sábado, novembro 14, 2009

Os Estados Unidos e a Suíça proibiram a vacina contra a Gripe A que está a ser utilizada em Portugal

EUA recusam vacina para gripe A usada na Europa

A vacina que está a ser usada em Portugal contra a gripe A não foi aprovada pelos Estados Unidos por conter substâncias na sua composição que podem alegadamente causar danos à saúde dos que a tomam. Trata-se da Pandemrix [...]

No entanto, a Pandemrix está a provocar a recusa de muitas pessoas na Alemanha da sua utilização, dando como justificação o facto de os políticos e os funcionários públicos de topo serem preventivamente vacinados com uma outra. O presidente do Colégio Alemão dos Médicos de Família refere mesmo que os "potenciais riscos ultrapassam os benefícios" e, segundo Michael Kochen, este é um "teste em larga escala feito à população alemã" [...]



**************************

News Crohn - 30 de Outubro de 2009

Gripe A: Suíça proíbe que grávidas e crianças recebam a vacina Pandemrix

A Swissmedic (autoridade que regula o sector dos medicamentos na Suíça) emitiu, esta sexta-feira (30-10-2009), um comunicado, onde proíbe a utilização da vacina Pandemrix – a mesma utilizada em Portugal – em grávidas, crianças com menos de 18 meses e adultos com mais de 60 anos.

Na base da decisão da Swissmedic está a incerteza quanto aos efeitos do uso do adjuvante AS03, utilizado para a vacina Pandemrix do laboratório GSK.



**************************



Se alguma tragédia acontecer em Portugal em resultado da campanha de vacinação contra a «Gripe A», a ministra da Saúde, Ana Jorge, e o director-geral da Saúde, Francisco George, vão ter muito que explicar aos cidadãos deste país.

31 comentários:

Bilder disse...

Claro que sim,mas ainda recebem uma medalha em vez de porem cabeça no cepo!vejam o link nwoobserver no meu blog senhores do mundo onde tem entre outros temas interessantes e actuais um artigo sobre o descalabro gripal na Ucrania!

Daniel Simões disse...

Se acontecer uma tragédia?!!!
Mas é claro que virá a acontecer.
12/13 da população é para desaparecer... ou já esqueceu?
Eu sei: depois de tantos anos investigando estes assuntos, ainda nos espantamos quando confirmamos a veracidade das intenções... ainda resta algo em nós que não quer acreditar, que deseja que estajamos completamente errados!

Daniel Santos disse...

Sócrates não teve medo e já tomou.

Ricardo Zenner disse...

Oh Daniel Santos! Que vergonha! A «vacina» que o mafioso do Sócrates tomou era muito provavelmente soro fisiológico! A «vacina» propriamente dita (a Pandemrix da Baxter, já proibida em vários países) é leitosa, branca opaca, e o líquido que injectaram no infame era transparente!

Não defenda o indefensável, e muito menos os canalhas que nos estão a destruir a Pátria!

Diogo disse...

Bilder – Desta vez, estou convencido que a população lhes vai colocar a cabeça no cepo e ajudar na machadada.


Daniel Simões – Também estou convencido de que se trata de um genocídio. Por isso defendo que todos estejam de prevenção.


Daniel Santos – O Sócrates (e os outros palhaços políticos que vimos na televisão), foram injectados com um placebo. É bom não esquecer este pormenor quando chegar a hora da verdade.


Ricardo Zenner – Absolutamente de acordo!

Motim disse...

O que o Ricardo Zenner diz faz sentido. Ninguém arranja fotos com definição suficiente para ver o que foi realmente injectado nos bracitos dos nossos queridos governantes?

Anónimo disse...

Então os estados unidos não entram neste genocídio? não era esse país que estava por trás disto tudo? O Obama afinal é bom?

Ricardo Zenner disse...

Caro Anónimo:
Quem está por detrás de tudo isto são os globalistas do pretenso «governo mundial», vulgo Club Bilderberg e o seu braço executivo Comissão Trilateral. O principal assento deles são efectivamente os EUA, e o Obama é um fantoche deles. Quanto a «lixarem» os EUA, custa-lhes tanto como lixarem o resto do mundo, ou seja, nada.

Mas os States não são homogéneos, e apenas alguns estados recusaram a vacina. E outros substituíram-na pela da Baxter, tão nociva ou mais do que a da Glaxo.

Eles querem é provocar uma epidemia a partir das «vacinas», veículos ideais para a propagação de vírus (todos os «vacinados» ficaram infectados com o H1N1 e outros). Para preservar os seus ignóbeis membros, esta nomenklatura globalista vacinou-os com uma vacina autêntica, como foi denunciado na Alemanha.

Assim, há que evitar aproximarmo-nos de um desgraçado que tenha sido «vacinado» com a «vacina do gado», como os bilderbergers arrogantemente lhe chamam, e que é a que nos tentam impingir...

Espero ter explicado a questão.

Ana Camarra disse...

Diogo

Infelizmente neste país estas coisas passam impunes, vivemos num país maravilhoso de crimes prescritos e inocentes, a Leonor Beleza não explicou nada, os casos recentes fazem-nos pensar que Ana Jorge pouco terá de explicar com um bocado de sorte ainda leva uma medalha no 10 de Junho...

beijos

Ricardo Zenner disse...

Infelizmente - mas previsivelmente - , as tragédias começaram: Uma pré-mamã de Portalegre tomou a «vacina» e o bebé morreu pouco depois (link abaixo).

http://diario.iol.pt/sociedade/vacina-tvi24-gripe-a-hospital-portalegre-portalegre-gravida/1103381-4071.html

Nos Estados Unidos, há inúmeros relatos de casos semelhantes, fetos que morrem e abortos espontâneos:

http://organichealthadviser.com/archives/shocking-h1n1-swine-flu-vaccine-miscarriage-stores-from-pregnant-women-tell-your-doctors-that-vaccines-and-pregnancy-do-not-mix

Creio que está na hora de começar a apertar os responsáveis pela ignomínia!

Diogo disse...

Motim – Será difícil ver a cor do líquido injectado mas não tenho dúvidas de que foi um placebo.


Anónimo 14:21 – Evidentemente que é a grande finança que está por trás disto. Mas o objectivo deste post é chamar a atenção dos mais desatentos para as contradições perigosíssimas entre as várias facções assassinas.


Zenner – Mais uma vez, absolutamente de acordo.


Ana Camarra – Tenho poucas dúvidas de que está a ser perpetrado um crime sem nome. Se assim for, duvido que Ana Jorge saia disto com vida.


Zenner – As mortes pela vacinação estão a começar a surgir. Vamos ver o que vai acontecer nos próximos meses.

Anónimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=SBuE0UPVEbc&feature=fvw

Diogo veja lá se estas filmagens não mostram as piscinas (...) que você já aqui falou.
;)

Anónimo disse...

Ainda em relação à vacina tomada pelo Sócrates (ou por outros políticos, pois o Louçã também disse que a tomaria), pode ter tomada a vacina "especial" para políticos! Acham estranho? Na Alemanha existem, pelo menos, dois tipos diferentes de vacina para a chamada gripe A. Uma para políticos e militares e outra para o resto da população (cobaias).
Aqui o artigo:
Vacina especial para os políticos!
http://www.inacreditavel.com.br/novo/mostrar_artigo.asp?id=544

Félix disse...

Pelos vistos, um grávida perdeu o seu feto três dias depois de ser vacinada...
Vou pôr a cabeça dos Georges na minha Guilhotina.

Um Abraço

Daniel Simões disse...

E o que dizer da Ucrânia?
1 milhão de infectados!
Ataque biológico?
O que supostamente era o H1N1 tornou-se um tipo de pneumonia que liquidifica os pulmões.
Mutação viral?

Mas ainda só vai em pouco mais de quatro mil mortos no mundo... não contabilizando os que morreram após tomarem a vacina.

Ah... e hão-de investigar a quantidade de casos que apresentaram problemas psico-motores e neurológicos no mundo...

O que nos impede de irmos para a rua expôr a nova ordem mundial?
Medo da opressão?
Medo de nos depararmos com uma luta solitária?
Ou será que somos vítimas de uma inibição psicológica qualquer que nos impede de reagirmos?

Há que examinar...

LGF Lizard disse...

Meus caros, só toma a porcaria da vacina quem quer. Á minha esposa (grávida) foi-lhe recomendado que tomasse a vacina e ela recusou.
E "genocídios"? Bolas pá, tenham juízo. Existem doenças piores do que a gripe A e sem cura nem vacinas. A SIDA, o Ébola, o cancro... ao pé destes, a gripe A é mesmo apenas uma gripezinha. Aliás, é mesmo que ela é. Com tantos infectados e tão poucos mortos, acho que escolheram mal a doença para o tal "genocídio" em que vocês tão piamente acreditam...

Anónimo disse...

Entao e os poderosos americanos que controlam o mundo, não controlam alguns estados americanos? eles não querem que as pesoas tomem a vacina?

Bruno Fehr disse...

É muito estranha essa noticia sobre os EUA terem proibido a vacina quando ela nunca esteve a ser fabricada para os EUA, nem sequer foi ponderada. Isso soa-me a propaganda para causar ainda mais polémica.

Antes das noticias sobre esta proibição tinha uma publicação Alemã revelado as vacinas a serem usadas na Europa e América e todas as vacinas Americanas são sem adjuvantes enquanto na Europa só a Celvapan não tem adjuvantes mas também será uma edição limitada não acessível à população em geral.

Este print mostra quais as vacinas a serem usadas na Europa e os laboratórios a fazerem vacinas para os EUA (vacinas sem nome). A Europa tem 3, uma para o povo, uma para os idosos e uma para as elites politicas e médicas. Os EUA possuem 4 uma deles é intranasal e outra delas é a Celvapan das elites Europeias pois o laboratório CLS está a fabricá-la sob licença da Baxter.

Algo de estranho se está a passar pois é a proibição de algo que nunca foi equacionado.

Bruno Fehr disse...

Esqueci-me do print.

O texto está em Alemão mas podem ver a tabela das vacinas:

http://2.bp.blogspot.com/_-kQJ_fSCZGk/St5SLhrL1rI/AAAAAAAAEZw/5Lj_o7L54E0/s1600-h/img021.jpg

Daniel Simões disse...

LGF Lizard,

é exatamente isso que fala:

a gripe A é mínima comparada com outras doenças e no entanto foi considerada pandemia mundial, sendo, por sua causa, criada toda uma estrutura de vacinação global pela primeira vez na história lembrada.
Algo está errado, não?

Anónimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=PR7V-rCTnjw&NR=1

http://www.youtube.com/watch?v=edikv0zbAlU&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=CDxZ7PX8YGI&feature=pla

Carlos

Ricardo Zenner disse...

Caro Diogo:

Infelizmente, hoje, 17 de Novembro, é notícia que morreu mais um feto na barriga de uma mãe, após esta ter deixado que lhe injectassem a maldita «vacina». A mãe está internada na CUF Descobertas, provavelmente também afectada pela toxicidade da mistela a que chamam Pandemrix. Quantas mais mortes serão precisas para que toda esta loucura seja suspensa?

Anónimo disse...

ricardo zenner:

morrem todos os anos 300 fetos por causas desconhecidas...é normal que morram depois de serem vacinados, porque morreriamna mesma...se nao fossem vacinados...

Ricardo Zenner disse...

Anónimo:
Isso é quase que dizer que, por morrerem todos os anos esses fetos, se as mães tomassem cianeto, eles também morreriam...
O mecanismo da toxicidade da porcaria da «vacina» é o seguinte: O Timerosal, presente em dose elevadíssima na Pandemrix (milhares de vezes a dose máxima admitida nos protocolos clínicos «normais»), provoca envenenamento por mercúrio que, se não fosse de imediato letal para o feto, deixá-lo-ia com graves lesões neurológicas.
O adjuvante esqualeno, usado como potenciador, é um óleo extraído do fígado do tubarão que provoca - por rejeição do organismo - uma resposta imunitária tão violenta que pode causar um choque anafilático à mãe e - o que provavelmente aconteceu nos três casos noticiados - a separação total da placenta, induzindo a anoxia e a consequente morte do feto.

Para além disto, a mistela contém um substrato nutriente à base de células cancerosas de fígado de macaco, utilizadas em vez de ovos de galinha por causa da rápida reprodução das células neoplásicas. E assim são injectadas na infeliz paciente inúmeros fragmentos de ADN de células cancerosas, podendo a curto prazo desencadear um cancro.

E isto para não falar do pseudo-vírus H1N1 produzido por engenharia genética e incluído na «vacina»...

Ainda acha que é de aconselhar esta enormidade? Ou pensa como o ignóbil Estaline, que, para ele, a morte de milhões de pessoas (ou de 300) era apenas uma estatística?

Anónimo disse...

o que está a dizer esta provado cientificamente? ou sonhou? E os medicos porque nao teem a sua opiniao?

hoje ha noticias que uma gravida apanhou a gripe A e esta com grandes problemas, teve de ser operada de emrgencia... secalhar se tivesse levado com a vacina nada disto acontecia...ou será que eles tao a mentir e nao era gripe A? só faltva dizerem isso tb...

juízo! pa!

Ricardo Zenner disse...

Anónimo:
O senhor revela, para além de uma grande falta de educação, um desconhecimento total. Decerto que não é profissional de saúde (sem ser avençado pela corja político/farmacêutica), senão não escrevia o que escreveu, baseado apenas nas mentiras dos mass-media, tendentes a impingir a porcaria da vacina.
Também não sabe quem sou. Por acaso, sou de uma família de médicos e, como seria de esperar, tenho muitos amigos também médicos. Nenhum deles vai tomar a «vacina», nem a dar a familiares. Aliás, um deles, obstetra, diz-me que até um simples analgésico pode ser perigoso para uma grávida (e para o feto), quanto mais uma vacina. Todas as informações me foram facultadas por médicos e por instituições de tanto renome como o College of Medicine da Universidade de Rochester, da Universidade de Harvard e da de Birminghan e da Universidade de Roma. É que, sabe, depois do Serviço Militar (em Angola, durante a Guerra Colonial) fui professor universitário e investigador em algumas delas. Se calhar, sei muito mais do que os «meninos» politizados da DGS...

Acho que não sou eu quem tenha de ter juízo... Diga isso aos seus chefes.

Anónimo disse...

entao os mass media mentiram ao dizer que houve uma gravida com gripe A que está com graves problemas? e não mentiram ao dizer que houve 3 gravidas que perderam os bebes depois de serem vacinadas?

já agora diga me uma coisa, porque razao qurem impingir uma vacina às grávidas se lhes faz mal? querem acabar com a raça humana é? entao os que mandam no plantea nao deviam querer mais bebes para trabalharem para eles?

Ricardo Zenner disse...

Anónimo:

Parece que a resposta às suas perguntas é óbvia. E os postais deste e de outros blogues têm imensa informação sobre isso.

Anónimo disse...

Ok Ricardo Zenner, ficou sem resposta. Penso que está tudo dito...

Morreu mais uma pessoa com gripe A em Portugal, e na Noruega morreram 3 pessoas devida à mutação do vírus. E na Inglaterra morreu outra com uma nova variante do vírus.

Mas não sejam tolos, não se vacinem!

Ricardo Zenner disse...

Não, Anónimo, não foquei sem resposta. Acho é que não vale a pena continuar a conversa com alguém que não quer - ou finge - ver as evidências e continua com um discurso o mais obstinado possível, de cego seguidismo de um «poder» ignóbil e medíocre. Também não tem qualquer importância, pois a massa crítica foi alcançada, e o plano global de «vacinação» para tentar espalhar a epidemia não vai ser nada global, e a credibilidade - já de si miserável - da OMS e da DGS ficará de todo anulada.
Boas noites.

Anónimo disse...

mais uma resposta sem conteúdo e tentando vaguear e fugir do assunto.

Bons dias!