quarta-feira, fevereiro 14, 2007

O Eixo do Mal (hidrocarbonatado) reduzido a duas unidades

Nos mapas seguintes é bem perceptível (ou nem por isso) a existência das armas de destruição maciça e as prioridades de Bush no seu combate pelo Bem.

Iraque
Jornal Público - 14 de Fevereiro de 2007

Bush assume que a pacificação de Bagdad vai levar tempo

O Presidente americano, George W. Bush, disse hoje que a pacificação de Bagdade levará tempo e que ainda haverá mais violência.

Irão
Jornal Público - 11 de Fevereiro de 2007

Pentágono terá planos para atacar o Irão na Primavera

Os Estados Unidos têm "em estado avançado" planos para um ataque aéreo contra instalações nucleares no Irão na Primavera, embora o mais provável seja no próximo ano, pouco antes de George W. Bush deixar a presidência, noticiou ontem o diário britânico “The Guardian”.

Coreia do Norte

Correio da Manhã - 14 de Fevereiro de 2007

EUA vão tirar Pyongyang da lista de terroristas

Num acordo histórico assinado em Pequim e conseguido após anos de um tortuoso diálogo a seis, a Coreia do Norte aceitou pôr fim ao seu programa nuclear em troca de ajuda energética ou económica. Os EUA, por sua vez, concordaram em iniciar o processo para retirar Pyongyang da lista dos países terroristas e prometeram resolver a questão das contas norte-coreanas congeladas no Banco Delta Asia de Macau.


Comentário:

Donde se prova que os nossos opinion makers nunca perceberam a verdadeira natureza do mal. Para aqueles que acreditam nas doutrinas que falam das boas intenções, na caridade, na justiça e no absoluto de Deus, a questão do mal é perturbadora. Para outros é apenas o suave ronronar de um motor de combustão interna.

15 comentários:

a.castro disse...

Prioridades de Bush no seu combate pelo Mal. Não estaria melhor assim, caro Diogo?...
E o negócio entre os EUA e a Coreia do Norte? Espantoso, não é?...

luikki disse...

por isso não convém que os motores sejam movidos a hidrogénio....

O-Lidador disse...

" I believe there's an appetite in the halls of Congress to become less dependent on oil. I believe there's a knowledge in Congress that when we spend money on cellulosic ethanol that will make us less dependent on oil."

-- President George W. Bush
January 29, 2007


It's in our vital interest to diversify America's energy supply -- the way forward is through technology. We must continue changing the way America generates electric power, by even greater use of clean coal technology, solar and wind energy, and clean, safe nuclear power.

We need to press on with battery research for plug-in and hybrid vehicles, and expand the use of clean diesel vehicles and biodiesel fuel.

We must continue investing in new methods of producing ethanol using everything from wood chips to grasses, to agricultural wastes.

Let us build on the work we've done and reduce gasoline usage in the United States by 20 percent in the next 10 years.
When we do that we will have cut our total imports by the equivalent of three-quarters of all the oil we now import from the Middle East.

To reach this goal, we must increase the supply of alternative fuels, by setting a mandatory fuels standard to require 35 billion gallons of renewable and alternative fuels in 2017 -- and that is nearly five times the current target.
At the same time, we need to reform and modernize fuel economy standards for cars the way we did for light trucks -- and conserve up to 8.5 billion more gallons of gasoline by 2017.

(Discurso do Estado da União, Jan 2007)



Sacana do Bush...afinal quer pôr os motores a ronronar de outras maneiras.
Por mal...apenas para condenar à miséria os países pobres que dependem das exportações de petróleo.


Inadmissível!

Diogo disse...

Lidador,

E se o Bush o diz é porque é verdade. Ainda estamos todos lembrados das “weapons of mass destruction” e das ligações à Al-Qaeda de Saddam. In Oilium Veritas.

Tenrinho!

Anónimo disse...

Raising the oil tower flag on Iwo Jima, perdão, em Bagdade. Ou será em Falluja? Ou Samarra? Ou Karbala?

Lidador disse...

Claro que o Diogo, detentor de elevados poderes mediúnicos, é uma das poucas pessoas do mundo que sabe que o Bush está a pensar em "batatas" quando diz "carrinhos de linhas".

E, pelo poder de Grayskull, sabe também que se o Bush diz "batatas" não está de facto a pensar em batatas, mas sim em peixe grelhado.

O Diogo tem portanto uma vantagem injusta sobre nós;
É telepata!

Infelizmente eu sou um céptico do caraças, e nunca consegui acreditar nem no menino Jesus, nem nas colheres do Uri Geller.
Peço pois ao Diogo que faça aqui em directo uma demonstração dos seus imensos poderes, dizendo o que é que eu estou a pensar quando escrevo a palavra " estultícia".

Se acertar, garanto que passo a acreditar piamente em si.
Se não acertar, manterei a minha opinião geral de que não se pode acreditar em vendedores de banha da cobra.

JMS disse...

Eu posso responder pelo sofocleto, pois também sou mediunicamente dotado: quando Lidador, o Homem-Que-Não-Acredita-Nessa-Treta-Das-Classes-Sociais-E-Muito-Menos-Na-Sua-Conflitualidade-Homessa diz a palavra "estultícia" está a pensar ... ora deixa-me cá ver ... está a pensar em ... nada! Surpreendente, sem dúvida, a resposta: Lidador não está a pensar em nada, está apenas a emitir um "flatus vocis" gratuito e polissilábico.

O-Lidador disse...

Relativamente ao Diogo, reservo a minha opinião.

Relativamente ao jms, embora estranhe ver um cadáver ideológico que ainda pensa estar vivo, sou obrigado a reafirmar a ideia de que não se pode acreditar em vendedores de banha da cobra, mesmo que se apresentem como versões humanóides do celacanto.

JMS disse...

Um homem tão empenhado em negar a realidade e a história, um wishful-thinker tão genuíno como tu, Lidador, devia pensar seriamente em fundar um Partido Real Negacionista, onde melhor se pudessem aconchegar todos os fiéis do pensamento único em voga.

Ou então dedicar algum tempo à leitura de uma disciplina que, visivelmente, nunca o interessou - a História. Em vez de se limitar à apreciação dos comunicados de imprensa difundidos por Bush et alia. É que o mundo não começou (nem acabou) na década de 80 de Reagan/Thatcher; e Milton Friedman não é o último filósofo (e muito menos o primeiro). Estou certo de que estas bombásticas novas te hão-de estimular a curiosidade, e que daqui a uma semana já serás um homem mais sábio. Não, não me agradeças. Eu sou assim, gosto de fazer o bem sem olhar a quem.

Basílio disse...

Para compreender a verdadeira natureza do Eixo do Mal é necessário ver a forma como eles fizeram a eleição do Pior Português de Sempre:

A pior marosca de sempre

O-Lidador disse...

Caro jms, tem de resolver essa sua atitude meia esquizofrénica que se revela na perturbação com que me interpela.

Repare que no mesmo texto tanto lhe foge o pé para o chinelo e desata a tratar-me por tu, como se eu o conhecesse de algum lado, como descobre o complexo de inferioridade ( ou a mais elementar boa educação) e me tratar na terceira pessoa.

Resolva lá isso, meu caro, não tanto por si, mas porque é algo penoso dar de caras com a miséria humana dos traumas psicológicos mal resolvidos.
Além de que as suas escrevinhadelas perdem alguma coerência(formal, porque a substancial já se tinha feito ausente há muito).

[Eu sou assim, gosto de fazer o bem]

Não se sinta obrigado a dar-me conta das suas características pessoais. Elas não interessam nem ao menino Jesus e as suas confidências são algo embaraçosas.
Mantenha uma distância socialmente aceitável, por favor.
Os seus achaques são irrelevantes..

Macillum disse...

Quando, desde ha dois anos, eu digo que os E.U.A. se estao a preparar para atacar o Irao, erguendo um dos maiores confrontos no Medio Oriente e no mundo, e que envolvera a Siria e o Libano, muitos disseram que eu andava a ver filmes demais.
Os tais que me disseram isso sao os mesmos que continuam a dizer que eu ando a ver filmes demais quando afirmo que as incompreensiveis e absurdas medidas politicas, sociais, economicas, etc., que tem vindo a ser aplicadas em Portugal, nao se jusificam pela incapacidade da classe politica em gerir o pais, mas tem, isso sim, como fim, a diminuicao intencional da populacao portuguesa para que os E.U.A. possam ocupar - com o aval de muitas figuras dentro e fora do Estado portugues - varios pontos estrategicos no territorio nacional, dado que a Base das Lajes vai ser insuficiente para o movimento belico que esta proxima Grande Guerra vai exigir... diminuindo a populacao portuguesa, nao haverao grandes frentes de resistencia nacionais em relacao a este ocupar do territorio portugues por parte das forcas da NATO... e as resistencias que acontecerem vao ser facilmente controlaveis!

Se procurarem no youtube.com o documentario "Disclosure Project", assim como os videos afins que tratam, seriamente, do mesmo assunto, constatarao que a coisa vai para alem da mudanca do petroleo para fontes energeticas menos poluentes... trata-se, isso sim, de esconder a populacao mundial que o governo dos EUA tem na mao fontes de energia COMPLETAMENTE NAO POLUENTES, como a gravidade zero, ou a agua como combustivel!

Em relacao ao Lidador, esse cavalheiro tem todas as caracteristicas dos gajos pagos pelas instuticoes para desacreditar aqueles que procuram revelar a verdade a todos os outros... a preocupacao para com a "falsificacao historica" que voa livre no mundo blogueiro ja foi transmitida pelo director do jornal Expresso, o qual, tem como boss o Pinto Balsemao, membro permanente no para-politico e semi-secreto grupo de Bilderberg!

Como eu ja afirmei, "o termo TEORIA DA CONSPIRACAO 'e utilizado pelos proprios conspiradores para fazer desacreditar aqueles que sabem da verdade e a procuram revelar a todos os outros"... 'e uma questao de pensar assim... como 'e que gajos tao inteligentes como este Lidador (porque temos de admitir que 'e uma pessoa muito inteligente) nao consegue fazer com que a sua inteligencia lhe mostre o que 'e evidente?
Simples.
O gajo esta a ser pago para desacreditar no mundo blogue aqueles que sabem a verdade, a investigam e a procuram revelar a todos os outros.

O resto que por ai vira da parte desses cavalheiros sao argumentacoes intelectuais de desmoralizacao, desacreditar, desincentivo e cultivo do caos informativo.

Anónimo disse...

As bombas de voçe.....¿Os nosos mortos?

doomer disse...

Não há nada que se compare ao petroleo em densidade energética, versatilidade e EROEI(energy return on energy investement).
Quando se fala em hidrogenio omite-se a energia necessária para o produzir e a dificuldade de transporte e armazenamento, entre outros constrangimentos.
Infelizmente para fabricar paineis solares é preciso energia e recursos(muitos).
Os biocombustiveis competem com a produção alimentar e aumentam os riscos de degradação dos solos.

Sonhos de motores de movimento perpetuo...

Quimeras da Era da energia fácil...

Não há almoços grátis, embora ás vezes saia a sorte grande como na lotaria geológica do petroleo e gas natural.

Não é Bush que vai decidir as reduções no consumo de petroleo, isso é apenas a constatação de um facto, a produção petrolifera está no seu máximo e no futuro o declinio é inevitável. Só por curiosidade, as descobertas de novas reservas atingiu o pico nos anos 60 tendo vindo a diminuir até hoje, actualmente gastamos 4 barris por cada 1 que encontramos, não esqueçer os milhões de chineses e indianos que sonham ter um carro...

Vivemos tempos interessantes.

Anónimo disse...

Será que ainda ninguem reparou que nao tem nada a ver com petroleo? Até em portugal ha petroleo bolas! Tem a ver com a formação do Mega-estado de Israel. Ponto final.