sexta-feira, dezembro 07, 2007

O ex-Presidente Italiano, Francesco Cossiga, confirma que foram a CIA e a Mossad que executaram os atentados do 11 de Setembro de 2001

Via Revisionismo em Linha by Paul Joseph Watson:

O ex-Presidente Italiano, o homem que revelou a existência da Operação Gládio, Francesco Cossiga, veio a público falar sobre os atentados do 11 de Setembro, afirmando, num dos mais respeitados jornais italianos, que os ataques foram executados pela CIA e pela Mossad e que esse facto era do conhecimento geral entre os serviços de informações a nível global.

Cossiga foi eleito Presidente do Senado Italiano em Julho de 1983 antes de obter uma maioria decisiva nas eleições de 1985 tornando-se Presidente de Itália nesse ano. Francesco Cossiga ganhou o respeito dos partidos da oposição com a reputação de um político honesto e conduziu o país durante sete anos até Abril de 1992.

A tendência de Cossiga para ser honesto preocupou a elite governante italiana e foi forçado a demitir-se após ter revelado a existência, e a sua participação na criação, da Operação Gládiouma rede de operações secretas sob os auspícios da NATO que executou atentados bombistas por toda a Europa nos anos 60, 70 e 80. A especialidade da Gládio era executar o que se chama "false flag operations," ataques terroristas que eram imputados à oposição doméstica e geopolítica.

As revelações de Cossiga contribuíram para uma investigação do parlamento italiano em 2000 sobre a Gládio, durante a qual foram reveladas provas de que os ataques foram administrados pelo aparelho de inteligência americano.

Em Março de 2001, o agente da Gládio Vincenzo Vinciguerra afirmou, em testemunho sob juramento, "Vocês têm de atacar civis, pessoas, mulheres, crianças, pessoas inocentes, gente anónima arredada da política. A razão é muito simples: forçar... o povo a virar-se para o estado a pedir mais segurança."

As recentes revelações de Francesco Cossiga apareceram a semana passada no mais antigo e mais lido jornal de Itália, o Corriere della Sera. Abaixo a tradução:

Osama bin Laden ter [no vídeo] 'confessado' que a Al-Qaeda teria sido a autora dos atentados do 11 de Setembro às duas torres em Nova Iorque, enquanto todos os círculos democráticos da América e da Europa, com destaque para o centro-esquerda italiano, sabem bem agora que o desastroso atentado foi planeado e realizado pela CIA americana e pela Mossad com a ajuda do mundo sionista para acusarem os países árabes e para induzir as potências ocidentais a intervir quer no Iraque quer no Afeganistão.

«Osama Bin Laden in esso 'confessa' che Al Qaeda sarebbe stato l'autore dell'attentato dell'11 settembre alle due torri in New York, mentre tutti gli ambienti democratici d'America e d'Europa, con in prima linea quelli del centrosinistra italiano, sanno ormai bene che il disastroso attentato è stato pianificato e realizzato dalla Cia americana e dal Mossad con l'aiuto del mondo sionista per mettere sotto accusa i Paesi arabi e per indurre le potenze occidentali ad intervenire sia in Iraq sia in Afghanistan»


10 comentários:

J. Lopes disse...

Não me custa admitir que a CIA e a Mossad tivessem conhecimento prévio e sejam de certa forma culpados pelo 11 de Setembro, mas palavras não chegam, o presidente italiano tem de mostrar provas.

flowerpower disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
flowerpower disse...

Escusar no habla Portogues

Thank you ex-President Cossiga! The truth is breaking out because the evidence is overwhelming that 9/11 WAS AN INSIDE JOB:

BBC Videos reporting collapse of WTC-7 24 minutes before it actually happened!

WTC 7 Collapse: Controlled Demolition?

President Bush at Booker Elementary - How did the Secret Service know he was not a target?

WTC Collapse: Indications of Thermite

WTC Collapse: Photographic evidence of cutter charges.

9/11 and Anthrax: There is a real suspect, but the FBI won't go near him.

The Five Dancing Israelis Arrested On 9-11

Odigo Workers Received Warning of 9/11 Attacks

Insider stock dealings traced to Israel

The Amazingly Lucky Larry Silverstein

xatoo disse...

olha a ODIGO CORP. a maior multinacional de Israel

bodegueiro disse...

Caro, vim correndo de avisar sobre esta "bomba", que você já tratou aqui algumas vezes, e eis que já tens postado. Recebi agora, ainda está quentinha, mas deixa eu comentar: nunca duvidei disso, principalmente depois da morte misteriosa daquele cientista americano que refutou a existência de bombas químicas no Iraque, lembra o nome dele?

abs e bom fim de semana

Anónimo disse...

http://www.voxfux.com/features/stranger_than_fiction.htm

AN INDEPENDENT INVESTIGATION OF 9-11 AND THE WAR ON TERRORISM
By: Dr. Albert D. Pastore Phd.

Author hereby grants full permission to reproduce and mass distribute this paper for non-commercial use.

Anónimo disse...

Marocas a la italiana ?

Anónimo disse...

Bochechas a la italiana?

Vítor Ramalho disse...

A verdade é como o azeite acaba sempre por vir ao cimo da água.

AeroLisboa disse...

Já vi que não sou o primeiro a lembrar-me de imediato de similaridades a nível nacional. Recordemos o maior atentado de sempre à integridade do povo e do território, recordemos a forma como as bochechas foram crescendo a par do poder político, à custa de mentiras e teorias da conspiração, recordemos ainda a liberdade e a fraternidade do poder interno da família, e só com ares, façamos implodir a maioria dos últimos trinta anos de políticas dito democráticas, em homenagem ao "marinho".
PS.(Ponham-nos num auspício Romeno da era Ceausesco)