quarta-feira, outubro 26, 2005

Rumsfeld lucra com a gripe das aves


É impossível ganhar dinheiro a sério sem a existência de um papão, e a recente “Gripe das Aves” é última burla utilizada pelas companhias farmacêuticas para gerar lucros.

Finalmente, as peças do puzzle começam a fazer sentido,” escreve o Dr. Joseph Mercola, autor de “Programa de Saúde Total - Total Health Program." “O presidente Bush quis instalar o pânico neste país (Estados Unidos) dizendo-nos que, no mínimo, 200 mil pessoas iriam morrer com a pandemia da gripe das aves e que o número de mortes poderia chegar aos dois milhões só neste país. (EUA)

Este embuste é então usado para justificar a compra imediata de 80 milhões de doses de Tamiflu, um remédio inútil que não trata de forma nenhuma a gripe das aves, apenas diminui o tempo de duração da doença e que pode contribuir para que o vírus sofra mutações mais letais,” continua Mercola.

Portanto os Estados Unidos fizeram um a compra de 20 milhões de doses desta droga inútil a um custo de 100 dólares por dose.” A verba atinge uns espantosos 2 mil milhões de dólares.

O ministro da defesa Donald Rumsfeld, antigo presidente da Gilead, o fabricante do Tamiflu, retira também grandes lucros, já que continua a ser um dos grandes accionistas da companhia.

Melhor ainda, o porta-voz do Bilderberg (o grupo Bilderberg é uma associação internacional informal de personalidades poderosas no mundo da política e da alta finança, que se encontram todos os anos.), Etienne F. Davignon (Vice-Presidente, Suez-Tractebel) e o ex-secretário de estado George Shultz, (membro honorário do Instituto Hoover e da Universidade de Stanford University) fazem também parte da direcção da Gilead.

Outro Bilderberger habitual é Lodewijk J.R. de Vink, com lugar na direcção da Hoffman-La Roche, parceira da Gilead.

Por outras palavras, a burla da “Gripe das Aves” vai gerar lucros escandalosos a indivíduos como Shultz, Rumsfeld, Davignon, e de Vink.

E donde é que vem o Tamiflu?

Segundo o website da Gilead, “Em Setembro de 1996, a Gilead e a F. Hoffmann-La Roche Ltd.chegaram a um acordo de colaboração no desenvolvimento e comercialização de terapias para tratar e prevenir gripes virais. Segundo o acordo, a Roche teria direito exclusivo a nível mundial aos inibidores de gripe propriedade da Gilead, incluindo o Tamiflu. A Roche tem os direitos comerciais a nível mundial do Tamiflu, e a Gilead recebe pagamentos da Roche pelo cumprimento dos sucessivos estádios da investigação e prémios pelas vendas do produto.

É bom lembrar que Rumsfeld adora burlas farmacêuticas. Foi ele, como director da G.D. Searle, que pressionou a FDA (Food and Drug Administration - agência governamental americana que regula e fiscaliza a fabricação de comestíveis drogas e cosméticos) para aprovar o Aspartame.

A FDA bloqueou a sua aprovação durante dez anos até Rumsfeld ter conseguido a sua aprovação. Hoje, o Aspartame, um adoçante artificial tão omnipresente como tóxico, continua a e envenenar a América e o Mundo.


Comentário:



Bush: "eu estou totalmente preparado em usar as forças armadas para proteger a pátria destes malfeitores".

Assistente: "tenho saudades de Osama (bin Laden)".

7 comentários:

rajodoas disse...

Caro amigo toda esta história me suscitou desconfiança o que me fez até sem qualquer base em que assentasse o meu raciocínio, publicar um post no qual afirmava que todo este alarme veiculado pela comunicação social tinha como objectivo contribuir para
o enriquecimento do laboratório que já dispunha de medicamento para combater os efeitos da gripe. Pelos vistos mesmo sem aparente fundamento a minha afirmação não foi de todo destituída dele. Com um abraço do Raul

marujo disse...

confesso que desta não estava à espera...

Biranta disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Biranta disse...

Esta é para o Marujo!
Confesso que duma destas é que eu estava à espera, há muito... Quase desde o começo. Pelo menos desde que o governo português quais rafeiros inveterados, anunciaram a compra de 2 milhões de doses de medicamento para a gripe das aves, sem justificação plausível.
Estes post eu já conhecia (a versão em Inglês) de: http://sofocleto.blogspot.com.
Bom trabalho, Sofocleto!

augustoM disse...

Se a pandemia fosse verdadeira e devastadoramente mortal, e se o antíodo salvador estivesse nas mãos dos americanos, quanto teriamos de pagar para ficar vivos?
Um barço. Augusto

martelo disse...

nada como criar necessidades aos clientes, quando não existe razão inventa-se e alarga-se o mercado...

Anónimo disse...

You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it »