quinta-feira, junho 08, 2006

Al-Zarqawi - O fim de um mito

O PortugalDiário de hoje, 08/06/2006, às 14:52 horas noticiava:

Al-Zarqawi «já não pode assassinar mais», diz Bush

O presidente norte-americano, George W. Bush, declarou hoje que a morte de Al-Zarqawi representa uma vitória na luta contra o terrorismo já que é um «duro golpe» para a Al-Qaeda.

Assinalando que o terrorista jordano «levou a cabo uma campanha de atentados com carros armadilhados, de assassínios e de ataques suicidas, na qual morreram numerosos militares norte-americanos e milhares de civis iraquianos», Bush salientou que Al-Zarqawi «já não pode assassinar mais», declarando-se orgulhoso do «profissionalismo» das forças norte-americanas e iraquianas.

O Presidente norte-americano disse ter felicitado o primeiro-ministro iraquiano por telefone após ter conhecimento da morte do terrorista, mas alertou que «a violência vai prosseguir no Iraque», apelando à «paciência dos norte-americanos».



E duas horas e meia depois, às 17:28 horas o mesmo PortugalDiário noticiava:

Conheça o novo líder da Al-Qaeda

O porta-voz do exército norte-americano, general William Caldwell, comunicou aos jornalistas que «o candidato mais provável à sucessão de Al-Zarqawi é um dos seus lugares-tenentes próximos, o egípcio Abu al-Masri».

O general William Caldwell afirmou esperar para os próximos dias uma vaga de ataques terroristas, cujo objectivo será precisamente demonstrar a plena capacidade operacional da Al-Qaeda no Iraque.

«A morte de um homem - e de alguns dos seus principais lugares-tenentes - não significa o fim da insurreição, (...) até porque Al-Zarqawi devia ter designado um sucessor», referiu.



Comentário:

Esta nomeação de Abu al-Masri, “o egípcio”, para substituir o malogrado Abu Al-Zarqawi, “o jordano”, à frente da Al-Qaeda no Iraque, constituiu para mim uma surpresa. Estava convencido que homens como Suleyman Bugheith, “o zarolho”, Zugam Abderrahim, “o corno”, ou Khaled Madani, "o marreco”, estariam melhor posicionados para a sucessão.

19 comentários:

Mário disse...

Seja o zarolho, o corno ou o marreco a suceder a Zarqawi, qualquer deles deve sofrer fortemente de CIÁtica.

Jorge Silva disse...

Esta "morte" de Al-Zarqawi não é o fim de um mito. É apenas uma substituição necessária porque as pessoas já achavam estranho como é os americanos nunca o apanhavam.

Sofocleto disse...

Eis a verdadeira causa da «morte» de Zarqawi:

No Washington Post a 10 de Abril

The U.S. military is conducting a propaganda campaign to magnify the role of the leader of al-Qaeda in Iraq, according to internal military documents and officers familiar with the program. The effort has raised his profile in a way that some military intelligence officials believe may have overstated his importance and helped the Bush administration tie the war to the organization responsible for the Sept. 11, 2001, attacks.

For the past two years, U.S. military leaders have been using Iraqi media and other outlets in Baghdad to publicize Zarqawi's role in the insurgency. The documents explicitly list the "U.S. Home Audience" as one of the targets of a broader propaganda campaign.

In a transcript of the meeting, Harvey said, "Our own focus on Zarqawi has enlarged his caricature, if you will -- made him more important than he really is, in some ways."

Até os imbecis já desconfiavam!

desbul disse...

Como é possível alguém morrer duas vezes!Al-Zarqawi já tinha morrido há muito,que eu saiba.Todos os ataques de alegados terroristas no Iraque não têm passado de propaganda para iludir a opinião pública e legitimar a invasão deste país como necessária e justa para a luta contra o terrorismo.Esta notícia,aliás vinda do exército norte americano,obviamente não passa de mais uma manobra de ludibriação,para substituir uma figura que já começava a parecer uma espécie de Rambo,de tal forma se esquivava aos americanos.

Fragil disse...

«o candidato mais provável à sucessão de Al-Zarqawi é um dos seus lugares-tenentes próximos, o egípcio Abu al-Masri»

Os americanos mostram conhecer muito bem a al-Qaeda iraquiana por dentro. Mas são incapazes de acabar com ela. Porque será?

Anónimo disse...

Esta foi postada no Insurgente em Março de 2005:

Liga dos Amigos de Abu Musab al-Zarqawi

Na sequência da comédia que começa amanhã e se prolonga pelo fim de semana, acabou de se constituir uma nova liga de saudosos da URSS e criptofiloterroristas: a Liga dos Amigos de Abu Musab al-Zarqawi (LAAMAZ).

Um Homem das Cidades disse...

De vez em quando há que mudar os nomes para que o «terror» possa continuar.
Sem incêndios não há bombeiros.

The show must go on...

Anónimo disse...

Foi morto um dos maiores assassinos do Iraque. A população iraquiana já pode respirar.

Biranta disse...

Oh anonymous! Há-de me explicar como é que se mata um defunto... você pensa que este tinha sete vidas?
Por mim, em qualquer dos casos, concordo com Berg:
"Berg said the blame for most deaths in Iraq should be placed on President Bush, who he said is "more of a terrorist than Zarqawi.""
Fique descansado quanto ao facto de os iraquianos poderem respirar. Isto é apenas um show da campanha de medo e desinformação. Por isso A CIA e a Al-Qaeda (que são uma e a mesma coisa assim à semelhança da "Santíssima Trindade") já substituiram Zarqawi. Já o tinham substituído, quando decidiram "eliminá-lo, para o substituirem por... um outro nome, porque o provocador até pode ser o mesmo...
O que estas mentiras e "false flag operations" têm de pior é haver quem acredite nelas, ou o afirme para tentar fazer os outros acreditarem, colaborando com estes facínoras e seus intentos. Vá-se catar!
Amigo Sofocleto! Então o amigo pensa que pode ser qualquer um a substituir Zarqawi? Não é assim homem. O sucessor tinha de ser bem escolhido; em breve se perceberá melhor porquê. Agora é muito cedo para quem só pode compreender estas coisas à medida que as estratégias são aplicadas e as campanhas lançadas. Até pode ser que tenha razão e "eles" andem completamente perdidos. Mas pense na coisa desta maneira: Esses, que refere, já têm a sua fama e o seu papel a desempenhar. Para justificar a manutenção da "luta contra o terrorismo" é necessário que surjam novos e piores perigos "inesperadamente"! Os velhos perigos já são "velhos". Capiche?

desbul disse...

Esta morte do Al-Zarqawi até é proveitosa e dá jeito para lançar as culpas de atentados que ocorram futuramente.Podendo-se sempre dizer que são em retaliação pela morte de Al-Zarqawi,e ao mesmo tempo acusar o Irão de ter implicações de forma a legitimar a invasão deste país.Portanto,as verdadeiras intenções do Pentágono ao eliminar Al-Zarqawi ainda as estamos para saber e ver,brevemente...

silvio disse...

foi uma morte políticamente estratégica, para aumentar a popularidade de Bush e Blair, e não me admirava que o cadáver fosse de um sósia !
Eu li há um ano, na revista das selecções "Readers gigest", que o al-zarqawwi era mais um personagem criado pela CIA, que criou a al-qaeda.

abraço

Sofocleto disse...

«Amigo Sofocleto! Então o amigo pensa que pode ser qualquer um a substituir Zarqawi?»

Cara Biranta,

Talvez você seja da opinião que homens como Suleyman Bugheith, “o zarolho” ou Zugam Abderrahim, “o corno” não estarão à altura de suceder a Zarqawi. Compreendo a sua dúvida.

Mas olhe que Khaled Madani, "o marreco”, a nível de terror, nada fica a dever ao falecido!

Um beijo!

Sofocleto disse...

Da Cristina Ribeiro na caixa de comentários do Insurgente:

Oxalá os iraquianos possam agora ter a paz e liberdade por que tantos morreram já, que a morte dum monstro (foi isso que ele foi para milhares de pessoas, sendo que a maior parte das suas vítimas eram árabes) poderá abrir caminho à formação de uma nação livre e próspera; para começo, são os governantes quem têm de se entender entre eles, parecendo que se caminha num bom sentido, ao incluirem-se as várias sensibilidades religiosas e étnicas no governo. Oxalá.

http://oinsurgente.blogspot.com/2006/06/e-agora.html

Anónimo disse...

Silly people here !!!!
A CIA faz propaganda com esta morte e a mesma CIA provoca um atentado uma hora depois para manchar a vitória. LOL ! Vocês não conseguem ver o ridiculo e infantil do que dizem ?

À medida que todo o lixo conspirativo vai sendo desmantelado tal a quantidade de disparates, mentiras e anedotas que tem difundindo, assiste-se agora curiosamente à conspiração da teoria da conspiração. É de rir às gargalhadas.

Screw Loose Change video
http://www.lolloosechange.co.nr/

Screw Loose Change Blog
http://screwloosechange.blogspot.com/


O que dizem agora os teoristas da conspiração ?

“There is a plan by the British delegation (such as it is, so far) to get members of Parliament to watch “Loose Change”, the seminal movement DVD.” (16th paragraph) – This is one of the biggest whoppers of all. I have watched “Loose Change” and in my expert opinion it is a very fine piece of CIA disinformation, one that fits an astute maxim by Professor Peter Dale Scott: “Disinformation, in order to be effective, must be 90% accurate.”Even though the film opens with some of my original research (including images taken from the FTW web site), it quickly sinks into a repeatedly debunked and confabulated hypothesis that no airliner hit the Pentagon.»

O meu comentário: como previa há muitos meses atrás, são as próprias teorias da conspiração que destroem as teorias da conspiração. À medida que estes textos anedóticos como os que o Sofocleto escreve chegam a mais pessoas, mais pessoas com conhecimento de causa os desmascaram. Porque as teorias da conspiração só funcionam bem no inicio, quando todos os que acreditam nelas não percebem nem tem modo ou meios de as contrariar. Mas numa segunda fase, com a popularidade da teoria, tudo se transforma em tretas insustentáveis.

Numa 3ª fase, assiste-se sempre a um trágico final. A teoria da conspiração é ridicularizada e então nace de imediato a conspiração contra a própria teoria da conspiração. Ou seja, que a teoria da conspiração está tal mal elaborada que só pode ser trabalho da CIA também.

Meus caros, é de rir às gargalhadas com estes labirintos mentais. Divirtam-se, mas não levem estas tretas todas a sério. É divertido lê-las, sempre foi, tal como sempre foi interessante os Ovnis, a Área 51, a Atântida, as sociedades secretas, o Paranormal, os fantasmas, e por aí além. O povo adora, mas não é mais do que puro entreternimento.

Votos de um bom dia de Portugal.

Sofocleto disse...

.
«Votos de um bom dia de Portugal»

Você até pode ter razão, mas nunca vi ninguém desmascarar nada. Só afirmam que as coisas foram desmascaradas.

E continuo sem perceber por que é que caiu a Torre 7 do World Trade Center e porque é que não há nenhum vídeo de um Boeing a embater no Pentágono!!!

Bom 10 de Junho

Bilder disse...

Mas os assassinos maiores continuam á solta e a liquidar os mais pequenos,e como dizia o outro "Nós é que somos os piratas".

Biranta disse...

Esse anónimo é um artista e um simplório. Bem! Nem eu acredito nisso. Esta verborreia ridícula e estúpida é para "consumo" dos outros... Afinal ele mesmo se diz pertencer ao grupo das "pessoas com conhecimento de causa"; e esses não acreditam no que dizem, até porque têm "conhecimento de causa". Isto faz parte a campanha de desinformaçao... mas essa é que está a entrar na fase derradeira; se não, nem se justificaria o muro de censura dos OCS

magnolia disse...

Não deixará de ser interessante ler aqui o testemunho de uma jovem iraquiana, que por causa da guerra, e na medida em que a segurança, principalmene das mulheres, é amaeaçada a todo o instante, teve de deixar de trabalhar, vivendo actualmente com imensas dificuldades. A ler aqui.

Anónimo disse...

E O BIRANTA (PARANOICO) tb ERA CANDIDATO...