terça-feira, dezembro 27, 2005

O eterno problema da função pública



Extracto de uma entrevista concedida ao Expresso, a 5 de Junho de 2004, por Musaid Bin Abdel, deputado e ex-presidente da Câmara Municipal de Riade, capital da Arábia Saudita:


EXP. — A ameaça terrorista tem fustigado, particularmente, a Arábia Saudita. Como têm lidado com a ameaça?

M.B.A. — O terrorismo não nasceu na Arábia Saudita. Ele foi introduzido de fora para dentro. Os terroristas são aqueles jovens que ficaram no Afeganistão, combatendo a ex-URSS, sob orientação dos serviços secretos americanos, que os denominavam guerrilheiros Mujaheddin. Depois do desmantelamento da URSS foram deixados à sua sorte. Internamente, as nossas forças de segurança seguem de perto os terroristas que estão no nosso país.


EXP. — Garante que a Al-Qaeda não tem apoio das estruturas políticas e militares sauditas?

M.B.A. — Sem dúvida alguma. Não tem apoio de qualquer entidade saudita, nem da própria população. A Al-Qaeda levou a cabo vários atentados na Arábia Saudita antes e depois do 11 de Setembro, por isso mesmo não goza de simpatia popular.


EXP. — Essa alegação não será difícil de conciliar com o facto da maioria dos autores dos atentados de 11 de Setembro serem sauditas?

M.B.A. — Ainda não existe uma resposta definitiva sobre quem levou a cabo os atentados do 11 de Setembro. Nos próprios EUA, as investigações prosseguem e ainda não provaram que aqueles cidadãos eram de facto sauditas.


EXP. — Não está convencido de que eram seus concidadãos?

M.B.A. — Não sei, ainda está tudo por explicar: como eles chegaram aos EUA, como passaram despercebidos... É importante perceber como é que quatro aviões partem de Boston, guiados por jovens de Tora Bora (Afeganistão), são desviados da rota delimitada àquele tipo de voos, em direcção a Washington e Nova Iorque. Onde estava o FBI, a CIA, a Força Aérea? Há demasiadas interrogações. Quem está por trás? Verdadeiramente, não se sabe. Porque é que os computadores estiveram avariados meia-hora na altura do ataque? Se reflectirmos seriamente perceberemos que há mais alguém na base da operação. Quem? Só Deus sabe!


EXP. — Acha que os atentados podem ter tido apoio interno americano?

M.B.A.Talvez, porque não? Porque é que não interceptaram o segundo avião 20 minutos depois? Não um, não dois, mas 20 minutos! É tempo suficiente para reagir e fazer alguma coisa. A primeira coisa que disseram foi que era a Al-Qaeda, então seguiram para o Afeganistão. Não chegaram às conclusões devidas, mas procederam logo ao ataque. Recorde-se que J.F. Kennedy morreu há mais de 40 anos e ainda não se sabe quem o matou. Não sabemos quando a realidade virá à tona. O que percebemos é que os EUA e Israel combatem o mundo árabe, atacaram o Afeganistão e depois o Iraque. Quem se segue? Só Deus sabe!



Comentário:

Valha-me Deus, Musaid Bin Abdel. Diz você que 20 minutos é tempo suficiente para reagir e fazer alguma coisa? Você não sabe a que velocidade funciona a função pública? Um ex-presidente da Câmara Municipal de Riade? Ainda gostava de saber quanto tempo é que um processo de loteamento demorava a ser aprovado durante o seu mandato. Descaramento não lhe falta!

7 comentários:

Ricardo disse...

Ricardo said...
Muito bem observado e com muita piada :-)
De facto quem terão sido os verdadeiros responsáveis pelos ataques de 11 Setembro ?
Apenas juro uma coisa (e espero que todos esses artigos que me envias não tragam água no bico). Eu não fui, juro!
Juro mesmo!

Um abraço

H. Sousa disse...

Valha-nos Deus? Como? Ninguém lhe dá ouvidos... Conhece aquela anedota do náufrago que era muito crente e pedia auxílio a Deus e recusou ser salvo pelas embarcações que passavam porque estava à espera do milagre? Quando, por fim, morreu e se encontrou com Deus, perguntou a Deus se ele não ouvira as suas preces. E Deus disse-lhe que sim, até lhe tinha enviado várias embarcações mas ele não quis...

silvio disse...

Obrigado, já coloquei o seu link do blog no meu tambem.
Voce colocou tambem o link do meu site? ok irei lá colocar no site o seu blog, demoro é mais um dia ou outro para actualizar o site.
O link do meu site aqui, dá erro, tem o link do blog junto ao url do site...

abraço

augustoM disse...

Um Feliz Ano Novo, cheio de boas denúncias das imundices deste mundo.
Um abraço. Augusto

Zecatelhado disse...

Que 2006 seja "o tal" ano de venturas e desejos realizados que estavas à espera.
Aquele @bração do
Zecatelhado

Anónimo disse...

Enjoyed a lot! Vehicle rental in fort lauderdale Utah+auto+insurance+quote Ferrari 400 gt manifestacion gays y lesbianas does prozac alter personality 98 audi cruise control buy carisoprodol diazepam online somabuy carisoprpdol

Anónimo disse...

What's up, for all time i used to check weblog posts here early in the break of day, since i like to find out more and more.

Check out my web page: payday loans no credit check