terça-feira, maio 04, 2010

Os bancos e os banqueiros são geralmente bem vistos pelos portugueses

.
Jornal «SOL» - 28 de Abril de 2010





Comentários [no jornal SOL]:


PENA QUE NÃO ACABE A "FESTA" PARA ESTES BANQUEIROS CORRUPTOS QUE TANTO CONTINUAM A ROUBAR, XULAR E MAMAR Á CONTA DO POVO PORTUGUÊS...OS BANQUEIROS CORRUPTOS DEVIAM ESTAR TODOS A RESPONDER PELOS ROUBOS OBESCENOS QUE COMETEM....MORTE AOS ABUTRES!!!e que não virem o bico ao prego... a "festa" da corrupção devia ter acabado à muito tempo para estes Kabrões corruptos...e tratam o povo como se fossemos cães...

lillyrose, em 2010-05-01 14:00:52



Onde andam os 2 mil milhões que o estado pôs à disposição da banca para emprestar a juros mais baixos para incedntiv ar a economia e o consumo?

ravp, em 2010-04-29 13:48:30



Até parece que era barato até agora no BCP! Palhaço!

Antiesquerdalha501, em 2010-04-28 20:28:52



Nao foi este cavalo que contratou os emprestimos com o Queiroz Pereira e o amigo Berardo - umas largas centenas de milhoes de Euros de dinheiros publicos, credito barato e danoso para a CGD e para o Estado?

Vam falar de que este suino? De rigor?

Tem juizo hipocrita de m****! Mais um lobo a fingir-se cordeiro. Mais um mafioso pretensamente distante da lama onde chafurda com todos os outros. Vens agora com pretensoes a guru ou estas simplesmente a dar recados?

Estamos de facto entregues a uma bicharada de calibre. Estao em todo o lado.

Platao, em 2010-04-28 20:04:59



Não me diga Sr. Dr. que até aqui foram uma pandilha de inconscientes e não fizeram um trabalho profissional!!
Então posso inferir que há "icebergs" na banca?
Assim, se calhar os estrangeiros têm razão e nós a pensar que eram uns aldrabões e vigaristas !!

eremita, em 2010-04-28 19:18:50
.

7 comentários:

J. Lopes disse...

Os comentadores do jornal Sol são demasiado truculentos. No fim de contas, o presidente do BCP, Santos Ferreira, disse apenas que «terminou a festa». Que o povo português não tenha dado pelos festejos, isso é outra conversa.

JPA disse...

"Fim de festa"' Mas esse Sr. está por fora da realidade, até parece que não foram eles e outros como ele que levaram o País ao descalabro devido à sua ganância, e tem a pouca vergonha de atribuir culpas a terceiros, neste caso ao cidadão comum, aquele que é eternamente o explorado, quando os únicos responsáveis, além dos banqueiros, são os administradores da "coisa pública" ou seja, os nossos políticos, que têem desbaratado os dinheiros públicos, muitas vezes em proveito próprio. Que falta de moral esta gente revela!... Ainda hoje ouvi da boca de um político que "o poder económico soltou os cães" e, pese o facto de não me colher grandes simpatias, tenho que reconhecer que ele tem razão, quanto mais caímos, mais estes senhores nos empurram.

Alfredo disse...

Nós,portugueses,não temos que aceitar esta trampa.
Até parece que não há alternativas para lá do caminho que os tubarões da banca apontam.
A verdade é que eles tinham quase todos fechado a porta sem o dinheiro dos portugueses que o bandalho corrupto lhes facultou.
Salvámos-lhes a pele e a fortuna e agora vêm com sobranceria anunciar que quem os salvou da falência,se quiser ser salvo por eles,nááá,nada feito.
Lixe-se e morra à fome,se tal for preciso!
Na realidade quem aceitar isto pacificamente,merece o que tem.
Mas talvez desta vez seja diferente do que eles esperam.
Se o pão faltar na mesa,veremos onde isto acabará...

Zorze disse...

O referido banqueiro tem é de se preocupar mais é com o seu (aliás, melhor dizendo, que os seus accionistas o colocaram a geri-lo) banco, enquanto vai dando entrevistas de pacotilha.

É que se o millenium abre falência arrasta o País para realidades bem mais agonizantes.
Já esteve mais longe...

Carlos disse...

Credito fácil e barato acabou.
Penso que devemos ficar gratos.
Menor inflação, menor importação, criar hábitos saudáveis de vida, poupar, não passar aos descendentes os custos do nosso regabofe desenfreado, votar conscientemente, ser exigente nas nossas escolhas (especialmente dos políticos, eu sei que olhando para essa “classe” é uma autêntico deserto, desolação total), etc, etc.

Pata Negra disse...

Está em marcha uma candidatura verdadeiramente revolucionária à presidência da república. Para que ela ganhe dimensão pública suficiente para acordar uma democracia, adormecida nos sofás que estão frente às televisões dos portugueses, é necessário que assines e divulgues, por tudo o que é WEB, a petição "Pata Negra à presidência da República" em http://www.ipetitions.com/petition/patanegra/

Filipe disse...

Quero MUITO acreditar no Alfredo:

«Se o pão faltar na mesa,veremos onde isto acabará...»

Porque pior do que um CORNO MANSO, que é que somos agora, pela apatia que confundimos com "serenidade", só mesmo um CORNO CONIVENTE - que não só se deixa encornar, como até sorri e contribui com alegria.

Em 1962, O'Neill escrevia: «Rebanho pelo medo perseguido / já vivemos tão juntos e tão sós / que da vida perdemos o sentido». Foi-se o Botas, veio o Chulares, a Múmia Presidente, o Pinóquio - o que é que mudou, na triste pátria lusitana, excepto o MEDO - ou inércia - em que continuamos perfilados?