sexta-feira, setembro 21, 2007

Osama, afinal, ainda mexe e remexe

Jornal de Notícias - 21 de Setembro de 2007

«Com as eleições presidenciais no Paquistão marcadas para o próximo dia 6 de Outubro em pano de fundo, Osama bin Laden apelou a uma "guerra santa" ("jhiad") contra o actual presidente, Pervez Musharraf, principal aliado dos EUA na tentativa de controlo da investida taliban na zona de fronteira com o Afeganistão.

Numa gravação áudio, o líder da Al-Qaeda pede vingança pelo sangue vertido pelos "campeões do islamismo", numa alusão aos militantes mortos pelo Exército paquistanês durante o assalto à Mesquita Vermelha. A tomada da mesquita pelas forças de segurança, diz bin Laden, "demonstrou a insistência de Musharraf em manter a sua lealdade, submissão e ajuda à América contra os muçulmanos(...) e torna obrigatória a rebelião armada contra ele e o seu afastamento".

A gravação - emanada pela As-Sahab, o braço da rede terrorista ligado aos média, segundo o SITE, organismo especializado na vigilância de sítios electrónicos islamitas - é acompanhada por imagens que mostram sequências antigas de Osama bin Laden, o homem mais procurado do Mundo, e do seu braço direito, Ayman al-Zawahiri, de visita a um campo de treino numa região montanhosa. De acordo com o SITE, o ecrã é emoldurado com fotografias de militantes islamitas mortos.»


Não obstante as terríveis ameaças do líder incontestado da Al-Qaeda, o Presidente George W. Bush, um dos poucos políticos mundiais ainda com eles no sítio, deve continuar a manter a mesma postura de serenidade a que já nos habituou.


George W. Bush numa conferência de imprensa na Casa Branca, em Março de 2002:


Jornalista: Mas não acha que a ameaça que bin Laden coloca não será completamente eliminada enquanto ele não for encontrado morto ou vivo?

Bush: Bom, como eu disse, não temos ouvido falar muito dele e eu não sei onde é que ele está...

Bush: Repito o que disse, não estou verdadeiramente muito preocupado com ele...


Vídeo legendado em português – 51 segundos:

6 comentários:

Anónimo disse...

¿Se perderá para el Cristianismo Católico la ciudad de Ceuta?

Diogo disse...

Ceuta que se cosa. O que me preocupa é Tarifa que tem uns ventos bestiais.

al-mocreve disse...

Bush é o mais estúpido presidente dos EUA. Ele não sabe nada sobre o Médio Oriente, não conhece os árabes, não sabe nada sobre a zona e não sabe nada sobre política internacional e ainda falar sobre o que é melhor para o Iraque?

xatoo disse...

"Bin Laden" é um espantalho que se agita às massas para lhes incutir medo e assim se vão justificando acções diabólicas com fins tenebrosos, de que a famiglia Bush (e os seus indissociáveis partners Sauditas) e as "sete irmãs" petroliferas são os principais beneficiários - os Bancos Centrais, como empresas privadas investem em cada um destes grupos e retiram dividendos fabulosos que põem novamente ao seu dispor para novos investimentos - inclusivé no financiamento das opções politicas capazes, a cada momento, de perpetuarem este modo hegemónico de Poder.

Neste contexto - pelo menos é o que afirma Gary Bernsten, um ex-operacional da CIA, que participou na operação com o nome de código "Jawbreaker" - houve directivas concretas para deixar Bin Laden escapar quando a determinada altura estava encurralado, alguém, muito convenientemente bem posicionado, recusou o pedido para enviar tropas naquele preciso momento.
Quem é que ia acabar com a fonte que dá de beber à formidável máquina que está montada?

Anónimo disse...

O que acontece a quem questiona as teorias de conspiração oficiais ?

UF Student tasered at John Kerry Speech
http://www.youtube.com/watch?v=iqAVvlyVbag

Anónimo disse...

Al Zawahiri.....¿Obsesionado con España?