quinta-feira, novembro 26, 2009

Quando o Governo rouba milhares de milhões aos contribuintes para resgatar ladrões de bancos


Nos finais de 2008, o Governo nacionalizou o Banco Português de Negócios, para, segundo Teixeira dos Santos, resolver o «problema de perdas acumuladas de licitude duvidosa do banco» e para «evitar trazer uma maior instabilidade ao sistema financeiro português».

Os administradores nomeados pela Caixa Geral de Depósitos encontraram imparidades (perdas potenciais) no valor de 1.800 milhões de euros, o que, alegou Teixeira dos Santos, "revela bem quão grave era a situação financeira do banco e justifica a oportunidade e a razão da sua nacionalização".

Até agora, o Estado já injectou no BPN, através da Caixa Geral de Depósitos, 3,5 mil milhões de euros. Entretanto, soube-se hoje que:


O antigo presidente do Banco Português de Negócios (BPN), Oliveira e Costa, e outros três ex-administradores do banco, são acusados de terem desviado 9,7 mil milhões de euros daquela instituição bancária.

A notícia é avançada pelo 'Correio da Manhã', que revela que o Ministério Público (MP) responsabiliza Oliveira e Costa, Luís Caprichoso, Francisco Sanches e José Vaz Mascarenhas pelo buraco financeiro do BPN.

Da esquerda para a direita
Oliveira e Costa, Luís Caprichoso, Francisco Sanches e José Vaz Mascarenhas


Segundo o MP, a partir de 2003, e com recurso a operações fora da contabilidade do Banco Insular, aqueles quatro antigos responsáveis do BPN terão desviado 9,7 mil milhões de euros.


Ninguém sabe quantos zeros terá, mas a factura da nacionalização do Banco Português de Negócios (BPN) vai chegar ao bolso dos contribuintes. Embora ninguém se atreva a apontar um número, a polémica decisão tomada há precisamente um ano vai ter custos significativos para os portugueses.

Quem o garante é o próprio presidente do BPN, Francisco Bandeira, que assumiu a administração do banco depois da demissão de Miguel Cadilhe, em Novembro de 2008. Em entrevista à TSF, Bandeira não quis adiantar quanto irá custar a nacionalização, embora tenha assegurado que a factura não vai ficar a zeros - algo que o ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, apenas admitiu parcialmente em Junho, quando afirmou que a nacionalização ia representar um custo.


Comentário

Se os contribuintes portugueses vão desembolsar mais de uma dezena de milhar de milhões de euros para «evitar trazer uma maior instabilidade ao sistema financeiro português», o Governo pode afirmar com orgulho: missão cumprida!

Agência Financeira - 12-11-2009

Cinco maiores bancos lucram 5 milhões por dia

11 comentários:

O Trigo e o Joio disse...

Não digo pobre povo, porque o povo também é culpado. O que digo é que a passividade deste, é o seu pior inimigo. Para além disso existe no povo português uma tendência para desvalorizar as próprias riquezas patrimoniais, muitas vezes em nome de um comodismo fantasista.
Num outro comentário referiu e muito bem a desinformação voluntária, isto porque as distrações são muitas e nelas o se esconde o povo.
Assim nunca conseguiremos, com muita pena minha.

Ana Camarra disse...

Diogo

Infelizmente, agora acompanho os telejornais e é uma tristeza a roubalheira, descaramento instalada.

beijos coxos

Anónimo disse...

A ver:
http://www.terrasonora-nunoviana.blogspot.com

SAO disse...

Só ladroes de bancos? Olhe que não, olhe que ñão.....e os signatarios da reinserção social, que fazem feiras, têm por volta de 2 carros, casa propria, alimentam-se bem e....vivem de mao estendida????????

Miséria de país e de governantes!!
Abraço

contradicoes disse...

Os carteiristas são ladrões
em actividade não reconhecida
os banqueiros lucram milhões
e estão cada vez melhor na vida

A diferença entre uns e outros
prende-se com o seu rendimento
os carteiristas roubam uns poucos
banqueiros têm um enorme vencimento

Tenho estado ausente a algum tempo mas a razão prende-se com o facto de ter a partir de dada altura aderido ao twitter e através do tweetDeck, estar mais activo do que propriamente na blogosfera.
Um abraço
Raul

Anónimo disse...

Não percebo porque razão o Estado tomou conta do BPN, se foi para os clientes continuarem sem o seu dinheiro e manter os ladrões desse banco a governarem-se forte e feio, sem os meter na cadeia,mais valia não o ter feito, pois, como está foi só enganar o povo.

aldescubierto disse...

LA JUSTICIA CUMPLE SE REHABRE EL CASO . SOS: EL RESCATE, DE MADELEINE (MCCANN) LA NIÑA “INGLESA” RAPTADA EN (PORTUGAL)
"AQUI HAY TONGO"

El gobierno portugues y ministro de justicia mas fiscal y el juez toman una alternativa para los "Mccann" no hay cadaver no hay juicio.El juicio de "Marta Del Castillo" no hay cadaver pero se hace justicia.....................................


http://Aldescubierto en la primera anestesia la niña se despertó cuando se encontró al padre abusando de ella fue golpeada salvajemente por el propio padre al darse cuenta que no era bien recibido y volvió a ser anestesiada de hay la sangre de la niña de los golpes recibidos recordando en todo momento que estaba bajo los efectos del alcohol de hay el ataque cardíaco. Cadena perpetua para Un Pederasta y pedofilo Fueron los padres los asesinos mas torturaban a la niña. Los McCann y sus siete amigos cenaban cada noche durante sus vacaciones en Portugal, incluida aquélla en la que desapareció Madeleine, aseguraron que éstos bebían entre 10 y 12 botellas de vino, a las que precedían cervezas y cócteles durante el aperitivo mas lo que tomaban durante las comidas . kate y Gerri de profesión médicos anestesiaban a Madeleine puesto que lloraba 18 horas al día con mucha regularidad porque tenían en casa a su maltratador era ese el motivo de su llanto y se combirtio en un suplicio o martirio para el matrimonio causa del asesinato premeditado en primer grado aquí no podía haber ningún accidente por exceso de anestesia puesto que los dos son médicos .Estos asesinaron a su hija con premeditación .Los Mccann tenían deudas de tres mensualidades de su hipoteca de tres mil euros mensuales y las cuentas al rojo y se tomaron unas vacaciones veraniegas mas 40 días sin pagar nada por sentirse el director del hotel responsable de la desaparición de Madeleine total unas vacaciones a lo grande y todo a costas del asesinato premeditado en primer grado. No hay ningún retrato robot que valga basta, basta, de tanta comedia la falsa del retrato robot inventado por Rokley portavoz del gobierno Británico que costo un millón y medio de Euros que tubieron que pagarles los Mccann por limpiar el nombre.

Lusitano disse...

EU ACTA Doc Shows Plans For Global DMCA, 3 Strikes

http://yro.slashdot.org/story/09/11/30/162259/EU-ACTA-Doc-Shows-Plans-For-Global-DMCA-3-Strikes

Zorze disse...

Diogo,

A questão da nacionalização do BPN é algo mais complexa.
Se um banco fosse à falência de natureza generalista, as repercussões seriam catastróficas para um pequenito país como o nosso.
Os ratings disparariam, a confiança seria outra e os outros bancos pagariam muito mais pelo o dinheiro.
Hoje, em Portugal, se viveria muito pior.
Não que concorde, mas é a realidade de momento.

Abraço,
Zorze

Anónimo disse...

o sr dr daniel sanchez que tambem passou pelao bpn passou a reforma..com a modica quantia de 7.400 euros....bem haja..portugal no seu melhor...porra o salazar e que era mau , agora depois de termos a democracia temos um nivel de vida inferior a abrilada...democracia o kei...

Anónimo disse...

o desgraçado do brasileiro abatido no assalto ao bes decerto desconhecia este modus operandi de aliviar o dinheiro dos bancos, facil rapido e da milhoes