quinta-feira, abril 12, 2007

A Al-Qaeda Yankee no Irão


«A Pakistani tribal militant group responsible for a series of deadly guerrilla raids inside Iran has been secretly encouraged and advised by American officials since 2005, U.S. and Pakistani intelligence sources tell ABC News.»

Depois de várias semanas em que se acumulam as pressões contra o Irão, o canal de informação americano ABC News confirmou, a 5 de Abril de 2007, novas actividades terroristas da CIA no Irão.

Sabe-se que desde 1981, a CIA equipa e financia os mujahedin do povo contra a revolução islâmica; depois da derrota dos Soviéticos no Afeganistão a CIA utilizou os mercenários de Osama Bin Laden para contrariar a influência shiita na Ásia Central; mais recentemente, a CIA tomou o controlo dos movimentos separatistas do Arabistão (a região árabe do Irão). De agora em diante, a CIA manipula também o Jundullah, um grupo que cometeu vários atentados mortais no interior do Irão. Originário do Baluquistão, região fronteiriça paquistanesa, o grupo terrorista dirigido por Abdel-Malik Regi terá mantido relações estreitas com os Estados Unidos desde 2005. Raptos, atentados... as suas acções causaram a morte de muitos cidadãos comuns, assim como de soldados e oficiais. Um dos seus atentados, que causou a morte a 11 guardas da revolução na cidade de Zehland em Fevereiro de 2006, foi mesmo publicamente reivindicada pelo seu líder, Regi, durante uma entrevista televisiva.


Comentário:

Não vejo mal nenhum no facto da CIA utilizar os mercenários de Osama Bin Laden no seu esforço para controlar as reservas petrolíferas iranianas (as terceiras maiores do planeta). No fim de contas, foi a CIA que os treinou e financiou. Que haja algum retorno do investimento, que diabo!

12 comentários:

Carlinhos Medeiros disse...

Olá.

Tenho recebido as atcualizações do vosso Blog através do meu e-mail, e confesso trata-se de um excelente espaço que nos leva a reflexão.

Precisamos nos unir em uma só voz, até vencermos a intolerância e as injustiças do mundo actual.
--------------------------------------
Os EUA com seus mecanismos terroristas de exploração, só sossegarão após se apossarem de todas as reservas energéticas do mundo.
O próximo passo é a Amazônia.

Diogo disse...

Obrigado Medeiros.

Parece que cada vez mais gente em todo o mundo vai percebendo a hipocrisia terrorista que está por trás dos homens da Casa Branca e do Pentágono. Quantos mais formos, menos espaço de manobra eles têm.

Um abraço.

Fragil disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Victor disse...

O Irão está por trás da insurgência que desestabilizou o Iraque e destruiu os progressos pelos quais tem lutado o inexperiente governo iraquiano. É o Irão está por trás da morte de soldados americanos no Iraque. Como é possível defenderem um regime terrorista?

DLM disse...

Amazonia? eu, francamente, acho que o proximo alvo é farilhões de cima. Como sabemos ponto de transição e distribuição de alheiras.

DLM disse...

Quando estou convencido que já encontrei o "perfeito idiota", eis que vem um e finta o pela esquerda.

emepê disse...

E tem a certeza de que o perfeito idiota não é aquele que está mesmo a seu lado?

DLM disse...

Voce finta-se a si proprio, diogo, então a al qaeda não é ficção? E agora já são terroristas?

Diogo disse...

Os pobres diabos que foram treinados para matar soldados soviéticos, em madrassas financiadas pela CIA e Arábia Saudita continuam operacionais. Mas apenas são responsáveis por um milésimo do que lhes é atribuído.

Tondo Rotondo disse...

Dizem que Roma não paga a traidores, a nível de futuro a CIA também não os paga, exceptuando o caso do terrorista Posada Carriis.

Uma cordial saudação,

Carlinhos Medeiros disse...

Caros DLM e Victor.
É sabido pela opinião pública, que o que está por trás da "defesa da democracia" do delinqüente Bush (repare que está entre aspas), é tão somente uma justificativa para invadir e se apossar das reservas petrolíferas do mundo e com isso garantir sua independência. Se não o fosse assim, porque que os EUA não invadem os países africanos pobres, muçulmanos, e que historicamente produzem os maiores ditadores do mundo? Mobuto Seso Sek
(O leopardo), era amissíssimo de Nixon e de Bush.
O Talibã, a Al-quaeda, são sub-produtos dos EUA. Os terroristas, os homens bombas, são sub-produtos dos EUA.
A CIA está por trás dos golpes militares na américa latina e é sabido que eles tem acadêmicos pós graduados em "torturas".
Sobre a Amazônia, estudos científicos revelam se tratar de uma das maiores reservas petrolíferas (e de água potável )do mundo, mas para extraí-lo, causará impactos ambientais sem proporções.

Tondo, Posada Carrilles é para o delinqüente, uma perfeita companhia.
Terrorista anti-castrita é parceiro.
Bombas americanas matando crianças iraquianas é "incidente".

A época das colonias já se foram, estamos no século XXI.

Abraços.

Diogo disse...

Caros Medeiros e Rotondo,

Sobre Carrilles

Maio 23, 2005

Posada está ligado à queda, em 1976, de um avião civil que matou 73 passageiros – o primeiro acto de terrorismo no hemisfério Ocidental. Está também ligado a uma série de atentados à bombaa, em 1997, em hotéis, restaurantes e discotecas em Havana, assim como a uma conspiração, há cinco anos, para eliminar Castro. Esteve preso na Venezuela e no Panamá. A última vez que foi visto, foi nas Honduras. No princípio deste mês (Maio de 2005) foi dito que ele tinha dormido em Miami. O seu advogado está agora a pedir asilo para ele. Em resposta, o Supremo Tribunal da Venezuela ordenou que o governo pedisse a sua extradição dos Estados Unidos para ser julgado por terrorismo.

http://citadino.blogspot.com/2005/05/um-terrorista-da-cia.html