma relação de causalidade entre o dióxido de carbono (CO2) e o aquecimento global é incorreto. A alegação de consenso é uma distorção do estado atual do conhecimento nesta área - simplifica complexidades ao analisar dados que se prestam a diferentes interpretações.

Pelo menos quatro organizações científicas de topo emitiram declarações públicas que favorecem a ideia de que as emissões humanas de CO2 conduzem a aumentos recentes da temperatura global:

National Academy of Science (NAS), American Association for the Advancement of Science (AAAS), National Research Council, Intergovernmental Panel on Climate Change (IPCC).

Será que estas organizações de topo incluem todos os cientistas que trabalham na área de mudança do clima global? Não. Há muitas outras pessoas que trabalham na ciência do clima ou em áreas afins que não defendem a chamada "visão de consenso". (Veja-se, por exemplo, a lista de cientistas que se opõem à visão de consenso sobre o aquecimento global em:


Fred Cantor, professor emérito de ciências ambientais da Universidade de Virgínia, afirmou o seguinte:

"Em primeiro lugar, não há tal consenso: Um número crescente de cientistas do clima está a levantar sérias questões sobre a urgência política na avaliação desta questão. Por exemplo, o "consenso" amplamente elogiado de 2.500 cientistas do Painel Intergovernamental das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (IPCC) é uma ilusão."

"A maioria dos membros do painel não têm qualificações científicas, e muitos dos outros opõe-se a algumas partes do relatório do IPCC. A Associated Press informou recentemente que apenas 52 cientistas climáticos contribuíram para o relatório "Sumário para Decisores Políticos". Da mesma forma, apenas cerca de uma dúzia de membros do Conselho de Administração votaram na "declaração de consenso" sobre a mudança climática efectuada pela Sociedade Americana de Meteorologia (AMS). Muitos cientistas da AMS nunca tiveram uma palavra a dizer, e é por isso que muitos deles se estão agora a rebelar abertamente. Estimativas sobre o ceticismo dentro da AMS em relação ao aquecimento global provocado pelo homem estão muito acima dos 50 por cento."


*****************************


"Nunca existiu aquecimento global antropogénico" Entrevista especial com Luiz Carlos Molion

O cientista Luiz Carlos Molion afirma que o aquecimento global antropogénico nunca existiu e que, por trás deste discurso, há um interesse económico dos países desenvolvidos. "Nunca existiu aquecimento global antropogénico (AGA). O AGA é uma farsa e, por detrás dele, só existem interesses económicos dos países desenvolvidos. O CO2 não controla o clima global. O CO2 não é vilão, não é tóxico ou poluente. O CO2 é o gás da vida. Quanto mais CO2 tiver no ar, maior será a produtividade das plantas. E o homem depende das plantas para sobreviver", considera.

Formado em física, Luiz Carlos Molion possui PhD em Meteorologia pela University of Wisconsin, pós-doutorado em Hidrologia de Florestas pelo Institute of Hydrology da Wallingford e é fellow do Wissenschftskolleg zu Berlin. Pesquisador Sénior aposentado do INPE/MCT, também atua como professor associado da Universidade Federal de Alagoas, professor visitante da Western Michigan University e professor de pós graduação da Universidade de Évora, Portugal.



13 comentários:

Anónimo disse...

PROFESSOR DA USP (UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO) FALA SOBRE A FARSA DO AQUECIMENTO GLOBAL NO NUM PROGRAMA DE TV BRASILEIRO.

https://www.youtube.com/watch?v=3_GPLlJv6x0

Cobalto

15 disse...

Vocês estão a ver tudo ao contrário.

Na vossa cabeça os senhores do dinheiro é que estão por detrás das alegações do aquecimento global provocado pelo excesso populacional mundial(sub-Ariano obviamente).

Mas a realidade é que os senhores do dinheiro é que estão por detrás da recusa do aquecimento global.

Qual a lógica?
Simples...

Quanto maior for a população mundial, mais consumidores e escravos da dívida.
E que se foda a natureza, os futuros conflictos locais, regionais, continentais e até mundiais.


Thor disse...

15, não é bem assim.
há, de facto, uma preocupação dos senhores do grande dinheiro em fazer uma redução da população, sobretudo nos países do 3º Mundo.
o Kissinger já o disse várias vezes, o Bill Gates também, etc
e, no fundo, o Ébola e outros vírus, mais não é do que tentativa de assassinar parte das populações desses países sub-desenvolvidos.

o facto de esses povos se reproduzirem como moscas, não é por culpa dos gajos do dinheiro, mas devido à própria natureza deles.

claro que, ao mesmo tempo que querem reduzir a população do 3ºMundo, trazem essas populações para DENTRO dos países do 1ºMundo (EUA, Europa, etc) matando assim vários coelhos de uma cajadada, genocidam os povos Arianos, e reduzem a população do 3º Mundo.

nisto, estás tu a ver mal a coisa.

Thor disse...

"Quanto maior for a população mundial, mais consumidores e escravos da dívida."


estás a raciocinar mal aqui.
eles querem reduzir a população 3ºmundista, precisamente para haver menos gente a consumir e gastar recursos que já começam a ser parcos e assim os capitalistas ganham.
eles querem concentrar todos os recursos, incluindo os naturais, nas mãos de poucos.
olha o que fizeram e ainda fazem no Afeganistão. urânio empobrecido para cima das populações e saque de todos os recursos naturais através das corporações.
querem converter o Afeganistão, Iraque e etc, em autênticos desertos, exterminar as populações e ficar com literalmente tudo, tudo, o que lá houver.

quanto ao aquecimento global é obviamente uma farsa criada pelos globalistas. pelo menos desde 2002/03 que eu sei disso.
até porque não há aquecimento global nenhum. não se sente. não há prova alguma, facto algum que mostre isso. é justamente ao contrário.

FAB29 disse...

Caro colega.
Também tenho, volta e meia, batido nessa tecla do patético "aquecimento global" movido até a 'pum de vaca'! Inclusive uma tosca tentativa de inversão para a Antártida:

http://fab29-palavralivre.blogspot.com.br/2014/06/ja-querem-inverter.html

Seus dados aqui são contundentes para fazer o "sélebro" de qualquer alienado (tá cheio por aí!) pegar no tranco.

Saudações e congratulações!

Anónimo disse...

Rapaziada. Estas são falas antigas. Aquecimento global!? Não cola!? Que tal mudanças climáticas!? A temperatura não sobe desde 1998!? Que tal aplicarmos a sensação térmica no dia a dia das pessoas!? Mais ou menos assim: "40 graus e sensação térmica de 78". E tá colando que é uma beleza. Tá na hora de darmos um upgrade nos termômetros. Um termômetro com sensibilidade térmica.

João G. disse...

Desta vez estamos de acordo.
Esqueceu-se foi de abordar o efeito do metano, sobretudo o produzido pelas vacas a peidarem-se.

Abr

João disse...

Ola Diogo

Se há aquecimento global ou n não sei.

Mas que existe aquecimento global ou outra formula qualquer.

As camadas de gelo que se têm derretido são disso evidência e tudo tem explicação politica.

Com a camada de gelo de Kms era impossivel chegar ao petróleo e outras materias primas que lá existem.

Ta tudo explicado e justificado.

1 abraço

Diogo disse...

Cobalto - Vou ver o seu vídeo.

15 - Não nenhum aquecimento global.

Thor - O importante é saber o porquê desta tanga do «Aquecimento Global», biliões de vezes repetido nos Media. Who profits.

Fab29 - Obrigado pelo seu comentário.

Pedro Lopes disse...


O "Aquecimento global" serve para os FDP's criarem coisas tipo "impostos verdes" e taxas de carbono.
É apenas e só mais um instrumento de esbulho e escravização.

Parabéns ao Diogo por este artigo, diferente do habitual, mas igualmente importante.

Thor disse...

e para tirarem dinheiro dos países Ocidentais e darem-no ao 3ºMundo coitadinho.

Anónimo disse...

acho que o verdadeiro probema é a utilização da tecnologia sem ética que está a destruir a Mãe Natureza! e claro que excesso de gazes provocados pela amoralidade do ser humano têm que provocar alterações nocivas, seja aquecimento ou não! o que temos que mudar é a nossa forma de estar! somos filhos da Natureza e não donos dela, ao destruir e desestabilizar o equilibrio natural existente em nome do conforto, da riqueza ou pq sim, ao poluirmos...estamos a deixar uma herança envenenada às gerações futuras e colocar em perigo a especie humana, ninguém se alimenta de betão, de ouro, prata, platina, diamantes, ferro, plástico, petróleo, etc...ética no uso da tecnologia, utilizar transportes publico,não fazer coleção de telemóveis ou qq tecnologia,casas, etc.. não viver para ostentações parolas... feitiço vira-se contra o feiticeiro..respeitar todos os seres vivos e seus habitats

Aicaramba disse...

Vi que um comentário fala sobre o derretimento do Ártico como evidência. Pois bem, isso é outa mentira manipulada, pois o Ártico não está derretendo, o que ocorre é que há mais água quente chegando no ártico pela corrente do golfo que foi, até 2007, ligeiramente acelerada devido ao ciclo nodal lunar, ou precessão lunar, que ocorre a cada 18,6 anos, fazendo com que o gelo que está submerso derreta e a parte emersa desmorone. Em 1922 a Noruega mandou expedição para o ártico pq tb naquela época o gelo estava sumindo e o explorador viu que a temperatura da água estava cerca de 1 grau mais elevada. Os Druidas já conheciam esse ciclo da lua 3000 anos atras. Pesqsuisem por favor. Abrc