segunda-feira, novembro 07, 2005

Displicência e virulência

Coloquei este post a 14 de Abril de 2005. Hoje, quase sete meses depois, considero-o quase profético. Nunca imaginei ter uma tal presciência. Amanhã corro a inscrever-me num curso de quiromancia. Tenho de tirar o máximo partido financeiro deste meu insuspeitado talento:


No jornal Globo de 13/04/2005 por Demétrio Weber:

Por uma decisão errada, quase 4 mil laboratórios de 18 países receberam, de uma instituição de pesquisa americana, amostras de um vírus especial letal da gripe. A Organização Mundial de Saúde pediu nesta quarta-feira a destruição de todas as amostras, temendo o risco de uma pandemia - que é considerado pequeno, mas não desprezível. O vírus enviado é do subtipo H2N2, causador da pandemia da gripe asiática de 1957-58, que matou de um a quatro milhões de pessoas.

- O vírus poderia causar uma epidemia global de gripe. Foi uma decisão pouco acertada enviá-lo - disse o coordenador do programa de gripe da OMS, Klaus Stohr.

O cientista explicou que amostras de vírus foram enviadas a 3.747 laboratórios de 18 países como parte de testes rotineiros que se fazem todos os anos. Mas a Agência Canadiana de Saúde Pública comunicou, no dia 26 de Março, que um laboratório do país identificou numa amostra o vírus A/H2N2 similar ao que circulou em 1957 e 1958, causando a chamada pandemia de gripe asiática, e que ressurgiu em 1968.

A OMS alertou que "as pessoas nascidas depois de 1968 podem ter imunidade limitada a esse vírus, que não se incluiu em nenhuma das vacinas trivalentes contra a gripe".

Segundo a OMS, o laboratório canadiano que identificou o vírus letal tomou medidas de protecção e vigilância. Uma investigação levou até a origem da amostra, o laboratório americano do College of American Pathologist. A organização distribuiu amostras do H2N2 pela primeira vez em 2004 e depois em Fevereiro deste ano, como parte dos testes científicos rotineiros de vírus da gripe.



Por seu lado em Washington, o Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA ainda tenta descobrir como amostras de um vírus de gripe perigoso foi enviado por engano para milhares de laboratórios em 18 países.

- É uma alta prioridade, que o Centro de Controle e Prevenção de Doenças e o Departamento de Saúde e Serviços Humanos estão trabalhando para resolver - disse o porta-voz da Casa Branca, Scott McClellan. - Eles avaliaram que o risco dessas amostras para a população é baixo. Apesar disso, não queremos arriscar.

A empresa Meridian Bioscience, de Cincinnati, que enviou as amostras, negou que tenha violado regras e disse que trabalhava sob contrato para o Colégio Americano de Patologistas.

O Colégio Americano de Patologistas emitiu instruções para que todas as amostras sejam destruídas relataram a OMS e as autoridades sanitárias dos EUA na sexta-feira.



Comentário:

Este erro afigura-se demasiado grosseiro para se tratar de mera negligência burocrática. Parece mais um convite claro à Al-Qaeda de Bin Laden para deitar a mão ao perigosíssimo vírus H2N2. Assim, apresentam-se quatro cenários:

1 – Ou a empresa Meridian Bioscience, de Cincinnati, que enviou as amostras, tem algum mujahedin infiltrado nas suas fileiras;

2 – Ou o Colégio Americano de Patologistas para quem trabalha a Meridian Bioscience tem algum terrorista disfarçado nas suas hostes;

3 – Ou o Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA tem algum radical islâmico encoberto no seu grupo;

4 – Ou o porta-voz da Casa Branca, Scott McClellan, é um talibã travestido.

Em qualquer caso, algures no Ocidente, os anti-gripais, os lenços de assoar e os chás de tília podem vir a andar muito ocupados numa data futura.


Hoje, 7 de Novembro 2005, sinto-me mais descansado. Felizmente, com o número astronómico de doses de Tamiflu que vão ser fabricadas pela Gilead, empresa onde Rumsfeld, o actual ministro da defesa americano, foi presidente e continua a ser um dos principais accionistas, as vacinas não vão seguramente faltar. Porque nem a Gilead nem Rumsfeld brincam com coisas destas.

9 comentários:

Margarida disse...

Sou caranguejo com ascendência de capricórnio. Que devo fazer Sofocleto? Compro Tamiflu os Cêgripe? Que dizem os astros?

rajodoas disse...

Caro amigo pelos vistos vamos ser dois candidatos à formação em cartomancia porquanto embora na altura em que coloquei essa possibilidade num post que publiquei já não sei propriamente em que altura embora se fizesse uma pesquisa talvez conseguisse precisar
a data. Mas dizia, onde chegava exactamente a essa conclusão. Isto pelo facto de me ter parecido que normalmente as investigaçôes para os laboratorios conseguirem descobrir uma vacina demora vários anos e no caso desta em tão pouco tempo ter sido a mesma decoberta. Foi exactamente isso que me fez desconfiar de que a gripe das aves
teria sido em conseguia dum virus criados em laboratório para enriquecimento das respectivas industrias. E depois admiram-se que haja terrorismo e manifestações de violência. Com um abraço do Raul

Br disse...

Tudo se explica. A vaga de violências etnico-anti-modelo social francês que se abateu sobre os suburbios das cidades de França é na realidade uma epidemia de gripe asiatica actualizada por um laboratorio estado unidense com virus de origem norte-africana.

Trata-se de punir assim este país pelo papel que tem vindo a desempenhar na luta contra os esforços da administraçao Bush para nos oferecer a todos um mundo melhor. No entanto, a vacina já está no mercado e chama-se Sarkozy.

Fragil disse...

O porta-voz da Casa Branca, Scott McClellan, o talibã travestido, não gosta de arriscar nisto dos vírus. O mesmo não se pode dizer na delação de uma agente da CIA, para se vingar do marido que afirmou que Saddam não tinha comprado urânio. Um bom vígaro este McClellan.

Biranta disse...

Envio de virus letal, por engano?
Como é que se chama a "enganos" repetidos?

Sofocleto disse...

Que nome se dão a enganos sucessivos? Não sei. Talvez intrujices, burlas, logros, embustes, fraudes, mentiras, falsidades, aldrabices, imposturas, patranhas, trapaças, etc. Como se vê designações não faltam. Estes enganos não seriam problemáticos se os autores fossem simples vigaristas de bairro. Contudo, estamos a falar de alguns dos mais brutais assassinos da história.

Biranta disse...

Então falta a designação mais adequada: crime, terrorismo, nazismo puro, conspiração...
Sim porque, por mais que uns ecléticos que por aí há tentem achincalhar com a invocação de "teoria da conspiração para aqui a para acolá", eu não sei se a teoria existe, agora a conspiração... que a há, há! Detecta-se em todo o lado. Isto para quem não acredite em "fantasmas" ou fábulas.

Anónimo disse...

Keep up the good work » »

Anónimo disse...

Very nice site! business schools fat fat woman Philippines casinos Taking wellbutrin and lexapro voip natural breast enhancement fog humidifier salsa dresses Wheel chair manufacturer debt help national lottery payday advance