terça-feira, março 14, 2006

O pensamento político de Bush



"Eu gostaria de ter estudado latim. Assim eu poderia comunicar melhor com o povo da América Latina."

"A grande maioria de nossas importações vem de fora do país."

"Se não tivermos sucesso, corremos o risco de fracassarmos."

"O Holocausto foi um período obsceno na História da nossa nação. Quero dizer, na História deste século. Mas todos vivemos neste século. Eu não vivi nesse século."

"Uma palavra resume provávelmente a responsabilidade de qualquer governante. E essa palavra é 'estar preparado'."

"Eu tenho feito bons julgamentos no passado. Eu tenho feito bons julgamentos no futuro."

"Eu não sou parte do problema. Eu sou Republicano."

"O futuro será melhor amanhã."

"Nós vamos ter o povo americano mais educado do mundo."

"Eu mantenho todas as declarações erradas que fiz."

"Nós temos um firme compromisso com a NATO. Nós fazemos parte da NATO. Nós temos um firme compromisso com a Europa. Nós fazemos parte da Europa."

"Um número baixo de votantes é uma indicação de que menos pessoas estão a votar."

"Nós estamos preparados para qualquer imprevisto que possa ocorrer ou não."

"O povo americano não quer saber de nenhuma declaração errada que George Bush possa fazer ou não."

"Não é a poluição que está prejudicando o meio-ambiente. São as impurezas no ar e na água que fazem isso."

"Para a NASA, o espaço ainda é alta prioridade."

"É tempo da raça humana entrar no sistema solar."

15 comentários:

Fragil disse...

Bush é possuidor de uma bagagem teórica sólida e nunca está plenamente satisfeito com os esquemas teóricos, especialmente com aqueles que se apresentam de forma rígida e dogmática.

Pensador brilhante da realidade mundial, consegue entretanto discuti-la a partir das situações mais insólitas, das metáforas mais inesperadas, salpicando pitadas de irreverência e de fina ironia em vez de discussões tradicionalmente sisudas e enfadonhas. Intelectual reconhecido, consegue atingir o âmago das questões mais complexas sem abrir mão da clareza de pensamento, da linguagem solta e fácil.

Biranta disse...

O que me desespera é "tolerar-se" que um reles atrasado mental governe o Mundo (ou dê a cara por quem governa o Mundo)... Este primarismo numa pessoa que acupa um cargo de tamanha responsabilidade é crime...
Mas repare-se que, internamente, temos um primeiro Ministro que também é um "analfabeto funcional", a tal ponto que até acha natural "invocar" que "não sabia", antes das eleições, qual a dimensão do défice e o estado de descalabro da economia; que igualmente mentiu aos eleitores, para caçar o voto.
Este estado de coisas tem de acabar. Isto não pode mais continuar a ser possível...

silvio disse...

Dubya em acção :-)
devido a tanta coca e erva que fumou na sua juventude ( i idade adulta) o Geroge w (dubya) Bush ficou maluco dos cabeça~
:-)))

Sofocleto disse...

biranta:
Bush é o idiota útil. Os verdadeiros testas de ferro são Cheney, Rumsfeld, Wolfowitz, etc. Quem manda na realidade são os tipos da lista Forbes.


silvio:
Penso que não seja da coca e da erva. Ele já nasceu assim. As drogas estupidificam mas nunca a este ponto.

Amador disse...

O engraçado disto tudo é, no entanto, que quem pensa que o Bush é estúpido e o despreza não se dá conta da absoluta vacuidade dessa acusação. Ele não é - evidentemente - estúpido, mais que não seja porque se o fosse não chegava onde chegou (agora duas vezes).

CN disse...

isto faz-me lembrar alguns excertos dos discursos do defunto Américo de Deus Thomaz, que a terra lhe seja pesada, outro insígne dirigente com predicados insuspeitos...

xatoo disse...

Bush "o pensador brilhante da realidade", segundo o leitor que dá pelo nick de "frágil", - quando o Rumsfeld o pôs a par dos planos da Gillead para produzir o Tamiflu - e ele ouviu falar pela primeira vez na Gripe das Aves, a primeira coisa que lhe ocorreu foi bombardear as Ilhas Canárias

Willespie disse...

O facto do Caro "Fragil" ter dito que o Bush é um "Pensador brilhante" de coisa alguma, fez com que eu tivesse dificuldade em manter as tripas dentro do corpo de tanto rir.

Fragil... Como diriam os americanos.

"Seek professional help!"

spanish pro usa disse...

I Prefer Mr. President Bush than anti- american Zapatero

Zecatelhado disse...

A gente ri-se mas isto é mesmo muito sério. Um bronco destes tem o mundo na mão; DEUS nos proteja.

Um @bração do
Zecatelhado

PS: com a devida autirização da tua parte vu transcrever isto no Tadechuva.

Anónimo disse...

Book about President Bush, Guy Milliere, Editions Odile Jacob, Paris France

maloud disse...

Os "bushismos" são uma das maiores contribuições americanas, para o pensamento filosófico do séc. XXI. Qualquer dia, o JMF dedica-lhe um editorial profundo no Público.

silvio disse...

« amador»
o bush não chegou onde chegou (presidência) por mérito próprio.
portanto não deixa de ser burro.
ele tem o papá que é poderoso e lhe arranjou tacho, além disso os votos electrónicos foram manipulados.

NB disse...

Não simpatizo nada com a personagem mas o seu a seu dono. A 1ºfrase sobre a América Latina pertence ao Vice-Presidente do seu pai George Bush Sr. Dan Quayle. Ele é o autor dessa pérola do pensamento digna de um analfabeto.

NB disse...

Aliás vejo agora no site http://www.snopes.com/quotes/quayle.htm que ele aliás nunca disse isso mas é-lhe atribuido.