quarta-feira, abril 05, 2006

Segundo a Fox News o avião que bateu na Torre Sul do WTC não era um avião de passageiros


O repórter da FOX NEWS Mark Burnback descreve, em directo, o impacto do avião na Torre Sul do World Trade Center

CLIP DE VÍDEO (1 minuto e 28 segundos)


(Clip da Fox News com o repórter da Fox, Mark Burnback ao telefone, respondendo à pergunta se estava suficientemente perto para observar algumas marcas no avião)

Mark Burnback: Meus senhores, como estão. Sim havia, havia efectivamente um logótipo azul, um logótipo circular na parte da frente do avião. Próximo, exactamente próximo da parte da frente do avião. Não parecia de forma nenhuma um avião comercial de passageiros, não vi janelas nenhumas de lado.

Apresentador da Fox: Mark, se o que está a dizer é verdade podem ser aviões de carga ou qualquer coisa parecida. Você disse que não tinha visto janelas nenhumas na parte lateral do avião?

Mark Burnback: Não vi janelas nenhumas nas partes laterais do avião, vi o avião voar baixo, eu estava provavelmente a um quarteirão de distância do metropolitano em Brooklyn e o avião desceu muito baixo, e mais uma vez, não era uma avião normal dos que estamos habituados a ver num aeroporto, era uma avião que tinha um logótipo azul na parte da frente e, para ser franco não parecia um avião normal, quero dizer isto não foi um acidente.



FOX NEWS reporter Mark Burnback, describing the second World Trade Center impact live:

(Clip of FOX news with a Fox employee Mark Burnback on the phone, answers the question if he was close enough to see any markings on the airplane.)

Mark Burnback: Uh hi gentlemen, how are you doing. Yeah there was uh, there was definitely a blue logo, it was like a circular logo on the front of the plane. Uh towards the uh, yeah definitely towards the front. Um, it definitely did not look like a commercial plane, I didn't see any windows on the side."

Fox Anchorman: Mark, if what you say is true those could be cargo planes or something like that you said you didn't see any windows on the side?

Mark Burnback: I didn't see any windows on the sides, I saw the plane flying low, I was probably like a block away from the subway in Brooklyn and that plane came down very low, and again, it was not a normal flight that I've ever seen at an airport, it was a plane that had a blue logo on the front and, it just did not look like it belonged in this area to be frank about it, I mean that was not an accident.



Comentário:

Este testemunho faz lembrar a operação Northwoods (elaborado pelos generais Lemnitzer, Walker e William Craig do Estado-Maior Interarmas em 1962), que visava convencer a comunidade internacional de que Fidel Castro era irresponsável ao ponto de representar um perigo para a paz do Ocidente. Com esse estava previsto orquestrarem-se, imputando-os depois a Cuba, graves danos nos Estados Unidos. Eis uma das provocações projectadas:

Um grupo de passageiros cúmplices, por exemplo estudantes, tomaria um voo charter de uma companhia mantida sub-repticiamente pela CIA. Ao largo da Florida, o avião cruzar-se-ia com uma réplica, na verdade um avião em tudo idêntico mas vazio e transformado em drone (avião não tripulado). Os passageiros cúmplices regressariam a uma base da CIA, ao passo que o drone prosseguiria aparentemente o seu trajecto. O aparelho emitiria mensagens de socorro indicando que estava a ser atacado por aviões de caça cubanos e explodiria em pleno voo.

27 comentários:

ociojoven disse...

Anchorman en dos ediciones

Fragil disse...

Isto significa que não ia ninguém no avião que bateu no prédio? Nem passageiros nem terroristas? Então onde é que estão os passageiros? Eram da CIA?

luikki disse...

a tecnologia permite tele-comandar qualquer veículo...
as listas de passageiros são a parte mais fácil de fabricar....
e, NÃO DUVIDEM, estes "atentados" foram obra dos próprios americanos!

Margarida disse...

Portanto os americanos já timham pensado numa coisa parecida há 40 anos contra Cuba. Bush afinal não inventou nada. Nem podia, estúpido como é.

Anónimo disse...

Noticia de ultima hora, Cadena Cope: los servicios secretos portugueses habian avisado al CNI español, con dos semanas de antelacion, de la posibilidad de un atentado terrorista el dia 11 de marzo de 2004. El sindicato Manos Limpias toma cartas en el asunto

CN disse...

a verdade acabará por vir ao de cima, tarde ou cedo, mas a tese da conspiração ganha adeptos a cada dia que passa.

Sofocleto disse...

E quantos mais adeptos ganha a «teoria» menos gente estará disposta a suportar as abomináveis políticas genocidas e fascizantes da administração americana.

Os media já começão a reflectir este estado de coisas. Aqui e acolá (CNN, Fox e outras), figuras públicas têm vindo a questionar abertamente a versão oficial. Quanto tempo durará o actual estado de coisas?

contradicoes disse...

Achei, deste conjunto de comentários
à provável veracidade dos factos,
muito interessante o de margarida quando achando o Bush um indíviduo
estúpido incapaz de magicar este pseudo atentado.

sofia disse...

Como é possível que ninguém se questione acerca disto? Porque é que os jornais não falam nisto?

Biranta disse...

Felizmente que estas pessoas já começam a poder dizer o que viram, o que sabem, o que sentem... Até agora têm sido silenciadas. Não é novidade, mas vale sempre a pena insistir. Um dia a onda cresce e há que ir nela!
Para além disso queria sugerir uma visita ao meu blog, SOCIOCRACIA, onde coligi uma série de elementos sobre "o Negócio do Medo". Há para todos os gostos, desde os factos fortemente indiciados, até "teorias da conspiração", plausíveis. Tudo para demonstrar que há muita gente cuja consciência está a ser "agredida" pela campanha de medo da comunicação social e pela censura cerrada e cretina a este tipo de notícias... Peço a todos que divulguem, de modo a criar uma corrente que não possa mais ser ignorada...

BrainstormZ disse...

Caro Sofocleto,

Trata-se da perspectiva de um repórter que, em directo, tentou descrever uma colisão a alta velocidade.

Julgo que já viu suficientes jogos de futebol na televisão para saber que, em camara lenta, é possível verificar pormenores que contrariam a interpretação do árbitro...

Sofocleto disse...

Caro Brainstormz,

Tem alguma razão no que diz - o avião ia com alguma velocidade. Contudo o repórter ao mesmo tempo que afirma que o avião não tinha janelas, atesta que o avião tinha um logótipo circular azul na parte da frente.

Ou seja, se ele teve oportunidade para reparar num logótipo circular azul porque é que não poderia reparar na não existência das janelas? E porque é que o pormenor da inexistência de janelas lhe chamou a atenção?

BrainstormZ disse...

Sofocleto,

Foi um claro erro do repórter. Ambos os impactos foram filmados e é possível, a posteriori, verificar que se tratavam de aviões de passageiros.

Errar é humano. Principalmente em directos onde os jornalistas são "pressionados" para fornecer o maior número de detalhes havendo, por vezes, lugar a especulações!

Sofocleto disse...

Brainstormz,

Afirmas que «é possível, a posteriori, verificar que se tratavam de aviões de passageiros».

Onde é que te baseias para dizer isso? Consegues prová-lo?

BrainstormZ disse...

Sofocleto,

Usas um video com comentários em directo de um repórter para afirmar o que, mais tarde, ninguém confirma. E ainda queres te dê provas?

Este foi o mais mediático acto de terrorismo da história. Julgo, por isso, que a necessidade de prova está do teu lado, não do meu!

PS: desculpa se dou mais importância à lógica dos factos do que a qualquer teoria de conspiração pouco fundamentada; ao que parece as nossas diferenças não são apenas ideológicas.

Sofocleto disse...

Brainstormz,

Quanto à «teoria da conspiração» estar pouco fundamentada é o que vamos ver. Tens razão, sou eu que devo apresentar as provas. Mas se achares que não são válidas, cabe-te a ti prová-lo!

Remeto-te para o meu post seguinte. Se quiseres, continuamos a conversa lá.

http://citadino.blogspot.com/2006/04/aquilo-no-era-um-avio-de-passageiros.html

luikki disse...

para o brainstorm:não há sequer a certeza de que foi um avião que entrou por cada uma das torres....
de mesma forma que há a certeza de que NENHUM avião aterrou no pentágono e de que NENHUM avião caiu na pensilvânia!
portanto, face a várias evidências é possível supôr que as torres foram atingidas por objectos parecidos com aviões...
se sabe alguma coisa sobre aviação conheceria a impossibilidade de quatro aviões terem sido "pirateados" e estarem fora de rota entre 40 a 90 minutos, sem que os procedimentos de segurança tivessem sido activados.....
se conhecesse um controle de tráfego aéreo, saberia do que estou a falar...

luikki disse...

para o brainstorm:não há sequer a certeza de que foi um avião que entrou por cada uma das torres....
de mesma forma que há a certeza de que NENHUM avião aterrou no pentágono e de que NENHUM avião caiu na pensilvânia!
portanto, face a várias evidências é possível supôr que as torres foram atingidas por objectos parecidos com aviões...
se sabe alguma coisa sobre aviação conheceria a impossibilidade de quatro aviões terem sido "pirateados" e estarem fora de rota entre 40 a 90 minutos, sem que os procedimentos de segurança tivessem sido activados.....
se conhecesse um controle de tráfego aéreo, saberia do que estou a falar...

Sofocleto disse...

luikki:

Efectivamente os aviões pirateados não podiam andar «à solta» durante tanto tempo sem serem interceptados pela força aérea.

Biranta disse...

Caro Brainstormz
As capacidades e aptidões das pessoas não são todas iguais. Essa sua teoria serve para a generalidade das pessoas, mas não para todas... lembre-se sempre disso. Porém, a tese aqui defendida não assenta SÓ neste testemunho. Ele é mais uma achega, uma pequena achega!

AA disse...

Claro que em décadas a planear este embuste, os americanos não se lembraram de usar aviões parecidos aos que iam ser desviados >)

a.castro disse...

Tenho em meu poder um DVD realizado pela BBC e exibido na Inglaterra.(claro que a exibição foi recusada nos EUA). É o "PON" (Power of Nightmares). Dividido em quatro partes de uma hora cada, é "aparentemente surpreendente" o que o vídeo desmascara!... A quarte parte, "Loose Change 911", dedicada ao dia 11 de Setembro, é por demais elucidativa para não ser tida como credível. Para além disso, tenho "montes" de links que nos dão a certeza praticamente absoluta de que o 11 de Setembro foi planeado e executado pelos próprios EUA!!!...

Anónimo disse...

desculpem mas nao acredito porque havria de a cia fbi cia fazer uma coisa dessas sim porque so essas empresas e que seiram capazes e teriam poderiu po fazer.sei que nenhuma das instituicoes acima menciunadas foram relatadas pelo comentador.Entam porque hove um comuniocado,dos terroristas rendivicar os atentados.

Anónimo disse...

Pronto!!! O Bush é tão incompetente que esqueceu do pormenor "janelas" no avião não-tripulado. Hahaha, que estória...
Tá bom.
Há vídeo no youtube que retrata o cruzamento em pleno vôo de dois boeings da Tam (nada de anormal)... em céu de brigadeiro, e também não dá pra identificar as janelas. Vejam o vídeo.

Anónimo disse...

Very nice site! » » »

Anónimo disse...

Looking for information and found it at this great site... » » »

sunnylima disse...

é dificil questionar esse fato ,oq acontece e que vi varias imagens e ainda as vejo e cda dia que passa fico mais impressionado ,acbo não acreditando ainda que isso aconteceu mas, acho que a coisa foi meio manipulada mesmo e acredito muito na possibilidade disso ter sido "armado"mesmo pois foram uma sucessão de erros infantis no que diz segurança americana já que els gatam milhoes nisso todos anos