segunda-feira, maio 15, 2006

O eixo da propaganda, do embuste e da mentira - no Expresso



Na sua crónica no Expresso, José Cutileiro lamenta, compreensivelmente, o travão que Putin tem vindo a colocar à expansão do império no Médio Oriente e na Ásia Central:


O regresso da Rússia

"Há cinco anos, George Bush gostou da alma de Putin (que lhe viu nos olhos). Esse tempo passou. Há dias, na Lituânia, Dick Cheney verberou a Rússia por desrespeito pelos direitos do homem - antes de voar para a Ásia Central, reforçar laços com tiranos abjectos que exportam petróleo. Cujo preço subiu tanto que Putin pode subornar o seu povo e ignorar críticas de fora - cada vez mais raras porque poucos europeus se querem zangar com o grande fornecedor de energia. Entre falta de resistência democrática dos russos, desunião europeia e inépcia da Administração Bush, a Rússia está a voltar a ser um vizinho incómodo."





Na sua crónica no Expresso, Jaime Nogueira Pinto, avisa-nos que mesmo que reduzamos o Irão a uma superfície lunar, um «terrorismo» sem rosto há-de, para todo o sempre, continuar a ameaçar-nos. E remata: quem nos defende? Adivinha-se aqui um lancinante apelo ao complexo militar-industrial americano.


Do Apocalipse a Jack Bauer: quem nos defende?

“Coisas terríveis não faltam. Desde o 11 de Setembro, há uma ameaça pendente de um acto de macroterrorismo, na América ou na Europa: uma praga química ou «biológica», fabricada por um cientista fanático e vingativo, contra os «cruzados e judeus»; ou, mais modesta, um superatentado simultâneo contra jactos comerciais, ou paquetes de recreio americanos...”

“Aconteça o que acontecer com o Irão, em dez ou vinte anos, haverá muitos Estados «nucleares» e vamos viver com o problema que agora temos com Teerão e Pyongyang, multiplicado pelo seu número.”

“E partilharemos, pelo menos para o pior, o destino dos norte-americanos de quem dependemos militarmente. Ou seja, não a glória do Império, mas seguramente a sua desgraça. Quem nos defende?"





Na sua crónica no Expresso, João Pereira Coutinho, fala de Ahmadinejad e dos seus «recados» a Washington. Coutinho sorri perante a complacência do Ocidente perante tamanhas enormidades. Mas dá a receita: um remédio capital!


A política das boas intenções

“Mas talvez não fosse má ideia tentar perceber o que diz a carta de Ahmadinejad. Tirando as acusações da praxe (Guantánamo, prisões da CIA na Europa, etc.), que parecem intoleráveis aos olhos humanitários de Teerão, Ahmadinejad decreta a morte das democracias liberais; apresenta o ataque iraniano à embaixada americana de 1979 como um acto de hostilidade ao próprio Irão; acusa a América de cumplicidade no 11 de Setembro; e finalmente confessa não entender porque motivo qualquer ambição nuclear é vista como uma atitude anti-semita, sobretudo quando o regime deseja, muito amigavelmente, «apagar Israel do mapa».”

“A opinião geral vê na carta uma receita para a crise e exige de Washington uma resposta. Eu também. Com todo o respeito, Washington devia aviar a sua na farmácia mais próxima e enviar qualquer coisa com votos de melhoras.”



Comentário:

Que pena que o João Carlos Espada nada tenha dito desta vez. Terá saído do Expresso? É que o homem fazia parte da quadratura do Pentágono.

33 comentários:

Baphomet disse...

Mas você hoje está numa de bater nos "merdia".... de que se queixa ? Do Expresso ? Ora bolas, não era no Expresso que escrevia o Mário Soares a falar do milhão de mortos na invasão do Iraque ?
Se há coisa que o Sofocleto não se pode queixar é dos nossos "merdias". Que eu saiba, Portugal é dos poucos países do mundo onde um pequeno partido com uma pequena representatividade eleitoral tivesse tantos colunistas na imprensa. Falo do Bloco de Esquerda, que chegou a ter uns 4, 5 ou 6 colunistas na nossa imprensa de referência (Expresso, Público, DN,etc...) . Fernando Rosas, Joana Amaral Dias, Miguel Portas, Daniel Oliveira, etc,etc. É mais do que um colunista por cada percentagem de voto. Imagina o que seria termos o equivalente dos restantes partidos na nossa "merdia" ? teriamos mais de 30 colunistas do PSD, mais de 40 do PS, etc,etc... Ou seja, um verdadeiro inferno !

Sinceramente não percebo esta sua frustração merdiática

Sofocleto disse...

Baphomet:

"Imagina o que seria termos o equivalente dos restantes partidos na nossa "merdia" ? teríamos mais de 30 colunistas do PSD, mais de 40 do PS, etc., etc..."


Em primeiro lugar, eu não sou do bloco de Esquerda.

Em segundo lugar, some todos os editorialistas, todos os «opinion makers» que escrevem nos tablóides e faça as contas.

Em terceiro lugar, isto não é uma questão partidária. Os media estão nas mãos de meia dúzia de corporações. São elas que ditam os assuntos. Um bloquista jamais poderá dizer tudo o que lhe vai na alma. Ou, se o fizer, passadas duas semanas é substituído. O bloquista do Expresso servem apenas para dar a sensação de que é um jornal plural. Quando é apenas um veículo de propaganda.

PS) Respondi às suas questões no post anterior.

Baphomet disse...

«Em segundo lugar, some todos os editorialistas, todos os «opinion makers» que escrevem nos tablóides e faça as contas.»

Sofocleto, eu faço a soma, e por estranho que lhe possa parecer, o resultado final para mim ainda é pior do que para si. Noves fora nada ! Não deixa de ser irónico estarmos os dois aqui a chegar à mesma conclusão, mas partindo de premissas radicalmente opostas.

Sim, os media são mesmo merdia. Aquilo que eu tentava dizer nos post's anteriores, é que são muito mais merdia do que você julga. E que ao contrário do que possa pensar, nunca, desde há uns bons 10, 15 ou 20 anos, tudo o que fosse americano teve "merdia" simpática deste lado do Atlântico. Muito antes pelo contrário... Os mesmos "merdia" europeus que se excitaram com a "ocupação" americana e foram de repente tão adeptos da ONU, do dialogo, etc, esqueceram-se de verificar que no mundo inteiro havia exactamente 2 ou 3 países cheios e dirigentes corruptos que se fartavam de ganhar dinheiro com o Iraque (Russia, França, por exemplo).

A mim faz-me uma enorme confusão que tu te dês ao trabalho de investigar e difundir uma serie de relacções de lucros entre alguns falcões da administração americana, quando simultaneamente ignoras muitos outros sinais, muito mais bem fundamentados e com provas muito mais terrenas sobre muitos outros dirigentes europeus que aqui há poucos anos atrás enquando lucravam com o mercado negro do petroleo iraquiano e vendiam uns misseis por sua propria conta, apelavam na ONU a favor do dialogo e contra a guerra.

No entanto, há uma enorme diferença nas razões da "mierda" entre mim e você. Você acha que há fabulosas conspiracções capitalistas a cntrolar isto tudo. Eu não acho. Eu acho que é pura incompetência e umas duzias de jornalistas vendidos a interesses ocasionais, geralmente politicos, ou melhor, publicos, do Estado. E acredite, que nada teem a haver com os americanos, o cheeney, o bush ou qualquer outro tipo do outro lado do Atlantico.

E tal como nunca te vi a ti a falar disso, já li muitas vezes, muitos artigos, muitas reportagens na imprensa europeia a falar dos falcões americanos, mas nunca vi nada sobre o que acabei de escrever.

Aquilo que costumo dizer aos meus amigos: sim, o Bush é um verdadeiro idiota ! Por uma razão muito simples: é tão idiota e tão burro que não percebeu que desde há vários anos se transformou numa especie de macaco em que metade dos governos do planeta arranjou uma especie de bode expiatório a quem deitar culpas.

É muito fácil esse caminho. Para os tótós !
Reparem por exemplo no problema do petróleo. O petroleo está sempre a subir. Curiosamente, no orçamento do estado no ano passado (2005), o estado arrecadou mais 270 milhões de euros no Imposto especial de produtos petrolíferos. O normal seria que o governo decidisse diminuir a taxa do ISP para compensar este aumento galopante. Fez isso ? Não ! Antes pelo contrário, em Junho o nosso governo (tal como noutros países da Europa) vai subir a taxa do ISP !
Hoje um litro de gasolina comprada nas bombas já representa 65% de impostos. Teoricamente, os governos europeus deveriam diminuir esta taxa, acabando na mesma por receber o mesmo ou mais devido ao aumento do preço. Mas não. As taxas estão a aumentar. E sabem porquê ? Porque 97% dos idiotas do mundo pensam que a culpa é do macaco do Bush !! Cuiriosamente, nos Estados Unidos não existe este imposto !

Sofocleto disse...

Baphomet ,

«No entanto, há uma enorme diferença nas razões da "mierda" entre mim e você. Você acha que há fabulosas conspirações capitalistas a controlar isto tudo. Eu não acho.»


Quanto a europeus, russos, chineses e muitos outros (a par dos americanos) a ganhar com a desgraça humana, estamos de acordo.

Mas esqueces-te de uma coisa: são os bilionários americanos da indústria da defesa e das petrolíferas que colocaram os seus homens em todos os postos do governo americano. E que utilizam o estado americano para os seus próprios fins.

O controlo do Médio Oriente e da Ásia Central (onde estão situados 70% das reservas mundiais de petróleo) estava definido muito antes do 11 de Setembro. Este foi feito para ter o apoio da opinião pública americana a uma agenda militar (a guerra ao terrorismo). O orçamento da defesa passou de 270 mil milhões de dólares em 2001 para mais de 400 mil milhões de dólares, hoje. É fácil ver quem ganhou.

Some-se a isto o controlo do petróleo e faça-se as contas. Não são conspirações fabulosas. É «real politic».

Baphomet disse...

Mas esqueces-te de uma coisa: são os bilionários americanos da indústria da defesa e das petrolíferas que colocaram os seus homens em todos os postos do governo americano. E que utilizam o estado americano para os seus próprios fins.

Pois sim, acredito que sim. Mas explique-me lá uma coisa de contas muito simples. Um litro de gasolina em Portugal custa 1,39€. Tire-lhe o IVA (21% em Portugal, mas 16% em Espanha...) e o ISP, chega ao incrivel preço de 0,45€ / litro ao posto de gasolina. Obviamente, os postos tem que ganhar alguma coisa (à roda de 5%), as petroliferas também, tem que importar o petroleo, refiná-lo, e distribui-lo. No fim dessas contas todas, vai sobrar-lhe um valor muito baixo, qualquer coisa como 10 ou 20 centimes por litro....
Se há falcões da administração americana a ganhar com isto tudo, desconheço, é possivel. Mas para além desses falcões é flagrante que há uns outros a ganhar muito, mas mesmo muito mais do que eles. O governo do seu próprio país !

Sofocleto disse...

Os ministros das Finanças da União Europeia estão contra a criação de um imposto adicional sobre os lucros das petrolíferas. A ideia, proposta pelo primeiro-ministro e ministro das Finanças luxemburguês, Jean-Claude Juncker, pretendia "castigar" estas empresas por serem as grandes beneficiadas com o aumento do preço do petróleo.

Segundo Juncker, as petrolíferas parecem "ser as grandes ganhadoras" da alta do preço do petróleo, o que está "a começar a irritar parte da opinião pública" - a Exxon Mobil, a Shell, a Total ou a BP anunciaram lucros variáveis entre 400 e 800 euros por segundo durante o primeiro trimestre deste ano; enquanto os consumidores pagam os combustíveis cada vez mais caros. Por isso, esta taxa sobre os lucros das companhias petrolíferas poderia ser uma forma de reduzir os preços.

Sofocleto disse...

Os lucros das gigantes petrolíferas norte-americanas estão sob a mira de vários congressistas norte-americanos e até o presidente dos EUA tem apelado às autoridades reguladoras maior severidade no controlo dos preços praticados na venda de combustíveis.

Numa altura em que a cotação do petróleo se encontra em níveis historicamente elevados (em torno dos 72 dólares por barril), a apresentação dos resultados das três maiores empresas do sector, Exxon Mobil, Chevron e ConocoPhillips, coincidiu com a subida do preço da gasolina nos Estados Unidos para um valor recorde de três dólares por galão (3,78 litros).

Além disso, a divulgação das contas destas companhias (que obtiveram um lucro conjunto de mais de 12,6 mil milhões de euros) deu-se em plena campanha eleitoral para o Congresso e outros cargos estatais, o que torna as críticas às petrolíferas recorrentes nos vários discursos de campanha.

O agravamento dos impostos sobre os lucros destas empresas tem sido uma das propostas mais apontadas, assim como a redução em cerca de dois mil milhões de dólares (1,6 mil milhões de euros) as isenções fiscais de que algumas delas beneficiam.

escrevi disse...

Dizer mal destes ou daqueles?
A questão não está em dizer mal mas em haver mal para dizer.
As culpas de uns não desculpam as dos outros.
Mas vamos lá ver: será que ainda alguém acredita que neste mundo algo se faz sem o apoio americano?
Das potências americanas, capitalistas, sim. Ás vezes parece que a conversa é de tolos.
A CIA e muitas outras agências secretas, comandam o mundo em nome dos senhores do capital.
A questão não é política é económica!
Económica, porra!
Desculpem mas há alturas em que fico mesmo irritada com a ingenuidade, ignorância ou só má fé de tantos comentadores que se sentem iluminados por uma sabedoria que não vale um caracol.

escrevi disse...

Enquanto escrevia o Sofocleto já estava a falar do mesmo assunto.
De qualquer forma está dito.

Baphomet disse...

«Os ministros das Finanças da União Europeia estão contra a criação de um imposto adicional sobre os lucros das petrolíferas»

Ó Sofocleto, os europeus estão contra a criação desse imposto adicional porque esse imposto adicional JÁ EXISTE há muitos anos em muitos países da União Europeia. Há décadas ! Tal como no imposto automóvel !
Ao contrário da maior parte dos países do mundo, a começar pelos Estados Unidos. É isso que eu lhe estou a tentar explicar desde há uns comentários atrás. No nosso país por exemplo, a situação ainda é mais obscena, não só o nosso Estado cobra uma taxa brutal de IVA (que tb não existe nos States), como cobra essa taxa em cima de outro imposto, que é o ISP. O que é de uma obscenidade brutal ! Você paga imposto taxado sobre outro imposto. E não é só Portugal, no geral, quase toda a Europa, uns mais e outros menos, fazem isto. Em Portugal os impostos representam 65% do custo da gasolina e 62% do gasoleo. A maior parte dos governos europeus tem nos combustiveis uma enorme fonte de financiamento. Ao contrário do que se passa fora da Europa. E por muitos argumentos que encontre nos lucros das petroliferas, se eles ganham 1000, então quer dizer que os nossos governos ganham 10.000! É esta a realidade.
E toda a gente sente-se aliviada em atirar as culpas ao macaco do Bush. Pois !

Baphomet disse...

«A CIA e muitas outras agências secretas, comandam o mundo em nome dos senhores do capital.
A questão não é política é económica!
Económica, porra!
Desculpem mas há alturas em que fico mesmo irritada com a ingenuidade, ignorância ou só má fé de tantos comentadores que se sentem iluminados por uma sabedoria que não vale um caracol.»


Cara "escrevi", antes de apelidar a inteligência dos outros de "caracol", que tal desenvolver melhor o seu ponto de vista ? Quem são por exemplo os senhores do mundo que controlam a sua vida, e que agências secretas são essas que implicam com o seu dia a dia ? Tem exemplos concretos ?

Baphomet disse...

a apresentação dos resultados das três maiores empresas do sector, Exxon Mobil, Chevron e ConocoPhillips, coincidiu com a subida do preço da gasolina nos Estados Unidos para um valor recorde de três dólares por galão (3,78 litros).

O Sofocleto não disse, mas importa que todos os portugueses saibam que o galão custa hoje nos States cerca de 2,87 USD, o que traduzindo para preços portugueses é cerca de 0,79€/Litro.... em Portugal é quase o dobro devido à fiscalidade....

link

Sofocleto disse...

Os EUA são, ainda, um grande produtor de petróleo. E já o foram bastante mais. Daí os preços praticados. Quase todos os países produtores têm gasolina barata. A Venezuela tem a gasolina mais barata do mundo.

Os EUA consomem hoje cerca de um quarto do petróleo mundial e importam dois terços. Ou seja, ainda produzem um terço daquilo que consomem. Os EUA têm 5% da população mundial e consomem 25% do petróleo mundial.

E não afirmo que os governos europeus, a expensas da sua população, não tentem tirar proveito do alto preço do petróleo. Isso é evidente.

Mas quem controla (quase todo o petróleo) são os americanos. E tencionam controlá-lo ainda mais. Daí as guerras actuais e as que se adivinham.

xatoo disse...

o João Carlos Espada subiu na vida. Agora é Conselheiro de Estado, lembra-se?
se era da quadratura do Pentágono
agora é do Cavaco,,,

xatoo disse...

o que vai dar ao mesmo,,,

Sofocleto disse...

Obrigado Xatoo.

Já não me lembrava que o digníssimo João Carlos Espada é agora Conselheiro de Estado de Cavaco Silva.

Que grande perda para o jornalismo nacional! Um homem que tinha uma visão do mundo como ninguém. Que salivava quando lhe falavam na «Velha Albion»; cujos olhos se iluminavam quando vinha à baila a Rainha; ou se liquefazia na perspectiva de uma caça à raposa.

Biranta disse...

Gabo-lhe a paciência, amigo Sofocleto...
Você gosta de jogar conversa fora!
Por acaso imagina que nesse baphomet (até o nome arrepia) existe um pingo de boa-fé?
Isto faz parte duma estratégia de manipulação e, meu amigo, se você continuar a "dar corda", acabará por se arrepender.
Nesta questão não interessa nada o seu "espírito esclarecido e avisado", porque a manipulação não se destina a si, nem a mim, nem a xatoo, nem a escrevi, nem a etc.
Pense nisso, porque estão a chular o seu civismo, com o objectivo de o enforcar com "a corda" que você vai dando.
Defenda o seu espaço e o nosso direito a tratamento igual para a divulgação destas "suas" informações e opiniões... Se as suas opiniões e estas informações que aqui escreve não passam nos OCS, porque é que você dá tanto espaço a estes disparates, absurdos, de que todos estamos cansados e que já enojam?
Em vez de deixá-lo abusar do seu espaço, tentando manipular os seus leitores, porque é que o meu amigo não "desafia" o tal baphomet disponibilizando-se para só debater, com ele e connosco, em público, na televisão por exemplo, estas questões?
Não vá nisso! Ele só está interessado em reduzir o impacto das suas denúncias, em manipular os seus leitores, e está a consegui-lo, porque o meu amigo consente e colabora...

Baphomet disse...

Quase todos os países produtores têm gasolina barata. A Venezuela tem a gasolina mais barata do mundo.

Essa atitude do Chavez é sintomática. Em vez de vender a gasolina ao preço justo, prefere oferecê-la. Se fosse eu vendia ao preço justo e com a verba ajudava realmente os pobres. Mas isso seria uma atitude inteligente, e não uma atitude meramente populista. A Venezuela deve ser o único país do mundo onde os pobres são os que mais necessitam de combustivel. Deve ser para as bicicletas ...

E não afirmo que os governos europeus, a expensas da sua população, não tentem tirar proveito do alto preço do petróleo. Isso é evidente.

Se é assim, porque é que as pessoas só falam das petroliferas ou das guerras do Bush ? Se afinal há quem esteja a ganhar muito mais. Onde está afinal a ignorância ? Não estará em todos nós por exemplo ? Quantos portugueses não andam por aí indignados com as petroliferas e o Bush e não se chateiam com o facto de 64% do preço da gasolina ser impostos. Não estranham que o petroleo é comprado em dolares, moeda que curiosamente está na sua maior desvalorizaçao em relacção ao euro desde sempre. O Bush tem as costas largas e é um verdadeiro idiota útil.

Mas quem controla (quase todo o petróleo) são os americanos. E tencionam controlá-lo ainda mais. Daí as guerras actuais e as que se adivinham.

Não consigo ver dados que corroborem esta sua afirmação. Se juntar as reservas do Irão, da Venezuela e da Russia por exemplo, facilmente percebe que os norte-americanos não controlam coisa nenhuma actualmente. Tentam controlar ? Seguramente, aliás como toda a gente. O que é que a China anda a fazer no irão e em Angola por exemplo ? O que é que a França e a Russia fizeram tantos anos no Iraque ? O que é que os brasileiros, espanhois e franceses faziam na Bolivia ? Porque é que só se chateia com os americanos ?

Baphomet disse...

«Não vá nisso! Ele só está interessado em reduzir o impacto das suas denúncias, em manipular os seus leitores, e está a consegui-lo, porque o meu amigo consente e colabora...»

Quem acredita naquilo que defende não tem medo de discutir o que quer que seja.
E você Biranta, escreveu tanto (1281 caracteres), e afinal o que veio dizer de novo ?

Um Homem das Cidades disse...

Estou de acordo com a Biranta, «Baphomet» não merece comentários.

Sofocleto disse...

«Não consigo ver dados que corroborem esta sua afirmação. Se juntar as reservas do Irão, da Venezuela e da Rússia por exemplo, facilmente percebe que os norte-americanos não controlam coisa nenhuma actualmente»


É realmente difícil «ver os dados». Quem controla o petróleo, controla o mundo. Os americanos não precisam de todo este petróleo para si próprios. O petróleo é uma arma.

70% de todas a jazidas de petróleo encontram-se no Médio Oriente e no Cáspio. A Arábia Saudita e os Emirados Árabes são protectorados americanos. O Iraque foi invadido e está sob controlo americano. O Irão está em vias de ser aniquilado E a expansão militar norte-americana na região continua de forma acelerada.

Sob o pretexto de combater o terrorismo, instalaram-se bases nos países limítrofes: no Quirguistão, no Uzbequistão, Azerbeijão e outras ex-repúblicas soviéticas. Ao sul, está o Afeganistão. Ao norte, as grandes reservas de petróleo da região do mar Cáspio. O Business Week apresentou, o imenso avanço que significa a entrada na região para os interesses petrolíferos dos Estados Unidos: sob o título "A próxima fronteira do petróleo", o estudo comenta "como os soldados, homens do petróleo e diplomatas americanos estão abrindo uma nova esfera de influência nas fronteiras da Rússia". "As armas," explica o artigo, "vão evidentemente servir também para proteger o petróleo.

Portanto, meu caro, afirmar que os americanos «não controlam coisa nenhuma actualmente», é no mínimo, revelador de uma ignorância monumental.

Um Homem das Cidades disse...

Mas o que importância tem o controlo americano do mundo comparado com a influência do Brasil na Bolívia!? Ou mesmo a influência de Portugal sobre Cabo Verde...

Baphomet disse...

Portanto, meu caro, afirmar que os americanos «não controlam coisa nenhuma actualmente», é no mínimo, revelador de uma ignorância monumental.

Do seu ponto de vista. Do meu ponto de vista a maior parte das mentiras que circulam por aí estão do outro lado da barricada.

Mentira nº 1: Os norte americanos é que são responsáveis pelo elevado preço do petroleo. Falso !
Porquê ? Porque o petroleo é negociado em mercados onde os norte americanos tem um poder reduzido. Por exemplo o Chavez ou o Ahmadinejad teem hoje mais influência no mercado do que o Bush. Os Estadois Unidos como maior consumidor mundial são o país mais prejudicado pela alta do petroleo.

Mentira nº 2: O petroleo está caro porque a instabilidade foi provocada pelo Bush quando invadiu o Iraque. Falso ! O petroleo está caro por várias razões:
1) É matéria prima escassa, ou melhor, o petroleo de extracção barata é escasso.
2) Há 2 países com crescimentos brutais (India e China) que percisam deseperadamente de cada vez mais petroleo.
3) Instabilidade dos mercados. O Iraque também ajuda muito, mas não explica tudo. Aliás, hoje em dia tudo serve de justificação para a instabilidade dos mercados, desde os invernos rigorosos, ao Verão, ao Irão, à Nigéria ou a outra coisa qualquer.
4) Especuladores. Também os há, e a maioria está do lado de quem vende, como o Chavez ou o Ahmadinejad por exemplo. Não do lado de quem compra. Quem começou a crise iraniana foi o Ahmadinejad com as sua subita necessidade do nuclear. Acha mesmo que isto foi inocente ? Ou foi precisamente para destabilizar os mercados obtendo ainda mais receitas com o petroleo e gas natural ?

Mentira nº 3 - Os americanos estão a controlar o médio oriente por causa do petroleo. Falso ! Você fala da nova fronteira do petroleo. É falso. A nova fronteira do petroleo está nos Estados Unidos, no Canadá e na Venezuela. O futuro está na exploração dos xistos e areias betuminosas. O futuro do petroleo está muito longe do Médio Oriente.

E quanto aos protectorados americanos, eu gostaria que me explicasse porque é que há países como o Irão e o Iraque que tem tantos recursos naturais, mas que nunca conseguiram fazer o que o "protectorado" norte americano conseguiu. Os Emirados Estados Unidos hoje são uma nação prospera, que inteligentemente investiu o dinheiro do petroleo em Turismo, Aviação, Industria, Finanças ou Imobiliário.A companhia aerea Emirates já é uma das maiores do mundo, e no Dubai está-se a construir o maior Hub aeronautico do planeta.

Qual é a diferença entre os Emirates e tantos outros países que também têm ricos recursos naturais ? A diferença é que os Emirates não se entreteram em guerras com os vizinhos ou com fundamentalismos religiosos. Não lhes passa pela cabeça por exemplo quererem ter acesso a armas nuclear. Ocuparam-se mas é em construir um país que consiga sobreviver quando 0o petroleo acabar.
A industria do petroleo já só gera 40% do PIB. Eles conseguiram em duas décadas criar imensa riqueza do nada, em pleno deserto. E têm assim um futuro como nação. Ao contrário de tantos outros países com lideres que em vez de pensarem no seu próprio povo estão mas é preocupados com acesso a armas nucleares .... Enfim !

Ana Cristina Ferreira disse...

Aqui ficam 3 blogs dedicados ao tema EUA - Irão:

President Ahmadinejad
http://presidentahmadinejad.blogspot.com

No War on Iran
http://no-war-on-iran.blogspot.com

Impeach Bush Coalition
http://impeachbushcoalition.blogspot.com

Baphomet disse...

Tenho boas notícias para vocês. Claro que isso pouco interessará, para vocês será sempre uma montagem ou outra coisa qualquer.


(Washington, DC) Judicial Watch, the public interest group that investigates and prosecutes government corruption, announced today that Department of Defense will release a videotape to Judicial Watch at 1:00 p.m. this afternoon that allegedly shows American Airlines Flight 77 striking the Pentagon on September 11, 2001. The Department of Defense is releasing the videotape in response to a Judicial Watch Freedom of Information Act request and related lawsuit.

“This is in response to your December 14, 2004 Freedom of Information Act Request, FOIA appeal of March 27, 2005, and complaint filed in the United States District Court for the District of Columbia,” wrote William Kammer, Chief of the Department of Defense, Office of Freedom of Information. “Now that the trial of Zacarias Moussaoui is over, we are able to complete your request and provide the video…”

Judicial Watch originally filed a Freedom of Information Act request on December 15, 2004, seeking all records pertaining to September 11, 2001 camera recordings of the Pentagon attack from the Sheraton National Hotel, the Nexcomm/Citgo gas station, Pentagon security cameras and the Virginia Department of Transportation. The Department of Defense admitted in a January 26, 2005 letter that it possessed a videotape responsive to Judicial Watch’s request. However, the Pentagon refused to release the videotape because it was, “part of an ongoing investigation involving Zacarias Moussaoui.” Judicial Watch filed a lawsuit on February 22, 2006 arguing that there was “no legal basis” for the Defense Department’s refusal to release the tape.

“We fought hard to obtain this video because we felt that it was very important to complete the public record with respect to the terrorist attacks of September 11,” said Judicial Watch President Tom Fitton. “Finally, we hope that this video will put to rest the conspiracy theories involving American Airlines Flight 77. As always, our prayers remain with all those who suffered as a result of those murderous attacks.”

Sofocleto disse...

Baphomet,

Estamos todos com grande curiosidade de ver esse filme. É pena que seja apenas um (havia várias câmaras no tecto do Pentágono que filmaram o avião), e é pena que só agora tenha sido disponibilizado, quase cinco anos após os ataques.

Ana Cristina Ferreira disse...

Aqui ficam 3 blogs dedicados ao tema EUA - Irão:

President Ahmadinejad
http://presidentahmadinejad.blogspot.com

No War on Iran
http://no-war-on-iran.blogspot.com

Impeach Bush Coalition
http://impeachbushcoalition.blogspot.com

Baphomet disse...

Eu tentei há cerca de uma semana atrás explicar-lhe no meu entender as razões que podem estar por detrás da não disponibilização das imagens. E tal como disse na altura, uma vez finalizado o julgamento, seria uma questão de pouco tempo até que alguem ou alguma entidade recorrendo aos mecanismos legais acabaria por exigir a divulgação do video. E é isso que está agora precisamente a acontecer.

Vamos aguardar então por essas imagens. Estou muito curioso também, pois eu próprio tenho a minha teoria do embate do avião, que para mim não foi como a maior parte das pessoas pensa, ou seja, um embate com o avião na horizontal, mas sim com o avião meio de lado e descontrolado, talvez batendo primeiro uma das asas no chão.

Mas parece que não vai ser fácil ver, o site em questão está em baixo há muito tempo tal a sobrecarga do servidor.

ecuatoriense disse...

Viva Oxy

Anónimo disse...

Viva Citigroup

Baphomet disse...

Bem, o video é uma trampa. Really sucks. São apenas uns frames a mais do que já vimos anteriormente. Parece que estão com sorte hoje :-) O efeito disto é exactamente o oposto. O Sofocleto está de parabens, as teorias da conspiração já chegaram aos media, até a CNN já fala nelas :-)

Sofocleto disse...

«O efeito disto é exactamente o oposto. O Sofocleto está de parabens, as teorias da conspiração já chegaram aos media, até a CNN já fala nelas :-)»

Se até a CNN já fala nelas. Já alguma vez lhe passou pela cabeça que talvez seja a «versão oficial» a maior de todas as teorias da conspiração?

martelo disse...

gostei do pugilato...