quinta-feira, julho 07, 2005

António Supositório Vitorino

Acabei de o ouvir no telejornal. O grande Vitorino falou e o mundo parou de espanto para o escutar!Confesso que quando o homem começou a debitar sobre o bombardeamento de Londres e às tantas expeliu, “... mas se há uma lição que podemos tirar daqui...", eu ainda pensei que ele se iria referir às causas do terrorismo, à desumana ocupação da Palestina, à bárbara invasão do Iraque, à continuada sucção dos recursos petrolíferos dos países árabes pelos EUA e demais grandes potências seja directamente seja através dos fantoches que eles mantêm no poder nos países produtores, enfim...à necessidade de resolução dos grandes desequilíbrios mundiais provocados pela gula exploradora dos "gurus" do elitismo socio-económico..., Eis que o grande Vitorino vomita esta pérola, “... há que investir na prevenção do terrorismo, trocar informações, não lhes dar tréguas...". Ah grande Vitorino, isso é o mesmo que combater a fome em África com supositórios! Que pena não teres nascido supositório!
É gente assim que nos faz hesitar...até quase que apetece aderir à AL não sei o quê para ajudar o Presidente Bush a manter o negócio do Iraque.

2 comentários:

marujo disse...

serventuário uma vez, serventuário para toda a vida. o pequeno não tem salvação possível. fez um pacto com o diabo e agora, mesmo que não queira, tem de cumprir. e a missão dele não é ser supositório. é levar com eles pelo cú acima.

Sofocleto disse...

Gostei de ver o Vitorino. Gordinho, anafadinho, sorridente, untuoso. Para quem trabalhará ele agora?