sábado, setembro 03, 2005

O Dedo na Greta

O realizador de cinema Michael Moore, autor do filme Fahrenheit 9/11, inimigo nº1 do Presidente Bush (honra lhe seja feita!), enviou uma carta aberta para a Casa Branca e que está divulgada no site do próprio Moore.

É óbvio que o homem não gosta de Bush… lá deve ter as suas razões, sei lá. Ele é que é americano, não sou eu. Mas gostava de saber quais seriam as respostas de Bush às questões que Moore levanta na carta.
Resumindo-as: onde diabo estão os helicópteros militares? Onde estão os soldados da Guarda Nacional (uma espécie de GNR lá do sítio…), uma força preparada e treinada para situações do tipo da que se vive em New Orleans? No dia seguinte ao furacão, o que foi o senhor Presidente fazer numa festa em San Diego?
Michael Moore termina a carta aconselhando Bush a não desanimar perante as críticas tão severas que aparecem por todo o lado. Afinal de contas, o que queriam as pessoas? Que Bush fosse enfiar um dedinho na brecha do dique? :-)
Pelos vistos, eles são cada vez mais.

2 comentários:

rajodoas disse...

Ficou e penso não ser possivel contrariar esta ideia, demonstrado
que a admiunistração Bush é um bluff.
Mas aparte disso tratando-se especialmente de gente negra e pobre
leva a concluir que o presidente dos EUA, além de ser um perigoso lider
terrorista é também um convicto racista.

Anónimo disse...

best regards, nice info Rental condominiums st paul zocor weight gain Xanax in dogs 2gig usb memory cards Anal russian sex Jenna jameson videos ru Day spa hair removal vegas farmers 26 mechanics mutual insurance co Anti-aging supplements Insurance health travel coverage insurance quotes cheap auto Vicodin bextra interaction Destroyer spyware popup blocker Siu school of pharmacy big breasts casino Shannon callcenter Electric ride on toys Uses of seroquel Dvd player problem