sábado, novembro 07, 2009

Deixemos os cristãos acreditar na importância das "teorias científicas" que lhes inculcamos

Os Protocolos dos Sábios de Sião

Excerto do Protocolo II

"Os cristãos não se guiam pela prática de observações imparciais tiradas da história, mas pela rotina teórica, incapaz de atingir qualquer resultado real. Por isso, não devemos contar com eles; que se divirtam ainda durante algum tempo, vivendo de esperanças ou de novas diversões, ou ainda da saudade dos divertimentos que tiveram."

"Deixemo-los acreditar na importância das leis científicas que lhes inculcamos - meras teorias. É com esse fim que constantemente aumentamos por intermédio de nossa imprensa a sua confiança cega nessas leis. A classe intelectual dos cristãos ficará cheia de orgulho com esses conhecimentos, e sem os examinar logicamente, porá em acção todos os dados dessa ciência reunidos pelos nossos agentes para guiar o seu espírito pelo rumo que precisamos."

"Não julgueis as nossas afirmações sem base; reparai no êxito que soubemos criar para o Darwinismo, o Marxismo, o Nietzchismo. Pelo menos para nós, a influência deletéria (perniciosa) dessas tendências deve ser evidente."





28 comentários:

J. Lopes disse...

Bom, "O protocolo dos sábios de Sião" até podem ser uma enorme falsificação mas a verdade é que tudo o que está escrito se cumpriu, e tendo havido ou não um plano para os judeus dominarem o mundo, o facto é que o dominam.

Filipe disse...

Diogo: é uma provocação, uma ironia, ou está a afirmar que Darwin, Marx, Nietzsche e Einstein, estavam todos "in the joke", e a "joke is on us"?

Ou apenas que eram brilhantes nos seus campos técnicos, mas inconscientes do seu papel no plano geral?

Em alguns temas, acredito que percebo a ironia, e sinto-me "in the joke". Neste, embora tenha a minha opinião, gostaria que clarificasse a sua.

Diogo disse...

J Lopes - "O Judeu Internacional" de Henry Ford, que eu já li, reli e traduzi algumas partes, fala muito a sério nos «Protocolos». E eu não encontro incoerências no livro de Ford.


Filipe – Conheço mal Nietzsche. Mas conheço relativamente bem (sem falsas modéstias) a teoria da relatividade, a teoria da evolução de Darwin e a teoria do Big Bang, sobre as quais tenho tido alguns debates interessantes com o autor dos blogues «Outra Física» e «Outra Margem». Defendo que as três teorias estão erradas.

Sobre o «Aquecimento Global» toda a gente que é mentira.

Sobre Marx, já li em várias fontes que considero credíveis, que ele trabalhava para os Rothschild.

Abraço

alf disse...

Diogo

Estas afirmações pressupõem que alguém sabe as «teorias certas» e produz estas «teorias erradas» para fins inconfessáveis.

Ora estas teorias são as melhores que os humanos conseguiram produzir. Não existem melhores. O Big Bang está errado mas ninguém (excepto...) tem uma teoria melhor; a Relatividade não está errada, está apenas mal interpretada; o aquecimento global está errado, mas mesmo as teorias que explicam as variações térmicas a partir do Sol, que é a verdadeira causa, também são teorias erradas.

O que há por detrás de tudo isto não é uma conspiração, na minha opinião, é apenas a insuficiência das capacidades e metodologias de conhecimento.

Tal como aconteceu com o modelo de Ptolomeu; ou este também foi uma mistificação judaica?

A nossa inteligência é muito mais limitada do que presumimos. O que fazemos é identificar situações e aplicar soluções aprendidas, que temos em memória. Isso dá-nos uma ilusão de «inteligência», que é só uma ilusão. Quando se trata de resolver problemas novos, somos limitadíssimos. É por isso, e por não sabermos lidar com essa nossa limitação, que o avanço científico tropeça tanto. Porque somos Burros, não por causa dos judeus. Somos todos burros, não há ninguém mais inteligente que nós. Nem mesmo o «Jorge»...

Daniel Santos disse...

"Sobre o «Aquecimento Global» toda a gente que é mentira."

Então estou mal informado. Eu sou dos que não sabia que era mentira.

Diogo disse...

Alf, Estas afirmações não pressupõem que alguém conheça as «teorias certas». Só pressupõe que alguém produz estas «teorias erradas» para fins inconfessáveis.


Alf - «O Big Bang está errado mas ninguém tem uma teoria melhor».

Acha que não? E que tal a teoria do universo estacionário?


Alf - «a Relatividade não está errada, está apenas mal interpretada»

A Relatividade está errada. É fácil prová-lo. Pressupõe que o tempo passa mais devagar para observadores em movimento. Ora, o movimento é relativo. Mas posso dar-lhe uma explicação mais pormenorizada. Estava à espera que você abordasse o tema no seu blog.


Alf - «o aquecimento global está errado, mas mesmo as teorias que explicam as variações térmicas a partir do Sol, que é a verdadeira causa, também são teorias erradas».

Exacto Alf, o aquecimento global está errado...

Como é que você pode garantir que não há uma conspiração por detrás de tudo isto?

Diogo disse...

Daniel Santos, agora fica a saber.

Veja isto que vale a pena:

Aquecimento Global - Parte 1

Aquecimento Global - Parte 2

xatoo disse...

eheheh "conheço mal Nietzsche" disse o Diogo.
porém acho que deverias dedicar-lhe mais atenção, Nietzsche é teu primo ideológico (além de reaccionário radical e inspirador do nazismo): ele dizia que "não existem factos, apenas interpretações"
a partir daqui estás à vontade para inventares o que quiseres e insistires com os outros que é verdade. A tua verdade...
.

Johnny Drake disse...

Pois... Os Protocolos são uma grande falsificação... No entanto, a esmagadora maioria das coisas que lá vêm escritas aconteceram ou estão a acontecer. Coincidência? Não me parece. E tal como já disseram aqui, que os Judeus dominam as finanças (e não só) do mundo é um facto e não qualquer manifestação de "anti-semitismo".

Zorze disse...

Diogo,
Post extraordinário!

Se soubermos destrinçar as inúmeras meias-verdades, algo de real estará lá!
Entre factos e interpretações muitos jogos de meio existem.
No fundo defesas de razões se defendem.
Facto interpretativo é que não conseguimos, por ora, romper conhecimentos pré-determinados.

Quando o mundo, hoje, está nas nossas mãos...

Abraço,
Zorze

Daniel Simões disse...

Caro Diogo,

a matemática não mente: nela não existem conspirações.
A interpretação científica da realidade tem vindo a aprimorar-se com o tempo.
Nem tudo é conspiração.
Vc sabe muito bem que eu vou fundo na conspiração global que tem como objectivo dizimar 12/13 da população mundial e escravizar o resto que sobrar... só que é preciso lembrar que, para lá de toda a conspiração mundial que tem como objectivo criar uma nova ordem mundial de controle tecnológico absoluto, existe uma evolução espiritual inerente à humanidade... e a evolução científia faz parte disso.
É natural que existam teorias sobre a formação do Universo.
É natural que estejam erradas.
As constantes matemáticas não mentem: elas traduzem uma linguagem que Deus/Universo usa.
Temos de ter cuidado para não cair no extremo de pensar que tudo, mas tudo, é conspiração.
Afinal, as crianças ainda brincam.

Bem haja.

Diogo disse...

Xatoo – Eu conheço mal Nietzsche, mas não assim tão mal. Acho que estás a ser injusto. Mas tu continuas a viver no tempo da ditadura do proletariado... precisamente quando o proletariado e o emprego estão a acabar. Defendo a igualdade económica para todos graças ao progresso tecnológico (provavelmente acompanhado com uma acção violenta contra os banqueiros e os seus esbirros), mas não seguindo as directrizes de um Marx que trabalhava não sei para quem.


Drake – O poder judeu (de uma minoria tão insignificante) só pode ser explicado por uma autocracia tipo máfia. Um padrinho todo-poderoso, os capo-regimes e por aí abaixo. Além de ser uma organização sob mão de aço, implica uma planificação de acções a todos os níveis.


Zorze – Sabemos que algo de real está lá. Temos de aprender a ler nas entrelinhas.


Daniel Simões – Sei perfeitamente que nem tudo são conspirações. Mas também sei que existem conspirações poderosíssimas. O objectivo é expô-las e limpar as águas.

E, de acordo, a matemática não mente. Mas as pessoas fazem-no. A matemática dos modelos de computador do IPCC que apontam para o aquecimento global está correcta. Os modelos é que estão deliberadamente errados.

xatoo disse...

é só o que sabes dizer quando se fala da posse colectiva dos meios de produção?
"a dentadura do proletariado"?, como ensinam nas escolas oficiais é o regime que quer tomar o poder pela força e impôr a ditadura de uma minoria. Se foi isto que aprendetse foste enganado...
Aí está pq um dia destes clamavas no 5Dias que não tinhas percebido patavina do post...
Quanto à "conspiração-dos-banqueiros-a-quem-se-vai-dar-uns-tiros-para-pôr-o-assunto-em-pratos-limpos" é bastante menos simplório que isso. Acontece que o banqueiro se rodeia de generais e estes de quadros subalternos, estes por sua vez de sargentos e até soldados, rodeiam-se de economistas, de padres, do grande patronato que os apoiam e de empresários, de pequenos comerciantes anti-comunistas, de beatas de catequese, alguma da criadagem também conta, porque são mais conservadores que os patrões, fora as amantes com quem os poderosos dão umas quecas e lhes sustentam as familias - ou seja, tudo isto envolve a sociedade em peso.
E agora?
como se resolve sem a organização racional dos activistas num partido de massas?
Resolve-se com meia dúzia de macacos esgroviados a amandar bocas na internet?
Valha-nos a santa paciência
...

on disse...

Diogo,
eu tinha mais cuidado com as balelas que engolia. Pode-se apanhar uma indegistão.

Diogo disse...

Xatoo, colocas uma excelente questão.

Está-se a lutar contra uma máfia extraordinariamente poderosa e organizada, ajudada por um exército de idiotas – que vêem telejornais e lêem jornais.

Julgo que vai ser a tecnologia a tirar-lhes o tapete. Quanto aos partidos de massas já tivemos muitos exemplos de como são infiltrados e manipulados.


On, Concordo consigo. Veja lá o que engole.

Anónimo disse...

Isto assim é complicado...

Que fique claro que o "modelo errado" do einstein é usado nas obtenção de coordenadas "certas" por GPS. E estamos a falar da relatividade geral e restritas.

http://en.wikipedia.org/wiki/Effects_of_relativity_on_GPS


Ele há com cada um...

Diogo disse...

Anónimo, a teoria da relatividade está errada. Posso provar-lho se você tiver conhecimentos suficientes de física. A informação que você trouxe é enganosa.

Anónimo disse...

Fique lá com a sua teoria...

que eu sei (porque estudo na área) que as correcções introduzidas pela teoria da relatividade são _essenciais_ nos cálculos do GPS. Fui buscar a wikipedia porque é-me o meio mais cómodo.

Se tiver interesse em se questionar, procure por no google por GPS e relatividade (qq curso universitário de física) e vai ver como afinal, mesmo que o modelo não seja a representação absoluta da realidade e contenha falhas (como todos, aliás), é essencial para que esses aparelhocos possam dar uma medida da sua posição. Se por outro lado, quiser manter a sua visão, está à vontade, que eu não sou fascista e vivo bem com isso.

Diogo disse...

Anónimo,

Já lhe disse que posso provar que a teoria da relativiade está errada.

Se quiser discutir o assunto, já que é complicado fazê-lo numa caixa de comentários, o meu e-mail é este:

diogoarsousa@sapo.pt

Anónimo disse...

Ponho doutra forma então.

Imagine que o senhor einstein nunca existiu nem as suas teorias da relatividade. Agora, imagine que existe de facto o sistema GPS em funcionamento, com determinados princípios por detrás. Imagine que havia fenómenos do quais se desconhecia a origem, mas que no entanto, o engenho o humano tinha sido suficiente para de forma empírica deduzir quais as alterações necessárias para que o cálculo da posição não contenha erro.

Agora, voltando ao mundo da realidade: essas correcções são explicadas pela teorias da relatividade.

Ou seja, por mais aldrabice que houvesse/haja nas teorias da relatividade, o facto do sistema GPS só funcionar tendo-as em conta implica algo, não ??

Agora, poderia por em causa o facto do sistema GPS ter ou não em conta estes modelos e se só funciona tendo-as em conta... mas nem vou estender sobre isso.

Anónimo disse...

Caros senhores
Li em qualquer lado que a teoria da relatividade não tinha sido criada por Esinstein, mas sim por outro cientista que não me lembro o nome. É verdade?
Carlos

Anónimo disse...

E a leis de newton, são do newton ???
http://en.wikipedia.org/wiki/Newton%27s_law_of_universal_gravitation#History

Imagino que se refira a isto:
http://en.wikipedia.org/wiki/Relativity_priority_dispute

De qualquer forma, no mundo em vivemos (quizá em qq outro) não importa quem faz/inventa/descobre mas sim quem mostra ao mundo. Quer mais exemplos?? Informe-se sobre os vários modelos de sistema de patentes e vai ver como quem inventa/descobre/... não é necessariamente protegido
http://en.wikipedia.org/wiki/First_to_file_and_first_to_invent

Anónimo disse...

Caro anónimo

“... não importa quem faz/inventa/descobre mas sim quem mostra ao mundo.”

Imaginemos que o sr inventa algo. Eu divulgo. Logo, na sua opinião, eu devo ficar como os louros. Quiçá até com as patentes. Por acaso o cacau até me faz falta.
Obrigado, mas discordo.
Talvez erradamente, mas acredito que a ética é boa companheira.
Carlos

Anónimo disse...

"Logo, na sua opinião, eu devo ficar como os louros."

Já me está a tirar palavras que nunca disse/escrevi.

Só lhe estou a mostrar que não é o único caso e que é, de forma geral, um método aceite na nossa sociedade como um balanço de forças entre os players. É essa a própria razão de existência das patentes (divulgação vs segredo e esquecimento).

Eu, ao contrario de muitos outros, não acredito que o sistema de patentes possa ser justo porque acho perfeitamente aceitável "reinventar a roda" de forma genuína.

Ou seja - no contexto - não sei quem descobriu o quê porque não conheço os factos de forma absoluta (ainda que atribua, pela educação que me foi transmitida, o crédito ao einstein), mas acho plausível que ambos ter genuinamente descoberto a mesma coisa. Estar a dizer que o Einstein - ou o Newton - andou a fussar nos trabalhos do outro (Hibert - ou Hooke) para lhe _roubar_ a ideia, parece-me descabido (mas admito a possibilidade remota). Mesmo que tenham tido acesso ao trabalho dos outros, poderá haver ainda a questão de quem consegui compreender melhor a coisa de modo a transmitir de forma perceptivel para o resto do mundo. Ainda assim, qualquer um dos dois (einstein ou newton) deu muito mais contributo à física que as teorias em questão. Pelo que há que admitir, pelo menos, o seu génio e respeitar o trabalho de ambos.

Anónimo disse...

Caro anónimo
Por respeitar o trabalho do sr Einstein não lhe devemos atribuir, também, o respeito devido ao trabalho dos outros.
Tudo o resto é publicidade enganosa por razões alheias, ao mérito próprio, mas conhecidas.

Conheço alguns casos de invenções feitas em Portugal, mas que as patentes são americanas.
Os autores dessas invenções só aceitaram essas condições, porque elas vão trazer grandes benefícios para a sociedade.
Estas situações não são tão pacíficas como quer dar a entender. Pelo menos nos casos que conheço e não são 2 ou 3, e pelo que ouço falar de outros (nacionais e estrangeiros).
Carlos

Anónimo disse...

E você gosta mesmo de me tirar palavras que eu nunca disse.

"
Estas situações não são tão pacíficas como quer dar a entender
"

Quem falou em pacifismo ??? O que disse foi que é aceite de forma geral pela _sociedade_ (não pelos indivíduos em questão). Por exemplo, inventor do FM suicidou-se porque a empresa para quem trabalhava fez-lhe a vida negra (a empresa queria que o homem melhorasse o AM, no lugar de descobrir o FM).

O que eu acho sobretudo é que o problema que expõe não vale, _na_prática_, as palavras que já gastei; até porque as questões normalmente não são brancas ou negras, como tentei ilustrar.

Quero frisar sobretudo é que a própria existência do GPS como sistema funcional é a prova empírica da validade dos modelos (aplicáveis) explicados na teoria da relatividade. E julgo que existem mais experiências científicas que o comprovam (mas isso já não é da minha área)

LGF Lizard disse...

Os Protocolos dos Sábios de Sião: mais uma maneira que os antisemitas inventaram para poder matar judeus à vontade. Já toda a gente sabe que é uma pura invenção da polícia czarista... mas os mesmos de sempre continuam a acreditar nesse bocado de trampa escrito à mais de 100 anos. Quando os judeus forem exterminados, haverá novas edições como "os Protocolos dos Sábios do FC Porto", "os Protocolos dos Sábios Louros", "os Protocolos dos Sábios Baháis", "os Protocolos dos Sábios Surfistas" and so on... existirá sempre a necessidade de afirmar que alguém tenha a ambição de dominar o mundo para que se possa matar, exterminar, escravizar, discriminar e diminuir esse mesmo alguém. A fava calhou aos judeus, iremos ver quem será seguir.

Anónimo disse...

Hello I am so delighted I found your website, I really found you by mistake, while I
was browsing on Digg for something else, Nonetheless I am here now and would just like to say thank
you for a marvelous post and a all round thrilling blog (I also
love the theme/design), I don’t have time to read it all at the moment but I have book-marked it and also added your RSS feeds,
so when I have time I will be back to read more, Please do keep up the superb jo.


my homepage bad credit payday loans
Also see my web page - visit web site