segunda-feira, abril 10, 2006

Os últimos cartuchos da insurgência iraquiana

Neste clip de vídeo (2 minutos e 28 segundos), o humorista Jon Stewart mostra-nos como Cheney e Rumsfeld, respectivamente o vice-presidente e o secretário da defesa dos EUA, metem os pés pelas mãos quando procuram explicar a duração da insurgência iraquiana.




Comentário:

Dada a existência de duas insurgências com propósitos opostos no Iraque, uma que tem por alvo as forças americanas, e outra, comandada por «Zarqawi», cujo alvo são invariavelmente civis iraquianos, ficamos sem saber de qual delas estão os dirigentes americanos a falar.

8 comentários:

Fragil disse...

Henry Kissinger disse uma vez que Donald Rumsfeld era o homem mais implacável que ele já conhecera.

contradicoes disse...

Parece que afinal a intenção de Bush
de atacar o Irão, não passará disso mesmo. Apostei sempre nesse possibilidade de ele não passar em relação ao Irão das palavras aos actos
porque afinal e ele sente isso, a aparente vitória que teve no Iraque
vai-se transformar numa enorme derrota
política, face à sua responsabilidade
pelo número de militares dos EUA mortos em consequência do terrorismo
que ele patrocinou.

mario disse...

Aí está como eles se preparam para estender a insurgência até que lhes apeteça. Ou melhor, enquanto haja petróleo no Iraque. Escroques.

Anónimo disse...

Red Dawn, a John Milius Film,1984, with Charlie Sheen.....

claudio coello street disse...

O pacifista Kissinger

Margarida disse...

Com o número de pessoas que já morreram no Iraque, iraquianos e soldados americanos, como é que estes tipos ainda brincam com isto?

lusoblogger disse...

o petroleo! sempre o petroleo!

Anónimo disse...

What a great site »