sábado, novembro 18, 2006

Ossama? Quero lá saber do Ossama para alguma coisa!

George W. Bush numa conferência de imprensa na Casa Branca, em Março de 2002:


Jornalista: Mas não acha que a ameaça que bin Laden coloca não será completamente eliminada enquanto ele não for encontrado morto ou vivo?

Bush: Bom, como eu disse, não temos ouvido falar muito dele e eu não sei onde é que ele está...

Bush: Repito o que disse, não estou verdadeiramente muito preocupado com ele...


Vídeo – 51 segundos:

Bosh not concerned

Add to My Profile More Videos

15 comentários:

Mário Costa disse...

Apanhar o Osama nunca foi a prioridade de Bush. Bin Laden é o papão que ele precisa para assustar a carneirada.

Rui Fernandes disse...

Claro. Frustrar atentados à medida que ocorrem é muito melhor do que capturar o tipo que é responsável por eles.

Osama está morto mas eles alimentam o rumor de que está vivo para manter a população americana borrada de medo e melhor a controlarem. Se Osama não existisse teria de ser inventado e se calhar foi exactamente o que fizeram.

Anónimo disse...

Os terroristas e os radicais islâmicos não existem. Veja o video:

Youtube:
http://www.youtube.com/watch?v=3PWIK8YTZS8&eurl=

Media Player:
http://euphoricreality.com/2006/11/16/video-exposed-the-extremist-agenda/

Anónimo disse...

Os terroristas e os radicais islâmicos não existem. Veja o video:

link Youtube
link

MediaPlayer

Flávio Gonçalves disse...

Existe algo como um ex operativo da CIA?

Sofocleto disse...

O filme tem 50 minutos anonymous. Só o vou poder ver no Domingo. Tem a certeza que não é banha da cobra?

MS disse...

Bom vídeo. Demonstrativo da importância da guerra ao terrorismo.

Um abraço

inominável disse...

gosto muito da ironia e da hipocrisia 8insanidade??) por detrás do sorrisinho deslambido deste arbusto...

Pedro Soares disse...

Conspirações... Ad hominem tu quoque.

xatoo disse...

conspirações.

este tipo de discurso dos militares americanos como este Coronel Donn de Grand-Pre (US Army) pode muito bem estar na origem da despedida do Rumsfeld

http://governo-bush.blogspot.com/2005/09/09-grand-pre.html

por baixo tem mais novidades do Alex Jones

contradicoes disse...

O amigo dele o senhor Blair já considerou
embora o "sim" que proferiu na entrevista tenha funcionado como apenas uma nota de abertura, que a invasão do Iraque foi um desastre. Quando será que este também terá a coragem de o admitir. E depois quando veremos os dois responsabilizados por isso. Um abraço do Raul

Anónimo disse...

O filme tem 50 minutos anonymous. Só o vou poder ver no Domingo. Tem a certeza que não é banha da cobra?

Não vale a pena ver Sofocleto. Tendo 50 minutos é uma seca. É mais confortável estar sentado no sofá a apreciar o nosso modo de vida, a nossa liberdade, do que ver um video com factos reais do extremismo islâmico. O tal extremismo que você tantas vezes nega, pois no fundo não passa dum idiota útil ao serviço de uns loucos que lhe cortavam a cabeça tão rapidamente a si como ao Bush. Provavelmente muito mais rapido a si que não tem meios para se proteger como terá um Bush.

Sofocleto disse...

Confesso anonymous! Tenho andado com a cabeça enterrada na areia lendo, apenas o Expresso aos sábados. Tem a certeza que o vídeo não é da MEMRITV? É que a encenação, o guarda-roupa, os actores e o próprio guião parecem saídos dessa corajosa e libertária produtora. Que, não é de mais relembrar, é dirigida por um ex-coronel da Mossad.

Anónimo disse...

Confesso anonymous! Tenho andado com a cabeça enterrada na areia lendo, apenas o Expresso aos sábados

Isso é mau, ler o Expresso ?!? Hummm.
O video tem a pequena dose biased, mas o grande problema para si é que ao contrário dum video como o Loose Change que estava cheio de disparates fácilmente manipulaveis, este documentário recorre a imagens reais.

Algumas imagens são incriveis, coisas que passam na TV iraniana em series tipo Morangos com Açucar lá do sitio, onde em vez do guião se aparvalhar em assuntos banais dos teenagers se dedica a uma propaganda mórbida onde os judeus arrancam os olhos a criançinhas inocentes.

Não pretendo fazer juizos de valor, cada um por si veja as imagens, e depois pense por si.

brito disse...

Quais são os disparates do Loose Change?