sexta-feira, julho 29, 2005

O Negócio Vai Mal

O dinheiro que era suposto ser investido no Iraque em programas de reconstrução está a ser desviado para sustentar a guerra.

O jornal norte americano Las Vegas Sun revela que a guerra, afinal de contas, não está a ser um bom negócio para as empresas americanas, pelo menos para aquelas que não se dedicam a fazer a guerra. O jornal cita um recente relatório do Government Accountability Office, onde se pode ler que a resistência islâmica está a causar mais problemas do que os inicialmente previstos: a produção petrolífera está, hoje, abaixo dos índices de antes da invasão americana, assim como a produção de energia.
Os combatentes islâmicos têm efectuado ataques bem sucedidos contra infra-estruturas ligadas à exploração petrolífera, produção eléctrica e distribuição de água potável. As acções militares da resistência estão a paralisar as empreitadas de construção civil, os trabalhadores fogem com medo das represálias e os transportes rodoviários de materiais estão comprometidos pela insegurança nas estradas.
O referido relatório confirma que a recuperação e manutenção da produção petrolífera iraquiana tem sido mais lenta do que o previsto, assim como a produção de electricidade também está abaixo do esperado. Boa parte dos 24 mil milhões de dólares disponibilizados pelo governo dos EUA para programas de reconstrução está, assim, a ser desviado para reforçar a segurança das empresas americanas, dos seus funcionários e dos locais onde trabalham. Não ganham uns, ganham outros. São as maravilhas do capitalismo.
A guerra foi feita para garantir o acesso dos EUA às reservas petrolíferas iraquianas. Se esse objectivo não for alcançado, a guerra estará duplamente perdida, militarmente e economicamente. Os nacionalistas iraquianos sabem isso e, creio, esse é o seu principal objectivo militar. Tudo o resto são cortinas de fumo e diversão táctica.
Curioso é reparar que os americanos contabilizam tudo: o que investem, o lucro, os custos, money, money, money. Mas não querem nem saber do custo em vidas e sofrimento dos que suportam, verdadeiramente, esta guerra: o povo iraquiano.

4 comentários:

Sofocleto disse...

Talvez a guerra esteja a ser feita para impedir o acesso da Europa, da China e do Japão às reservas petrolíferas iraquianas.

Se assim for, está a ser um sucesso.

Anónimo disse...

Very nice site! » »

Anónimo disse...

Cool blog, interesting information... Keep it UP skin cancer Oral sex for free hand knitted cardigan sweaters Kid allergy food Lesbo vedios nursing diagnois levaquin open source registry cleaner jacksonville florida web cam http://www.medication-bontril-order-muscle-relaxers.info/I870_phones_whole_sale.html olympus c-4000 digital camera weight loss result on phentermine

Anónimo disse...

This is very interesting site... video editing schools