sexta-feira, outubro 27, 2006

Bush – a parada está elevada (the stakes are high)

Mais um vídeo pleno de humor de Jon Stewart do Daily Show, onde se vê Bush abordar o problema iraquiano, o problema norte-coreano, o problema iraniano e a forma como dá ou não ouvidos aos seus generais.

Num rasgo de génio, Bush chega mesmo a afirmar que "Temos um jogo mais forte quando há mais pessoas a jogar as mesmas cartas..."


Vídeo - 8:55m

15 comentários:

a.castro disse...

Pois, o Bush até deve ter razão. Há de facto mais pessoas a jogar as mesmas cartas. Não deve ser ele a saber disso, deve ser o pai que o informa...
Mas Bush até tem andado a jogar "à defesa". Vêm aí as eleições para o Congresso e ele percebe que as pode perder. Está pois a jogar as últimas cartas, sem trunfos. E então faz batota. Mas o mundo não é parvo e sabe que a "democracia" prometida para o Iraque está a tornar-se numa situação grave à lá Vietname, por muito que a Cunduleça Arroz se esforce...
A verdade vai-se sabendo e espalhando, e esta é
uma pequena contribuição.
Abraço.

ReiArtur disse...

The stakes are high and the States are low.

Um grande humorista a gozar com um palhaço sem piada nenhuma.

Bom fim de semana!

Anónimo disse...

O Bush é uma cabeça de vento repelente, um invejoso, um tipo que se pirou à tropa, nascido em berço de ouro e um ladrão, e é por isso que está constantemente a falar em petróleo porque o quer roubar e chupá-lo todo.

Pedro Soares disse...

O Presidente Bush pode ter algumas dificuldades oratórias mas é repugnante a forma como o Presidente da maior democracia do mundo é tratado por certa comunicação social. Se preferem os aiatolás e as leis corânicas porque não se mudam para países muçulmanos e dizem lá as vossa graçolas?

Fragil disse...

Se o Congresso Americano fizesse o seu trabalho e representasse os verdadeiros interesse do povo americano e a democracia, prendiam Bush, Cheney e Co.

robot bomba disse...

Uma delícia, este Daily Show. Magnífico, este Jon Stewart. Impagável, este Bush. Já pedi este vídeo de empréstimo para o meu blogue.

JMS disse...

Ó Pedro Soares, é para isso que servem as democracias (mesmo as de partido único, como a americana), para a gente se poder rir dos políticos. Tu deves ser o inventor do adágio que diz: "Mau, mau! O respeitinho é muito lindo!"

Sofocleto, parabéns pelo grande trabalho.

a.castro disse...

Obrigado por me ter cedido uma cópia legal deste vídeo... Excelente!
Abraço.

mário disse...

When Making Fun of Bush Stops Being Funny?

Never!

http://www.youtube.com/watch?v=PzBLqPu05zk

Júlio Reis disse...

Não sou um fã de Bush mas se ele não fosse presidente quando aconteceu o 11 de Setembro, a América estaria muito pior. A mesma coisa aconteceu em 1998 quando colocaram uma bomba no World Trade Center. O que é que Clinton fez? Mandou meia dúzia de mísseis contra uma fábrica de aspirinas no Afeganistão. E depois mais nada. Tal como os espanhóis que meteram o rabinho entre as pernas depois do 11 de Março.

inominável disse...

Pedro e Júlio, acreditam mesmo nas palavras que aqui escreveram? Têm a certeza? Estão a jogar com as mesmas cartas ou não se querem implicar no toca-e-foge?

inominável disse...

Esqueci-me de dizer que tb sou fã do Bush: deve ser a pessoa que melhor stan-up comedy faz! Contradiz-se, introduz contra-argumentos mortais e auto-mutilantes, conta histórias da carochinha e ainda há quem o leve a sério... Não sei como ainda não o nomearam para um Grammyzito...

Barão da Tróia II disse...

Pá isto é de morrer a rir, obrigado e boa semana.

piscoiso disse...

A Sic-Radical faz uma excelente tradução na legendagem.
Bush deve ter pesadelos com o Daily Show
.

O Terrorista disse...

Entretanto, o vídeo foi muito «convenientemente» retirado do You Tube. Coincidência, tá-se mesmo a ver...