quarta-feira, novembro 02, 2005

7 mil milhões de dólares para a gripe dos cegos

Associated Press – 1 de Novembro de 2005

Bush disponibilizou na Terça-Feira mais de 7 mil milhões de dólares na sua estratégia de prevenção contra um surto da pandemia da gripe, afirmando querer ter stocks suficientes de vacina para proteger 20 milhões de americanos contra a gripe das aves.

O presidente disse também que os Estados Unidos deviam aprovar uma responsabilidade financeira para com os fabricantes das vacinas salvadoras. Afirmou ainda que o número de fabricantes americanos de vacinas decaiu porque a indústria tem sido atingida por um dilúvio de processos legais.

Bush disse que ninguém sabe quando ou onde uma vaga de gripe mortal atacará mas “de alguma forma nós estamos provavelmente em face de outra pandemia.”

Bush explicou que uma pandemia de gripe seria muito mais grave do que a gripe sazonal que deixa doentes todos os anos centenas de milhares de pessoas. “Eu já apanhei gripe. Ao contrário da gripe sazonal, a gripe pandémica pode matar quem é jovem e saudável bem como os fracos e os doentes” disse Bush.

Ao pedir dinheiro ao Congresso para comprar vacinas, Bush afirmou que as vacinas “não seriam as ideais para a pandemia porque a vaga pandémica será, de alguma forma, diferente do vírus da gripe das aves a partir do qual se desenvolverá. Mas uma vacina contra a actual gripe das aves irá oferecer alguma protecção contra a vaga pandémica e possivelmente salvar muitas vidas nos primeiros meses críticos de um surto.”

Afirmou ainda que “os Estados Unidos estão a aumentar os seus stocks de drogas antivirais, como o Tamiflu e o Relenza. Estas drogas não evitam que as pessoas apanhem a gripe mas podem reduzir a gravidade da doença quando tomada dentro de 48 horas depois de adoecer.”

Neste momento não existe uma pandemia de gripe nos Estados Unidos ou no mundo, mas história ensina-nos que devemos estar preocupados. No último século, o nosso país e o mundo foram atingidos por três pandemias de gripe, e os vírus das aves contribuíram para todos eles.”

Salientou que “a pandemia de 1918 matou mais de meio milhão de americanos e mais de 20 milhões através do globo. Um terço da população americana estava infectada, e a esperança de vida foi encurtada em treze anos. Esta pandemia foi seguida pela de 1957 e a de 1968, que matou dezenas de milhares de americanos e milhões em todo o mundo.”

O Presidente disse ainda que “a gripe das aves já teve casos na Ásia e espalhou-se à Europa mas ainda não chegou aos Estados Unidos. Foi dado ao nosso país um aviso justo deste perigo para a nossa segurança e tempo para nos prepararmos.”

Bush afirmou que a pedra angular da sua estratégia era desenvolver novas tecnologias para produzir vacinas rapidamente. “Se acontecer uma pandemia, o nosso país deve ter a capacidade de produzir rapidamente uma vacina e em quantidade suficiente para imunizar todos os americanos.”



Comentário:

Quem não se rala mesmo nada com a gripe é o ministro da defesa norte-americano, Donald Rumsfeld, antigo presidente da Gilead, o fabricante do Tamiflu, que vai ter grandes lucros, já que continua a ser um dos grandes accionistas da companhia.




E já que falamos em gripe das aves, quem vai pagar a factura desta pandemia, ou melhor, pantomina, somos todos nós, os patos-bravos. Porque a pandemia não é de gripe. É de cegueira.

8 comentários:

Anónimo disse...

Bush é uma pessoa séria. Se ele diz que o Tamiflu faz bem é porque faz. Agora a quê ou a quem isso já é outra história.

rajodoas disse...

O Bush está a cair em desgraça
por culpa da sua ambição
sempre a recorrer à trapaça
pela sua conhecida intuição

Com um abraço do Raul

Fragil disse...

Aos fabricantes do Tamiflu
Devíamos mandá-los levar no ...

A.Mello-Alter disse...

A vacina devia ser contra ele. Um pavão tonto.

Sofocleto disse...

Não devemos, contudo, esquecer as palavras avisadas de Pacheco Pereira:

Talvez começando por dizer que há muitas probabilidades de termos uma pandemia de gripe com uma variante viral muito agressiva. Embora o cálculo dessas probabilidades seja muito difícil de fazer, pode-se considerar que, tudo ponderado, é mais provável que haja do que não haja. Claro que também pode não acontecer nada, como quando do susto americano com a "gripe dos porcos" no tempo do Presidente Ford, que acabou por não se verificar. Mas agora tudo indica que se verificará, não sabemos é daqui a quanto tempo, um ano, dez anos? Parece uma questão de tempo. Depois, tudo o resto são incógnitas e patamares que se podem subir ou descer.

marujo disse...

osgajos estão à pressa a encher o cú de dinheiro porque já perceberam que cada vez mais enganam menos pessoas... vejam o Washington Post de hoje: 60% dos yankess já dizem NÂO.

Anónimo disse...

Very nice site! tennis centers in lithia florida http://www.makedonian-impotence.info/Car-sheepskin-seat-cover.html http://www.clarks-twinblock-appliance.info/brita_water_filters_for_braun_coffee_makers.html bill pay Spam domain lists germs spread by hot air hand dryer Affects of xanax Fluoxetine and weight gain adipex phendimetrazine didrex tenuate Long term use of adipex whats the risk motor home with wheel chair lift Payday loan preferredpaydayloan new jersey cash advance Buy phendimetrazine using money orde twin size extra long mattress Your complete vacuum cleaner guide add Buffie the body builder

Anónimo disse...

Very cool design! Useful information. Go on! Nicholls state football lettermen Laser tattoo removal gladstone Disney in promotion share time world sony vaio pcg c1mhp hard drive nursing degrees online Home decor plants Cialis online cialis discountcilias-online com Time management of cross training play keno horse race betting types liposuction http://www.pamela-anderson-picture-5.info